SlideShare uma empresa Scribd logo
Um domingo na vida de um adolescente no início da segunda década do século XXI… ICPC jan. 2012
Os alunos de 9º ano passam assim os seus domingos:
MG Olá, os meus domingos  passo-os assim :  Levanto-me às 10 horas da manhã, vou tomar o meu pequeno-almoço, vejo um pouco de televisão. Se há um filme que gosto de ver, vejo-o, mas se não há, vou para o meu quarto arrumar a minha secretária, fazer a cama. Também me sirvo do computador para ver a minha prima que está em Portugal. Mais tarde, almoço com os meus pais e o meu irmão. Fico em contacto com a minha prima através da Internet até ela sair de casa. Se vejo que vamos ficar muito tempo na conversa, faço os meus trabalhos de casa ao mesmo tempo. Entre as cinco e meia e as 6, despeço-me dela. E vou ver televisão até me cansar. Ao fim da tarde, vou para o meu quarto preparar a minha mala para a escola e janto.
DM No domingo, comi bolo rei e tive a coroa.
SL Domingo, 8 de janeiro de 2012, foi um dia que começou um pouco mal. Acordei tarde e não tive tempo de tomar o pequeno almoço  para não chegar atrasada ao ténis. Consegui, apesar de tudo, chegar a horas e correu tudo bem. Passei a tarde com os meus tios e primos que não tinha visto nas férias de Natal: trocamos as prendas e passamos uma tarde muito agradável. No fim da tarde, a minha melhor amiga telefonou-me muito aflita porque tinha um rato pequenino que o gato tinha trazido do jardim. Ela estava em pânico! Tentamos agarrá-lo, mas não conseguimos, tivemos de pedir ajuda ao meu pai.
AC De manhã dormi até às 11h30 e depois fui comer. De tarde vi televisão e fiz os meus trabalhos para a escola.
AG No domingo fui ao restaurante "del arte" com a minha família e depois fomos ao cinema ver o filme  Intouchables .
PO No domingo de manhã, fui à Missa e depois à catequese. Ao meio-dia comi frango com a minha família. À tarde fui brincar com os meus amigos. À noite comi frango e fui dormir.
SF Domingo de manhã joguei com a playstation e fiz os deveres. Depois, à tarde, fui ao skate parque e fiquei lá até ao fim do dia.
DR No domingo de manhã, fui à piscina com amigos. Passei a tarde com a minha família em casa.
CG No domingo de manhã fui à Missa. À tarde vi os meus amigos e à noite vi televisão. Deitei-me às dez e meia.
KM No domingo de manhã fui à Missa com a minha família e à catequese. Quando regressei a casa, fui ao Macdonald com os meus amigos e quando terminámos a refeição fomos jogar futebol. À noite, antes de ir para a cama, fui ao computador e estive a ver televisão. Fiz os meus deveres e deitei-me às dez e meia.
Os alunos de 8º ano passam assim os seus domingos:
EA Passei o meu domingo na cama até às dez da manhã. Pelas 10h30 fui à Missa. Depois almocei por volta da uma hora da tarde. Como o tempo não estava muito bom, fiquei em casa com a minha família. Ao lanche comemos uma  galette  dos reis. À noite, comemos uma sopa, vimos televisão e fomos para a cama por volta das 9h30.
SS Eu passei o meu dia de domingo a ver televisão e a jogar à WII e  à DS. Descansei e acabei de fazer os meus deveres.
CP No domingo fui dormir a casa do meu amigo e depois fui jogar futebol e com a playstation 3. Comi batatas com frango. À tarde fui à piscina com a minha mãe.
NF No domingo levanto-me e vou à catequese. Depois do almoço, da parte da tarde, jogo com a playstation e vejo televisão. No final do dia, deito-me.
MF Aos domingos vou ao centro comercial com os meus amigos e também com os meus pais
