SlideShare uma empresa Scribd logo
Crescimento e Regeneração de
tecidos vs Diferenciação Celular
2




   As células possuem geralmente um tempo de
    vida limitado, sendo necessário que se dividam
    para formar novas células e assim permitir o
    crescimento e regeneração dos tecidos.
   Ao longo do desenvolvimento dos organismos
    multicelulares, ocorre a diferenciação celular.


                                            Nuno Correia 2011/12
3
    Nuno Correia 2011/12
4
    Nuno Correia 2011/12
A diferenciação celular resulta da
    expressão seletiva de genes ao longo do
    desenvolvimento.


    Embora só parte dos genes sejam
    expressos, a maioria das células mantém
    todo o genoma.


5
                                     Nuno Correia 2011/12
Nas plantas, a diferenciação celular é um processo
    que pode ser revertido, pois, a partir de uma célula
       diferenciada, é possível obter um organismo
     geneticamente idêntico à célula inicial, formando
                      assim um clone.




6
                                                  Nuno Correia 2011/12
Algumas células animais diferenciadas também podem
      ser revertidas para um estado menos especializado e
    originar um indivíduo adulto. No entanto, a capacidade das
        células animais regenerarem todos os restantes tipos
    celulares, diminui com o aumento de especialização e é muito
                    inferior à das células vegetais.




7
                                                        Nuno Correia 2011/12
8



    Observe o esquema da figura que representa, em parte, o processo de
                 diferenciação e regeneração dos tecidos.




                                                              Nuno Correia 2011/12
Observe o esquema da figura que representa, em parte, o processo
    de diferenciação e regeneração dos tecidos.

        Selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.
    As células-filhas que resultaram da divisão celular por mitose...
    a)  ... possuem quantidades de DNA diferentes.
    b)  ... possuem informação genética igual à da célula-mãe.
    c)  ... têm metade do material genético da célula-mãe.
    d)  .. perderam genes durante o processo de especialização.




9
                                                                   Nuno Correia 2011/12
Observe o esquema da figura que representa, em parte, o processo de
                  diferenciação e regeneração dos tecidos.

 Selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta.
 2. As células estaminais caracterizam-se por...
 a)   ... possuírem uma cópia completa do genoma.
 b)   ... estarem presentes apenas no desenvolvimento embrionário.
 c)   ... serem capazes de originar outros tipos celulares por diferenciação.
 d)   ... dividirem-se ativamente apenas por meiose.




10
                                                                           Nuno Correia 2011/12
Explique por que motivo o processo de
diferenciação representado na figura origina
    células com diferentes especializações
                 funcionais.




11
                                     Nuno Correia 2011/12
As afirmações seguintes dizem respeito à diferenciação celular,
          Selecione a alternativa que as avalia corretamente.
1)   As células totipontes, como por exemplo o zigoto, possuem
     potencialidade para originar todas as células de um organismo.
2)   Após a divisão celular, todas as células-filhas sofrem uma redução
     de tamanho e aumento da sua especialização.
3)   A diferenciação e especialização celular que ocorre ao longo do
     desenvolvimento dos organismos resultam da diminuição do
     número de células e do aumento do seu tamanho.

a)   l e 3 são verdadeiras; 2 é falsa.
b)   2 é verdadeira; l e 3 são falsas.
c)   1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas.
d)   l e 2 são verdadeiras; 3 é falsa.




12
                                                            Nuno Correia 2011/12
Explique em que medida a divisão mitótica
assegura a manutenção do material genético ao
     longo do processo de diferenciação e
especialização celular, permitindo a regeneração
                  dos tecidos.




13
                                         Nuno Correia 2011/12
Em condições normais, as células procarióticas podem dividir-se a cada 20
minutos, mas as células eucarióticas tendem a demorar mais tempo. Algumas
células do sistema nervoso central deixam de se dividir meses após o
nascimento, enquanto que as células que compõem o epitélio digestivo e as
células da pele dividem-se frequentemente ao longo de toda a vida.

1. Tendo em conta as informações fornecidas, explique as consequências ao
   nível da regeneração dos tecidos de uma lesão que afete as células do
   sistema nervoso central e uma outra lesão que afete a epiderme.
2. Em condições desfavoráveis (pH, temperatura, disponibilidade de
   nutrientes, etc.) o número de divisões mitóticas é reduzido, afetando a
   regeneração dos tecidos. Explique a razão de tal ocorrência.




