SlideShare uma empresa Scribd logo
The Lean Lego Game




                     Mariana Bravo e Hugo Corbucci
                                   Baseado no trabalho de
                         Francisco Trindade e Danilo Sato
Agenda

 Rápida introdução

 Simulando uma linha de produção

 E quanto a software?




04/02/12                                2
Como funciona




           Mão na
           massa




04/02/12                        3
Como funciona




           Mão na
           massa



                    Resultados




04/02/12                                     4
Como funciona



                      Debriefing
           Mão na
           massa



                    Resultados




04/02/12                                       5
Como funciona



                      Debriefing
           Mão na
           massa



                    Resultados      3x
04/02/12                                       6
Por quê?


           Conceitos Lean são usados
            na indústria de software




04/02/12                                      7
Por quê?


              Conceitos Lean são usados
               na indústria de software

                Mas sem muito contato
           com os princípios e práticas Lean




04/02/12                                          8
Viemos apresentá-lo ao Lean

 “... over the years there have been some ostensibly
    ‘lean’ promoters that reduced lean thinking to a
    mechanistic superficial level of management tools
    such as kanban and queue management.

 ... the essence of successful lean thinking is
    building people, then building products and
    a culture of “ challenge the status quo
    continuous improvement ” Lean Primer (
    http://tinyurl.com/owvhut)




04/02/12                                                   9
Lean




           Revolucionou a    Aplica-se em
              indústria     diferentes áreas

04/02/12                                       10
Mão na massa – Primeira etapa


  Tarefa 1




04/02/12                                 11
Mão na massa – Primeira etapa


  Tarefa 1   Tarefa 2




04/02/12                                     12
Mão na massa – Primeira etapa


  Tarefa 1   Tarefa 2    Tarefa 3




04/02/12                                     13
Mão na massa – Primeira etapa


  Tarefa 1   Tarefa 2    Tarefa 3     Tarefa 4




04/02/12                                     14
Mão na massa – Primeira etapa


  Tarefa 1   Tarefa 2    Tarefa 3     Tarefa 4

                                    4 Times

                                4 Rodadas

                             30 segundos

04/02/12                                     15
Mão na massa – Primeira etapa


  Tarefa 1    Tarefa 2    Tarefa 3     Tarefa 4

   Siga as instruções                4 Times
   Construa casas
   1 peça = R$1,00
                                 4 Rodadas
   1 casa = R$25,00
                              30 segundos

04/02/12                                      16
certe da 1ª vez!           Seja um
                          trabalhador
             ORGULHE-SE
                          competente
               DO SEU
              TRABALHO




 04/02/12                               17
Houston, temos um problema...



                O que deu errado?




04/02/12                               18
Desperdício

 Inventório visível
 Sobreprodução/Subprodução




04/02/12                               19
Os 7 desperdícios da indústria

 Sobreprodução           Inventório

 Espera                  Deslocamento

 Trabalho extra          Defeitos

 Transporte
   desnecessário




04/02/12                                        20
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda
       Esperada




04/02/12                             21
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda    Produção
       Esperada   em Massa




04/02/12                                        22
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda    Produção          Economia
       Esperada   em Massa          de Escala




04/02/12                                        23
Sistemas Push e Pull




                “Qualquer cor,
                desde que seja
                    preto.”
                 Henry Ford




04/02/12                         24
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda    Produção          Economia
       Esperada   em Massa          de Escala




 Pull




04/02/12                                        25
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda    Produção          Economia
       Esperada   em Massa          de Escala




 Pull
                                      Pedido do
                                        Cliente




04/02/12                                          26
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda    Produção          Economia
       Esperada   em Massa          de Escala




 Pull
                    Produção
                                      Pedido do
                         sob
                    Demanda             Cliente




04/02/12                                          27
Sistemas Push e Pull

 Push
       Demanda         Produção          Economia
       Esperada        em Massa          de Escala




 Pull
                         Produção
                                           Pedido do
           Adaptação          sob
                         Demanda             Cliente




