SlideShare uma empresa Scribd logo
30- PIPOCA
Uma pipoca espocando na panela, uma sozinha o louvor quase não
sai, mas quando chega mais uma na panela, então o louvor aumen-
ta mais. (2x)
É um tal de proc, proc, proc... 2, 3...
Agora todas as pipocas juntas. Todas as pipocas espocando...
31- ABRE A JANELA MEU BEM – Zé Vicente
Abre a janela meu bem! Vem ver o dia que vem!
Deixa o sol entrar, e o vento falar que eu te quero bem.
1. Deixa a brisa da manhã te abraçar, vê a rosa no canteiro te sorrir.
Vou pedir galo-campina pra cantar, Vou mandar te dar bom-dia o
bem-te-vi.
2. Essa vida só é vida com amor. Acordado é o melhor jeito de so-
nhar. Que o carinho seja o bom sabor e a razão pra toda hora co-
meçar.
3. Se a saudade ou o cansaço te bater, busque a força no segredo
da paixão. Não me esqueça, que eu não vou te esquecer. Somos
um neste país que é o coração.
32- ESTE RIO É MINHA RUA
1. Esse rio é minha rua/ Minha e tua, mururé/ Piso no peito da lua/
Deito no chão da maré (BIS)
Pois é, pois é/Eu não sou de igarapé/ Quem montou na cobra
grande/ Não se escanche em puraqué (2x)
2. Rio abaixo, rio acima/ Minha sina cana é/ Só de pensar na mard-
ita/ Me alembrei de Abaeté (BIS)
3. Me arresponde boto preto/ Quem te deu esse piché/ Foi limo de
maresia. Ou inhaca de mulher? (BIS)
33- XOTE ECOLÓGICO - Luiz Gonzaga
Não posso respirar, não posso mais nadar/ A terra está morrendo,
não dá mais pra plantar/ E se plantar não nasce, se nascer não dá/
Até pinga da boa é difícil de encontrar (2X)
Cadê a flor que estava aqui? Poluição comeu/E o peixe que é
do mar?/ Poluição comeu/ E o verde onde é que está?/ Poluição
comeu/ Nem o Chico Mendes sobreviveu.
01 – LUZ DO SENHOR
Ó Luz do Senhor, que vem sobre a Terra, inunda meu ser, per-
manece em nós.
02 – ONDE REINA O AMOR
Onde reina o amar, fraterno amor. Onde reina o amor Deus a-
qui está.
03- Amanheceu, e novo dia, Bendito seja Deus, quanta alegria!
( BIS)
04- Indo e vindo, trevas e luz, tudo é Graça, Deus nos conduz!
(BIS)
05 – HINO DA PJ
1 – Tanto tempo eu fiquei sem encontrar o caminho certo a se-
guir, eu andava sem esperança e o horizonte já não brilhava
mais pra mim a PJ me ajudou e renovou o meu viver, pejoteiro
agora sou é com muito amor que chamo também você.
Sou jovem de luta, sou jovem guerreiro, sou jovem de paz
sou cristão verdadeiro. Sou da Pastoral da Juventude.
2 – Será que você já fez alguma coisa pelo seu irmão, nunca é
tarde pra pensar, e junto com a pastoral construir o mundo de
amanhã.
06 – CORAÇÃO LIVRE
1 – Eu vejo que a juventude tem muito amor carrega esperança
viva no seu cantar conhece
caminhos novos não tem segredo, anseia pela justiça e deseja
a Paz. Mas vejo também a dor da insegurança, que dói quando
e hora certa de decidir tem medo de deixar tudo então se cansa
diz não ao caminho certo e não é feliz .
Ei, Juventude, rosto do mundo, teu dinamismo logo encan-
ta a quem te vê. A liberdade aposta tudo, não perde nada
na certeza de vencer (2x)
2 – vai, vende tudo que tens, dá a quem precisa mais; vem e
segue-me depois; vem comigo espalhar a Paz.
Jesus convida, conta contigo, mas e preciso ter coragem
26- O PASSINHO
Juventude que ama a Cristo, de maneira toda especial (2x). Dá
um passinho para frente e um passinho para trás (2x).
Passinho para frente, passinho para trás. Dá um passinho
para Deus (2x).
27- PILOTO JESUS
Quem quer vim comigo para ver a luz. Eu vou, o barquinho vai
passar. Obedeçam as ordens, o piloto é Jesus. Esqueçam tudo
e vamos navegar (2x).
Vão pra direita, todos igual a um, muito cuidado pro barco
não afundar. Vão pra esquerda, todos igual a um, muito cui-
dado pro barco não afundar.
Bata na palma da mão... Bata na sola do pé... Bote a mão na
cintura... Rode pra onde quiser. Assim, assim, assim, assim. (2x)
Pegue seu remo e vamos remar. Reme com jeito pra não afun-
dar. É festa no barco e o piloto é Jesus, vamos ver a luz (2x).
28- BALANCÊ DE JESUS
Vamos nessa agora nos aquecer. No balance de Jesus vamos
aprender, solte o seu corpo no suingue da dança. Dê um passo
pra frente e outro para trás, uma mão na cintura, girando como a
terra em torno do sol. Pulando, pulando, ninguém pode parar,
girando assim pra lá e pra cá. No balance de Jesus tem pandei-
ro e violão, então gire o corpo bata os pés e bata as mãos. Lou-
vem o céu, toquem a terra, beijos aos mares, um abraço aos
irmãos. Então venha dançar no balance de Jesus (2x).
29- É BONITA DEMAIS
É bonita demais, é bonita demais. A mão de quem conduz a
bandeira da paz. (bis)
1. É a paz verdadeira que vem da justiça, irmão.
É a paz da esperança que nasce de dentro do coração.
2. É a paz da verdade, da pura irmandade do amor.
Paz da comunidade que busca igualdade, ô, ô, ô.
3. Paz é graça e presente, na vida da gente de fé.
Paz no onipotente. Deus da nossa frente. Axé.
justiça, sem mais ódio, nem sangue, cobiça, Vai ser assim
23- NEGRA MARIAMA
Negra Mariama, Negra Mariama chama (2x)
1- Negra Mariama chama pra enfeitar o andor, porta-estandarte,
para ostentar. A imagem Aparecida em nossa escravidão. Com
o rosto dos pequenos, Cor de quem é irmão.
2- Negra Mariama chama pra cantar que Deus uniu os fracos
pra se libertar. E derrubou dos tronos os latifundiários que escra-
vizaram pra se regalar.
3- Negra Mariama chama pra dançar, sarava esperança até o
sol raiar. No samba está presente o sangue derramado, o grito e
o silêncio dos martirizados.
4- Negra Mariama chama pra lutar em nossos. Movimentos, sem
desanimar. Levanta a cabeça dos espoliados, nossa compa-
nheira chama pra avançar.
24- AMAZÔNIA
Amazônia celeiro de tanta beleza, cenário da natureza que Deus
deixou. Amazônia de gente feliz e amores, poetas e cantadores
habitam neste lugar.
Veja ela é nossa beleza, esta mãe natureza eles querem tomar.
Cante que a Amazônia são cores, temos nossos valores a Ama-
zônia é nossa ar.
Amazônia, querem tomar a Amazônia, querem mandar na
Amazônia, não vamos deixar (bis)
25-PRA COMEÇAR
1. Pra começar, pra ficar mais bonita, a Romaria da Juventude
com Cristo (2x)
A gente pula, a gente roda, a gente louva, a gente bate as
mãos. Pra ficar melhor, eu quero estar abraçadinho com vo-
cê. (2x)
2. O trem chegou, o trem chegou, na estação, na estação. Só
