SlideShare uma empresa Scribd logo
Coding Dojo
 Introdução

       Hugo Corbucci
  (hugo@agilbits.com.br)
      Mariana V. Bravo
 (marivb@agilbits.com.br)
a partir dos slides de Danilo T. Sato
Motivação
Programadores não treinam!
Background
Kata » Coding Dojo
Princípios
   Aprendizado Contínuo
   Ambiente Seguro:
    – Não-competitivo
    – Colaborativo
    – Inclusivo

   Falha e Redundância
   Passos de Bebê
Regras Gerais
   Computador + Projetor
   TDD (vermelho » verde » refatoração)
   Todos devem entender
   SEMPRE
    recomeça
    do zero
Retrospectiva
   Ao fnal de toda reunião:
    – O que aprendemos?
      ou
      O que gostamos?
    – O que poderia melhorar?




                        – Discussões ou comentários
Formatos
   Kata
    – Apresentação de uma solução
    – Todos devem
     conseguir reproduzir
    – Interrupções
     permitidas para
     tirar dúvidas
Formatos
   Randori
    – Programação em pares
    – Turnos “time-boxed”
    – Após o turno (5-7 min.):
      • O co-piloto vira piloto
      • O piloto volta para a platéia
      • Um novo co-piloto é convidado da platéia
    – Comentários e críticas somente no verde
    – Silêncio no vermelho
Objetivos
   Praticar
   Aprender
   Ensinar
   Discutir
    com bases
    CONCRETAS!
não Faça!
   Corra para terminar o problema
   Pegue um problema real
   Entre em “Flamewars” nas discussões
   Compita com outros participantes
   Deixe pessoas sem entender
Programação
   13h00   13h30    Apresentação Dojo
   13h30   14h45    Escolha do Problema
   14h45   15h30    Programação
   15h30   15h50    Retrospectiva
    Mais atividades, no stand do CCSL

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Dojo #5
Dojo #5Dojo #5
Dojo #5
JoinvilleDojo
 
CBSoft2013 - Tutorial Coding By Example
CBSoft2013 - Tutorial Coding By ExampleCBSoft2013 - Tutorial Coding By Example
CBSoft2013 - Tutorial Coding By Example
Wildtech
 
Coding Dojo - Apresentação / Instruções
Coding Dojo - Apresentação / InstruçõesCoding Dojo - Apresentação / Instruções
Coding Dojo - Apresentação / Instruções
Pablo Bender
 
No dumb questions (Stack Overflow em Português)
No dumb questions (Stack Overflow em Português)No dumb questions (Stack Overflow em Português)
No dumb questions (Stack Overflow em Português)
Luiz Ricardo Silva
 
Operação da plataforma noto versao 03
Operação da plataforma noto versao 03Operação da plataforma noto versao 03
Operação da plataforma noto versao 03
Durval Carrara
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
Sabrina Andrade
 
Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
Henrique Bastos
 
Refatoração de código Python
Refatoração de código PythonRefatoração de código Python
Refatoração de código Python
diogobaeder
 

Mais procurados (8)

Dojo #5
Dojo #5Dojo #5
Dojo #5
 
CBSoft2013 - Tutorial Coding By Example
CBSoft2013 - Tutorial Coding By ExampleCBSoft2013 - Tutorial Coding By Example
CBSoft2013 - Tutorial Coding By Example
 
Coding Dojo - Apresentação / Instruções
Coding Dojo - Apresentação / InstruçõesCoding Dojo - Apresentação / Instruções
Coding Dojo - Apresentação / Instruções
 
No dumb questions (Stack Overflow em Português)
No dumb questions (Stack Overflow em Português)No dumb questions (Stack Overflow em Português)
No dumb questions (Stack Overflow em Português)
 
Operação da plataforma noto versao 03
Operação da plataforma noto versao 03Operação da plataforma noto versao 03
Operação da plataforma noto versao 03
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
 
Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
 
Refatoração de código Python
Refatoração de código PythonRefatoração de código Python
Refatoração de código Python
 

Semelhante a Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR

Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
#safaDojo com Android
#safaDojo com Android#safaDojo com Android
#safaDojo com Android
Comunidade Tá safo!
 
Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
Regis Magalhães
 
Coding Dojo Juiz de Fora
Coding Dojo Juiz de ForaCoding Dojo Juiz de Fora
Coding Dojo Juiz de Fora
marlonmandrade
 
Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
Henrique Bastos
 
Coding Dojo: uma abordagem teórica e prática
Coding Dojo: uma abordagem teórica e práticaCoding Dojo: uma abordagem teórica e prática
Coding Dojo: uma abordagem teórica e prática
Fernando Kenji Kamei
 
Coding Dojo em 10 Minutos!
Coding Dojo em 10 Minutos!Coding Dojo em 10 Minutos!
Coding Dojo em 10 Minutos!
Josenaldo de Oliveira Matos Filho
 
Apresentação sobre Coding Dojo
Apresentação sobre Coding DojoApresentação sobre Coding Dojo
Apresentação sobre Coding Dojo
Denis Ferrari
 
DojoTuba 01
DojoTuba 01DojoTuba 01
DojoTuba 01
Thiago Ghisi
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
Jeferson Calazans
 
Codding dojo - Apresentação
Codding dojo - ApresentaçãoCodding dojo - Apresentação
Codding dojo - Apresentação
Marcus Costa
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
Marcio de Jesus
 
Coding Dojo - Aprendendo a programar programando
Coding Dojo - Aprendendo a programar programandoCoding Dojo - Aprendendo a programar programando
Coding Dojo - Aprendendo a programar programando
Mauricio Matsuda
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
Fabricio Colombo
 
Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!
Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!
Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!
Henrique Bastos
 
Coding dojo
Coding dojo Coding dojo
Coding dojo
wbrito2011
 
Coding Dojo - Aplicando Princípios Ágeis
Coding Dojo - Aplicando Princípios ÁgeisCoding Dojo - Aplicando Princípios Ágeis
Coding Dojo - Aplicando Princípios Ágeis
Lorival Smolski Chapuis
 
Coding Dojo Aplicado ao Ambiente Organizacional
Coding Dojo Aplicado ao Ambiente OrganizacionalCoding Dojo Aplicado ao Ambiente Organizacional
Coding Dojo Aplicado ao Ambiente Organizacional
Avelino Ferreira Gomes Filho
 
TDD: A Essência do Mantra
TDD: A Essência do MantraTDD: A Essência do Mantra
TDD: A Essência do Mantra
Dionatan default
 
Coding Dojo #GuruPI
Coding Dojo #GuruPICoding Dojo #GuruPI
Coding Dojo #GuruPI
Mateus Pontes
 

Semelhante a Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR (20)

Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
 
#safaDojo com Android
#safaDojo com Android#safaDojo com Android
#safaDojo com Android
 
Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
 
Coding Dojo Juiz de Fora
Coding Dojo Juiz de ForaCoding Dojo Juiz de Fora
Coding Dojo Juiz de Fora
 
Coding Dojo
Coding DojoCoding Dojo
Coding Dojo
 
Coding Dojo: uma abordagem teórica e prática
Coding Dojo: uma abordagem teórica e práticaCoding Dojo: uma abordagem teórica e prática
Coding Dojo: uma abordagem teórica e prática
 
Coding Dojo em 10 Minutos!
Coding Dojo em 10 Minutos!Coding Dojo em 10 Minutos!
Coding Dojo em 10 Minutos!
 
Apresentação sobre Coding Dojo
Apresentação sobre Coding DojoApresentação sobre Coding Dojo
Apresentação sobre Coding Dojo
 
DojoTuba 01
DojoTuba 01DojoTuba 01
DojoTuba 01
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
 
Codding dojo - Apresentação
Codding dojo - ApresentaçãoCodding dojo - Apresentação
Codding dojo - Apresentação
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
 
Coding Dojo - Aprendendo a programar programando
Coding Dojo - Aprendendo a programar programandoCoding Dojo - Aprendendo a programar programando
Coding Dojo - Aprendendo a programar programando
 
Coding dojo
Coding dojoCoding dojo
Coding dojo
 
Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!
Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!
Quer aprender a programar direito? Pergunte-me como!
 
