SlideShare uma empresa Scribd logo
O Brasil esta em luto!!!
Crimes por toda parte, violência e impunidade...
Caros leitores internautas e toda população do Brasil.

Sentimos ser nossa obrigação prestar este ato de manifestação e repudio ao descaso com o
   qual o povo brasileiro vem sendo tratado, nesses últimos 10 anos, pelas autoridades
    governamentais, principalmente na segurança pública, saúde, educação e trabalho.
  Este ato tem o objetivo de trazer à sociedade brasileira, aos jovens e as autoridades uma
pausa para reflexão quanto ao momento delicado, grave e sério por qual passa o País, num
   quadro em que nenhum de nós, cidadãos, pessoas comuns ou não, está fora de suas
                                       implicações.
    “Há mais mortes por assassinatos registrados na história do que em qualquer Guerra
                                         Mundial”.
Manifestamo-nos aqui, hoje, em memória histórica dos muitos que lutaram pela sobrevivência de
  nossa terra, que deram parte de suas vidas na superação de dificuldades, como um exemplo a ser
   seguido; pois aqui mesmo em cidades brasileiras muito distantes, que parecem negligentemente
esquecidas. Hoje um poder paralelo desafia a conduta, a ordem e a paz de nossa população, marcado
    pelo contraste, fragilidade e desentendimento dos nossos três poderes: Legislativo, Executivo e
Judiciário. Falo publicamente sobre este fato pela falta de bom senso daqueles que nos representam:
“os políticos”; tal como o resgate da dignidade, a preservação do valor representativo desses poderes
                       que podem nos dar exemplos e também às gerações futuras.
      Por isso, sentimos a responsabilidade depositada em todos nós e na confiabilidade publica; não
 podemos nos calar diante de tantos desmandos, principalmente quando privam os cidadãos de sua
    liberdade, garantida constitucionalmente, como o direito de ir e vir – não respeitado por nossos
  representantes. Situação que se agrava quando somos denominados vilões, a classe parasitaria da
                             sociedade. Isso não é correto... Isto não é justo...
   Em visão política, o povo é culpado pela violência, precariedade da saúde, deficiência educacional,
                                 desmatamento, aumento da pobreza, etc.
Denunciamos publicamente a existência de uma campanha gigantesca de
 desvalorização humana e de tantos formadores de opinião que lutam para a desgraça
   do povo. Na qual abordam sempre aberrações como regra e nunca mencionam as
 aflições dos muitos que sofrem e se dedicam para a formação de um mundo melhor a
      todos. Com suas retóricas fabulosas nos palanques em busca de votos, evitam
       comentários sobre violência, saúde, educação, trabalho, meio ambiente, etc.
                                                                            Censurado
     Questionamos publicamente os interesses dos responsáveis pelo atual governo
 (Estadual e Federal), que transferem os recursos públicos para proteger investimentos
         Censurado
      duvidosos de especuladores internacionais. Questionamos, ainda, o socorro a
Censurado fraudulentos e corruptos, com bilhões de dólares a titulo de salvaguardar
  banqueiros
    o interesse nacional; entretanto, quando se trata de investimentos na segurança
  publica educação, saúde e erradicação da pobreza, relutam e demonstram o imenso
                         descompromisso para com a sociedade.
Não aceitamos a dispendiosa propaganda
oficial que procura demonstrar com estatísticas
      e percentagens simplistas os programas
       governamentais de educação, saúde,
   segurança pública, trabalho, erradicação da
     pobreza e outros investimentos, pois não
  contemplam a essência, apenas acobertam a
realidade da crise, visando angariar votos para
  2010. Não aceitamos que ministros venham
    dizer que colocaram 95% das crianças nas
 escolas, combateram a dengue e a meningite,
    que os hospitais estão ótimos, que não há
 violência no Brasil, que a pedofilia e violência
    sexual estão sob controle, que o tráfico de
drogas e armas está reduzido, que o tráfico de
  órgãos e pessoas acabou, que a pobreza está
        controlada, que se baixou o nível de
criminalidade, que os agricultores estão felizes,
que não há desmatamento, etc. Mas não dizem
a que condições submetem as escolas, policias