vai entrar no meu trem quem tiver Jesus no coração (2x).
3. Para trás e para frente, porque nessa dança Jesus está. Vai
rodando lentamente que a PJ vai te ensinar: a pular, louvar, a
rodar, a bater as mãos, a bater as mãos.
de morre. Coração livre, comprometido, partilha tudo sem
ter medo de perder(2x)
07 – ALÔ JUVENTUDE
1 – Alô juventude, alô juventude, encare com garra o peso da
barra, o tempo é escuro mais tem solução. Pra ter no futuro um
porto seguro precisa ter força precisa ter garra, precisa ter a-
mor no coração.
Pra frente, pra frente linda juventude, você é a esperança
do país. Pra frente pra frente linda juventude, e faça um fu-
turo muito mais feliz.
2 – O Brasil é lindo, o Brasil é nosso, não seja um fraco não
fuja do barco, eu sei que é cruel remar contra a maré. Porém
acredito que ainda tem jeito, a felicidade é nosso direito, a gen-
te não pode perder a fé.
08 – JUVENTUDE
1- Ei Juventude, vamos nessa vamos lá, tá na hora de mudar,
fazer uma corrente, nós somos Jovens e queremos liberdade,
um lugar na sociedade, vivermos dignamente. (2X)
2- Vamos unidos num grande mutirão, pedir a Deus que Ele
nos ajude, numa só voz cantar esta canção, que todos ouçam o
grito da Juventude.
Juventude, Juventude, Juventude, Juventude, Juventude
Hei, Juventude, Juventude Hei, Juventude.
09- ALMA MISSIONÁRIA
1- Senhor, toma minha vida nova. Antes que a espera desgaste
anos em mim. Estou disposto ao que queiras. Não importa o
que seja, Tu chamas-me a servir.
Leva-me aonde os homens necessitem Tua palavra Neces-
sitem de força de viver. Onde falte a esperança Onde tudo
seja triste simplesmente por não saber de Ti
2- Te dou meu coração sincero, Para gritar sem medo, formoso
é Teu amor Senhor, tenho alma missionária,Conduza-me à ter-
ra que tenha sede de Ti.
3- E assim, eu partirei cantando,Por terras anunciando Tua be-
leza, Senhor,Terei meus braços sem cansaço,Tua história em
meus lábios e força na oração
10- NAS ASAS DA ESPERANÇA
1- Hei Juventude, está na hora de gritar, chegou a nossa vez,
vem cá participar. Vamos lutar, exigir nossos direitos, já basta de
injustiças e de tanto preconceito.
Nas asas da esperança, gestamos a mudança de um Brasil
melhor. (2X)
2- Somos maioria, precisamos nos unir, venha meu amigo é só
dizer que sim. Buscar a liberdade só depende de você, agora
mais que nunca, sou PJ pra valer.
11- O PROFETA
1- Antes que te formasses dentro do ventre de tua mãe Antes
que tu nascesses, te conhecia, te consagrei. Para ser Meu pro-
feta entre as nações Eu te escolhi Onde te envio irás, o que te
mando proclamarás!
Tenho que gritar, tenho que arriscar, Ai de mim se não o fa-
ço!
Como escapar de Ti, como calar Se Tua voz arde em meu
peito?
Tenho que andar, tenho que lutar Ai de mim se não o faço!
Como escapar de Ti, como calar Se Tua voz arde em meu
peito?
2- Não temas arriscar-te, porque contigo eu estarei Não temas
anunciar-me, por tua boca eu falarei Hoje te dou meu povo, para
arrancar e demolir Para edificar, construirás e plantarás!
3- Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe,Deixa enfim teu
lar, porque a terra gritando está,Nada tragas contigo, porque a
teu lado Eu estarei,É hora de lutar, porque Meu povo sofrendo
está!
12- ANUNCIAÇÃO
1- Na bruma leve das paixões que vêm de dentro Tu vens che-
gando pra brincar no meu quintal No teu cavalo, peito nu, cabelo
ao vento E o Sol quarando nossas roupas no varal.
meu povo, a nossa América Latina.
2. Meu irmão índio, meu irmão afro, Meus latinos companhei-
ros, Nós somos vítimas das dependências De um império es-
trangeiro: É assim o meu povo, a nossa América Latina.
3. Eu me pergunto a todos nós: Até que dia nós aguentamos
Essa violência tão assassina? Nos tomam as terras, matam os
índios, Nos deixam os restos da nossa América Latina
21- HINO DA CF 2013
Sei que perguntas, juventude, de onde veio, Teu belo jeito
sempre novo e verdadeiro. Eu fiz brotar em ti desde o materno
seio Essa vontade de mudar o mundo inteiro.
Estou aqui, meu Senhor, sou jovem, sou teu povo! Eu te-
nho fome de justiça e de amor, Quero ajudar a construir
um mundo novo. Estou aqui, meu Senhor, sou jovem, sou
teu povo! Para formar a rede da fraternidade, E um novo
céu uma nova terra, a tua vontade. Eis-me aqui, envia-me
Senhor! (2x)
2 - Levem a todos meu chamado à liberdade Onde a ganância
gera irmãos escravizados. Quero a mensagem que humaniza
a sociedade Falada às claras, publicada nos telhados.
3 - Para salvar a quem perdeu a esperança Serei a força, ple-
na luz a te guiar. Por tua voz eu falarei, tem confiança, Não
tenhas medo, novo Reino a chegar!
22- UTOPIA
1- Quando o dia da paz renascer, quando o Sol da esperança
brilhar, eu vou cantar… Quando o povo nas ruas sorrir e a ro-
seira de novo florir, eu vou cantar Quando as cercas caírem no
chão, Quando as mesas se encherem de pão, eu vou cantar,
Quando os muros que cercam os jardins destruídos, Então os
jasmins vão perfumar…
Vai ser tão bonito se ouvir a canção Cantada de novo, No
olhar da gente a certeza do irmão, Reinado do povo (bis)
2- Quando as armas da destruição, destruídas em cada nação,
eu vou sonhar. E o decreto que encerra a opressão, assinado
só no coração, vai triunfar. Quando a voz da verdade se ouvir,
E a mentira não mais existir, será enfim. Tempo novo de eterna
Lauê, lauê, lauê, lauê
2- É que a gente junto vai. Reabrindo caminhos vai. Alargando a
avenida pra festa geral. Enquanto não chega a vitória. A gente
refaz a história. Pro que há de ser afinal.
Lauê, lauê, lauê, lauê
3- É que a gente junto vai ,Vai pra rua de novo, vai, Levantar a
bandeira do sonho maior, Enquanto eles mandam, não importa,
A gente vai abrindo a porta, Quem vai rir depois, ri melhor
Lauê, lauê, lauê, lauê
4- Esse amor tão bonito vai, Vai gerar nova vida, vai, Cicatrizar
feridas, fecundar a paz, Enquanto governa a maldade,A gente
canta a liberdade, O amor não se rende jamais
Lauê, lauê, lauê, lauê
20- GUARANIS
Ah, quero ouvir as serenatas. Ver crescer as nossas matas. E
tocar um violão. Ah, meu amigo, vem cantar. Pois o dia vai raiar.
E morar nesta canção. Ah, que saudades do poeta. Do artista,
do profeta. Que o tempo eternizou. Ah, como eu falei das flores.