TR No domingo de manhã fui à catequese. Depois vim almoçar a casa e fui passear um pouco com uma amiga. Regressei a casa e fui lanchar. Depois estive entretida com os meus avós que estão cá comigo e com a minha família.
AC Aos sábados, depois da escola portuguesa, vou sempre ver as minhas primas e também vou fazer compras com amigos.
MS No domingo de manhã fui à Missa e à catequese. À tarde fui a casa da minha tia. E à noite fiz os meus deveres.
NA Domingo dormi até às 10h da manhã. De tarde fui jogar à bola com os meus amigos. Marquei quatro golos. Depois joguei com a PS3.
SV No domingo, comecei por tomar o pequeno-almoço. Depois fiz os deveres. Ao meio-dia fui comer à casa dos meus avós. De tarde fui à Torre Eiffel com a minha tia – no primeiro andar estivemos mais ou menos vinte minutos (no inverno existe ali um ringue de patinagem que aproveitámos uns 10 minutos); depois subimos ao segundo andar a pé (600 degraus!) para ter uma vista lindíssima; descemos de elevador. Depois da Torre Eiffel, fomos comer um crepe e para terminar o dia fomos aos saldos. Foi um dia fabuloso, passado em família, de que guardo boas recordações.
Os alunos de 7º ano passam assim os seus domingos:
M-I Levantei-me às 9h e depois tomei o meu pequeno-almoço com uma amiga minha que na noite de sábado tinha ficado a dormir em minha casa. Depois do pequeno-almoço, vestimo-nos. Das 10h às 11h jogámos com a Wii. Às 11h ela foi-se embora, mas eu continuei a jogar até ao meio-dia. Entre as 12h30 e as 13h, almocei. Depois do almoço fiz os deveres. Convidei a minha melhor amiga para vir a minha casa e brinquei com ela até às 18h. Às 18h foi-se embora e depois eu joguei aos Sims 3 no computador. Às 19h tomei um duche e pelas 19h30 jantei. Às 20h lavei os dentes e depois vi televisão até às 23h, altura em que me fui deitar.
pingo doce No domingo de manhã, dormi até ao meio-dia. Quando acordei, vesti-me e comi. Depois fui para a piscina. Quando cheguei à piscina, havia muita gente e por isso fomos embora para o parque.
MA No domingo, fui passear com amigas. Fomos ao parque e ao cinema. Depois voltámos para casa. No final da tarde fui fazer compras com os meus pais. À noite, fui a casa do meu primo com os meus pais e o meu irmão. Jogámos computador. Depois voltámos para casa e fui dormir.
MG No domingo, estive com amigos. Saímos juntos. À noitinha voltámos para minha casa e mais tarde eles foram para casa deles. Eu fiz então os meus deveres da escola francesa.
alex04 Domingo de manhã fui à Missa e depois à catequese. De tarde, comi e depois saímos. À noite comi e fui para o quarto.
Os alunos de 6º ano passam assim os seus domingos:
nono No domingo fui à catequese.
super marado No domingo, eu fui a Lisboa ver a minha tia. Não fiz muita coisa. O domingo chegou ao fim e vou regressar à escola francesa.
VO No domingo eu fui à Missa e depois à catequese. Comi e dormi.
A.B.C. No domingo, fui à catequese. Depois fui para casa ver televisão com o meu irmão. Depois fui comer e fomos passear com a minha família.
CD Eu fui à piscina com uma amiga que gosta muito de cavalos e de festas, fala português, francês e  vive em Meudon como eu. Anda na minha escola e estamos ambas na mesma turma. À tarde, a minha mãe foi assistir à minha aula de equitação com o meu irmão. Quando a minha aula acabou, fomos fazer compras.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A malvada mamãe
A malvada mamãeA malvada mamãe
A malvada mamãe
Letras Mágicas
 