04/02/12                                               28
Sistemas Push e Pull




04/02/12                      29
Kanban


           T   T
           A   A
           R   R
           E   E
           F   F
           A   A

           1   2




04/02/12                30
Kanban


           T   T
           A   A
           R   R
           E   E
           F   F
           A   A

           1   2




04/02/12                31
Kanban


           T   T
           A   A
           R   R
           E   E
           F   F
           A   A

           1   2




04/02/12                32
Kanban

                       Sinaliza demanda
           T   T        Regula demanda
           A   A
           R   R       Limita trabalho em
           E   E
           F   F
                                progresso
           A   A   Ajuda o controle visual
           1   2        Auto-direcionado




04/02/12                                33
Kanban

               Sinaliza demanda
                Regula demanda
               Limita trabalho em
                        progresso
           Ajuda o controle visual
                Auto-direcionado




04/02/12                        34
Mão na massa – Segunda etapa


                                      Tarefa 4

   Sistema Pull




04/02/12                                     35
Mão na massa – Segunda etapa


                          Tarefa 3    Tarefa 4

   Sistema Pull




04/02/12                                     36
Mão na massa – Segunda etapa


              Tarefa 2    Tarefa 3    Tarefa 4

   Sistema Pull




04/02/12                                     37
Mão na massa – Segunda etapa


  Tarefa 1    Tarefa 2    Tarefa 3    Tarefa 4

   Sistema Pull




04/02/12                                     38
Mão na massa – Segunda etapa


  Tarefa 1    Tarefa 2    Tarefa 3    Tarefa 4

   Sistema Pull                      4 Times

                                 4 Rodadas

                              30 segundos

04/02/12                                     39
Mão na massa – Segunda etapa


  Tarefa 1           Tarefa 2      Tarefa 3      Tarefa 4

   Sistema Pull
           Prepare estoques mínimos nos passos
             intermediários
           A demanda vem primeiro
           Itens são produzidos para preencher os buracos
             nos estoques


04/02/12                                                40
Mão na massa – Segunda etapa


  Tarefa 1           Tarefa 2      Tarefa 3      Tarefa 4

   Sistema Pull
           Prepare estoques mínimos nos passos
             intermediários
                                                 Kan
           A demanda vem primeiro                n
                                                      ba
           Itens são produzidos para preencher os buracos
             nos estoques


04/02/12                                                41
certe da 1ª vez!           Seja um
                          trabalhador
             ORGULHE-SE
                          competente
               DO SEU
              TRABALHO




 04/02/12                               42
Houston, temos um problema...



                O que deu errado?




04/02/12                               43
Processo em desnível

 Outro tipo de desperdício
 Algumas pessoas trabalham mais que outras
 Mura (Desnível)
 Heijunka (Nivelamento da produção)




04/02/12                                      44
Fluxo

 O objetivo é um processo nivelado
 A linha de produção deve ser um fluxo contínuo
 Uma peça é comprada quando uma peça é entregue
 Ritmo sustentável

                                  “Olhe para o
                              bastão, não para
                                os corredores”
                              Lean Primer (tinyurl.com/owvhut)




04/02/12                                                         45
Pensamento Sistêmico

 Por que ainda parece errado?
 O que as outras equipes estão fazendo?
 Qual é o propósito do sistema?




04/02/12                                      46
Pensamento Sistêmico

 Por que ainda parece errado?
 O que as outras equipes estão fazendo?
 Qual é o propósito do sistema?