Liberdade, beija-flores. Que meu coração sonhou.
Ah, ver crianças pelas praças. Paz e pipa, pão de graça. Como o
cheiro de hortelã. Ah, água pura ali na fonte. E a gente olhar os
montes. Sem ter medo do amanhã. Ah, o meu lindo continente.
Que fez do sangue a semente. Para ver o sol nascer. Ah, nos-
sas matas tão bonitas. Verdes mares, canto a vida. Quando o
dia amanhecer.
Ah, quanta luta na fronteira. Tanta dor na cordilheira. Que o con-
dor não voou. Ah, dança e terra guaranis. De uma raça tão feliz.
Que o homem dizimou. Ah, vou nos passos de um menino. No
meu coração latino. A esperança tem lugar. Ah, quando bate a
saudade. Abre as asas liberdade. Que não paro de cantar.
20- ACORDA AMÉRICA
Acorda América, chegou a hora de levantar. O sangue dos
mártires, fez a semente se espalhar. (BIS)
1. Nestes campos, nestas planícies, Nestes vales e caatingas;
Nestas raízes entrelaçadas De etnias tão misturadas: É assim
Tu vens, tu vens. Eu já escuto os teus sinais.
Tu vens, tu vens. Eu já escuto os teus sinais
2- A voz do anjo sussurrou no meu ouvido. Eu não duvido, já es-
cuto os teus sinais. Que tu virias numa manhã de domingo. Eu te
anuncio nos sinos das catedrais.
13- IRA CHEGAR
Irá chegar um novo dia. Um novo céu, uma nova terra, um no-
vo mar. E nesse dia os oprimidos. A uma só voz, a liberdade,
irão cantar
1- Na nova terra o negro não vai ter corrente. E o nosso índio vai
ser visto como gente. Na nova terra o negro, o índio e o mulato. O
branco e todos vão comer no mesmo prato
2- Na nova terra o fraco, o pobre e o injustiçado. Serão juízes des-
te mundo de pecado. Na nova terra o forte, o grande e o prepoten-
te. Irão chorar até ranger os dentes.
3- Na nova terra a mulher terá direitos. Não sofrerá humilhações,
nem preconceitos. O seu trabalho todos vão valorizar. Das deci-
sões ela irá participar.
4. Na nova terra os povos todos irmanados. Com sua cultura e
direitos respeitados. Farão da vida um bonito amanhecer. Com
igualdade no direito de viver.
14- PAI NOSSO DOS MÁRTIRES
Pai nosso, dos pobres marginalizados
Pai nosso, dos mártires, dos torturados.
Teu nome é santificado naqueles que morrem defendendo a vida,
Teu nome é glorificado, quando a justiça é nossa medida
Teu reino é de liberdade, de fraternidade, paz e comunhão
Maldita toda a violência que devora a vida pela repressão.
O, o, o, o, O, o, o, o
Queremos fazer Tua vontade, és o verdadeiro Deus libertador,
Não vamos seguir as doutrinas corrompidas pelo poder opressor.
Pedimos-Te o pão da vida. O pão da segurança. O pão das mul-
tidões. O pão que traz humanidade. Que constrói o homem em
vez de canhões.
O, o, o, o, O, o, o, o
Perdoa-nos quando por medo ficamos calados diante da morte,
Perdoa e destrói os reinos em que a corrupção é a lei mais forte.
Protege-nos da crueldade. Do esquadrão da morte. Dos prevale-
cidos. Pai nosso revolucionário. Parceiro dos pobres. Deus dos
oprimidos. Pai nosso, revolucionário. Parceiro dos pobres. Deus
dos oprimidos
O, o, o, o, O, o, o, o
15- É TÃO BOM ver você e estar aqui. E sentir esta paz que faz
feliz.. Ver o amor e a alegria acontecer. O sol azul e o céu boni-
to. Sempre lindo de se ver. É tão bom ter você com um amigo. E
sentir a certeza deste abrigo. Ver o sol se levantar. Novo dia co-
meçar. Toda luz e nossos sonhos clarear.
Ei amigo meu irmão meu companheiro. Vou correr o mudo
inteiro, Pra poder anunciar, Que é bom ter um amigo cada
dia mais irmã Isso faz ser mais feliz no coração (2x)
16- NEGRO NAGÔ
1-Eu vou tocar minha viola. Eu sou um negro cantador. O negro
canta, deita e rola. Lá na senzala do Senhor
Dança aí, negro nagô. Dança aí, negro nagô. Dança aí, negro
nagô. Dança aí, negro nagô. Oh oh oh
2-Tem que acabar com essa história. De negro ser inferior. O
negro é gente e quer escola. Quer dançar samba e ser doutor
3-O negro mora em palafita. Não é culpa dele, não senhor. A
culpa é da abolição. Que veio e não o libertou
4-Vou botar fogo no engenho. Aonde o negro apanhou. O negro
é gente como outro. Quer ter carinho e ter amor
17- SE CALAREM A VOZ DOS PROFETAS
1- Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão. Se fecha-
rem os poucos caminhos, mil trilhas nascerão. Muito tempo
não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus cri-
ou o infinito pra vida ser sempre mais.
É Jesus este Pão de igualdade, viemos pra comungar, com
a luta sofrida de um povo que quer, ter voz , ter vez, lugar.
Comungar é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar,
com a fé e a união nossos passos um dia vão chegar.
2- O Espírito é vento incessante que nada há de prender. Ele
sopra até no absurdo, que a gente não quer ver. Muito tempo
não dura a verdade, nestas margens estreitas demais. Deus
criou o infinito pra vida ser sempre mais.
3- No banquete da festa de uns poucos, só rico se sentou. Nos-
so Deus fica ao lado dos pobres, colhendo o que sobrou. Muito
tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais.
Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais.
4- O poder tem raízes na areia, o tempo faz cair. União é a ro-
cha que o povo usou pra construir. Muito tempo não dura a ver-
dade, nestas margens estreitas demais. Deus criou o infinito
pra vida ser sempre mais
18- ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO
Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão.
Onde houver discórdia, que eu leve união.
Onde houver dúvida, que eu leve a fé.
Onde houver erro, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança.
Onde houver tristeza, que eu leve alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Ó mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser con-
solado. Compreender, que ser compreendido. Amar, que
ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que
se é perdoado. E é morrendo que se vive Para a vida eterna
19- O QUE VALE E O AMOR
Se é pra ir a luta, eu vou! Se é pra tá presente, eu tô! Pois
na vida da gente o que vale é o amor (bis)
1. É que a gente junto vai. Reacender estrelas vai. Replantar
nosso sonho em cada coração. Enquanto não chegar o dia.
Enquanto persiste a agonia. A gente ensaia o baião.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a CANTOS DA PASTORAL DA JUVENTUDE - LOUVORES QUE MARCAM NOSSA VIDA

