SlideShare uma empresa Scribd logo
Joane não se faz
acompanhar de
símbolos cénicos,
porque representa
algo imaterial a
ausência de
malícia. Há ainda
quem justifique
este facto,
afirmando apenas
que o Parvo não
representa um
vício concreto.
Classe Social:
O parvo representa o povo.
Desculpas que dão sobre os seus
pecados.

         Crítico, idiota,
            ingénuo,
            humilde,
            simples,
             cómico,
         irresponsável
O Anjo afirma
que Joane não
errou por
malícia. Na
realidade, ele é
destituído de
senso, por isso
não se pode
Imputar e
responsabilizar
pelos seus
actos.
Cais > barca do diabo > barca do anjo>
                 Cais.
DESTINO




          Paraíso
Auto da barca fabinho

Mais conteúdo relacionado

Mais de Ana Tavares

Junta de freguesia
Junta de freguesiaJunta de freguesia
Junta de freguesia
Ana Tavares
 
Instituto de emprego e formação profissional de gaia
Instituto de emprego e formação profissional de gaiaInstituto de emprego e formação profissional de gaia
Instituto de emprego e formação profissional de gaia
Ana Tavares
 
Associaçao comercial industrial de vila nova de gaia
Associaçao comercial industrial de vila nova de gaiaAssociaçao comercial industrial de vila nova de gaia
Associaçao comercial industrial de vila nova de gaia
Ana Tavares
 
Modelo
ModeloModelo
Modelo
Ana Tavares
 
Auto pedro
Auto pedroAuto pedro
Auto pedro
Ana Tavares
 
Auto da barca marcelo
Auto da barca marceloAuto da barca marcelo
Auto da barca marcelo
Ana Tavares
 
Auto bruno
Auto brunoAuto bruno
Auto bruno
Ana Tavares
 
Auto barca do inferno crist
Auto barca do inferno cristAuto barca do inferno crist
Auto barca do inferno crist
Ana Tavares
 
Auto thiago
Auto thiagoAuto thiago
Auto thiago
Ana Tavares
 
Auto da barca tiago sousa
Auto da barca tiago sousaAuto da barca tiago sousa
Auto da barca tiago sousa
Ana Tavares
 
Auto barca ricardo
Auto barca ricardoAuto barca ricardo
Auto barca ricardo
Ana Tavares
 
Auto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martinsAuto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martins
Ana Tavares
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
Ana Tavares
 
Italia
ItaliaItalia
Italia
Ana Tavares
 
Inglaterra
InglaterraInglaterra
Inglaterra
Ana Tavares
 
França pedro
França pedroFrança pedro
França pedro
Ana Tavares
 
Eua
EuaEua
Jamaica bruno
Jamaica brunoJamaica bruno
Jamaica bruno
Ana Tavares
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
Ana Tavares
 
França
FrançaFrança
França
Ana Tavares
 

Mais de Ana Tavares (20)

Junta de freguesia
Junta de freguesiaJunta de freguesia
Junta de freguesia
 
Instituto de emprego e formação profissional de gaia
Instituto de emprego e formação profissional de gaiaInstituto de emprego e formação profissional de gaia
Instituto de emprego e formação profissional de gaia
 
Associaçao comercial industrial de vila nova de gaia
Associaçao comercial industrial de vila nova de gaiaAssociaçao comercial industrial de vila nova de gaia
Associaçao comercial industrial de vila nova de gaia
 
Modelo
ModeloModelo
Modelo
 
Auto pedro
Auto pedroAuto pedro
Auto pedro
 
Auto da barca marcelo
Auto da barca marceloAuto da barca marcelo
Auto da barca marcelo
 
Auto bruno
Auto brunoAuto bruno
Auto bruno
 
Auto barca do inferno crist
Auto barca do inferno cristAuto barca do inferno crist
Auto barca do inferno crist
 
Auto thiago
Auto thiagoAuto thiago
Auto thiago
 
Auto da barca tiago sousa
Auto da barca tiago sousaAuto da barca tiago sousa
Auto da barca tiago sousa
 
Auto barca ricardo
Auto barca ricardoAuto barca ricardo
Auto barca ricardo
 
Auto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martinsAuto barca do inferno t martins
Auto barca do inferno t martins
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
 
Italia
ItaliaItalia
Italia
 
Inglaterra
InglaterraInglaterra
Inglaterra
 
França pedro
França pedroFrança pedro
França pedro
 
Eua
EuaEua
Eua
 
Jamaica bruno
Jamaica brunoJamaica bruno
Jamaica bruno
 
Cabo verde
Cabo verdeCabo verde
Cabo verde
 
França
FrançaFrança
França
 

Último

Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
YeniferGarcia36
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
1000a
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 

Último (20)

Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
000. Para rezar o terço - Junho - mês do Sagrado Coração de Jesús.pdf
 
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdfPowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
PowerPoint Newton gostava de Ler - Saber em Gel.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 

Auto da barca fabinho

  • 1.
  • 2. Joane não se faz acompanhar de símbolos cénicos, porque representa algo imaterial a ausência de malícia. Há ainda quem justifique este facto, afirmando apenas que o Parvo não representa um vício concreto.
  • 3. Classe Social: O parvo representa o povo.
  • 4. Desculpas que dão sobre os seus pecados. Crítico, idiota, ingénuo, humilde, simples, cómico, irresponsável
  • 5. O Anjo afirma que Joane não errou por malícia. Na realidade, ele é destituído de senso, por isso não se pode Imputar e responsabilizar pelos seus actos.
  • 6. Cais > barca do diabo > barca do anjo> Cais.
  • 7. DESTINO Paraíso