 (militar/civil), professores, fiscais, médicos e a
                 própria população.
A educação, saúde, segurança publica não podem ser tratadas como produtos
  analisados sob a ótica de economistas. Não aceitamos, portanto, esse “marketing
 político para 2010”, como se a sociedade fosse um mero agente consumidor. Não
    aceitamos essa “desconscientização” engendrada por dissimulações difusas.
 Expressamos também nossa indignação com essa verdadeira “farra” com o dinheiro
    publico, onde se invertem as prioridades, onde se gasta, sem conseqüências e
responsabilidades, com viagens “para turistas”, carros de luxo e festas inexpressivas
   ao interesse social, enquanto a sociedade, mesmo contrariada, se sacrifica para
 manter minimamente a sua capacidade de contribuição, muitas vezes coagida por
 ações e medidas impensadas e inconstitucionais. É incrível como descumprem leis,
     brigam por cargos, regimentos e atos jurídicos, deixando assim prevalecer a
  imbecilidade patológica do poder, do autoritarismo latente quando deveriam dar
 exemplos de cidadania ou, ao menos, respeito ao direito dos contribuintes. Foram
   eleitos para servirem à sociedade e não para se servirem e se apoderarem dela.
Chamo a atenção dessa juventude que nos ouve e
que, apesar desse emaranhado de falsos exemplos de
 indignos representantes eleitos (não generalizando),
de falcatruas e corrupção, existem pessoas que lutam
      por justiça e igualdade social, que dentre elas
  sobressaem milhares de pessoas de boa índole, que
 são às vezes perseguidos por uma classe dominadora
      e que não merecem o tratamento que lhes é
   dispensado, particularmente algumas autoridades
      Censurado
   Estaduais e Federais, são extremamente zelosos e
   cumpridores dos deveres, além de preocupados e
      comprometidos com as causas educacionais,
   segurança pública, como alunos de escola Federal,
  Estadual e Municipal, são partícipes da história e do
compromisso com toda a sociedade. São cidadãos, são
    eleitores e serão os futuros administradores das
  políticas do País e precisam estar conscientemente
 preparados para dar as respostas necessárias e justas
    à confiança que a sociedade hoje lhes deposita.
  Hoje, portanto, manifestamos nossa indignação, não
  apenas pela questão da violência no País, mas pelo
     descaso da saúde, educação, meio ambiente e,
   sobretudo, pelos atos corruptos que se alastraram
                         pelo País.
Indignados estamos pela omissão dos atuais
governantes (Estaduais e Federais), perante
                   Censurado
  os verdadeiros problemas do País, como a
      Educação, a Segurança, a Saúde, a
         Previdência, Meio ambiente e
 principalmente a Segurança Pública (crimes
                  e violência).
      Indignados estamos pelo ataque aos
     direitos constitucionais, o qual revela
  definitivamente, a voracidade autoritária
 como indisfarçável desespero de quem não
consegue mais convencer pelos argumentos
  democráticos. Não se registra na história
        desse País tamanha insensatez
    administrativa e tamanho despotismo.
  Nossa manifestação é pelo que representa
    como expressão do exercício de nossa
cidadania na defesa do verdadeiro interesse
do povo que é a segurança, saúde, trabalho,
educação e uma vida mais digna e feliz como
    ação conscientizadora e formadora da
nação, como ação de justiça social e garantia
    de um desenvolvimento com melhores
   condições de vida para todos brasileiros.
Senhores e Senhoras, estamos aqui inspirados na história, com a revelação
do próprio nome de nosso País, por onde deitam em suas ruas, os nomes dos
heróis da liberdade que constantemente nos lembram o compromisso com a
                 justiça e com a igualdade entre as pessoas.
   Não podemos faltar com a luta de nossos antepassados para que ela não
                             tenha sido em vão.
Não podemos desonrar os nomes de nossos heróis brasileiros, que adormecem
         na esperança de que possamos merecê-los em nossas ruas.
    Queremos mais penas duras para crimes praticados, mais segurança, mais
saúde, mais educação, mais combate a pobreza, mais trabalho e igualdade para
                             todos perante a Lei.
  Estamos em Luto pela violência e criminalidade que se espalham pelo Brasil.il.