Livro Seara Pai Matheus de Aruanda
Livro Seara Pai Matheus de AruandaLivro Seara Pai Matheus de Aruanda
Livro Seara Pai Matheus de Aruanda
Bruno Campos de Medeiros
 
Cantos natal
Cantos natalCantos natal
Cantos natal
torrasko
 
Cardápio DalheMongo
Cardápio DalheMongoCardápio DalheMongo
Cardápio DalheMongo
DalheMongo .com
 
Coletaneajovem2003
Coletaneajovem2003Coletaneajovem2003
Coletaneajovem2003
lissadventista
 
A correnteza
A correntezaA correnteza
A correnteza
Jose Pinto Cardoso
 
Ela 2012 eucaristia
Ela 2012 eucaristiaEla 2012 eucaristia
Ela 2012 eucaristia
Jorge Lopes
 
Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...
Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...
Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...
Bernadetecebs .
 
O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)
O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)
O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)
Manoel Francisco Xavier
 
Baptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITO
Baptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITOBaptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITO
Baptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITO
CHUC
 
Guião santiago de compostela
Guião santiago de compostelaGuião santiago de compostela
Guião santiago de compostela
Sandra Figueiredo
 
Letras musicas coral
Letras musicas coralLetras musicas coral
Letras musicas coral
Nome Sobrenome
 
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo   poesia - 2.a fase - OseModernismo   poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
André Damázio
 
Filigrana poetica
Filigrana poeticaFiligrana poetica
I Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral setor 2 - segundo dia
I Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral   setor 2  - segundo diaI Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral   setor 2  - segundo dia
I Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral setor 2 - segundo dia
Paróquia Nossa Senhora das Mercês
 
Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema” Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema”
Sistema Municipal de Bibliotecas
 
Cultivar a espiritualidade (para educadores)
Cultivar a espiritualidade (para educadores)Cultivar a espiritualidade (para educadores)
Cultivar a espiritualidade (para educadores)
Afonso Murad (FAJE)
 
18ºdomingo tc14a
18ºdomingo tc14a18ºdomingo tc14a
18ºdomingo tc14a
CHUC
 
18ºdomingo tc14a1
18ºdomingo tc14a118ºdomingo tc14a1
18ºdomingo tc14a1
CHUC
 
MUSICA NA CATEQUESE
MUSICA NA CATEQUESEMUSICA NA CATEQUESE
MUSICA NA CATEQUESE
Manoel Francisco Xavier
 
Navegar
NavegarNavegar
Navegar
Edvaldo001
 

Semelhante a CANTOS DA PASTORAL DA JUVENTUDE - LOUVORES QUE MARCAM NOSSA VIDA (20)

Livro Seara Pai Matheus de Aruanda
Livro Seara Pai Matheus de AruandaLivro Seara Pai Matheus de Aruanda
Livro Seara Pai Matheus de Aruanda
 
Cantos natal
Cantos natalCantos natal
Cantos natal
 
Cardápio DalheMongo
Cardápio DalheMongoCardápio DalheMongo
Cardápio DalheMongo
 
Coletaneajovem2003
Coletaneajovem2003Coletaneajovem2003
Coletaneajovem2003
 
A correnteza
A correntezaA correnteza
A correnteza
 
Ela 2012 eucaristia
Ela 2012 eucaristiaEla 2012 eucaristia
Ela 2012 eucaristia
 
Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...
Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...
Cânticos do Terço Missionário - Pastoral da visitação - Paróquia Coração de J...
 
