Vasos

30.283 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
30.283
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
280
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vasos

  1. 1. Sistema Vascular
  2. 2. Sistema Vascular <ul><li>O sistema circulatório é constituído por: coração, vasos sanguíneos (artérias, veias e capilares) e vasos linfáticos. É o responsável pela condução, distribuição e remoção das mais diversas substâncias dos e para os tecidos do corpo. Vasos Sanguíneos Consistem num sistema de tubos fechados que transportam o sangue para todas as partes do corpo e o trazem de volta ao coração. </li></ul>
  3. 3. Sistema Vascular <ul><li>Os vasos condutores de sangue são classificados de acordo com a direção dos líquidos que levam. Os que conduzem os líquidos que saem do coração são chamados artérias que, ao diminuírem de calibre, passam a chamar-se arteríolas . Os vasos que conduzem para o coração são chamados veias que, ao diminuírem de calibre, passam a chamarem-se vênulas . Existem ainda vasos de menor calibre responsáveis pelas trocas de gases e nutrientes com os tecidos, são o capilares . </li></ul>
  4. 5. Tipos de Circulação <ul><li>Na distribuição dos vasos sanguíneos no corpo podemos dividir as rotas em alguns tipos de circulação, vejamos algumas principais: </li></ul><ul><li>Circulação Sistêmica ou Grande Circulação </li></ul><ul><li>Circulação Pulmonar ou Pequena Circulação </li></ul><ul><li>Circulação Portal </li></ul>
  5. 6. Tipos de Circulação <ul><li>A circulação sistêmica ou grande circulação inicia-se na aorta, seguindo pelos seus ramos arteriais e na seqüência pelas arteríolas sistêmicas, capilares sistêmicos, vênulas sistêmicas e veias sistêmicas, estas se unindo em dois grandes troncos, a veia cava inferior e a veia cava superior. Ambas deságuam no átrio direito do coração. Sua primeira porção transporta sangue arterial. Nos capilares sistêmicos o sangue perde oxigênio para os tecidos e aumenta seu teor de gás carbônico, passando a ser sangue venoso. </li></ul>
  6. 7. Tipos de Circulação <ul><li>A circulação pulmonar ou pequena circulação se inicia no tronco da artéria pulmonar, seguindo pelos ramos das artérias pulmonares, arteríolas pulmonares, capilares pulmonares, vênulas pulmonares, veias pulmonares e deságua no átrio esquerdo do coração. Na sua primeira porção, transporta sangue venoso. Nos capilares pulmonares o sangue é saturado em oxigênio, transformando-se em sangue arterial. </li></ul>
  7. 9. Tipos de Circulação <ul><li>Circulação Portal é aquela em que uma veia estabelece uma ligação entre duas redes capilares. O exemplo mais conhecido deste tipo de circulação é a circulação portal hepática (fígado), onde o sangue drenado do tubo gastrointestinal é levado inicialmente ao fígado para depois entrar na circulação sistêmica. </li></ul>
  8. 11. Artérias <ul><li>Artérias: são vasos de parede espessa que saem do coração levando sangue para os órgãos e tecidos do corpo. </li></ul><ul><li>Compõem-se de três camadas: a mais interna, chamada endotélio , formada por uma única camada de células achatadas; a mediana, constituída por tecido muscular liso ; a mais externa, formada por tecido conjuntivo, rico em fibras elásticas. </li></ul><ul><li>Quando o sangue é bombeado pelos ventrículos e penetra nas artérias, elas relaxam e dilatam-se, o que diminui a pressão sanguínea, Caso as artérias não se relaxem o suficiente, a pressão do sangue em no seu interior sobe, com risco de ruptura das paredes arteriais. </li></ul>
  9. 12. Artérias
  10. 13. Artérias
  11. 14. Veias <ul><li>Veias: são vasos que chegam ao coração, trazendo o sangue dos órgãos e tecidos. </li></ul><ul><li>A parede das veias, como a das artérias, também é formada por três camadas. A diferença, porém, é que a camada muscular e a conjuntiva são menos espessas que suas correspondentes arteriais. Além disso, diferentemente das artérias, as veias de maior calibre apresentam válvulas em seu interior , que impedem o refluxo de sangue e garante sua circulação em um único sentido. </li></ul>
  12. 15. Veias
  13. 16. Veias
  14. 17. Veias
  15. 18. Veias <ul><li>Depois de passar pelas arteríolas e capilares, a pressão sanguínea diminui, atingindo valores muito baixos no interior das veias. Ainda a maior parte do sangue venoso tem que enfrentar a gravidade para retornar ao coração </li></ul><ul><li>O retorno do sangue ao coração deve-se, em grande parte, às contrações dos esqueléticos, que comprimem as veias, fazendo que o sangue desloque-se em seu interior. Devido às válvulas, o sangue só pode seguir rumo ao coração. </li></ul>
  16. 20. FATORES QUE INFLUENCIAM O RETORNO VENOSO <ul><li>PRESENÇA DE VÁLVULAS VENOSAS </li></ul><ul><li>AÇÃO DOS MM. ESTRIADOS ESQUELÉTICOS SOBRE AS VV. </li></ul><ul><li>PRESSÃO NEGATIVA DA CAVIDADE TORÁCICA (INSPIRAÇÃO) </li></ul><ul><li>BOMBEAMENTO CARDÍACO </li></ul>
  17. 21. DIFERENÇAS ANATÔMICAS, ESTRUTURAIS E FUNCIONAIS <ul><li>Artérias Veias </li></ul><ul><li>PULSO PRESENTE AUSENTE </li></ul><ul><li>ASPECTO VERMELHAS AZULADAS </li></ul><ul><li>POSIÇÃO PROFUNDAS SUPERFICIAIS </li></ul><ul><li>CIRCULAÇÃO CENTRÍFUGA CENTRÍPETA </li></ul><ul><li>VÁLVULAS AUSENTES PRESENTES </li></ul><ul><li>PAREDES GROSSAS FINAS </li></ul><ul><li>SANGUE RICO EM O2 POBRE EM O2 </li></ul>
  18. 22. <ul><li>Artérias e Veias </li></ul><ul><li>caminham juntas </li></ul>
  19. 23. Capilar <ul><li>Os capilares sanguíneos , ou vasos capilares são vasos sanguíneos do sistema circulatório com forma de tubos de pequeníssimo calibre. Constituem a rede de distribuição e recolhimento do sangue nas células. Estes vasos estão em comunicação, por um lado, com ramificações originárias das artérias e, por outro lado, com as veias de menor dimensão. Os capilares existem em grande quantidade no nosso corpo. Podem deformar-se com muita facilidade. A parede dos capilares é constituída por uma única camada de células que é a túnica íntima (ou interna) das artérias . É nas paredes dos capilares que ocorrem as trocas dos gases. </li></ul>
  20. 24. Capilar
  21. 25. Capilar
  22. 26. Resistência Periférica <ul><li>Calibre do vaso sanguíneo </li></ul><ul><li>Comprimento do vaso sanguíneo </li></ul><ul><li>Viscosidade sanguínea </li></ul>
  23. 27. Pressão Sanguínea <ul><li>PS = Débito cardíaco x Resistência Periférica </li></ul><ul><li>Regulação da Pressão Sanguínea </li></ul><ul><li>Controle neural – SNA / Vasodilatação, Vasoconstricção </li></ul><ul><li>Frequência Cardíaca </li></ul><ul><li>Controle Renal - Volume de sangue </li></ul><ul><li>Controle Hormonal - Hormônios </li></ul>

×