Atps litereatura infantil
Atps litereatura infantilAtps litereatura infantil
Atps litereatura infantil
Elis15
 
7 p f_formativa_05_c_cel
7 p f_formativa_05_c_cel7 p f_formativa_05_c_cel
7 p f_formativa_05_c_cel
Catarina Simões
 
CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOM
CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOMCHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOM
CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOM
pedagogiafour
 
Dia de bruxas na BE
Dia de bruxas na BEDia de bruxas na BE
Dia de bruxas na BE
Dores Pinto
 
Jornalinho
JornalinhoJornalinho
Andrea
AndreaAndrea
Andrea
SANDI ANDREA
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
Mara Júnia
 
Livro Virtual - A voz do amor
Livro Virtual - A voz do amorLivro Virtual - A voz do amor
Livro Virtual - A voz do amor
Germanass
 
Lurdes Serrano (FT1)
Lurdes Serrano (FT1)Lurdes Serrano (FT1)
Lurdes Serrano (FT1)
efaesan
 
Diário da Criança do Campo Outubro/2013
Diário da Criança do Campo Outubro/2013Diário da Criança do Campo Outubro/2013
Diário da Criança do Campo Outubro/2013
ER José Do Nascimento
 

Mais procurados (11)

A malvada mamãe
A malvada mamãeA malvada mamãe
A malvada mamãe
 
Atps litereatura infantil
Atps litereatura infantilAtps litereatura infantil
Atps litereatura infantil
 
7 p f_formativa_05_c_cel
7 p f_formativa_05_c_cel7 p f_formativa_05_c_cel
7 p f_formativa_05_c_cel
 
CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOM
CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOMCHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOM
CHAPEUZINHO VERMELHO E O LOBO BOM
 
Dia de bruxas na BE
Dia de bruxas na BEDia de bruxas na BE
Dia de bruxas na BE
 
Jornalinho
JornalinhoJornalinho
Jornalinho
 
Andrea
AndreaAndrea
Andrea
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Livro Virtual - A voz do amor
Livro Virtual - A voz do amorLivro Virtual - A voz do amor
Livro Virtual - A voz do amor
 
Lurdes Serrano (FT1)
Lurdes Serrano (FT1)Lurdes Serrano (FT1)
Lurdes Serrano (FT1)
 
Diário da Criança do Campo Outubro/2013
Diário da Criança do Campo Outubro/2013Diário da Criança do Campo Outubro/2013
Diário da Criança do Campo Outubro/2013
 

Destaque

_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph
_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph
_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph
Rohan Dredge
 
Application Facebook Mots Croisés pour France Télévisions
Application Facebook Mots Croisés pour France TélévisionsApplication Facebook Mots Croisés pour France Télévisions
Application Facebook Mots Croisés pour France Télévisions
Brainsonic
 
0809 3a Sarah
0809 3a Sarah0809 3a Sarah
0809 3a Sarah
saintmichael
 
Famous black entrepreneurs
Famous black entrepreneursFamous black entrepreneurs
Famous black entrepreneurs
DeMarcoRay
 
Love is metaphysical gravity. (Fuller)
Love is metaphysical gravity. (Fuller)Love is metaphysical gravity. (Fuller)
Love is metaphysical gravity. (Fuller)
Rhea Myers
 
세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사
세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사
세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사
cbs15min
 

Destaque (6)

_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph
_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph
_MINISTRY_Come Let Us Adore Him #4_Mary & Joseph
 
Application Facebook Mots Croisés pour France Télévisions
Application Facebook Mots Croisés pour France TélévisionsApplication Facebook Mots Croisés pour France Télévisions
Application Facebook Mots Croisés pour France Télévisions
 
0809 3a Sarah
0809 3a Sarah0809 3a Sarah
0809 3a Sarah
 
Famous black entrepreneurs
Famous black entrepreneursFamous black entrepreneurs
Famous black entrepreneurs
 
Love is metaphysical gravity. (Fuller)
Love is metaphysical gravity. (Fuller)Love is metaphysical gravity. (Fuller)
Love is metaphysical gravity. (Fuller)
 
세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사
세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사
세바시 15분 진심은 길을 잃지 않는다 @이재만 변호사
 

Semelhante a Entrada de diário

Recordação Mãe
Recordação MãeRecordação Mãe
Recordação Mãe
Cassiano Santana
 
Uma vida atrapalhada e outras coisas
Uma vida atrapalhada e outras coisasUma vida atrapalhada e outras coisas
Uma vida atrapalhada e outras coisas
Antónia Almeida ESanto
 