O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)
O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)
O canto é a expressão de um sentiment1 (imprimir)
 
Baptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITO
Baptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITOBaptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITO
Baptismo do Senhor 15 B O BARRO ANIMADA PELO ESPIRITO
 
Guião santiago de compostela
Guião santiago de compostelaGuião santiago de compostela
Guião santiago de compostela
 
Letras musicas coral
Letras musicas coralLetras musicas coral
Letras musicas coral
 
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo   poesia - 2.a fase - OseModernismo   poesia - 2.a fase - Ose
Modernismo poesia - 2.a fase - Ose
 
Filigrana poetica
Filigrana poeticaFiligrana poetica
Filigrana poetica
 
I Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral setor 2 - segundo dia
I Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral   setor 2  - segundo diaI Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral   setor 2  - segundo dia
I Congresso de animação bíblica da vida e da pastoral setor 2 - segundo dia
 
Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema” Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema”
 
Cultivar a espiritualidade (para educadores)
Cultivar a espiritualidade (para educadores)Cultivar a espiritualidade (para educadores)
Cultivar a espiritualidade (para educadores)
 
18ºdomingo tc14a
18ºdomingo tc14a18ºdomingo tc14a
18ºdomingo tc14a
 
18ºdomingo tc14a1
18ºdomingo tc14a118ºdomingo tc14a1
18ºdomingo tc14a1
 
MUSICA NA CATEQUESE
MUSICA NA CATEQUESEMUSICA NA CATEQUESE
MUSICA NA CATEQUESE
 
Navegar
NavegarNavegar
Navegar
 

Mais de LehonanSouza

APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
LehonanSouza
 
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
LehonanSouza
 
Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..
Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..
Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..
LehonanSouza
 
Oração inicial para encontros com jovens.pptx
Oração inicial para encontros com jovens.pptxOração inicial para encontros com jovens.pptx
Oração inicial para encontros com jovens.pptx
LehonanSouza
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
LehonanSouza
 
SAO HIGINO 2.docx
SAO HIGINO 2.docxSAO HIGINO 2.docx
SAO HIGINO 2.docx
LehonanSouza
 

Mais de LehonanSouza (6)

APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
 
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
APRESENTAÇÃO SOBRE OS SOFISTAS E SOCRÁTES - ANTENAS NO SÉCULO V - UMA ÉPOCA D...
 
Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..
Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..
Formação sobre o Tempo do Advento.pptx..
 
Oração inicial para encontros com jovens.pptx
Oração inicial para encontros com jovens.pptxOração inicial para encontros com jovens.pptx
Oração inicial para encontros com jovens.pptx
 
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdfRoteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
Roteiro-para-Preparação-das-Visitas-Missionárias-3.pdf
 
SAO HIGINO 2.docx
SAO HIGINO 2.docxSAO HIGINO 2.docx
SAO HIGINO 2.docx
 

Último

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
André Luiz Marques
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
Nilson Almeida
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
JaquelineSantosBasto
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 

Último (14)

Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo DiaFesta das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
Festa das Primícias - Igreja Adventista do Sétimo Dia
 
a futura religião da nova ordem mundial.
a  futura religião da nova ordem mundial.a  futura religião da nova ordem mundial.
a futura religião da nova ordem mundial.
 
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdfA Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
A Verdade Sôbre As Profecias Do Apocalipse.pdf
 
Salmo 91
Salmo 91Salmo 91
Salmo 91
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdfEstudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
Estudo Biblico deuteronomio PowerPoint.pdf
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicosSEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
SEGREDOS DO APOCALIPSE - o apocalipse através de olhos hebraicos
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 

