SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 2
Baixar para ler offline
COMISSÕES
  Grupo de trabalho vai acompanhar ação que contesta a Lei
                     Complementar 100




    Comissão de Direitos Humanos discutiu situação de servidores que têm emprego ameaçado


      Deputados, representantes do Governo do Estado e sindicalistas da área de
educação decidiram ontem, em audiência pública da Comissão de Direitos Humanos,
criar um grupo de trabalho para acompanhar o desenrolar da Ação Direta de
Inconstitucionalidade (ADI) 4.876 no Supremo Tribunal Federal (STF). Por meio dela,
a Procuradoria-Geral da República contesta a Lei Complementar 100, de 2007, que
efetivou sem concurso cerca de 100 mil servidores estaduais, grande parte deles da
educação. Se o STF considerar a ação procedente, os empregos dessas pessoas
estarão em risco.
O assunto foi discutido a pedido do deputado Rogério Correia (PT). Ele anunciou que
pretende encaminhar ofício sobre a questão ao governador Antonio Anastasia. O
parlamentar também assina, com o deputado Duarte Bechir (PSD) e a deputada Maria
Tereza Lara (PT), o requerimento de criação do grupo de trabalho.
Servidores oriundos de diversas cidades lotaram o Auditório para participar do debate.
Eles cobraram uma solução do Governo do Estado e da Assembleia, por entenderem
que foi o Poder Executivo que criou tal situação, ao propor a lei, aprovada em seguida
pelo Legislativo.
Previdência – Na ADI, a Procuradoria-Geral da República questiona o artigo 7º da Lei
Complementar 100. A norma trata da gestão previdenciária integrada do Estado e
igualou os direitos à aposentadoria de efetivos e não efetivos à época. Estes
passaram a segurados do Regime Geral de Previdência Social do Estado, e não mais
do INSS. O artigo questionado efetivou servidores em exercício na data da publicação
da lei, sob diversas condições enumeradas na norma.

               Entidades cobram respostas do governo
     Apesar de defender o concurso para preenchimento de cargos no serviço público,
a coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores da Educação (Sind-UTE),
Beatriz Cerqueira, também cobrou respostas do governo para a situação provocada
pela lei. Ela disse que a entidade não tem participação na ação movida no STF.
     Para a representante do sindicato, o próprio Estado incutiu na categoria a ideia da
estabilidade por meio de correspondências que, segundo ela, foram endereçadas aos
servidores em diferentes momentos, procurando tranquilizá-los. Em sua opinião, a
defesa do Governo do Estado é contraditória, ao destacar no STF que a lei trata da
questão previdenciária, e não da estabilidade.
A secretária de organização da Confederação Nacional dos Trabalhadores na
Educação, Marilda Araújo, disse que, na época da tramitação do projeto de lei
complementar na ALMG, o parecer inicial foi pela inconstitucionalidade, e havia um
concurso vigente na ocasião, que foi desrespeitado. “Estamos defendendo o emprego,
sim, mas agora todos têm de assumir sua responsabilidade, inclusive quanto ao fundo
previdenciário”, afirmou ela.
     A situação é especialmente crítica em alguns órgãos, como a Universidade
Estadual de Montes Claros (Unimontes). Segundo a presidente da Associação dos Do-
centes, Maria Márcia Bicalho Noronha, cerca de 700 dos 1,5 mil professores da
Unimontes podem ser atingidos pelos desdobramentos da ação de
inconstitucionalidade.
Estado – Questionado pelo deputado Durval Ângelo (PT) sobre providências
relacionadas à ADI e prazos para defesa e decisão, o diretor de Previdência do
Ipsemg, Marcus Vinícius de Souza, disse que o governo está preocupado e
acompanha a situação. A expectativa, segundo ele, é de que seja mantido o que está
na lei. A informação foi endossada pela subsecretária de Informações e Tecnologias
Educacionais do Estado, Sônia Andere Cruz. “Em nenhum momento, desde a
definição da lei, o Estado se omitiu quanto à situação desses servidores”, disse ela.
As questões levantadas na audiência, e não respondidas pelos representantes do
governo, foram agrupadas em um requerimento de Rogério Correia, Duarte Bechir e
Maria Tereza Lara. Elas serão encaminhadas à Secretaria de Educação.
Para Maria Tereza Lara, é necessária uma ampla mobilização da categoria. “Essa é
uma questão de todos nós, e também da ALMG”, reforçou. “O governo não pode e não
vai abandonar esses servidores, a questão é imperiosa para a Casa”, disse o deputa-
do Duarte Bechir.