14
                                                              Nuno Correia 2011/12
A um tecido em regeneração contendo células em divisão celular, foi adicionado
    um composto que inibe a formação do fuso acromático. As observações
                     encontram-se registadas na figura.




15
                                                                   Nuno Correia 2011/12
Refira qual o efeito da adição do inibidor do fuso acromático ao nível da
     condensação do material genético.




16
                                                                     Nuno Correia 2011/12
Explique em que medida a adição do inibidor do fuso acromático
     afeta a mitose e interfere com o resultado final do processo de
     divisão.




17
                                                               Nuno Correia 2011/12
Infira por que motivo a adição de compostos que inibem a replicação
                 do DNA também bloqueia o processo mitótico.




18
                                                               Nuno Correia 2011/12
Analise com atenção o seguinte texto respeitante a duas experiências realizadas para
estudar o processo de diferenciação celular.

Experiência A - Robert Briggs e Thomas King efetuaram experiências com rãs,
removendo o núcleo de um oócito II, transformando-o numa célula anucleada.
Posteriormente, injetaram-lhe o núcleo de uma célula de um embrião de rã, obtendo
50% de girinos normais que evoluíram para rãs adultas normais. Noutras experiências
idênticas, foram usados núcleos extraídos de células de intestino de rã em estádios
mais tardios de desenvolvimento, obtendo-se apenas 2% de girinos normais.

Experiência B - Steward e os seus colaboradores, em 1950, isolaram células
diferenciadas da raiz da cenoura e colocaram-nas num meio adequado, que continha
todos os nutrientes e hormonas específicas.
Estas células dividiram-se originando embriões normais de cenoura que evoluíram
para indivíduos adultos. A nova planta é geneticamente idêntica à célula que a
originou, pelo que é denominada clone.




19
                                                                        Nuno Correia 2011/12
Indique quais são os objetivos destas
                experiências.




20
                                             Nuno Correia 2011/12
Das seguintes afirmações, selecione aquela(s) que pode(m) ser
       validadas com base nos resultados descritos anteriormente.

A)    A diferenciação consiste na aquisição de especializações
      celulares que definem a estrutura e a função de uma célula.
B)    Nas plantas, a diferenciação celular é um processo
      reversível.
C)    A partir de uma célula diferenciada de um órgão de uma
      planta madura é possível obter um organismo
      geneticamente diferente do original.
D)    As células, independentemente do grau de especialização,
      conservam o seu genoma.




 21
                                                         Nuno Correia 2011/12
Selecione a única opção que contém os termos que
       preenchem, sequencialmente, os espaços, de modo a
                  obter uma afirmação correta.

 Quando um___________se divide para formar um organismo
 multicelular, as novas céluIas são formadas por um processo de
 divisão designado por____________.

 a)   zigoto (...) ciclo celular
 b)   embrião (...) ciclo celular
 c)   embrião (...) divisão mitótica
 d)   zigoto (...) divisão mitótica




22
                                                      Nuno Correia 2011/12
Destas experiências foi possível concluir que a
      capacidade que uma célula tem em originar
     outros tipos de células especializadas é tanto
         maior quanto menor for o seu grau de
        diferenciação. Justifique a afirmação.




23
                                            Nuno Correia 2011/12
24
     Nuno Correia 2011/12
25
     Nuno Correia 2011/12
26
     Nuno Correia 2011/12
27
     Nuno Correia 2011/12
28
     Nuno Correia 2011/12
29
     Nuno Correia 2011/12

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Biomoléculas
BiomoléculasBiomoléculas
Biomoléculas
margaridabt
 
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
margaridabt
 
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcçãoTeste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
Isaura Mourão
 
Síntese proteica
Síntese proteicaSíntese proteica
Síntese proteica
Ana Arsénio
 
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
InesTeixeiraDuarte
 
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Mountain Expedition
 
Bg 11 a replicação do dna
Bg 11   a replicação do dnaBg 11   a replicação do dna
Bg 11 a replicação do dna
Nuno Correia
 