CANTOS DA PASTORAL DA JUVENTUDE - LOUVORES QUE MARCAM NOSSA VIDA

  • 1. 30- PIPOCA Uma pipoca espocando na panela, uma sozinha o louvor quase não sai, mas quando chega mais uma na panela, então o louvor aumen- ta mais. (2x) É um tal de proc, proc, proc... 2, 3... Agora todas as pipocas juntas. Todas as pipocas espocando... 31- ABRE A JANELA MEU BEM – Zé Vicente Abre a janela meu bem! Vem ver o dia que vem! Deixa o sol entrar, e o vento falar que eu te quero bem. 1. Deixa a brisa da manhã te abraçar, vê a rosa no canteiro te sorrir. Vou pedir galo-campina pra cantar, Vou mandar te dar bom-dia o bem-te-vi. 2. Essa vida só é vida com amor. Acordado é o melhor jeito de so- nhar. Que o carinho seja o bom sabor e a razão pra toda hora co- meçar. 3. Se a saudade ou o cansaço te bater, busque a força no segredo da paixão. Não me esqueça, que eu não vou te esquecer. Somos um neste país que é o coração. 32- ESTE RIO É MINHA RUA 1. Esse rio é minha rua/ Minha e tua, mururé/ Piso no peito da lua/ Deito no chão da maré (BIS) Pois é, pois é/Eu não sou de igarapé/ Quem montou na cobra grande/ Não se escanche em puraqué (2x) 2. Rio abaixo, rio acima/ Minha sina cana é/ Só de pensar na mard- ita/ Me alembrei de Abaeté (BIS) 3. Me arresponde boto preto/ Quem te deu esse piché/ Foi limo de maresia. Ou inhaca de mulher? (BIS) 33- XOTE ECOLÓGICO - Luiz Gonzaga Não posso respirar, não posso mais nadar/ A terra está morrendo, não dá mais pra plantar/ E se plantar não nasce, se nascer não dá/ Até pinga da boa é difícil de encontrar (2X) Cadê a flor que estava aqui? Poluição comeu/E o peixe que é do mar?/ Poluição comeu/ E o verde onde é que está?/ Poluição comeu/ Nem o Chico Mendes sobreviveu.
  • 2. 01 – LUZ DO SENHOR Ó Luz do Senhor, que vem sobre a Terra, inunda meu ser, per- manece em nós. 02 – ONDE REINA O AMOR Onde reina o amar, fraterno amor. Onde reina o amor Deus a- qui está. 03- Amanheceu, e novo dia, Bendito seja Deus, quanta alegria! ( BIS) 04- Indo e vindo, trevas e luz, tudo é Graça, Deus nos conduz! (BIS) 05 – HINO DA PJ 1 – Tanto tempo eu fiquei sem encontrar o caminho certo a se- guir, eu andava sem esperança e o horizonte já não brilhava mais pra mim a PJ me ajudou e renovou o meu viver, pejoteiro agora sou é com muito amor que chamo também você. Sou jovem de luta, sou jovem guerreiro, sou jovem de paz sou cristão verdadeiro. Sou da Pastoral da Juventude. 2 – Será que você já fez alguma coisa pelo seu irmão, nunca é tarde pra pensar, e junto com a pastoral construir o mundo de amanhã. 06 – CORAÇÃO LIVRE 1 – Eu vejo que a juventude tem muito amor carrega esperança viva no seu cantar conhece caminhos novos não tem segredo, anseia pela justiça e deseja a Paz. Mas vejo também a dor da insegurança, que dói quando e hora certa de decidir tem medo de deixar tudo então se cansa diz não ao caminho certo e não é feliz . Ei, Juventude, rosto do mundo, teu dinamismo logo encan- ta a quem te vê. A liberdade aposta tudo, não perde nada na certeza de vencer (2x) 2 – vai, vende tudo que tens, dá a quem precisa mais; vem e segue-me depois; vem comigo espalhar a Paz. Jesus convida, conta contigo, mas e preciso ter coragem 26- O PASSINHO Juventude que ama a Cristo, de maneira toda especial (2x). Dá um passinho para frente e um passinho para trás (2x). Passinho para frente, passinho para trás. Dá um passinho para Deus (2x). 27- PILOTO JESUS Quem quer vim comigo para ver a luz. Eu vou, o barquinho vai passar. Obedeçam as ordens, o piloto é Jesus. Esqueçam tudo e vamos navegar (2x). Vão pra direita, todos igual a um, muito cuidado pro barco não afundar. Vão pra esquerda, todos igual a um, muito cui- dado pro barco não afundar. Bata na palma da mão... Bata na sola do pé... Bote a mão na cintura... Rode pra onde quiser. Assim, assim, assim, assim. (2x) Pegue seu remo e vamos remar. Reme com jeito pra não afun- dar. É festa no barco e o piloto é Jesus, vamos ver a luz (2x). 28- BALANCÊ DE JESUS Vamos nessa agora nos aquecer. No balance de Jesus vamos aprender, solte o seu corpo no suingue da dança. Dê um passo pra frente e outro para trás, uma mão na cintura, girando como a terra em torno do sol. Pulando, pulando, ninguém pode parar, girando assim pra lá e pra cá. No balance de Jesus tem pandei- ro e violão, então gire o corpo bata os pés e bata as mãos. Lou- vem o céu, toquem a terra, beijos aos mares, um abraço aos irmãos. Então venha dançar no balance de Jesus (2x). 29- É BONITA DEMAIS É bonita demais, é bonita demais. A mão de quem conduz a bandeira da paz. (bis) 1. É a paz verdadeira que vem da justiça, irmão. É a paz da esperança que nasce de dentro do coração. 2. É a paz da verdade, da pura irmandade do amor. Paz da comunidade que busca igualdade, ô, ô, ô. 3. Paz é graça e presente, na vida da gente de fé. Paz no onipotente. Deus da nossa frente. Axé.
  • 3. justiça, sem mais ódio, nem sangue, cobiça, Vai ser assim 23- NEGRA MARIAMA Negra Mariama, Negra Mariama chama (2x) 1- Negra Mariama chama pra enfeitar o andor, porta-estandarte, para ostentar. A imagem Aparecida em nossa escravidão. Com o rosto dos pequenos, Cor de quem é irmão. 2- Negra Mariama chama pra cantar que Deus uniu os fracos pra se libertar. E derrubou dos tronos os latifundiários que escra- vizaram pra se regalar. 3- Negra Mariama chama pra dançar, sarava esperança até o sol raiar. No samba está presente o sangue derramado, o grito e o silêncio dos martirizados. 4- Negra Mariama chama pra lutar em nossos. Movimentos, sem desanimar. Levanta a cabeça dos espoliados, nossa compa- nheira chama pra avançar. 24- AMAZÔNIA Amazônia celeiro de tanta beleza, cenário da natureza que Deus deixou. Amazônia de gente feliz e amores, poetas e cantadores habitam neste lugar. Veja ela é nossa beleza, esta mãe natureza eles querem tomar. Cante que a Amazônia são cores, temos nossos valores a Ama- zônia é nossa ar. Amazônia, querem tomar a Amazônia, querem mandar na Amazônia, não vamos deixar (bis) 25-PRA COMEÇAR 1. Pra começar, pra ficar mais bonita, a Romaria da Juventude com Cristo (2x) A gente pula, a gente roda, a gente louva, a gente bate as mãos. Pra ficar melhor, eu quero estar abraçadinho com vo- cê. (2x) 2. O trem chegou, o trem chegou, na estação, na estação. Só vai entrar no meu trem quem tiver Jesus no coração (2x). 