SlideShare uma empresa Scribd logo
Revolução Chinesa
1949
Século XIX
- China Imperial (MING) – Séc. XIX- QING
Sofre invasões imperialistas de nações ocidentais, sobre tudo da
Europa e posteriormente do Japão
* Guerra do Ópio
Guerra contra os invasores ingleses, uma tentativa de expulsá-los do
país
Consequências da Guerra
- Perda de Hong Kong ( até 1997)
- Abertura dos portos às nações ocidentais
Século XX
Inicia-se uma reação da população contra os imperadores, acusando-os de terem culpa no
imperialismo que a China sofreu e de obterem vantagens com a opressão das outras nações
A República
Em 1911/1912- Revolução XINHAI- os chineses conseguem derrubar o último imperador e
proclamam uma república, Sun Yat Sen assume o governo e funda o Partido Kuomintang
(nacionalista) que será rival do PCC (Partido Comunista Chinês- Kuomintern) inaugurado em 1921
sob influência da URSS.
A China passa por uma grave guerra civil, pois alguns senhores “feudais” criaram o seu próprio
sistema de governo, e com isso o Kuomintang terá dificuldade para vencer esses senhores que
ficaram conhecidos como “senhores da guerra” e reunificar o país
Em 1927 O Kuomintang derrota os senhores da guerra com a Ajuda do PCC e reunifica a China,
porém após isso coloca o PCC na ilegalidade
Em 1934 Chiang Kay Shek, líder do Kuomintang acredita que vai acabar com os comunistas e
declara uma intensa perseguição, porém os comunistas usam essa fuga para empreenderem a
sua jornada revolucionário conhecida como “a longa marcha”.
Durante a longa marcha, mais de 12
mil quilômetros foram trilhados a
pé e em lombos de animais.
Durante a caminhada, os
comunistas enfrentaram frio, fome,
sede, doenças e combates... Porém
mantiveram-se firmes nos seus
objetivos, que eram conclamar a
população a lutar pela Revolução
socialista, montar um Exército
Vermelho e angariar membros e
fundos para fortalecerem a luta
A Invasão Japonesa
Durante a 2° Guerra Mundial, o Japão invade a região da Manchúria e logo em seguida
adentra o território chinês
Nesse período houve uma união entre o
PCC + Kuomintang
Vs
Japoneses
Após as bombas de Yroshima e Nagasaki e a derrota do EIXO, os japoneses são expulsos da
China e o PCC consegue derrotar o Partido burguês nacionalista (KUOMINTANG).
Em 1949 Mao Tse Tung, líder do Partido Comunista Chinês proclama a República Popular da
China, instaurando um regime socialista
A China Socialista
A Reforma Agrária
Diminuição dos latifúndios que existiam no país e transferência de terras aos camponeses
Nacionalização: Bancos e empresas foram nacionalizadas, antes disso a maior parte das
empresas presentes na China era pertencentes ao capital estrangeiro, sobre tudo europeu
Industrialização de Base:
Investimento pesado em setores como mineração, metalurgia e petrolífera, visando
transformar o país em uma grande potência mundial
Essas reformas foram importantíssimas, porém o grande problema ainda era a fome,
então o governo socialista vai implantar um programa chamado “O Grande Salto para
Frente”.
O Grande Salto para a Frente
- Êxodo Urbano Forçado: Grande parte da população que morava nas cidades, foram
obrigadas a ir para a zona rural para plantar alimentos
Terras Coletivas ou Estatais(Sputnik): Haviam grandes fazendas de terra para o cultivo, as
pessoas que se recusassem a cultivar nessas terras poderiam até sofrer pena de morte
A China consegue aumentar cerca de 70% e 80% da sua produção de alimento, porém a má