            “Um sistema ruim
            sempre vence uma
              pessoa boa.”
           W. Eduards Deming



04/02/12                                          47
Pensamento Sistêmico


 Precisamos de 4 times para construir uma casa?
 Times 1 e 2 tem tarefas que se sobrepõem




04/02/12                                          48
Yatai (Célula de trabalho)


 Trabalhador multi-disciplinar
 Fluxo de um só pedaço




04/02/12                                           49
Mão na massa – Terceira etapa




            Vender           Construir
           uma casa




04/02/12                                      50
Mão na massa – Terceira etapa

       Vender        Construir
      uma casa




04/02/12                                     51
Mão na massa – Terceira etapa

       Vender               Construir
      uma casa

           Cada pessoa constrói uma casa
           Uma rodada de 120 segundos
           Sinalize se você terminar




04/02/12                                            52
certe da 1ª vez!           Seja um
                          trabalhador
             ORGULHE-SE
                          competente
               DO SEU
              TRABALHO




 04/02/12                               53
Houston, temos um problema...



                O que deu errado?




04/02/12                               54
Kaizen (Melhoria contínua)

 Melhoria contínua
 Refletir e adaptar
 Aprender por padronização
 Pensamento a longo prazo
 Respeitar as pessoas


“A verdadeira vantagem da Toyota era sua habilidade
  de aproveitar o intelecto de empregados 'comuns'.”
                                           Gray Hamel

04/02/12                                               55
Isso é tudo?


           Sistema Push


                     Sistema Pull


                                    Yatai


                                O que vem a seguir?


04/02/12                                           56
Isso é tudo?


           Sistema Push   Vimos algumas práticas

           Sistema Pull   Práticas são
                           contextuais

              Yatai       Princípios devem ser
                           entendidos




04/02/12                                         57
O que é Lean?

 O que a TPS não é

Uma receita para o sucesso
Um projeto ou programa de
  gerenciamento
Um conjunto de ferramentas para
  implementação
Um sistema apenas para linha de produção
Implementável a curto ou médio prazo


04/02/12                                       58
O que é Lean?

 O que a TPS é

Uma maneira consistente de pensar
Um filosofia completa de gerenciamento
Foco na satisfação total do cliente
Um ambiente de trabalho em equipe e
 melhoria
Uma busca sem fim por um jeito melhor




04/02/12                                       59
Lean em Desenvolvimento de Software




04/02/12                                     60
Lean em Desenvolvimento de Software

 Sobreprodução          Inventório

 Espera                 Deslocamento

 Trabalho extra         Defeitos

 Transporte
   desnecessário




04/02/12                                     61
Lean em Desenvolvimento de Software

 Sobreprodução
 Espera
 Trabalho extra
 Transporte desnecessário
 Inventório
 Deslocamento
 Defeitos




04/02/12                                     62
Lean em Desenvolvimento de Software

 Funcionalidades extra        Sobreprodução
 Espera
 Reaprendizado                Trabalho extra
 Transporte
   desnecessário              Inventório
 Trabalho quase
   concluído
 Deslocamento
 Defeitos
 Criatividade não utilizada

04/02/12                                       63
Lean em Desenvolvimento de Software

 Quadro Kanban




04/02/12                                     64
Lean em Desenvolvimento de Software

 Quadro Kanban




04/02/12                                     65
Lean em Desenvolvimento de Software

 Controlando Kanban




 Você tem um processo estável?




04/02/12                                     66
Lean em Desenvolvimento de Software

 Controlando Kanban
           300




           250




           200




           150




           100




            50




             0
                 1   2   3   4   5   6   7   8   9   10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27




04/02/12                                                                                                     67
Lean em Desenvolvimento de Software

 Controlando Kanban
           300




           250




           200




                                             Ciclo de tempo
           150




           100




            50




             0
                 1   2   3   4   5   6   7    8   9   10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27




04/02/12                                                                                                      68
Lean em Desenvolvimento de Software

 Controlando Kanban
           300




           250




           200




           150

                                         Trabalho em
                                         progresso
           100




            50




             0
                 1   2   3   4   5   6   7   8   9   10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27




04/02/12                                                                                                     69
Lean em Desenvolvimento de Software

 Muito mais:
   Elimine desperdícios     Genchi Genbutsu
   Crie conhecimento        A3
   Construa com qualidade   5 Porquês?
   Adie comprometimento     Pare a linha
   Entregue rápido          Andon
   Respeite as pessoas      Jidoka
   Melhore o Sistema        À prova de erros