Coding dojo
Coding dojo Coding dojo
Coding dojo
 
Coding Dojo - Aplicando Princípios Ágeis
Coding Dojo - Aplicando Princípios ÁgeisCoding Dojo - Aplicando Princípios Ágeis
Coding Dojo - Aplicando Princípios Ágeis
 
Coding Dojo Aplicado ao Ambiente Organizacional
Coding Dojo Aplicado ao Ambiente OrganizacionalCoding Dojo Aplicado ao Ambiente Organizacional
Coding Dojo Aplicado ao Ambiente Organizacional
 
TDD: A Essência do Mantra
TDD: A Essência do MantraTDD: A Essência do Mantra
TDD: A Essência do Mantra
 
Coding Dojo #GuruPI
Coding Dojo #GuruPICoding Dojo #GuruPI
Coding Dojo #GuruPI
 

Mais de Hugo Corbucci

Sistemas sustentáveis
Sistemas sustentáveisSistemas sustentáveis
Sistemas sustentáveis
Hugo Corbucci
 
Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"
Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"
Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"
Hugo Corbucci
 
Métodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BR
Métodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BRMétodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BR
Métodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Prototypes are Forever - XP 2010 - EN
Prototypes are Forever - XP 2010 - ENPrototypes are Forever - XP 2010 - EN
Prototypes are Forever - XP 2010 - EN
Hugo Corbucci
 
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BRRetrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BR
Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BRLean Lego Game - EA 2009 - PT-BR
Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BRAgile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BRMétodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BREclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Archimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BRArchimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - ENCoding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Hugo Corbucci
 

Mais de Hugo Corbucci (11)

Sistemas sustentáveis
Sistemas sustentáveisSistemas sustentáveis
Sistemas sustentáveis
 
Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"
Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"
Sistemas Evolutivos ou "pacíficos"
 
Métodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BR
Métodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BRMétodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BR
Métodos ágeis em FLOSS - CONSEGI 2011 - PT-BR
 
Prototypes are Forever - XP 2010 - EN
Prototypes are Forever - XP 2010 - ENPrototypes are Forever - XP 2010 - EN
Prototypes are Forever - XP 2010 - EN
 
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BRRetrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
 
Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BR
Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BRLean Lego Game - EA 2009 - PT-BR
Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BR
 
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BRAgile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
 
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BRMétodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
 
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BREclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
 
Archimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BRArchimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BR
 
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - ENCoding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
 

Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR

  • 1. Coding Dojo Introdução Hugo Corbucci (hugo@agilbits.com.br) Mariana V. Bravo (marivb@agilbits.com.br) a partir dos slides de Danilo T. Sato
  • 4. Princípios  Aprendizado Contínuo  Ambiente Seguro: – Não-competitivo – Colaborativo – Inclusivo  Falha e Redundância  Passos de Bebê
  • 5. Regras Gerais  Computador + Projetor  TDD (vermelho » verde » refatoração)  Todos devem entender  SEMPRE recomeça do zero
  • 6. Retrospectiva  Ao fnal de toda reunião: – O que aprendemos? ou O que gostamos? – O que poderia melhorar? – Discussões ou comentários
  • 7. Formatos  Kata – Apresentação de uma solução – Todos devem conseguir reproduzir – Interrupções permitidas para tirar dúvidas
  • 8. Formatos  Randori – Programação em pares – Turnos “time-boxed” – Após o turno (5-7 min.): • O co-piloto vira piloto • O piloto volta para a platéia • Um novo co-piloto é convidado da platéia – Comentários e críticas somente no verde – Silêncio no vermelho
  • 9. Objetivos  Praticar  Aprender  Ensinar  Discutir com bases CONCRETAS!
  • 10. não Faça!  Corra para terminar o problema  Pegue um problema real  Entre em “Flamewars” nas discussões  Compita com outros participantes  Deixe pessoas sem entender
  • 11. Programação  13h00 13h30 Apresentação Dojo  13h30 14h45 Escolha do Problema  14h45 15h30 Programação  15h30 15h50 Retrospectiva Mais atividades, no stand do CCSL