distribuição e a corrupção do partido não permite que acabem com a fome no país
Após esse período, a China sofre alguns reveses... Condições climáticas desfavoráveis e
estratégias má elaboradas sacrificam boa parte da colheita chinesa, destacam-se o episódio
da caça aos pardais- A ave era um dos alvos da chamada Campanha das Quatro Pestes, que
pretendia eliminar também os ratos, as moscas e os mosquitos, considerados inimigos públicos pelo
líder chinês. Mao dizia que cada pardal, ciscando nas plantações, consumia mais de 4 quilos de grãos
por ano. Em seu cálculo, cada milhão de pardais mortos possibilitaria produzir comida para 60.000
pessoas, e do desvio de mão-de-obra para a fabricação do aço.
A população pagou caro, o que se viu foram três anos de extrema escassez de alimento e
fome, estima-se que cerca de 3 milhões de pessoas tenham morrido por inanição no período
de 1958 e 1961 conhecido como A Grande Fome Chinesa.
A Revolução Chinesa.pptx
Em 1956 1957 o governo incentivou a campanha chamada “O desabrochar das 100
flores’’, no qual incentivava setores do partido a fazerem críticas ao regime no intuito
de melhorar e corrigir estratégias... Posteriormente essa campanha foi ampliada aos
intelectuais, artistas e setores da sociedade civil
O governo recebeu críticas pesadas, sobre tudo por conta dos fatores abaixo:
- Regime de Partido Único
- Centralização política e econômica
- Corrupção no governo
- Nepotismo
Após essas críticas, o regime se radicaliza e passa a perseguir( Guarda Vermelha) os
“opositores do regime”, sobre tudo intelectuais e membros do partido que foram
considerados “direitistas”, “reacionários” e “anticomunistas”
A Revolução Cultural
Foi uma estratégia utilizada durante o regime que acreditava que as pessoas só se tornariam
comunistas se mudassem as suas práticas e a sua cultura.
Abolição de Práticas Burguesas
- Uniformização da população: As pessoas foram obrigadas a usar uniforme
- Proibição de cuidar de animais domésticos
Culto ao Líder
- Foi incentivado o culto à persona (pessoa) de Mao
- Toda a população deveria ter um quadro dele na parede e prestar-lhe um culto em
determinado momento do dia
Proibição de Costumes Ocidentais
- Músicas e instrumentos ocidentais são proibidos
- Professores e médicos são proibidos de atuar, por considerar terem uma formação ocidental
A Revolução Chinesa.pptx
A Revolução Chinesa.pptx
A Revolução Chinesa.pptx
As Consequências
Com a radicalização do regime durante a Revolução cultural, houve perseguição, prisão,
tortura e deportação a vários intelectuais
Houve um colapso no sistema de saúde e educação por conta da proibição dos
profissionais formados de atuar. Até que outros médicos fosse formados, muitas pessoas
morreram de desassistência.
Fuga do país
Muitas pessoas fugiram da China nessa época por conta da violência do regime
Em 1976, morreram os dois grandes líderes da Revolução Chinesa, Mao Tsé Tung e Chu En-
Lai.
* O sucessor de Mao, Deng Xiaoping pôs fim à Revolução Cultural e reprimiu as principais
lideranças desse movimento, dentre as quais a viúva de Mao, Chiang Chi.
Chiang e os amigos que compunham a Camarilha dos Quatro, foram presos e condenados
Governo atual- Xi Jinping
A Revolução Chinesa.pptx
A Revolução Chinesa.pptx
A Revolução Chinesa.pptx
A Revolução Chinesa.pptx
A Revolução Chinesa.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a A Revolução Chinesa.pptx