04/02/12                                       70
Lean em Desenvolvimento de Software




04/02/12                                     71
Obrigado!
                   Perguntas?
           Mariana Vivian Bravo   marivb@agilbits.com.br
           Hugo Corbucci          hugo@agilbits.com.br




04/02/12                                                   72

Mais conteúdo relacionado

Mais de Hugo Corbucci

Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BRRetrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BRAgile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BRMétodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BREclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR
Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BRCoding Dojo - FISL 2009 - PT-BR
Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Archimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BRArchimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Coding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BR
Coding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BRCoding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BR
Coding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BR
Hugo Corbucci
 
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - ENCoding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Hugo Corbucci
 

Mais de Hugo Corbucci (8)

Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BRRetrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
Retrospectivas Ágeis - Agile Brazil 2010 - PT-BR
 
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BRAgile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
Agile in FLOSS world - EA 2009 - PT-BR
 
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BRMétodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
Métodos Ágeis - DataPrev 2009 - PT-BR
 
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BREclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
Eclipse Rich Client Platform - FISL 2009 - PT-BR
 
Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR
Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BRCoding Dojo - FISL 2009 - PT-BR
Coding Dojo - FISL 2009 - PT-BR
 
Archimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BRArchimedes - PT-BR
Archimedes - PT-BR
 
Coding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BR
Coding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BRCoding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BR
Coding Dojo - Pycon Br 2008 - PT-BR
 
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - ENCoding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
Coding Dojo - PyCon Br 2008 - EN
 