Relatorio ciclos de vida 11 ano
Relatorio ciclos de vida 11 anoRelatorio ciclos de vida 11 ano
Relatorio ciclos de vida 11 ano
Mara Ferreira
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
sandranascimento
 
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
margaridabt
 
9 vulcanologia
9   vulcanologia9   vulcanologia
9 vulcanologia
margaridabt
 
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularRelatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
AMLDRP
 
Teste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaTeste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese Proteica
José Luís Alves
 
Ciclos de vida
Ciclos de vidaCiclos de vida
Ciclos de vida
Mariana Cordeiro
 
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
Hugo Martins
 
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
Hugo Martins
 
Biologia 11 reprodução sexuada
Biologia 11   reprodução sexuadaBiologia 11   reprodução sexuada
Biologia 11 reprodução sexuada
Nuno Correia
 
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
Hugo Martins
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Nuno Correia
 
Biologia 11 ciclos de vida
Biologia 11   ciclos de vidaBiologia 11   ciclos de vida
Biologia 11 ciclos de vida
Nuno Correia
 

Mais procurados (20)

Biomoléculas
BiomoléculasBiomoléculas
Biomoléculas
 
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)áCidos nucleicos e síntese proteínas   power point(2)
áCidos nucleicos e síntese proteínas power point(2)
 
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcçãoTeste de Biologia (2º Teste) - correcção
Teste de Biologia (2º Teste) - correcção
 
Síntese proteica
Síntese proteicaSíntese proteica
Síntese proteica
 
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
Biologia 10º Ano - Obtenção de Matéria (Unidade 1)
 
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
Biologia - Relatório da Extração de DNA do Kiwi (11º Ano)
 
Bg 11 a replicação do dna
Bg 11   a replicação do dnaBg 11   a replicação do dna
Bg 11 a replicação do dna
 
Relatorio ciclos de vida 11 ano
Relatorio ciclos de vida 11 anoRelatorio ciclos de vida 11 ano
Relatorio ciclos de vida 11 ano
 
EXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMESEXERCÍCIOS DE EXAMES
EXERCÍCIOS DE EXAMES
 
Digestão
DigestãoDigestão
Digestão
 
9 vulcanologia
9   vulcanologia9   vulcanologia
9 vulcanologia
 
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celularRelatório biologia 10ºano - membrana celular
Relatório biologia 10ºano - membrana celular
 
Teste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese ProteicaTeste BG - Síntese Proteica
Teste BG - Síntese Proteica
 
Ciclos de vida
Ciclos de vidaCiclos de vida
Ciclos de vida
 
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais(7) biologia e geologia   10º ano - o transporte nos animais
(7) biologia e geologia 10º ano - o transporte nos animais
 
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares(9) biologia e geologia   10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
(9) biologia e geologia 10º ano - trocas gasosas em seres multicelulares
 
Biologia 11 reprodução sexuada
Biologia 11   reprodução sexuadaBiologia 11   reprodução sexuada
Biologia 11 reprodução sexuada
 
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia(8) biologia e geologia   10º ano - obtenção de energia
(8) biologia e geologia 10º ano - obtenção de energia
 
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)Bg 11   reprodução assexuada (exercícios)
Bg 11 reprodução assexuada (exercícios)
 
Biologia 11 ciclos de vida
Biologia 11   ciclos de vidaBiologia 11   ciclos de vida
Biologia 11 ciclos de vida
 

Destaque

Diferenciação celular
Diferenciação celularDiferenciação celular
Diferenciação celular
Isabel Lopes
 
1 - Regulação nervosa e hormonal
1 - Regulação nervosa e hormonal1 - Regulação nervosa e hormonal
1 - Regulação nervosa e hormonal
Ana Castro
 
Célula e diferenciação celular
Célula e diferenciação celularCélula e diferenciação celular
Célula e diferenciação celular
João Marcos Filho
 
Bg 11 diferenciação celular
Bg 11   diferenciação celularBg 11   diferenciação celular
Bg 11 diferenciação celular
Nuno Correia
 
Introducing stem cells
Introducing stem cellsIntroducing stem cells
Introducing stem cells
EuroStemCell
 
Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Isaura Mourão
 
Meiose
MeioseMeiose
Meiose
sarabr
 
Biologia 11 ciclo celular
Biologia 11   ciclo celularBiologia 11   ciclo celular
Biologia 11 ciclo celular
Nuno Correia
 