Lesson 5 rotina diaria br
Lesson 5 rotina diaria brLesson 5 rotina diaria br
Lesson 5 rotina diaria br
Learn Portuguese in Lisbon Angelo Silva
 
Projeto Recordação: Pai
Projeto Recordação: PaiProjeto Recordação: Pai
Projeto Recordação: Pai
Cassiano Santana
 
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º BUm dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
ildamaria
 
Histórias Dos Alunos
Histórias Dos AlunosHistórias Dos Alunos
Histórias Dos Alunos
celiagarci
 
Projeto yasmin galeano
Projeto yasmin galeanoProjeto yasmin galeano
Projeto yasmin galeano2
Projeto yasmin galeano2Projeto yasmin galeano2
Projeto yasmin galeano2
Escola Municipal Padre José Valentim
 
HistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power Point
HistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power PointHistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power Point
HistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power Point
enir.ester
 
Projeto Recordação
Projeto RecordaçãoProjeto Recordação
Projeto Recordação
Cassiano Santana
 
Retalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memoriasRetalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memorias
10-09-61
 
A quarentena vista pelas crianças
A quarentena vista pelas criançasA quarentena vista pelas crianças
A quarentena vista pelas crianças
Biblioteca Ags
 
Nossa Escola tem História
Nossa Escola tem HistóriaNossa Escola tem História
Nossa Escola tem História
Calogs
 
Momentos de verdade
Momentos de verdadeMomentos de verdade
Momentos de verdade
Carina Teixeira
 
Projeto Família: Relações,valores e vida
Projeto Família: Relações,valores e vidaProjeto Família: Relações,valores e vida
Projeto Família: Relações,valores e vida
Escola Municipal Padre José Valentim
 
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º CUm dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
ildamaria
 
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Miquéias Vitorino
 
A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)
Patricia de Portugal
 
Nossa Escola tem História
Nossa Escola tem HistóriaNossa Escola tem História
Nossa Escola tem História
Calogs
 
Quem sou eu
Quem sou euQuem sou eu
Quem sou eu
Adriana Ximenes
 

Semelhante a Entrada de diário (20)

Recordação Mãe
Recordação MãeRecordação Mãe
Recordação Mãe
 
Uma vida atrapalhada e outras coisas
Uma vida atrapalhada e outras coisasUma vida atrapalhada e outras coisas
Uma vida atrapalhada e outras coisas
 
Lesson 5 rotina diaria br
Lesson 5 rotina diaria brLesson 5 rotina diaria br
Lesson 5 rotina diaria br
 
Projeto Recordação: Pai
Projeto Recordação: PaiProjeto Recordação: Pai
Projeto Recordação: Pai
 
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º BUm dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
Um dia na tua vida com a matemática e a Metáfora / Poesia_8º B
 
Histórias Dos Alunos
Histórias Dos AlunosHistórias Dos Alunos
Histórias Dos Alunos
 
Projeto yasmin galeano
Projeto yasmin galeanoProjeto yasmin galeano
Projeto yasmin galeano
 
Projeto yasmin galeano2
Projeto yasmin galeano2Projeto yasmin galeano2
Projeto yasmin galeano2
 
HistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power Point
HistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power PointHistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power Point
HistóRias Que A 5ª C Conta VersãO Antiga Power Point
 
Projeto Recordação
Projeto RecordaçãoProjeto Recordação
Projeto Recordação
 
Retalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memoriasRetalhos de historias e memorias
Retalhos de historias e memorias
 
A quarentena vista pelas crianças
A quarentena vista pelas criançasA quarentena vista pelas crianças
A quarentena vista pelas crianças
 
Nossa Escola tem História
Nossa Escola tem HistóriaNossa Escola tem História
Nossa Escola tem História
 
Momentos de verdade
Momentos de verdadeMomentos de verdade
Momentos de verdade
 
Projeto Família: Relações,valores e vida
Projeto Família: Relações,valores e vidaProjeto Família: Relações,valores e vida
Projeto Família: Relações,valores e vida
 