Lean Lego Game - EA 2009 - PT-BR

  • 1. The Lean Lego Game Mariana Bravo e Hugo Corbucci Baseado no trabalho de Francisco Trindade e Danilo Sato
  • 2. Agenda Rápida introdução Simulando uma linha de produção E quanto a software? 04/02/12 2
  • 3. Como funciona Mão na massa 04/02/12 3
  • 4. Como funciona Mão na massa Resultados 04/02/12 4
  • 5. Como funciona Debriefing Mão na massa Resultados 04/02/12 5
  • 6. Como funciona Debriefing Mão na massa Resultados 3x 04/02/12 6
  • 7. Por quê? Conceitos Lean são usados na indústria de software 04/02/12 7
  • 8. Por quê? Conceitos Lean são usados na indústria de software Mas sem muito contato com os princípios e práticas Lean 04/02/12 8
  • 9. Viemos apresentá-lo ao Lean “... over the years there have been some ostensibly ‘lean’ promoters that reduced lean thinking to a mechanistic superficial level of management tools such as kanban and queue management. ... the essence of successful lean thinking is building people, then building products and a culture of “ challenge the status quo continuous improvement ” Lean Primer ( http://tinyurl.com/owvhut) 04/02/12 9
  • 10. Lean Revolucionou a Aplica-se em indústria diferentes áreas 04/02/12 10
  • 11. Mão na massa – Primeira etapa Tarefa 1 04/02/12 11
  • 12. Mão na massa – Primeira etapa Tarefa 1 Tarefa 2 04/02/12 12
  • 13. Mão na massa – Primeira etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 04/02/12 13
  • 14. Mão na massa – Primeira etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 04/02/12 14
  • 15. Mão na massa – Primeira etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 4 Times 4 Rodadas 30 segundos 04/02/12 15
  • 16. Mão na massa – Primeira etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 Siga as instruções 4 Times Construa casas 1 peça = R$1,00 4 Rodadas 1 casa = R$25,00 30 segundos 04/02/12 16
  • 17. certe da 1ª vez! Seja um trabalhador ORGULHE-SE competente DO SEU TRABALHO 04/02/12 17
  • 18. Houston, temos um problema... O que deu errado? 04/02/12 18
  • 19. Desperdício Inventório visível Sobreprodução/Subprodução 04/02/12 19
  • 20. Os 7 desperdícios da indústria Sobreprodução Inventório Espera Deslocamento Trabalho extra Defeitos Transporte desnecessário 04/02/12 20
  • 21. Sistemas Push e Pull Push Demanda Esperada 04/02/12 21
  • 22. Sistemas Push e Pull Push Demanda Produção Esperada em Massa 04/02/12 22
  • 23. Sistemas Push e Pull Push Demanda Produção Economia Esperada em Massa de Escala 04/02/12 23
  • 24. Sistemas Push e Pull “Qualquer cor, desde que seja preto.” Henry Ford 04/02/12 24
  • 25. Sistemas Push e Pull Push Demanda Produção Economia Esperada em Massa de Escala Pull 04/02/12 25
  • 26. Sistemas Push e Pull Push Demanda Produção Economia Esperada em Massa de Escala Pull Pedido do Cliente 04/02/12 26
  • 27. Sistemas Push e Pull Push Demanda Produção Economia Esperada em Massa de Escala Pull Produção Pedido do sob Demanda Cliente 04/02/12 27
  • 28. Sistemas Push e Pull Push Demanda Produção Economia Esperada em Massa de Escala Pull Produção Pedido do Adaptação sob Demanda Cliente 04/02/12 28
  • 29. Sistemas Push e Pull 04/02/12 29
  • 30. Kanban T T A A R R E E F F A A 1 2 04/02/12 30
  • 31. Kanban T T A A R R E E F F A A 1 2 04/02/12 31
  • 32. Kanban T T A A R R E E F F A A 1 2 04/02/12 32
  • 33. Kanban Sinaliza demanda T T Regula demanda A A R R Limita trabalho em E E F F progresso A A Ajuda o controle visual 1 2 Auto-direcionado 04/02/12 33
  • 34. Kanban Sinaliza demanda Regula demanda Limita trabalho em progresso Ajuda o controle visual Auto-direcionado 04/02/12 34
  • 35. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 4 Sistema Pull 04/02/12 35
  • 36. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 3 Tarefa 4 Sistema Pull 04/02/12 36
  • 37. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 Sistema Pull 04/02/12 37
  • 38. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 Sistema Pull 04/02/12 38
  • 39. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 Sistema Pull 4 Times 4 Rodadas 30 segundos 04/02/12 39
  • 40. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 Sistema Pull Prepare estoques mínimos nos passos intermediários A demanda vem primeiro Itens são produzidos para preencher os buracos nos estoques 04/02/12 40
  • 41. Mão na massa – Segunda etapa Tarefa 1 Tarefa 2 Tarefa 3 Tarefa 4 Sistema Pull Prepare estoques mínimos nos passos intermediários Kan A demanda vem primeiro n ba Itens são produzidos para preencher os buracos nos estoques 04/02/12 41