Mitose
MitoseMitose
Módulo A5 - Evolução das células
Módulo A5 - Evolução das célulasMódulo A5 - Evolução das células
Módulo A5 - Evolução das células
Ana Castro
 
Bg 11 alteração do material genético
Bg 11   alteração do material genéticoBg 11   alteração do material genético
Bg 11 alteração do material genético
Nuno Correia
 
Correcção 1º teste 7º B
Correcção 1º teste 7º BCorrecção 1º teste 7º B
Correcção 1º teste 7º B
Ana Castro
 
Estados físicos de matéria
Estados físicos de matériaEstados físicos de matéria
Estados físicos de matéria
Ana Castro
 
Mitose e meiose - correcção
Mitose e meiose - correcçãoMitose e meiose - correcção
Mitose e meiose - correcção
Ana Castro
 
Diferenciación celular nm3
Diferenciación celular nm3Diferenciación celular nm3
Diferenciación celular nm3
jarcalama
 
Ciclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosCiclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercícios
Ana Castro
 
Biologia 11 preparação para exame 1
Biologia 11   preparação para exame 1Biologia 11   preparação para exame 1
Biologia 11 preparação para exame 1
Nuno Correia
 
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Isaura Mourão
 
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º anoCrescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Ana Mestre
 
Diferenciacion celular
Diferenciacion celularDiferenciacion celular
Diferenciacion celular
Fausto Pantoja
 

Destaque (20)

Diferenciação celular
Diferenciação celularDiferenciação celular
Diferenciação celular
 
1 - Regulação nervosa e hormonal
1 - Regulação nervosa e hormonal1 - Regulação nervosa e hormonal
1 - Regulação nervosa e hormonal
 
Célula e diferenciação celular
Célula e diferenciação celularCélula e diferenciação celular
Célula e diferenciação celular
 
Bg 11 diferenciação celular
Bg 11   diferenciação celularBg 11   diferenciação celular
Bg 11 diferenciação celular
 
Introducing stem cells
Introducing stem cellsIntroducing stem cells
Introducing stem cells
 
Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)Ficha de Revisões -  DNA e Síntese Proteica (com soluções)
Ficha de Revisões - DNA e Síntese Proteica (com soluções)
 
Meiose
MeioseMeiose
Meiose
 
Biologia 11 ciclo celular
Biologia 11   ciclo celularBiologia 11   ciclo celular
Biologia 11 ciclo celular
 
Mitose
MitoseMitose
Mitose
 
Módulo A5 - Evolução das células
Módulo A5 - Evolução das célulasMódulo A5 - Evolução das células
Módulo A5 - Evolução das células
 
Bg 11 alteração do material genético
Bg 11   alteração do material genéticoBg 11   alteração do material genético
Bg 11 alteração do material genético
 
Correcção 1º teste 7º B
Correcção 1º teste 7º BCorrecção 1º teste 7º B
Correcção 1º teste 7º B
 
Estados físicos de matéria
Estados físicos de matériaEstados físicos de matéria
Estados físicos de matéria
 
Mitose e meiose - correcção
Mitose e meiose - correcçãoMitose e meiose - correcção
Mitose e meiose - correcção
 
Diferenciación celular nm3
Diferenciación celular nm3Diferenciación celular nm3
Diferenciación celular nm3
 
Ciclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercíciosCiclos de vida - exercícios
Ciclos de vida - exercícios
 
Biologia 11 preparação para exame 1
Biologia 11   preparação para exame 1Biologia 11   preparação para exame 1
Biologia 11 preparação para exame 1
 
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
Ficha de Exercícios - Unidade 5 (DNA e Síntese Proteica)
 
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º anoCrescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
Crescimento e Renovação Celular, Biologia // 11º ano
 
Diferenciacion celular
Diferenciacion celularDiferenciacion celular
Diferenciacion celular
 

Semelhante a Biologia 11 diferenciação celular

Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
Bg 11   diferenciação celular (exercícios)Bg 11   diferenciação celular (exercícios)
Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
Nuno Correia
 