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Destaque (20)

Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Lugares del mundo
Lugares del mundoLugares del mundo
Lugares del mundo
 
Jogo onde está
Jogo onde estáJogo onde está
Jogo onde está
 
Aquecido, mercado de luxo paga até r$ 8 mil em lojas
Aquecido, mercado de luxo paga até r$ 8 mil em lojasAquecido, mercado de luxo paga até r$ 8 mil em lojas
Aquecido, mercado de luxo paga até r$ 8 mil em lojas
 
Atividade2redes
Atividade2redesAtividade2redes
Atividade2redes
 
Forma estrutura
Forma estruturaForma estrutura
Forma estrutura
 
Ad Diper em Revista - Junho 2015
Ad Diper em Revista - Junho 2015Ad Diper em Revista - Junho 2015
Ad Diper em Revista - Junho 2015
 
Gatica pablo hoja 1 (1)
Gatica pablo   hoja 1 (1)Gatica pablo   hoja 1 (1)
Gatica pablo hoja 1 (1)
 
Licitações maio 2014
Licitações  maio 2014Licitações  maio 2014
Licitações maio 2014
 
Charadas maria antônia e luisa de arruda op
Charadas   maria antônia e luisa de arruda opCharadas   maria antônia e luisa de arruda op
Charadas maria antônia e luisa de arruda op
 
TP Modulo 2
TP Modulo 2TP Modulo 2
TP Modulo 2
 
Tutorial Actividad Encuesta XO
Tutorial Actividad Encuesta XOTutorial Actividad Encuesta XO
Tutorial Actividad Encuesta XO
 
Emergencias salud..
Emergencias salud..Emergencias salud..
Emergencias salud..
 
Hotel el márquez
Hotel el márquezHotel el márquez
Hotel el márquez
 
Problematica de la educacion secundaria
Problematica de la educacion secundariaProblematica de la educacion secundaria
Problematica de la educacion secundaria
 
História de ana catarina andrade
História de ana catarina andradeHistória de ana catarina andrade
História de ana catarina andrade
 
Vegebag-Doc
Vegebag-DocVegebag-Doc
Vegebag-Doc
 
Abae
AbaeAbae
Abae
 
James rodriguez
James rodriguezJames rodriguez
James rodriguez
 
Papel condomundo
Papel condomundoPapel condomundo
Papel condomundo
 

Semelhante a Audiência pública pdf

Audiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial Legislativo
Audiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial LegislativoAudiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial Legislativo
Audiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial LegislativoSylvio Micelli
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015sindsprevrj
 
Bol cntv 10 11 16
Bol cntv 10 11 16Bol cntv 10 11 16
Bol cntv 10 11 16Elieljneto
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018sindsprevrj
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018sindsprevrj
 
Boletim 16 04 20
Boletim 16 04 20Boletim 16 04 20
Boletim 16 04 20Elieljneto
 
Jornal Sindsprev - Junho 2017
Jornal Sindsprev - Junho 2017Jornal Sindsprev - Junho 2017
Jornal Sindsprev - Junho 2017Anderson Mesquita
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017sindsprevrj
 
Edição nº 35 Semestre 2015
Edição nº 35 Semestre 2015Edição nº 35 Semestre 2015
Edição nº 35 Semestre 2015seesp
 
4ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-2016
4ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-20164ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-2016
4ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-2016Jose Carlos
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015sindsprevrj
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017sindsprevrj
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018sindsprevrj
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018sindsprevrj
 
Boletim abril em baixa
Boletim abril em baixaBoletim abril em baixa
Boletim abril em baixaseesp
 

Semelhante a Audiência pública pdf (20)

Audiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial Legislativo
Audiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial LegislativoAudiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial Legislativo
Audiência Pública da CCM Iamspe é matéria no Diário Oficial Legislativo
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Fev./2015
 
Bol cntv 10 11 16
Bol cntv 10 11 16Bol cntv 10 11 16
Bol cntv 10 11 16
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Março 2018
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Mar.2018
 
Jornal do sintuperj nº 15
Jornal do sintuperj nº 15Jornal do sintuperj nº 15
Jornal do sintuperj nº 15
 