  • 42. certe da 1ª vez! Seja um trabalhador ORGULHE-SE competente DO SEU TRABALHO 04/02/12 42
  • 43. Houston, temos um problema... O que deu errado? 04/02/12 43
  • 44. Processo em desnível Outro tipo de desperdício Algumas pessoas trabalham mais que outras Mura (Desnível) Heijunka (Nivelamento da produção) 04/02/12 44
  • 45. Fluxo O objetivo é um processo nivelado A linha de produção deve ser um fluxo contínuo Uma peça é comprada quando uma peça é entregue Ritmo sustentável “Olhe para o bastão, não para os corredores” Lean Primer (tinyurl.com/owvhut) 04/02/12 45
  • 46. Pensamento Sistêmico Por que ainda parece errado? O que as outras equipes estão fazendo? Qual é o propósito do sistema? 04/02/12 46
  • 47. Pensamento Sistêmico Por que ainda parece errado? O que as outras equipes estão fazendo? Qual é o propósito do sistema? “Um sistema ruim sempre vence uma pessoa boa.” W. Eduards Deming 04/02/12 47
  • 48. Pensamento Sistêmico Precisamos de 4 times para construir uma casa? Times 1 e 2 tem tarefas que se sobrepõem 04/02/12 48
  • 49. Yatai (Célula de trabalho) Trabalhador multi-disciplinar Fluxo de um só pedaço 04/02/12 49
  • 50. Mão na massa – Terceira etapa Vender Construir uma casa 04/02/12 50
  • 51. Mão na massa – Terceira etapa Vender Construir uma casa 04/02/12 51
  • 52. Mão na massa – Terceira etapa Vender Construir uma casa Cada pessoa constrói uma casa Uma rodada de 120 segundos Sinalize se você terminar 04/02/12 52
  • 53. certe da 1ª vez! Seja um trabalhador ORGULHE-SE competente DO SEU TRABALHO 04/02/12 53
  • 54. Houston, temos um problema... O que deu errado? 04/02/12 54
  • 55. Kaizen (Melhoria contínua) Melhoria contínua Refletir e adaptar Aprender por padronização Pensamento a longo prazo Respeitar as pessoas “A verdadeira vantagem da Toyota era sua habilidade de aproveitar o intelecto de empregados 'comuns'.” Gray Hamel 04/02/12 55
  • 56. Isso é tudo? Sistema Push Sistema Pull Yatai O que vem a seguir? 04/02/12 56
  • 57. Isso é tudo? Sistema Push Vimos algumas práticas Sistema Pull Práticas são contextuais Yatai Princípios devem ser entendidos 04/02/12 57
  • 58. O que é Lean? O que a TPS não é Uma receita para o sucesso Um projeto ou programa de gerenciamento Um conjunto de ferramentas para implementação Um sistema apenas para linha de produção Implementável a curto ou médio prazo 04/02/12 58
  • 59. O que é Lean? O que a TPS é Uma maneira consistente de pensar Um filosofia completa de gerenciamento Foco na satisfação total do cliente Um ambiente de trabalho em equipe e melhoria Uma busca sem fim por um jeito melhor 04/02/12 59
  • 60. Lean em Desenvolvimento de Software 04/02/12 60
  • 61. Lean em Desenvolvimento de Software Sobreprodução Inventório Espera Deslocamento Trabalho extra Defeitos Transporte desnecessário 04/02/12 61
  • 62. Lean em Desenvolvimento de Software Sobreprodução Espera Trabalho extra Transporte desnecessário Inventório Deslocamento Defeitos 04/02/12 62
  • 63. Lean em Desenvolvimento de Software Funcionalidades extra Sobreprodução Espera Reaprendizado Trabalho extra Transporte desnecessário Inventório Trabalho quase concluído Deslocamento Defeitos Criatividade não utilizada 04/02/12 63
  • 64. Lean em Desenvolvimento de Software Quadro Kanban 04/02/12 64
  • 65. Lean em Desenvolvimento de Software Quadro Kanban 04/02/12 65
  • 66. Lean em Desenvolvimento de Software Controlando Kanban Você tem um processo estável? 04/02/12 66
  • 67. Lean em Desenvolvimento de Software Controlando Kanban 300 250 200 150 100 50 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 04/02/12 67
  • 68. Lean em Desenvolvimento de Software Controlando Kanban 300 250 200 Ciclo de tempo 150 100 50 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 04/02/12 68
  • 69. Lean em Desenvolvimento de Software Controlando Kanban 300 250 200 150 Trabalho em progresso 100 50 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 04/02/12 69
  • 70. Lean em Desenvolvimento de Software Muito mais: Elimine desperdícios Genchi Genbutsu Crie conhecimento A3 Construa com qualidade 5 Porquês? Adie comprometimento Pare a linha Entregue rápido Andon Respeite as pessoas Jidoka Melhore o Sistema À prova de erros 04/02/12 70
  • 71. Lean em Desenvolvimento de Software 04/02/12 71
  • 72. Obrigado! Perguntas? Mariana Vivian Bravo marivb@agilbits.com.br Hugo Corbucci hugo@agilbits.com.br 04/02/12 72