Prova A5 Unifacs processos biologicos A5
Prova A5 Unifacs processos biologicos A5Prova A5 Unifacs processos biologicos A5
Prova A5 Unifacs processos biologicos A5
Jéssica Kulhavy
 
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
CristianaLealSabel
 
Biologia 1-6
Biologia  1-6Biologia  1-6
Biologia 1-6
Raquel Santos
 
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
CristianaLealSabel
 
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Marconi Jr
 
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Marconi Jr
 
Uespi 2008 ( biologia quimica )
Uespi 2008 ( biologia   quimica )Uespi 2008 ( biologia   quimica )
Uespi 2008 ( biologia quimica )
tamandarealfamanha
 
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOSEXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
sandranascimento
 
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º anoAvaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Atividades Diversas Cláudia
 
Bcm6
Bcm6Bcm6
Bcm6
macaripe
 
Prova biologia celular
Prova  biologia celularProva  biologia celular
Prova biologia celular
Neriane Hora
 
Lisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgi
Lisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgiLisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgi
Lisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgi
Andrea Barreto
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
Joselito Oliveira Neto
 
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celularESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
Ronaldo Santana
 
Treinamento citoplasma
Treinamento citoplasmaTreinamento citoplasma
Treinamento citoplasma
emanuel
 
Celulas tronco-e-clonagem2
Celulas tronco-e-clonagem2Celulas tronco-e-clonagem2
Celulas tronco-e-clonagem2
edu.biologia
 
FunçõEs Celulares[1]
FunçõEs Celulares[1]FunçõEs Celulares[1]
FunçõEs Celulares[1]
guestdb5b7a
 
Divisao celular
Divisao celularDivisao celular
Divisao celular
Alexandre Correia
 
Células 01 reinaldo
Células 01 reinaldoCélulas 01 reinaldo
Células 01 reinaldo
Reinaldo Almeida
 

Semelhante a Biologia 11 diferenciação celular (20)

Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
Bg 11   diferenciação celular (exercícios)Bg 11   diferenciação celular (exercícios)
Bg 11 diferenciação celular (exercícios)
 
Prova A5 Unifacs processos biologicos A5
Prova A5 Unifacs processos biologicos A5Prova A5 Unifacs processos biologicos A5
Prova A5 Unifacs processos biologicos A5
 
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
 
Biologia 1-6
Biologia  1-6Biologia  1-6
Biologia 1-6
 
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
Avaliação_ Introd. a citologia e visão geral de todos os componentes celulare...
 
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
 
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconiEstudo dirigido i bcm prof_marconi
Estudo dirigido i bcm prof_marconi
 
Uespi 2008 ( biologia quimica )
Uespi 2008 ( biologia   quimica )Uespi 2008 ( biologia   quimica )
Uespi 2008 ( biologia quimica )
 
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOSEXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
EXERCÍCIOS DOS TESTES INTERMÉDIOS
 
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º anoAvaliação bimestral de biologia 1º ano
Avaliação bimestral de biologia 1º ano
 
Bcm6
Bcm6Bcm6
Bcm6
 
Prova biologia celular
Prova  biologia celularProva  biologia celular
Prova biologia celular
 
Lisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgi
Lisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgiLisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgi
Lisossomos, retículo endoplásmático e complexo de golgi
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
 
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celularESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
ESTUDO DIRIGIDO (01/2016) Citologia e divisão celular
 
Treinamento citoplasma
Treinamento citoplasmaTreinamento citoplasma
Treinamento citoplasma
 
Celulas tronco-e-clonagem2
Celulas tronco-e-clonagem2Celulas tronco-e-clonagem2
Celulas tronco-e-clonagem2
 
FunçõEs Celulares[1]
FunçõEs Celulares[1]FunçõEs Celulares[1]
FunçõEs Celulares[1]
 
Divisao celular
Divisao celularDivisao celular
Divisao celular
 
Células 01 reinaldo
Células 01 reinaldoCélulas 01 reinaldo
Células 01 reinaldo
 

Mais de Nuno Correia

Sismologia parte 1
Sismologia   parte 1Sismologia   parte 1
Sismologia parte 1
Nuno Correia
 
Geologia - Variações Climáticas
Geologia   - Variações ClimáticasGeologia   - Variações Climáticas
Geologia - Variações Climáticas
Nuno Correia
 