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º CUm dia na tua vida com a matemática 8º C
Um dia na tua vida com a matemática 8º C
 
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
Melhores Redações da etapa escolar da OLP 2014
 
A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)A minha infância e adolescência (1/3)
A minha infância e adolescência (1/3)
 
Nossa Escola tem História
Nossa Escola tem HistóriaNossa Escola tem História
Nossa Escola tem História
 
Quem sou eu
Quem sou euQuem sou eu
Quem sou eu
 

Mais de Isabel DA COSTA

LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de AlmeidaLUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
Isabel DA COSTA
 
Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019
Isabel DA COSTA
 
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Isabel DA COSTA
 
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Isabel DA COSTA
 
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelosCriação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
Isabel DA COSTA
 
4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
6e avaliação de leituras
6e  avaliação de leituras6e  avaliação de leituras
6e avaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
Cm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leiturasCm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras
Isabel DA COSTA
 
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Isabel DA COSTA
 
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º anoTexto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Isabel DA COSTA
 
Mandela texto preferido
Mandela   texto preferidoMandela   texto preferido
Mandela texto preferido
Isabel DA COSTA
 
A métrica e a rima
A métrica e a rimaA métrica e a rima
A métrica e a rima
Isabel DA COSTA
 
Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)
Isabel DA COSTA
 
Qual a história preferida?
Qual a história preferida?Qual a história preferida?
Qual a história preferida?
Isabel DA COSTA
 
O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu
Isabel DA COSTA
 
O Twinny em Petrópolis
O Twinny em PetrópolisO Twinny em Petrópolis
O Twinny em Petrópolis
Isabel DA COSTA
 
Twinny em Parati
Twinny em ParatiTwinny em Parati
Twinny em Parati
Isabel DA COSTA
 
A turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-seA turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-se
Isabel DA COSTA
 
A turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-seA turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-se
Isabel DA COSTA
 

Mais de Isabel DA COSTA (20)

LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de AlmeidaLUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
LUANDA LISBOA PARAISO de Djaimilia Pereira de Almeida
 
Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019Guia do encontro de 12 4-2019
Guia do encontro de 12 4-2019
 
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)Projeto Unesco 3e (avril 2019)
Projeto Unesco 3e (avril 2019)
 
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
Projeto Unesco - Turma do 10º ano (Secção Portugesa do LI)
 
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelosCriação de peças à maneira de joana vasconcelos
Criação de peças à maneira de joana vasconcelos
 
4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras4e avaliação de leituras
4e avaliação de leituras
 
6e avaliação de leituras
6e  avaliação de leituras6e  avaliação de leituras
6e avaliação de leituras
 
Cm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leiturasCm1 autoavaliação de leituras
Cm1 autoavaliação de leituras
 
5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras5e avaliação de leituras
5e avaliação de leituras
 
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
Dama e o unicornio (turma de 7º ano)
 
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º anoTexto preferido o mundo ao contrário 6º ano
Texto preferido o mundo ao contrário 6º ano
 
Mandela texto preferido
Mandela   texto preferidoMandela   texto preferido
Mandela texto preferido
 
A métrica e a rima
A métrica e a rimaA métrica e a rima
A métrica e a rima
 
Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)Retratos portugueses cm1 (2)
Retratos portugueses cm1 (2)
 
Qual a história preferida?
Qual a história preferida?Qual a história preferida?
Qual a história preferida?
 
O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu O twinny na exposição índios xingu
O twinny na exposição índios xingu
 
O Twinny em Petrópolis
O Twinny em PetrópolisO Twinny em Petrópolis
O Twinny em Petrópolis
 
Twinny em Parati
Twinny em ParatiTwinny em Parati
Twinny em Parati
 
A turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-seA turma de 4º ano apresenta-se
A turma de 4º ano apresenta-se
 
A turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-seA turma de 6º ano apresenta-se
A turma de 6º ano apresenta-se
 

Último

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
deboracorrea21
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
EsterGabriiela1
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 

Último (20)

Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTAEstudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
Estudo Infantil - MISSÕES NACIONAIS - IGREJA BATISTA
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdfPERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
PERÍODO COMPOSTO POR COORDENAÇÃO PDF.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 

Entrada de diário

  • 1. Um domingo na vida de um adolescente no início da segunda década do século XXI… ICPC jan. 2012
  • 2. Os alunos de 9º ano passam assim os seus domingos:
  • 3. MG Olá, os meus domingos  passo-os assim : Levanto-me às 10 horas da manhã, vou tomar o meu pequeno-almoço, vejo um pouco de televisão. Se há um filme que gosto de ver, vejo-o, mas se não há, vou para o meu quarto arrumar a minha secretária, fazer a cama. Também me sirvo do computador para ver a minha prima que está em Portugal. Mais tarde, almoço com os meus pais e o meu irmão. Fico em contacto com a minha prima através da Internet até ela sair de casa. Se vejo que vamos ficar muito tempo na conversa, faço os meus trabalhos de casa ao mesmo tempo. Entre as cinco e meia e as 6, despeço-me dela. E vou ver televisão até me cansar. Ao fim da tarde, vou para o meu quarto preparar a minha mala para a escola e janto.
  • 4. DM No domingo, comi bolo rei e tive a coroa.
  • 5. SL Domingo, 8 de janeiro de 2012, foi um dia que começou um pouco mal. Acordei tarde e não tive tempo de tomar o pequeno almoço  para não chegar atrasada ao ténis. Consegui, apesar de tudo, chegar a horas e correu tudo bem. Passei a tarde com os meus tios e primos que não tinha visto nas férias de Natal: trocamos as prendas e passamos uma tarde muito agradável. No fim da tarde, a minha melhor amiga telefonou-me muito aflita porque tinha um rato pequenino que o gato tinha trazido do jardim. Ela estava em pânico! Tentamos agarrá-lo, mas não conseguimos, tivemos de pedir ajuda ao meu pai.
  • 6. AC De manhã dormi até às 11h30 e depois fui comer. De tarde vi televisão e fiz os meus trabalhos para a escola.
  • 7. AG No domingo fui ao restaurante "del arte" com a minha família e depois fomos ao cinema ver o filme Intouchables .
  • 8. PO No domingo de manhã, fui à Missa e depois à catequese. Ao meio-dia comi frango com a minha família. À tarde fui brincar com os meus amigos. À noite comi frango e fui dormir.
  • 9. SF Domingo de manhã joguei com a playstation e fiz os deveres. Depois, à tarde, fui ao skate parque e fiquei lá até ao fim do dia.
  • 10. DR No domingo de manhã, fui à piscina com amigos. Passei a tarde com a minha família em casa.
  • 11. CG No domingo de manhã fui à Missa. À tarde vi os meus amigos e à noite vi televisão. Deitei-me às dez e meia.
  • 12. KM No domingo de manhã fui à Missa com a minha família e à catequese. Quando regressei a casa, fui ao Macdonald com os meus amigos e quando terminámos a refeição fomos jogar futebol. À noite, antes de ir para a cama, fui ao computador e estive a ver televisão. Fiz os meus deveres e deitei-me às dez e meia.
  • 13. Os alunos de 8º ano passam assim os seus domingos:
  • 14. EA Passei o meu domingo na cama até às dez da manhã. Pelas 10h30 fui à Missa. Depois almocei por volta da uma hora da tarde. Como o tempo não estava muito bom, fiquei em casa com a minha família. Ao lanche comemos uma galette dos reis. À noite, comemos uma sopa, vimos televisão e fomos para a cama por volta das 9h30.
  • 15. SS Eu passei o meu dia de domingo a ver televisão e a jogar à WII e  à DS. Descansei e acabei de fazer os meus deveres.
  • 16. CP No domingo fui dormir a casa do meu amigo e depois fui jogar futebol e com a playstation 3. Comi batatas com frango. À tarde fui à piscina com a minha mãe.