                                                      Jucelino Nobrega da Luz

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Desigualdades sociais
Desigualdades sociaisDesigualdades sociais
Desigualdades sociais
Bernardo Matos
 
Violencia e exterminio de jovens
Violencia e exterminio de jovensViolencia e exterminio de jovens
Violencia e exterminio de jovens
Nome Sobrenome
 
07 redações nota 1000 no enem 2015
07 redações nota 1000 no enem 201507 redações nota 1000 no enem 2015
07 redações nota 1000 no enem 2015
ma.no.el.ne.ves
 
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Atividades Diversas Cláudia
 
Brasil em dados.ppt
Brasil em dados.pptBrasil em dados.ppt
Brasil em dados.ppt
Frederico Moreira de Oliveira
 
Prova de sociologia eo (1)
Prova de sociologia eo (1)Prova de sociologia eo (1)
Prova de sociologia eo (1)
Atividades Diversas Cláudia
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
Karina Moreira
 
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade SocialSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Turma Olímpica
 
Problemas sociais no Brasil
Problemas sociais no BrasilProblemas sociais no Brasil
Problemas sociais no Brasil
97636768
 
Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?
Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?
Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?
Oxfam Brasil
 
Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017
Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017
Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017
Valerio Arcary
 
I Semana Jurídica da FMT – Ilhéus
I Semana Jurídica da FMT – IlhéusI Semana Jurídica da FMT – Ilhéus
I Semana Jurídica da FMT – Ilhéus
Atualidades Do Direito
 
As desigualdades sociais no brasil grupoooo
As desigualdades sociais no brasil grupooooAs desigualdades sociais no brasil grupoooo
As desigualdades sociais no brasil grupoooo
Rosemary Francini Martins Teixira
 
Newsletter obcig 8 de abril de 2021
Newsletter obcig 8 de abril de 2021Newsletter obcig 8 de abril de 2021
Newsletter obcig 8 de abril de 2021
António Pereira
 
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
Cibele Machado
 
Desigualdade social na visão socio-politica do brasil
Desigualdade social   na visão socio-politica  do brasilDesigualdade social   na visão socio-politica  do brasil
Desigualdade social na visão socio-politica do brasil
Dhébora Albuquerque Dias
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
Marcos Alencar
 
Desigualdade de gênero no brasil
Desigualdade de gênero no brasilDesigualdade de gênero no brasil
Desigualdade de gênero no brasil
Fabio Cruz
 
Desigualdade social no Brasil
Desigualdade social no BrasilDesigualdade social no Brasil
Desigualdade social no Brasil
Isac Silveira
 
Movimento negro lei do caô (2)
Movimento negro lei do caô (2)Movimento negro lei do caô (2)
Movimento negro lei do caô (2)
Atividades Diversas Cláudia
 

Mais procurados (20)

Desigualdades sociais
Desigualdades sociaisDesigualdades sociais
Desigualdades sociais
 
Violencia e exterminio de jovens
Violencia e exterminio de jovensViolencia e exterminio de jovens
Violencia e exterminio de jovens
 
07 redações nota 1000 no enem 2015
07 redações nota 1000 no enem 201507 redações nota 1000 no enem 2015
07 redações nota 1000 no enem 2015
 
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
Tópico 3 cidadania e direitos sociais (idh)
 
Brasil em dados.ppt
Brasil em dados.pptBrasil em dados.ppt
Brasil em dados.ppt
 
Prova de sociologia eo (1)
Prova de sociologia eo (1)Prova de sociologia eo (1)
Prova de sociologia eo (1)
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
 
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade SocialSlides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
Slides da aula de Sociologia (Luciano) sobre Desigualdade Social
 
Problemas sociais no Brasil
Problemas sociais no BrasilProblemas sociais no Brasil
Problemas sociais no Brasil
 
Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?
Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?
Brasil: Pobreza e desigualdade. Para onde vamos?
 
Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017
Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017
Apresentação da nota sobre desigualdade social 2017
 
I Semana Jurídica da FMT – Ilhéus
I Semana Jurídica da FMT – IlhéusI Semana Jurídica da FMT – Ilhéus
I Semana Jurídica da FMT – Ilhéus
 
As desigualdades sociais no brasil grupoooo
As desigualdades sociais no brasil grupooooAs desigualdades sociais no brasil grupoooo
As desigualdades sociais no brasil grupoooo
 
Newsletter obcig 8 de abril de 2021
Newsletter obcig 8 de abril de 2021Newsletter obcig 8 de abril de 2021
Newsletter obcig 8 de abril de 2021
 
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
DESIGUALDADE SOCIAL NO BRASIL
 
Desigualdade social na visão socio-politica do brasil
Desigualdade social   na visão socio-politica  do brasilDesigualdade social   na visão socio-politica  do brasil
Desigualdade social na visão socio-politica do brasil
 
Desigualdade Social
Desigualdade SocialDesigualdade Social
Desigualdade Social
 
Desigualdade de gênero no brasil
Desigualdade de gênero no brasilDesigualdade de gênero no brasil
Desigualdade de gênero no brasil
 
Desigualdade social no Brasil
Desigualdade social no BrasilDesigualdade social no Brasil
Desigualdade social no Brasil
 
Movimento negro lei do caô (2)
Movimento negro lei do caô (2)Movimento negro lei do caô (2)
Movimento negro lei do caô (2)
 

Semelhante a Brasil de luto

Propostas
PropostasPropostas
Propostas
Valdson Oliveira
 
A divisão dos eleitores
A divisão dos eleitoresA divisão dos eleitores
A divisão dos eleitores
Guy Valerio Barros dos Santos
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileiras
Justino Amorim
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileiras
Justino Amorim
 
Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020
Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020
Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020
Luís Carlos Nunes
 
SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.
SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.
SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.
RAPPER PIRATA
 
Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455
Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455
Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455
Elzivir Azevedo Guerra
 
Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos Trabalhadores
Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos TrabalhadoresPlano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos Trabalhadores
Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos Trabalhadores
Olímpio Cruz Neto
 
Por uma cidade de direitos
Por uma cidade de direitos Por uma cidade de direitos
Por uma cidade de direitos
AscomRenata
 
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUASCARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
Marcos Hermano Ribeiro
 
Violência na adolescência aula 4
Violência na adolescência aula 4Violência na adolescência aula 4
Violência na adolescência aula 4
ariadnemonitoria
 
O brasil que temos x o brasil que2
O brasil que temos  x  o brasil que2O brasil que temos  x  o brasil que2
O brasil que temos x o brasil que2
kelber2
 
A Ideologia do "Cidadão de Bem"
A Ideologia do "Cidadão de Bem"A Ideologia do "Cidadão de Bem"
A Ideologia do "Cidadão de Bem"
samuel Jesus
 
Trablho para pdf novo
Trablho para pdf novoTrablho para pdf novo
Trablho para pdf novo
fernando_tavora
 
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃOJORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO
ederbraga
 
Folhetim do Estudante - Ano II - Núm. XX
Folhetim do Estudante - Ano II - Núm. XXFolhetim do Estudante - Ano II - Núm. XX
Folhetim do Estudante - Ano II - Núm. XX
Valter Gomes
 
Violencia contra a pessoa idosa
Violencia contra a pessoa idosaViolencia contra a pessoa idosa
Violencia contra a pessoa idosa
RuteJC
 
Programa de governo da candidata Marília Arraes
Programa de governo da candidata Marília ArraesPrograma de governo da candidata Marília Arraes
Programa de governo da candidata Marília Arraes
politicaleiaja
 
Plano de Governo - Marília Arraes
Plano de Governo - Marília ArraesPlano de Governo - Marília Arraes
Plano de Governo - Marília Arraes
Jornal do Commercio
 
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
Marcelo Auler
 

Semelhante a Brasil de luto (20)

Propostas
PropostasPropostas
Propostas
 
A divisão dos eleitores
A divisão dos eleitoresA divisão dos eleitores
A divisão dos eleitores
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileiras
 
Oligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileirasOligarquias partidárias brasileiras
Oligarquias partidárias brasileiras
 
Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020
Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020
Tse discurso-de-posse-luis-roberto-barroso-25-05-2020
 
SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.
SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.
SEGURANÇA DA EFETIVAÇÃO DOS DIREITOS SOCIAIS.
 
Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455
Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455
Planodereconstrucaoetransformacaodobrasil21set2020 200921100455
 
Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos Trabalhadores
Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos TrabalhadoresPlano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos Trabalhadores
Plano de Reconstrução e Transformação do Brasil | Partido dos Trabalhadores
 
Por uma cidade de direitos
Por uma cidade de direitos Por uma cidade de direitos
Por uma cidade de direitos
 
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUASCARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
CARTA DO POVO BRASILEIRO -GRITO DAS RUAS
 
Violência na adolescência aula 4
Violência na adolescência aula 4Violência na adolescência aula 4
Violência na adolescência aula 4
 
O brasil que temos x o brasil que2
O brasil que temos  x  o brasil que2O brasil que temos  x  o brasil que2
O brasil que temos x o brasil que2
 
A Ideologia do "Cidadão de Bem"
A Ideologia do "Cidadão de Bem"A Ideologia do "Cidadão de Bem"
A Ideologia do "Cidadão de Bem"
 
Trablho para pdf novo
Trablho para pdf novoTrablho para pdf novo
Trablho para pdf novo
 
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃOJORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO
JORNAL DAQUI ESMERALDAS - 4ª EDIÇÃO
 
Folhetim do Estudante - Ano II - Núm. XX
Folhetim do Estudante - Ano II - Núm. XXFolhetim do Estudante - Ano II - Núm. XX
Folhetim do Estudante - Ano II - Núm. XX
 
Violencia contra a pessoa idosa
Violencia contra a pessoa idosaViolencia contra a pessoa idosa
Violencia contra a pessoa idosa
 
Programa de governo da candidata Marília Arraes
Programa de governo da candidata Marília ArraesPrograma de governo da candidata Marília Arraes
Programa de governo da candidata Marília Arraes
 
Plano de Governo - Marília Arraes
Plano de Governo - Marília ArraesPlano de Governo - Marília Arraes
Plano de Governo - Marília Arraes
 
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
O imediato afastamento de Jair Bolsonaro se impõe!
 

Mais de JNR

Ainda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntosAinda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntos
JNR
 
O voo
O vooO voo
O voo
JNR
 
Compromisso
CompromissoCompromisso
Compromisso
JNR
 
7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp
JNR
 
O voo
O vooO voo
O voo
JNR
 
Tormentas
TormentasTormentas
Tormentas
JNR
 
Sapatos sujos
Sapatos sujosSapatos sujos
Sapatos sujos
JNR
 
O misterio das coisas
O misterio das coisasO misterio das coisas
O misterio das coisas
JNR
 
é Loucura
é Loucuraé Loucura
é Loucura
JNR
 
Amizade jb
Amizade jbAmizade jb
Amizade jb
JNR
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhas
JNR
 
Ciclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidasCiclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidas
JNR
 
A felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destinoA felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destino
JNR
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempo
JNR
 
Avos
AvosAvos
Avos
JNR
 
Relacionamentos
RelacionamentosRelacionamentos
Relacionamentos
JNR
 
A coragem e a vontade
A coragem e a vontadeA coragem e a vontade
A coragem e a vontade
JNR
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempo
JNR
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhas
JNR
 
Muitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresMuitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestres
JNR
 

Mais de JNR (20)

Ainda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntosAinda tomaremos um cafe juntos
Ainda tomaremos um cafe juntos
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Compromisso
CompromissoCompromisso
Compromisso
 
7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp7 encontro propaganda, promoção e rp
7 encontro propaganda, promoção e rp
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Tormentas
TormentasTormentas
Tormentas
 
Sapatos sujos
Sapatos sujosSapatos sujos
Sapatos sujos
 
O misterio das coisas
O misterio das coisasO misterio das coisas
O misterio das coisas
 
é Loucura
é Loucuraé Loucura
é Loucura
 
Amizade jb
Amizade jbAmizade jb
Amizade jb
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhas
 
Ciclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidasCiclos em nossas vidas
Ciclos em nossas vidas
 
A felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destinoA felicidade e uma viagem e nao um destino
A felicidade e uma viagem e nao um destino
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempo
 