Biologia 12 imunidade celular
Biologia 12   imunidade celularBiologia 12   imunidade celular
Biologia 12 imunidade celular
Nuno Correia
 
Biologia 12 imunidade humoral
Biologia 12   imunidade humoralBiologia 12   imunidade humoral
Biologia 12 imunidade humoral
Nuno Correia
 
Geologia 12 estratotipo
Geologia 12   estratotipoGeologia 12   estratotipo
Geologia 12 estratotipo
Nuno Correia
 
Geologia 12 biozonas
Geologia 12   biozonasGeologia 12   biozonas
Geologia 12 biozonas
Nuno Correia
 
Geologia 12 movimentos horizontais
Geologia 12   movimentos horizontaisGeologia 12   movimentos horizontais
Geologia 12 movimentos horizontais
Nuno Correia
 
Geologia 12 isostasia
Geologia 12   isostasiaGeologia 12   isostasia
Geologia 12 isostasia
Nuno Correia
 
Geologia 12 paleomagnetismo
Geologia 12   paleomagnetismoGeologia 12   paleomagnetismo
Geologia 12 paleomagnetismo
Nuno Correia
 
Geologia 12 deriva dos continentes
Geologia 12   deriva dos continentesGeologia 12   deriva dos continentes
Geologia 12 deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12   biologia e os desafios da atualidadeBiologia 12   biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Nuno Correia
 
Geologia 12 paleoclimas
Geologia 12   paleoclimasGeologia 12   paleoclimas
Geologia 12 paleoclimas
Nuno Correia
 
Geologia 12 arcos insulares
Geologia 12   arcos insularesGeologia 12   arcos insulares
Geologia 12 arcos insulares
Nuno Correia
 
Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
Nuno Correia
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
Nuno Correia
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
Nuno Correia
 
Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)
Nuno Correia
 
Genética (monobridismo exercícios)
Genética (monobridismo   exercícios)Genética (monobridismo   exercícios)
Genética (monobridismo exercícios)
Nuno Correia
 
Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)
Nuno Correia
 
Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)
Nuno Correia
 

Mais de Nuno Correia (20)

Sismologia parte 1
Sismologia   parte 1Sismologia   parte 1
Sismologia parte 1
 
Geologia - Variações Climáticas
Geologia   - Variações ClimáticasGeologia   - Variações Climáticas
Geologia - Variações Climáticas
 
Biologia 12 imunidade celular
Biologia 12   imunidade celularBiologia 12   imunidade celular
Biologia 12 imunidade celular
 
Biologia 12 imunidade humoral
Biologia 12   imunidade humoralBiologia 12   imunidade humoral
Biologia 12 imunidade humoral
 
Geologia 12 estratotipo
Geologia 12   estratotipoGeologia 12   estratotipo
Geologia 12 estratotipo
 
Geologia 12 biozonas
Geologia 12   biozonasGeologia 12   biozonas
Geologia 12 biozonas
 
Geologia 12 movimentos horizontais
Geologia 12   movimentos horizontaisGeologia 12   movimentos horizontais
Geologia 12 movimentos horizontais
 
Geologia 12 isostasia
Geologia 12   isostasiaGeologia 12   isostasia
Geologia 12 isostasia
 
Geologia 12 paleomagnetismo
Geologia 12   paleomagnetismoGeologia 12   paleomagnetismo
Geologia 12 paleomagnetismo
 
Geologia 12 deriva dos continentes
Geologia 12   deriva dos continentesGeologia 12   deriva dos continentes
Geologia 12 deriva dos continentes
 
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12   biologia e os desafios da atualidadeBiologia 12   biologia e os desafios da atualidade
Biologia 12 biologia e os desafios da atualidade
 
Geologia 12 paleoclimas
Geologia 12   paleoclimasGeologia 12   paleoclimas
Geologia 12 paleoclimas
 
Geologia 12 arcos insulares
Geologia 12   arcos insularesGeologia 12   arcos insulares
Geologia 12 arcos insulares
 
Deriva dos continentes
Deriva dos continentesDeriva dos continentes
Deriva dos continentes
 
Zonas costeiras
Zonas costeirasZonas costeiras
Zonas costeiras
 
Genética
GenéticaGenética
Genética
 
Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)Genética (monobridismo)
Genética (monobridismo)
 