3. Para trás e para frente, porque nessa dança Jesus está. Vai rodando lentamente que a PJ vai te ensinar: a pular, louvar, a rodar, a bater as mãos, a bater as mãos. de morre. Coração livre, comprometido, partilha tudo sem ter medo de perder(2x) 07 – ALÔ JUVENTUDE 1 – Alô juventude, alô juventude, encare com garra o peso da barra, o tempo é escuro mais tem solução. Pra ter no futuro um porto seguro precisa ter força precisa ter garra, precisa ter a- mor no coração. Pra frente, pra frente linda juventude, você é a esperança do país. Pra frente pra frente linda juventude, e faça um fu- turo muito mais feliz. 2 – O Brasil é lindo, o Brasil é nosso, não seja um fraco não fuja do barco, eu sei que é cruel remar contra a maré. Porém acredito que ainda tem jeito, a felicidade é nosso direito, a gen- te não pode perder a fé. 08 – JUVENTUDE 1- Ei Juventude, vamos nessa vamos lá, tá na hora de mudar, fazer uma corrente, nós somos Jovens e queremos liberdade, um lugar na sociedade, vivermos dignamente. (2X) 2- Vamos unidos num grande mutirão, pedir a Deus que Ele nos ajude, numa só voz cantar esta canção, que todos ouçam o grito da Juventude. Juventude, Juventude, Juventude, Juventude, Juventude Hei, Juventude, Juventude Hei, Juventude. 09- ALMA MISSIONÁRIA 1- Senhor, toma minha vida nova. Antes que a espera desgaste anos em mim. Estou disposto ao que queiras. Não importa o que seja, Tu chamas-me a servir. Leva-me aonde os homens necessitem Tua palavra Neces- sitem de força de viver. Onde falte a esperança Onde tudo seja triste simplesmente por não saber de Ti 2- Te dou meu coração sincero, Para gritar sem medo, formoso é Teu amor Senhor, tenho alma missionária,Conduza-me à ter- ra que tenha sede de Ti. 3- E assim, eu partirei cantando,Por terras anunciando Tua be-
  • 4. leza, Senhor,Terei meus braços sem cansaço,Tua história em meus lábios e força na oração 10- NAS ASAS DA ESPERANÇA 1- Hei Juventude, está na hora de gritar, chegou a nossa vez, vem cá participar. Vamos lutar, exigir nossos direitos, já basta de injustiças e de tanto preconceito. Nas asas da esperança, gestamos a mudança de um Brasil melhor. (2X) 2- Somos maioria, precisamos nos unir, venha meu amigo é só dizer que sim. Buscar a liberdade só depende de você, agora mais que nunca, sou PJ pra valer. 11- O PROFETA 1- Antes que te formasses dentro do ventre de tua mãe Antes que tu nascesses, te conhecia, te consagrei. Para ser Meu pro- feta entre as nações Eu te escolhi Onde te envio irás, o que te mando proclamarás! Tenho que gritar, tenho que arriscar, Ai de mim se não o fa- ço! Como escapar de Ti, como calar Se Tua voz arde em meu peito? Tenho que andar, tenho que lutar Ai de mim se não o faço! Como escapar de Ti, como calar Se Tua voz arde em meu peito? 2- Não temas arriscar-te, porque contigo eu estarei Não temas anunciar-me, por tua boca eu falarei Hoje te dou meu povo, para arrancar e demolir Para edificar, construirás e plantarás! 3- Deixa os teus irmãos, deixa teu pai e tua mãe,Deixa enfim teu lar, porque a terra gritando está,Nada tragas contigo, porque a teu lado Eu estarei,É hora de lutar, porque Meu povo sofrendo está! 12- ANUNCIAÇÃO 1- Na bruma leve das paixões que vêm de dentro Tu vens che- gando pra brincar no meu quintal No teu cavalo, peito nu, cabelo ao vento E o Sol quarando nossas roupas no varal. meu povo, a nossa América Latina. 2. Meu irmão índio, meu irmão afro, Meus latinos companhei- ros, Nós somos vítimas das dependências De um império es- trangeiro: É assim o meu povo, a nossa América Latina. 3. Eu me pergunto a todos nós: Até que dia nós aguentamos Essa violência tão assassina? Nos tomam as terras, matam os índios, Nos deixam os restos da nossa América Latina 21- HINO DA CF 2013 Sei que perguntas, juventude, de onde veio, Teu belo jeito sempre novo e verdadeiro. Eu fiz brotar em ti desde o materno seio Essa vontade de mudar o mundo inteiro. Estou aqui, meu Senhor, sou jovem, sou teu povo! Eu te- nho fome de justiça e de amor, Quero ajudar a construir um mundo novo. Estou aqui, meu Senhor, sou jovem, sou teu povo! Para formar a rede da fraternidade, E um novo céu uma nova terra, a tua vontade. Eis-me aqui, envia-me Senhor! (2x) 2 - Levem a todos meu chamado à liberdade Onde a ganância gera irmãos escravizados. Quero a mensagem que humaniza a sociedade Falada às claras, publicada nos telhados. 3 - Para salvar a quem perdeu a esperança Serei a força, ple- na luz a te guiar. Por tua voz eu falarei, tem confiança, Não tenhas medo, novo Reino a chegar! 22- UTOPIA 1- Quando o dia da paz renascer, quando o Sol da esperança brilhar, eu vou cantar… Quando o povo nas ruas sorrir e a ro- seira de novo florir, eu vou cantar Quando as cercas caírem no chão, Quando as mesas se encherem de pão, eu vou cantar, Quando os muros que cercam os jardins destruídos, Então os jasmins vão perfumar… Vai ser tão bonito se ouvir a canção Cantada de novo, No olhar da gente a certeza do irmão, Reinado do povo (bis) 2- Quando as armas da destruição, destruídas em cada nação, eu vou sonhar. E o decreto que encerra a opressão, assinado só no coração, vai triunfar. Quando a voz da verdade se ouvir, E a mentira não mais existir, será enfim. Tempo novo de eterna