  • 17. NF No domingo levanto-me e vou à catequese. Depois do almoço, da parte da tarde, jogo com a playstation e vejo televisão. No final do dia, deito-me.
  • 18. MF Aos domingos vou ao centro comercial com os meus amigos e também com os meus pais
  • 19. TR No domingo de manhã fui à catequese. Depois vim almoçar a casa e fui passear um pouco com uma amiga. Regressei a casa e fui lanchar. Depois estive entretida com os meus avós que estão cá comigo e com a minha família.
  • 20. AC Aos sábados, depois da escola portuguesa, vou sempre ver as minhas primas e também vou fazer compras com amigos.
  • 21. MS No domingo de manhã fui à Missa e à catequese. À tarde fui a casa da minha tia. E à noite fiz os meus deveres.
  • 22. NA Domingo dormi até às 10h da manhã. De tarde fui jogar à bola com os meus amigos. Marquei quatro golos. Depois joguei com a PS3.
  • 23. SV No domingo, comecei por tomar o pequeno-almoço. Depois fiz os deveres. Ao meio-dia fui comer à casa dos meus avós. De tarde fui à Torre Eiffel com a minha tia – no primeiro andar estivemos mais ou menos vinte minutos (no inverno existe ali um ringue de patinagem que aproveitámos uns 10 minutos); depois subimos ao segundo andar a pé (600 degraus!) para ter uma vista lindíssima; descemos de elevador. Depois da Torre Eiffel, fomos comer um crepe e para terminar o dia fomos aos saldos. Foi um dia fabuloso, passado em família, de que guardo boas recordações.
  • 24. Os alunos de 7º ano passam assim os seus domingos:
  • 25. M-I Levantei-me às 9h e depois tomei o meu pequeno-almoço com uma amiga minha que na noite de sábado tinha ficado a dormir em minha casa. Depois do pequeno-almoço, vestimo-nos. Das 10h às 11h jogámos com a Wii. Às 11h ela foi-se embora, mas eu continuei a jogar até ao meio-dia. Entre as 12h30 e as 13h, almocei. Depois do almoço fiz os deveres. Convidei a minha melhor amiga para vir a minha casa e brinquei com ela até às 18h. Às 18h foi-se embora e depois eu joguei aos Sims 3 no computador. Às 19h tomei um duche e pelas 19h30 jantei. Às 20h lavei os dentes e depois vi televisão até às 23h, altura em que me fui deitar.
  • 26. pingo doce No domingo de manhã, dormi até ao meio-dia. Quando acordei, vesti-me e comi. Depois fui para a piscina. Quando cheguei à piscina, havia muita gente e por isso fomos embora para o parque.
  • 27. MA No domingo, fui passear com amigas. Fomos ao parque e ao cinema. Depois voltámos para casa. No final da tarde fui fazer compras com os meus pais. À noite, fui a casa do meu primo com os meus pais e o meu irmão. Jogámos computador. Depois voltámos para casa e fui dormir.
  • 28. MG No domingo, estive com amigos. Saímos juntos. À noitinha voltámos para minha casa e mais tarde eles foram para casa deles. Eu fiz então os meus deveres da escola francesa.
  • 29. alex04 Domingo de manhã fui à Missa e depois à catequese. De tarde, comi e depois saímos. À noite comi e fui para o quarto.
  • 30. Os alunos de 6º ano passam assim os seus domingos:
  • 31. nono No domingo fui à catequese.
  • 32. super marado No domingo, eu fui a Lisboa ver a minha tia. Não fiz muita coisa. O domingo chegou ao fim e vou regressar à escola francesa.
  • 33. VO No domingo eu fui à Missa e depois à catequese. Comi e dormi.
  • 34. A.B.C. No domingo, fui à catequese. Depois fui para casa ver televisão com o meu irmão. Depois fui comer e fomos passear com a minha família.
  • 35. CD Eu fui à piscina com uma amiga que gosta muito de cavalos e de festas, fala português, francês e vive em Meudon como eu. Anda na minha escola e estamos ambas na mesma turma. À tarde, a minha mãe foi assistir à minha aula de equitação com o meu irmão. Quando a minha aula acabou, fomos fazer compras.