Genética (monobridismo exercícios)
Genética (monobridismo   exercícios)Genética (monobridismo   exercícios)
Genética (monobridismo exercícios)
 
Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)Genética (dominância incompleta)
Genética (dominância incompleta)
 
Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)Genética (diibridismo)
Genética (diibridismo)
 

Último

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
marcos oliveira
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Yan Kayk da Cruz Ferreira
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
mozalgebrista
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
arodatos81
 

Último (20)

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdfPainel  para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
Painel para comemerorar odia dos avós grátis.pdf
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFVRegistros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
Registros da 8ª edição da FECINTEC - AFV
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
Resolução do Exame de Biologia UEM - 2008.
 
Alfabetização de adultos.pdf
Alfabetização de             adultos.pdfAlfabetização de             adultos.pdf
Alfabetização de adultos.pdf
 

Biologia 11 diferenciação celular

  • 1. Crescimento e Regeneração de tecidos vs Diferenciação Celular
  • 2. 2  As células possuem geralmente um tempo de vida limitado, sendo necessário que se dividam para formar novas células e assim permitir o crescimento e regeneração dos tecidos.  Ao longo do desenvolvimento dos organismos multicelulares, ocorre a diferenciação celular. Nuno Correia 2011/12
  • 3. 3 Nuno Correia 2011/12
  • 4. 4 Nuno Correia 2011/12
  • 5. A diferenciação celular resulta da expressão seletiva de genes ao longo do desenvolvimento. Embora só parte dos genes sejam expressos, a maioria das células mantém todo o genoma. 5 Nuno Correia 2011/12
  • 6. Nas plantas, a diferenciação celular é um processo que pode ser revertido, pois, a partir de uma célula diferenciada, é possível obter um organismo geneticamente idêntico à célula inicial, formando assim um clone. 6 Nuno Correia 2011/12
  • 7. Algumas células animais diferenciadas também podem ser revertidas para um estado menos especializado e originar um indivíduo adulto. No entanto, a capacidade das células animais regenerarem todos os restantes tipos celulares, diminui com o aumento de especialização e é muito inferior à das células vegetais. 7 Nuno Correia 2011/12
  • 8. 8 Observe o esquema da figura que representa, em parte, o processo de diferenciação e regeneração dos tecidos. Nuno Correia 2011/12
  • 9. Observe o esquema da figura que representa, em parte, o processo de diferenciação e regeneração dos tecidos. Selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta. As células-filhas que resultaram da divisão celular por mitose... a) ... possuem quantidades de DNA diferentes. b) ... possuem informação genética igual à da célula-mãe. c) ... têm metade do material genético da célula-mãe. d) .. perderam genes durante o processo de especialização. 9 Nuno Correia 2011/12
  • 10. Observe o esquema da figura que representa, em parte, o processo de diferenciação e regeneração dos tecidos. Selecione a única opção que permite obter uma afirmação correta. 2. As células estaminais caracterizam-se por... a) ... possuírem uma cópia completa do genoma. b) ... estarem presentes apenas no desenvolvimento embrionário. c) ... serem capazes de originar outros tipos celulares por diferenciação. d) ... dividirem-se ativamente apenas por meiose. 10 Nuno Correia 2011/12
  • 11. Explique por que motivo o processo de diferenciação representado na figura origina células com diferentes especializações funcionais. 11 Nuno Correia 2011/12
  • 12. As afirmações seguintes dizem respeito à diferenciação celular, Selecione a alternativa que as avalia corretamente. 1) As células totipontes, como por exemplo o zigoto, possuem potencialidade para originar todas as células de um organismo. 2) Após a divisão celular, todas as células-filhas sofrem uma redução de tamanho e aumento da sua especialização. 3) A diferenciação e especialização celular que ocorre ao longo do desenvolvimento dos organismos resultam da diminuição do número de células e do aumento do seu tamanho. a) l e 3 são verdadeiras; 2 é falsa. b) 2 é verdadeira; l e 3 são falsas. c) 1 é verdadeira; 2 e 3 são falsas. d) l e 2 são verdadeiras; 3 é falsa. 12 Nuno Correia 2011/12