Avos
AvosAvos
Avos
 
Relacionamentos
RelacionamentosRelacionamentos
Relacionamentos
 
A coragem e a vontade
A coragem e a vontadeA coragem e a vontade
A coragem e a vontade
 
O amor e o tempo
O amor e o tempoO amor e o tempo
O amor e o tempo
 
Caminhos e escolhas
Caminhos e escolhasCaminhos e escolhas
Caminhos e escolhas
 
Muitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestresMuitas vidas muitos mestres
Muitas vidas muitos mestres
 

Brasil de luto

  • 1. O Brasil esta em luto!!! Crimes por toda parte, violência e impunidade...
  • 2. Caros leitores internautas e toda população do Brasil. Sentimos ser nossa obrigação prestar este ato de manifestação e repudio ao descaso com o qual o povo brasileiro vem sendo tratado, nesses últimos 10 anos, pelas autoridades governamentais, principalmente na segurança pública, saúde, educação e trabalho. Este ato tem o objetivo de trazer à sociedade brasileira, aos jovens e as autoridades uma pausa para reflexão quanto ao momento delicado, grave e sério por qual passa o País, num quadro em que nenhum de nós, cidadãos, pessoas comuns ou não, está fora de suas implicações. “Há mais mortes por assassinatos registrados na história do que em qualquer Guerra Mundial”.
  • 3. Manifestamo-nos aqui, hoje, em memória histórica dos muitos que lutaram pela sobrevivência de nossa terra, que deram parte de suas vidas na superação de dificuldades, como um exemplo a ser seguido; pois aqui mesmo em cidades brasileiras muito distantes, que parecem negligentemente esquecidas. Hoje um poder paralelo desafia a conduta, a ordem e a paz de nossa população, marcado pelo contraste, fragilidade e desentendimento dos nossos três poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário. Falo publicamente sobre este fato pela falta de bom senso daqueles que nos representam: “os políticos”; tal como o resgate da dignidade, a preservação do valor representativo desses poderes que podem nos dar exemplos e também às gerações futuras. Por isso, sentimos a responsabilidade depositada em todos nós e na confiabilidade publica; não podemos nos calar diante de tantos desmandos, principalmente quando privam os cidadãos de sua liberdade, garantida constitucionalmente, como o direito de ir e vir – não respeitado por nossos representantes. Situação que se agrava quando somos denominados vilões, a classe parasitaria da sociedade. Isso não é correto... Isto não é justo... Em visão política, o povo é culpado pela violência, precariedade da saúde, deficiência educacional, desmatamento, aumento da pobreza, etc.
  • 4. Denunciamos publicamente a existência de uma campanha gigantesca de desvalorização humana e de tantos formadores de opinião que lutam para a desgraça do povo. Na qual abordam sempre aberrações como regra e nunca mencionam as aflições dos muitos que sofrem e se dedicam para a formação de um mundo melhor a todos. Com suas retóricas fabulosas nos palanques em busca de votos, evitam comentários sobre violência, saúde, educação, trabalho, meio ambiente, etc. Censurado Questionamos publicamente os interesses dos responsáveis pelo atual governo (Estadual e Federal), que transferem os recursos públicos para proteger investimentos Censurado duvidosos de especuladores internacionais. Questionamos, ainda, o socorro a Censurado fraudulentos e corruptos, com bilhões de dólares a titulo de salvaguardar banqueiros o interesse nacional; entretanto, quando se trata de investimentos na segurança publica educação, saúde e erradicação da pobreza, relutam e demonstram o imenso descompromisso para com a sociedade.
  • 5. Não aceitamos a dispendiosa propaganda oficial que procura demonstrar com estatísticas e percentagens simplistas os programas governamentais de educação, saúde, segurança pública, trabalho, erradicação da pobreza e outros investimentos, pois não contemplam a essência, apenas acobertam a realidade da crise, visando angariar votos para 2010. Não aceitamos que ministros venham dizer que colocaram 95% das crianças nas escolas, combateram a dengue e a meningite, que os hospitais estão ótimos, que não há violência no Brasil, que a pedofilia e violência sexual estão sob controle, que o tráfico de drogas e armas está reduzido, que o tráfico de órgãos e pessoas acabou, que a pobreza está controlada, que se baixou o nível de criminalidade, que os agricultores estão felizes, que não há desmatamento, etc. Mas não dizem a que condições submetem as escolas, policias (militar/civil), professores, fiscais, médicos e a própria população.