  • 5. Lauê, lauê, lauê, lauê 2- É que a gente junto vai. Reabrindo caminhos vai. Alargando a avenida pra festa geral. Enquanto não chega a vitória. A gente refaz a história. Pro que há de ser afinal. Lauê, lauê, lauê, lauê 3- É que a gente junto vai ,Vai pra rua de novo, vai, Levantar a bandeira do sonho maior, Enquanto eles mandam, não importa, A gente vai abrindo a porta, Quem vai rir depois, ri melhor Lauê, lauê, lauê, lauê 4- Esse amor tão bonito vai, Vai gerar nova vida, vai, Cicatrizar feridas, fecundar a paz, Enquanto governa a maldade,A gente canta a liberdade, O amor não se rende jamais Lauê, lauê, lauê, lauê 20- GUARANIS Ah, quero ouvir as serenatas. Ver crescer as nossas matas. E tocar um violão. Ah, meu amigo, vem cantar. Pois o dia vai raiar. E morar nesta canção. Ah, que saudades do poeta. Do artista, do profeta. Que o tempo eternizou. Ah, como eu falei das flores. Liberdade, beija-flores. Que meu coração sonhou. Ah, ver crianças pelas praças. Paz e pipa, pão de graça. Como o cheiro de hortelã. Ah, água pura ali na fonte. E a gente olhar os montes. Sem ter medo do amanhã. Ah, o meu lindo continente. Que fez do sangue a semente. Para ver o sol nascer. Ah, nos- sas matas tão bonitas. Verdes mares, canto a vida. Quando o dia amanhecer. Ah, quanta luta na fronteira. Tanta dor na cordilheira. Que o con- dor não voou. Ah, dança e terra guaranis. De uma raça tão feliz. Que o homem dizimou. Ah, vou nos passos de um menino. No meu coração latino. A esperança tem lugar. Ah, quando bate a saudade. Abre as asas liberdade. Que não paro de cantar. 20- ACORDA AMÉRICA Acorda América, chegou a hora de levantar. O sangue dos mártires, fez a semente se espalhar. (BIS) 1. Nestes campos, nestas planícies, Nestes vales e caatingas; Nestas raízes entrelaçadas De etnias tão misturadas: É assim Tu vens, tu vens. Eu já escuto os teus sinais. Tu vens, tu vens. Eu já escuto os teus sinais 2- A voz do anjo sussurrou no meu ouvido. Eu não duvido, já es- cuto os teus sinais. Que tu virias numa manhã de domingo. Eu te anuncio nos sinos das catedrais. 13- IRA CHEGAR Irá chegar um novo dia. Um novo céu, uma nova terra, um no- vo mar. E nesse dia os oprimidos. A uma só voz, a liberdade, irão cantar 1- Na nova terra o negro não vai ter corrente. E o nosso índio vai ser visto como gente. Na nova terra o negro, o índio e o mulato. O branco e todos vão comer no mesmo prato 2- Na nova terra o fraco, o pobre e o injustiçado. Serão juízes des- te mundo de pecado. Na nova terra o forte, o grande e o prepoten- te. Irão chorar até ranger os dentes. 3- Na nova terra a mulher terá direitos. Não sofrerá humilhações, nem preconceitos. O seu trabalho todos vão valorizar. Das deci- sões ela irá participar. 4. Na nova terra os povos todos irmanados. Com sua cultura e direitos respeitados. Farão da vida um bonito amanhecer. Com igualdade no direito de viver. 14- PAI NOSSO DOS MÁRTIRES Pai nosso, dos pobres marginalizados Pai nosso, dos mártires, dos torturados. Teu nome é santificado naqueles que morrem defendendo a vida, Teu nome é glorificado, quando a justiça é nossa medida Teu reino é de liberdade, de fraternidade, paz e comunhão Maldita toda a violência que devora a vida pela repressão. O, o, o, o, O, o, o, o Queremos fazer Tua vontade, és o verdadeiro Deus libertador, Não vamos seguir as doutrinas corrompidas pelo poder opressor.
  • 6. Pedimos-Te o pão da vida. O pão da segurança. O pão das mul- tidões. O pão que traz humanidade. Que constrói o homem em vez de canhões. O, o, o, o, O, o, o, o Perdoa-nos quando por medo ficamos calados diante da morte, Perdoa e destrói os reinos em que a corrupção é a lei mais forte. Protege-nos da crueldade. Do esquadrão da morte. Dos prevale- cidos. Pai nosso revolucionário. Parceiro dos pobres. Deus dos oprimidos. Pai nosso, revolucionário. Parceiro dos pobres. Deus dos oprimidos O, o, o, o, O, o, o, o 15- É TÃO BOM ver você e estar aqui. E sentir esta paz que faz feliz.. Ver o amor e a alegria acontecer. O sol azul e o céu boni- to. Sempre lindo de se ver. É tão bom ter você com um amigo. E sentir a certeza deste abrigo. Ver o sol se levantar. Novo dia co- meçar. Toda luz e nossos sonhos clarear. Ei amigo meu irmão meu companheiro. Vou correr o mudo inteiro, Pra poder anunciar, Que é bom ter um amigo cada dia mais irmã Isso faz ser mais feliz no coração (2x) 16- NEGRO NAGÔ 1-Eu vou tocar minha viola. Eu sou um negro cantador. O negro canta, deita e rola. Lá na senzala do Senhor Dança aí, negro nagô. Dança aí, negro nagô. Dança aí, negro nagô. Dança aí, negro nagô. Oh oh oh 2-Tem que acabar com essa história. De negro ser inferior. O negro é gente e quer escola. Quer dançar samba e ser doutor 3-O negro mora em palafita. Não é culpa dele, não senhor. A culpa é da abolição. Que veio e não o libertou 4-Vou botar fogo no engenho. Aonde o negro apanhou. O negro é gente como outro. Quer ter carinho e ter amor 17- SE CALAREM A VOZ DOS PROFETAS 1- Se calarem a voz dos profetas, as pedras falarão. Se fecha- rem os poucos caminhos, mil trilhas nascerão. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais, Deus cri- ou o infinito pra vida ser sempre mais. É Jesus este Pão de igualdade, viemos pra comungar, com a luta sofrida de um povo que quer, ter voz , ter vez, lugar. Comungar é tornar-se um perigo, viemos pra incomodar, com a fé e a união nossos passos um dia vão chegar. 2- O Espírito é vento incessante que nada há de prender. Ele sopra até no absurdo, que a gente não quer ver. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais. Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais. 3- No banquete da festa de uns poucos, só rico se sentou. Nos- so Deus fica ao lado dos pobres, colhendo o que sobrou. Muito tempo não dura a verdade, nestas margens estreitas demais. Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais. 4- O poder tem raízes na areia, o tempo faz cair. União é a ro- cha que o povo usou pra construir. Muito tempo não dura a ver- dade, nestas margens estreitas demais. Deus criou o infinito pra vida ser sempre mais 18- ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. Onde houver ódio, que eu leve o amor. Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. Onde houver discórdia, que eu leve união. Onde houver dúvida, que eu leve a fé. Onde houver erro, que eu leve a verdade. Onde houver desespero, que eu leve a esperança. Onde houver tristeza, que eu leve alegria. Onde houver trevas, que eu leve a luz. Ó mestre, fazei que eu procure mais consolar que ser con- solado. Compreender, que ser compreendido. Amar, que ser amado. Pois é dando que se recebe. É perdoando que se é perdoado. E é morrendo que se vive Para a vida eterna 19- O QUE VALE E O AMOR Se é pra ir a luta, eu vou! Se é pra tá presente, eu tô! Pois na vida da gente o que vale é o amor (bis) 1. É que a gente junto vai. Reacender estrelas vai. Replantar nosso sonho em cada coração. Enquanto não chegar o dia. Enquanto persiste a agonia. A gente ensaia o baião.