Boletim 16 04 20
Boletim 16 04 20Boletim 16 04 20
Boletim 16 04 20
 
Jornal Sindsprev - Junho 2017
Jornal Sindsprev - Junho 2017Jornal Sindsprev - Junho 2017
Jornal Sindsprev - Junho 2017
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2017
 
ADPEMA NOTICIAS
ADPEMA NOTICIASADPEMA NOTICIAS
ADPEMA NOTICIAS
 
Edição nº 35 Semestre 2015
Edição nº 35 Semestre 2015Edição nº 35 Semestre 2015
Edição nº 35 Semestre 2015
 
Novidades Legislativas Nº 27 | 26/04/2012
Novidades Legislativas Nº 27 | 26/04/2012Novidades Legislativas Nº 27 | 26/04/2012
Novidades Legislativas Nº 27 | 26/04/2012
 
Relevâncias a evolução do trabalho
Relevâncias a evolução do trabalhoRelevâncias a evolução do trabalho
Relevâncias a evolução do trabalho
 
4ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-2016
4ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-20164ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-2016
4ª ata-de-reunião-act-2016-2017-23-8-2016
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul./2015
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017
Jornal do Sindsprev/RJ - Jul.2017
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Junho 2018
 
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018
Jornal do Sindsprev/RJ - Jun.2018
 
Boletim abril em baixa
Boletim abril em baixaBoletim abril em baixa
Boletim abril em baixa
 
Boletim abril em baixa
Boletim abril em baixaBoletim abril em baixa
Boletim abril em baixa
 

Mais de adunimontes

Pauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blogPauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blogadunimontes
 
Pauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blogPauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blogadunimontes
 
Adunimontes -informe_ação_ipsemg
Adunimontes  -informe_ação_ipsemgAdunimontes  -informe_ação_ipsemg
Adunimontes -informe_ação_ipsemgadunimontes
 
Cartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =xCartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =xadunimontes
 
Cartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =xCartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =xadunimontes
 
Adunimontes inconst. lei 100 - resposta estado 2-
Adunimontes    inconst. lei 100 - resposta estado  2-Adunimontes    inconst. lei 100 - resposta estado  2-
Adunimontes inconst. lei 100 - resposta estado 2-adunimontes
 
Audiência pública pdf
Audiência pública pdfAudiência pública pdf
Audiência pública pdfadunimontes
 
Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012adunimontes
 
Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012adunimontes
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007adunimontes
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007adunimontes
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007adunimontes
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007adunimontes
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007adunimontes
 
Política remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do Calculo
Política remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do CalculoPolítica remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do Calculo
Política remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do Calculoadunimontes
 
Decreto 46.060 - Assédio Moral
Decreto 46.060 - Assédio MoralDecreto 46.060 - Assédio Moral
Decreto 46.060 - Assédio Moraladunimontes
 
Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012
Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012
Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012adunimontes
 

Mais de adunimontes (20)

Page 0001
Page 0001Page 0001
Page 0001
 
Eleição 01
Eleição 01Eleição 01
Eleição 01
 
Pauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blogPauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blog
 
Pauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blogPauta reuniao reitor para blog
Pauta reuniao reitor para blog
 
Adunimontes -informe_ação_ipsemg
Adunimontes  -informe_ação_ipsemgAdunimontes  -informe_ação_ipsemg
Adunimontes -informe_ação_ipsemg
 
Cartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =xCartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =x
 
Cartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =xCartaz convocando para assembleia eleições =x
Cartaz convocando para assembleia eleições =x
 
Adunimontes inconst. lei 100 - resposta estado 2-
Adunimontes    inconst. lei 100 - resposta estado  2-Adunimontes    inconst. lei 100 - resposta estado  2-
Adunimontes inconst. lei 100 - resposta estado 2-
 
Audiência pública pdf
Audiência pública pdfAudiência pública pdf
Audiência pública pdf
 
Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012
 
Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012Assembleia 04.12.2012
Assembleia 04.12.2012
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei LC100/2007
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica   adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
 
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
Nota à comunidade acadêmica adi que questiona a lei lc100.2007
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Política remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do Calculo
Política remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do CalculoPolítica remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do Calculo
Política remuneratória 2012 - Reunião com a Memória do Calculo
 
Decreto 46.060 - Assédio Moral
Decreto 46.060 - Assédio MoralDecreto 46.060 - Assédio Moral
Decreto 46.060 - Assédio Moral
 
Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012
Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012
Lei 20336 - 2 de Agosto de 2012
 

Audiência pública pdf

  • 1. COMISSÕES Grupo de trabalho vai acompanhar ação que contesta a Lei Complementar 100 Comissão de Direitos Humanos discutiu situação de servidores que têm emprego ameaçado Deputados, representantes do Governo do Estado e sindicalistas da área de educação decidiram ontem, em audiência pública da Comissão de Direitos Humanos, criar um grupo de trabalho para acompanhar o desenrolar da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4.876 no Supremo Tribunal Federal (STF). Por meio dela, a Procuradoria-Geral da República contesta a Lei Complementar 100, de 2007, que efetivou sem concurso cerca de 100 mil servidores estaduais, grande parte deles da educação. Se o STF considerar a ação procedente, os empregos dessas pessoas estarão em risco. O assunto foi discutido a pedido do deputado Rogério Correia (PT). Ele anunciou que pretende encaminhar ofício sobre a questão ao governador Antonio Anastasia. O parlamentar também assina, com o deputado Duarte Bechir (PSD) e a deputada Maria Tereza Lara (PT), o requerimento de criação do grupo de trabalho. Servidores oriundos de diversas cidades lotaram o Auditório para participar do debate. Eles cobraram uma solução do Governo do Estado e da Assembleia, por entenderem que foi o Poder Executivo que criou tal situação, ao propor a lei, aprovada em seguida pelo Legislativo. Previdência – Na ADI, a Procuradoria-Geral da República questiona o artigo 7º da Lei Complementar 100. A norma trata da gestão previdenciária integrada do Estado e igualou os direitos à aposentadoria de efetivos e não efetivos à época. Estes passaram a segurados do Regime Geral de Previdência Social do Estado, e não mais do INSS. O artigo questionado efetivou servidores em exercício na data da publicação da lei, sob diversas condições enumeradas na norma. Entidades cobram respostas do governo Apesar de defender o concurso para preenchimento de cargos no serviço público, a coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores da Educação (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, também cobrou respostas do governo para a situação provocada pela lei. Ela disse que a entidade não tem participação na ação movida no STF. Para a representante do sindicato, o próprio Estado incutiu na categoria a ideia da estabilidade por meio de correspondências que, segundo ela, foram endereçadas aos servidores em diferentes momentos, procurando tranquilizá-los. Em sua opinião, a defesa do Governo do Estado é contraditória, ao destacar no STF que a lei trata da questão previdenciária, e não da estabilidade.
  • 2. A secretária de organização da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Educação, Marilda Araújo, disse que, na época da tramitação do projeto de lei complementar na ALMG, o parecer inicial foi pela inconstitucionalidade, e havia um concurso vigente na ocasião, que foi desrespeitado. “Estamos defendendo o emprego, sim, mas agora todos têm de assumir sua responsabilidade, inclusive quanto ao fundo previdenciário”, afirmou ela. A situação é especialmente crítica em alguns órgãos, como a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Segundo a presidente da Associação dos Do- centes, Maria Márcia Bicalho Noronha, cerca de 700 dos 1,5 mil professores da Unimontes podem ser atingidos pelos desdobramentos da ação de inconstitucionalidade. Estado – Questionado pelo deputado Durval Ângelo (PT) sobre providências relacionadas à ADI e prazos para defesa e decisão, o diretor de Previdência do Ipsemg, Marcus Vinícius de Souza, disse que o governo está preocupado e acompanha a situação. A expectativa, segundo ele, é de que seja mantido o que está na lei. A informação foi endossada pela subsecretária de Informações e Tecnologias Educacionais do Estado, Sônia Andere Cruz. “Em nenhum momento, desde a definição da lei, o Estado se omitiu quanto à situação desses servidores”, disse ela. As questões levantadas na audiência, e não respondidas pelos representantes do governo, foram agrupadas em um requerimento de Rogério Correia, Duarte Bechir e Maria Tereza Lara. Elas serão encaminhadas à Secretaria de Educação. Para Maria Tereza Lara, é necessária uma ampla mobilização da categoria. “Essa é uma questão de todos nós, e também da ALMG”, reforçou. “O governo não pode e não vai abandonar esses servidores, a questão é imperiosa para a Casa”, disse o deputa- do Duarte Bechir.