China comunista
China comunistaChina comunista
China comunista
tanafrente
 
Aulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptx
Aulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptxAulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptx
Aulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptx
JacksonFrigotto
 
O socialismo além da urss aula
O socialismo além da urss   aulaO socialismo além da urss   aula
O socialismo além da urss aula
profmarloncardozo
 
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismoCrise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Marcia Fernandes
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Valeria Kosicki
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas
Fabio Salvari
 
Socialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 anoSocialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 ano
AEDFL
 
conflitos guerra fria.pptx
conflitos guerra fria.pptxconflitos guerra fria.pptx
conflitos guerra fria.pptx
WellingtonFelipeDeCa1
 
revolução chinesa.pdf
revolução chinesa.pdfrevolução chinesa.pdf
revolução chinesa.pdf
felipescherner
 
Resumo - Revoluções Socialistas
Resumo - Revoluções SocialistasResumo - Revoluções Socialistas
Resumo - Revoluções Socialistas
Acrópole - História & Educação
 
A revolução comunista na china
A revolução comunista na china A revolução comunista na china
A revolução comunista na china
clarosado
 
Revolução Comunista na China
Revolução Comunista na ChinaRevolução Comunista na China
Revolução Comunista na China
Eduarda Soares
 
Movimentos comunistas
Movimentos comunistasMovimentos comunistas
Movimentos comunistas
Nívia Sales
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
eiprofessor
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
GabriellaNascimento17
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
Ronaldo Naves
 
O comunismo chinês
O comunismo chinêsO comunismo chinês
O comunismo chinês
alerrany
 
Descolonização da africa e asia china
Descolonização da africa e asia chinaDescolonização da africa e asia china
Descolonização da africa e asia china
mundica broda
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
Rainha Maga
 
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Daniel Alves Bronstrup
 

Semelhante a A Revolução Chinesa.pptx (20)

China comunista
China comunistaChina comunista
China comunista
 
Aulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptx
Aulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptxAulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptx
Aulas 3 e 4- Revoluções Socialistas China e Cuba.pptx
 
O socialismo além da urss aula
O socialismo além da urss   aulaO socialismo além da urss   aula
O socialismo além da urss aula
 
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismoCrise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
Crise do capitalismo e surgimento do totalitarismo
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
Revoluções Socialistas
  Revoluções Socialistas   Revoluções Socialistas
Revoluções Socialistas
 
Socialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 anoSocialismo e revolução russa 9 ano
Socialismo e revolução russa 9 ano
 
conflitos guerra fria.pptx
conflitos guerra fria.pptxconflitos guerra fria.pptx
conflitos guerra fria.pptx
 
revolução chinesa.pdf
revolução chinesa.pdfrevolução chinesa.pdf
revolução chinesa.pdf
 
Resumo - Revoluções Socialistas
Resumo - Revoluções SocialistasResumo - Revoluções Socialistas
Resumo - Revoluções Socialistas
 
A revolução comunista na china
A revolução comunista na china A revolução comunista na china
A revolução comunista na china
 
Revolução Comunista na China
Revolução Comunista na ChinaRevolução Comunista na China
Revolução Comunista na China
 
Movimentos comunistas
Movimentos comunistasMovimentos comunistas
Movimentos comunistas
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Revolução Chinesa
Revolução ChinesaRevolução Chinesa
Revolução Chinesa
 
Revolução chinesa
Revolução chinesaRevolução chinesa
Revolução chinesa
 
O comunismo chinês
O comunismo chinêsO comunismo chinês
O comunismo chinês
 
Descolonização da africa e asia china
Descolonização da africa e asia chinaDescolonização da africa e asia china
Descolonização da africa e asia china
 
A Era Estalinista
A Era EstalinistaA Era Estalinista
A Era Estalinista
 
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
Pré vestibular Murialdo - Idade Contemporânea - aula 01
 

Mais de orlando343934

INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptxINCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
orlando343934
 
cruzadas xx.pptx
cruzadas xx.pptxcruzadas xx.pptx
cruzadas xx.pptx
orlando343934
 
division silabica-.pptx
division silabica-.pptxdivision silabica-.pptx
division silabica-.pptx
orlando343934
 
Atlântico Sul- Escravidão.pptx
Atlântico Sul- Escravidão.pptxAtlântico Sul- Escravidão.pptx
Atlântico Sul- Escravidão.pptx
orlando343934
 
Industria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptxIndustria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptx
orlando343934
 
ANARQUISMO.pptx
ANARQUISMO.pptxANARQUISMO.pptx
ANARQUISMO.pptx
orlando343934
 
AÇUCAR.pptx
AÇUCAR.pptxAÇUCAR.pptx
AÇUCAR.pptx
orlando343934
 
ALFABETO.pptx
ALFABETO.pptxALFABETO.pptx
ALFABETO.pptx
orlando343934
 

Mais de orlando343934 (8)

INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptxINCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
INCAS, MAIAS e ASTECAS.pptx
 
cruzadas xx.pptx
cruzadas xx.pptxcruzadas xx.pptx
cruzadas xx.pptx
 
division silabica-.pptx
division silabica-.pptxdivision silabica-.pptx
division silabica-.pptx
 
Atlântico Sul- Escravidão.pptx
Atlântico Sul- Escravidão.pptxAtlântico Sul- Escravidão.pptx
Atlântico Sul- Escravidão.pptx
 
Industria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptxIndustria Cultural.pptx
Industria Cultural.pptx
 
ANARQUISMO.pptx
ANARQUISMO.pptxANARQUISMO.pptx
ANARQUISMO.pptx
 
AÇUCAR.pptx
AÇUCAR.pptxAÇUCAR.pptx
AÇUCAR.pptx
 
ALFABETO.pptx
ALFABETO.pptxALFABETO.pptx
ALFABETO.pptx
 

Último

História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
Mary Alvarenga
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 

Último (20)

História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Caça-palavras - multiplicação
Caça-palavras  -  multiplicaçãoCaça-palavras  -  multiplicação
Caça-palavras - multiplicação
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdfPortfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
Portfólio Estratégico da Força Aérea Brasileira (FAB).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_MARINELA NEVES & PAULA FRANCISCO_22_23
 