  • 13. Explique em que medida a divisão mitótica assegura a manutenção do material genético ao longo do processo de diferenciação e especialização celular, permitindo a regeneração dos tecidos. 13 Nuno Correia 2011/12
  • 14. Em condições normais, as células procarióticas podem dividir-se a cada 20 minutos, mas as células eucarióticas tendem a demorar mais tempo. Algumas células do sistema nervoso central deixam de se dividir meses após o nascimento, enquanto que as células que compõem o epitélio digestivo e as células da pele dividem-se frequentemente ao longo de toda a vida. 1. Tendo em conta as informações fornecidas, explique as consequências ao nível da regeneração dos tecidos de uma lesão que afete as células do sistema nervoso central e uma outra lesão que afete a epiderme. 2. Em condições desfavoráveis (pH, temperatura, disponibilidade de nutrientes, etc.) o número de divisões mitóticas é reduzido, afetando a regeneração dos tecidos. Explique a razão de tal ocorrência. 14 Nuno Correia 2011/12
  • 15. A um tecido em regeneração contendo células em divisão celular, foi adicionado um composto que inibe a formação do fuso acromático. As observações encontram-se registadas na figura. 15 Nuno Correia 2011/12
  • 16. Refira qual o efeito da adição do inibidor do fuso acromático ao nível da condensação do material genético. 16 Nuno Correia 2011/12
  • 17. Explique em que medida a adição do inibidor do fuso acromático afeta a mitose e interfere com o resultado final do processo de divisão. 17 Nuno Correia 2011/12
  • 18. Infira por que motivo a adição de compostos que inibem a replicação do DNA também bloqueia o processo mitótico. 18 Nuno Correia 2011/12
  • 19. Analise com atenção o seguinte texto respeitante a duas experiências realizadas para estudar o processo de diferenciação celular. Experiência A - Robert Briggs e Thomas King efetuaram experiências com rãs, removendo o núcleo de um oócito II, transformando-o numa célula anucleada. Posteriormente, injetaram-lhe o núcleo de uma célula de um embrião de rã, obtendo 50% de girinos normais que evoluíram para rãs adultas normais. Noutras experiências idênticas, foram usados núcleos extraídos de células de intestino de rã em estádios mais tardios de desenvolvimento, obtendo-se apenas 2% de girinos normais. Experiência B - Steward e os seus colaboradores, em 1950, isolaram células diferenciadas da raiz da cenoura e colocaram-nas num meio adequado, que continha todos os nutrientes e hormonas específicas. Estas células dividiram-se originando embriões normais de cenoura que evoluíram para indivíduos adultos. A nova planta é geneticamente idêntica à célula que a originou, pelo que é denominada clone. 19 Nuno Correia 2011/12
  • 20. Indique quais são os objetivos destas experiências. 20 Nuno Correia 2011/12
  • 21. Das seguintes afirmações, selecione aquela(s) que pode(m) ser validadas com base nos resultados descritos anteriormente. A) A diferenciação consiste na aquisição de especializações celulares que definem a estrutura e a função de uma célula. B) Nas plantas, a diferenciação celular é um processo reversível. C) A partir de uma célula diferenciada de um órgão de uma planta madura é possível obter um organismo geneticamente diferente do original. D) As células, independentemente do grau de especialização, conservam o seu genoma. 21 Nuno Correia 2011/12
  • 22. Selecione a única opção que contém os termos que preenchem, sequencialmente, os espaços, de modo a obter uma afirmação correta. Quando um___________se divide para formar um organismo multicelular, as novas céluIas são formadas por um processo de divisão designado por____________. a) zigoto (...) ciclo celular b) embrião (...) ciclo celular c) embrião (...) divisão mitótica d) zigoto (...) divisão mitótica 22 Nuno Correia 2011/12
  • 23. Destas experiências foi possível concluir que a capacidade que uma célula tem em originar outros tipos de células especializadas é tanto maior quanto menor for o seu grau de diferenciação. Justifique a afirmação. 23 Nuno Correia 2011/12
  • 24. 24 Nuno Correia 2011/12
  • 25. 25 Nuno Correia 2011/12
  • 26. 26 Nuno Correia 2011/12
  • 27. 27 Nuno Correia 2011/12
  • 28. 28 Nuno Correia 2011/12
  • 29. 29 Nuno Correia 2011/12