  • 6. A educação, saúde, segurança publica não podem ser tratadas como produtos analisados sob a ótica de economistas. Não aceitamos, portanto, esse “marketing político para 2010”, como se a sociedade fosse um mero agente consumidor. Não aceitamos essa “desconscientização” engendrada por dissimulações difusas. Expressamos também nossa indignação com essa verdadeira “farra” com o dinheiro publico, onde se invertem as prioridades, onde se gasta, sem conseqüências e responsabilidades, com viagens “para turistas”, carros de luxo e festas inexpressivas ao interesse social, enquanto a sociedade, mesmo contrariada, se sacrifica para manter minimamente a sua capacidade de contribuição, muitas vezes coagida por ações e medidas impensadas e inconstitucionais. É incrível como descumprem leis, brigam por cargos, regimentos e atos jurídicos, deixando assim prevalecer a imbecilidade patológica do poder, do autoritarismo latente quando deveriam dar exemplos de cidadania ou, ao menos, respeito ao direito dos contribuintes. Foram eleitos para servirem à sociedade e não para se servirem e se apoderarem dela.
  • 7. Chamo a atenção dessa juventude que nos ouve e que, apesar desse emaranhado de falsos exemplos de indignos representantes eleitos (não generalizando), de falcatruas e corrupção, existem pessoas que lutam por justiça e igualdade social, que dentre elas sobressaem milhares de pessoas de boa índole, que são às vezes perseguidos por uma classe dominadora e que não merecem o tratamento que lhes é dispensado, particularmente algumas autoridades Censurado Estaduais e Federais, são extremamente zelosos e cumpridores dos deveres, além de preocupados e comprometidos com as causas educacionais, segurança pública, como alunos de escola Federal, Estadual e Municipal, são partícipes da história e do compromisso com toda a sociedade. São cidadãos, são eleitores e serão os futuros administradores das políticas do País e precisam estar conscientemente preparados para dar as respostas necessárias e justas à confiança que a sociedade hoje lhes deposita. Hoje, portanto, manifestamos nossa indignação, não apenas pela questão da violência no País, mas pelo descaso da saúde, educação, meio ambiente e, sobretudo, pelos atos corruptos que se alastraram pelo País.
  • 8. Indignados estamos pela omissão dos atuais governantes (Estaduais e Federais), perante Censurado os verdadeiros problemas do País, como a Educação, a Segurança, a Saúde, a Previdência, Meio ambiente e principalmente a Segurança Pública (crimes e violência). Indignados estamos pelo ataque aos direitos constitucionais, o qual revela definitivamente, a voracidade autoritária como indisfarçável desespero de quem não consegue mais convencer pelos argumentos democráticos. Não se registra na história desse País tamanha insensatez administrativa e tamanho despotismo. Nossa manifestação é pelo que representa como expressão do exercício de nossa cidadania na defesa do verdadeiro interesse do povo que é a segurança, saúde, trabalho, educação e uma vida mais digna e feliz como ação conscientizadora e formadora da nação, como ação de justiça social e garantia de um desenvolvimento com melhores condições de vida para todos brasileiros.
  • 9. Senhores e Senhoras, estamos aqui inspirados na história, com a revelação do próprio nome de nosso País, por onde deitam em suas ruas, os nomes dos heróis da liberdade que constantemente nos lembram o compromisso com a justiça e com a igualdade entre as pessoas. Não podemos faltar com a luta de nossos antepassados para que ela não tenha sido em vão.
  • 10. Não podemos desonrar os nomes de nossos heróis brasileiros, que adormecem na esperança de que possamos merecê-los em nossas ruas. Queremos mais penas duras para crimes praticados, mais segurança, mais saúde, mais educação, mais combate a pobreza, mais trabalho e igualdade para todos perante a Lei. Estamos em Luto pela violência e criminalidade que se espalham pelo Brasil.il. Jucelino Nobrega da Luz