A Revolução Chinesa.pptx

  • 2. Século XIX - China Imperial (MING) – Séc. XIX- QING Sofre invasões imperialistas de nações ocidentais, sobre tudo da Europa e posteriormente do Japão * Guerra do Ópio Guerra contra os invasores ingleses, uma tentativa de expulsá-los do país Consequências da Guerra - Perda de Hong Kong ( até 1997) - Abertura dos portos às nações ocidentais
  • 3. Século XX Inicia-se uma reação da população contra os imperadores, acusando-os de terem culpa no imperialismo que a China sofreu e de obterem vantagens com a opressão das outras nações A República Em 1911/1912- Revolução XINHAI- os chineses conseguem derrubar o último imperador e proclamam uma república, Sun Yat Sen assume o governo e funda o Partido Kuomintang (nacionalista) que será rival do PCC (Partido Comunista Chinês- Kuomintern) inaugurado em 1921 sob influência da URSS. A China passa por uma grave guerra civil, pois alguns senhores “feudais” criaram o seu próprio sistema de governo, e com isso o Kuomintang terá dificuldade para vencer esses senhores que ficaram conhecidos como “senhores da guerra” e reunificar o país Em 1927 O Kuomintang derrota os senhores da guerra com a Ajuda do PCC e reunifica a China, porém após isso coloca o PCC na ilegalidade
  • 4. Em 1934 Chiang Kay Shek, líder do Kuomintang acredita que vai acabar com os comunistas e declara uma intensa perseguição, porém os comunistas usam essa fuga para empreenderem a sua jornada revolucionário conhecida como “a longa marcha”. Durante a longa marcha, mais de 12 mil quilômetros foram trilhados a pé e em lombos de animais. Durante a caminhada, os comunistas enfrentaram frio, fome, sede, doenças e combates... Porém mantiveram-se firmes nos seus objetivos, que eram conclamar a população a lutar pela Revolução socialista, montar um Exército Vermelho e angariar membros e fundos para fortalecerem a luta
  • 5. A Invasão Japonesa Durante a 2° Guerra Mundial, o Japão invade a região da Manchúria e logo em seguida adentra o território chinês Nesse período houve uma união entre o PCC + Kuomintang Vs Japoneses Após as bombas de Yroshima e Nagasaki e a derrota do EIXO, os japoneses são expulsos da China e o PCC consegue derrotar o Partido burguês nacionalista (KUOMINTANG). Em 1949 Mao Tse Tung, líder do Partido Comunista Chinês proclama a República Popular da China, instaurando um regime socialista
  • 7. A Reforma Agrária Diminuição dos latifúndios que existiam no país e transferência de terras aos camponeses Nacionalização: Bancos e empresas foram nacionalizadas, antes disso a maior parte das empresas presentes na China era pertencentes ao capital estrangeiro, sobre tudo europeu Industrialização de Base: Investimento pesado em setores como mineração, metalurgia e petrolífera, visando transformar o país em uma grande potência mundial Essas reformas foram importantíssimas, porém o grande problema ainda era a fome, então o governo socialista vai implantar um programa chamado “O Grande Salto para Frente”.
  • 8. O Grande Salto para a Frente - Êxodo Urbano Forçado: Grande parte da população que morava nas cidades, foram obrigadas a ir para a zona rural para plantar alimentos Terras Coletivas ou Estatais(Sputnik): Haviam grandes fazendas de terra para o cultivo, as pessoas que se recusassem a cultivar nessas terras poderiam até sofrer pena de morte A China consegue aumentar cerca de 70% e 80% da sua produção de alimento, porém a má distribuição e a corrupção do partido não permite que acabem com a fome no país Após esse período, a China sofre alguns reveses... Condições climáticas desfavoráveis e estratégias má elaboradas sacrificam boa parte da colheita chinesa, destacam-se o episódio da caça aos pardais- A ave era um dos alvos da chamada Campanha das Quatro Pestes, que pretendia eliminar também os ratos, as moscas e os mosquitos, considerados inimigos públicos pelo líder chinês. Mao dizia que cada pardal, ciscando nas plantações, consumia mais de 4 quilos de grãos por ano. Em seu cálculo, cada milhão de pardais mortos possibilitaria produzir comida para 60.000 pessoas, e do desvio de mão-de-obra para a fabricação do aço. A população pagou caro, o que se viu foram três anos de extrema escassez de alimento e fome, estima-se que cerca de 3 milhões de pessoas tenham morrido por inanição no período de 1958 e 1961 conhecido como A Grande Fome Chinesa.
  • 10. Em 1956 1957 o governo incentivou a campanha chamada “O desabrochar das 100 flores’’, no qual incentivava setores do partido a fazerem críticas ao regime no intuito de melhorar e corrigir estratégias... Posteriormente essa campanha foi ampliada aos intelectuais, artistas e setores da sociedade civil O governo recebeu críticas pesadas, sobre tudo por conta dos fatores abaixo: - Regime de Partido Único - Centralização política e econômica - Corrupção no governo - Nepotismo Após essas críticas, o regime se radicaliza e passa a perseguir( Guarda Vermelha) os “opositores do regime”, sobre tudo intelectuais e membros do partido que foram considerados “direitistas”, “reacionários” e “anticomunistas”
  • 11. A Revolução Cultural Foi uma estratégia utilizada durante o regime que acreditava que as pessoas só se tornariam comunistas se mudassem as suas práticas e a sua cultura. Abolição de Práticas Burguesas - Uniformização da população: As pessoas foram obrigadas a usar uniforme - Proibição de cuidar de animais domésticos Culto ao Líder - Foi incentivado o culto à persona (pessoa) de Mao - Toda a população deveria ter um quadro dele na parede e prestar-lhe um culto em determinado momento do dia Proibição de Costumes Ocidentais - Músicas e instrumentos ocidentais são proibidos - Professores e médicos são proibidos de atuar, por considerar terem uma formação ocidental
  • 15. As Consequências Com a radicalização do regime durante a Revolução cultural, houve perseguição, prisão, tortura e deportação a vários intelectuais Houve um colapso no sistema de saúde e educação por conta da proibição dos profissionais formados de atuar. Até que outros médicos fosse formados, muitas pessoas morreram de desassistência. Fuga do país Muitas pessoas fugiram da China nessa época por conta da violência do regime Em 1976, morreram os dois grandes líderes da Revolução Chinesa, Mao Tsé Tung e Chu En- Lai. * O sucessor de Mao, Deng Xiaoping pôs fim à Revolução Cultural e reprimiu as principais lideranças desse movimento, dentre as quais a viúva de Mao, Chiang Chi. Chiang e os amigos que compunham a Camarilha dos Quatro, foram presos e condenados Governo atual- Xi Jinping