SlideShare uma empresa Scribd logo
CORREÇÃO
I. Coloca o acento nas palavras sempre que necessário.
1. fara ► fará          5. harem ► harém      9. dócil ► dócil                        13. Eden ► Éden
2. pe ► pé                   6. contens ► conténs        10.disponivel► disponível    14. repteis ► répteis
3. aqui                      7. faraos ► faraós          11. baleia                   15. impar ► ímpar
4. avos ► avós/avôs          8. tambem► também           12. fossil ► fóssil          16. ideia

II. Acentua o seguinte excerto de Luís de Sttau Monteiro, Felizmente Há Luar!:
"Para que o país não se levante em defesa dos conjurados há que prepará-lo previamente. Há
gente, senhores, que sente grande ardor patriótico sempre que os seus interesses estão em
perigo. Há que provocar esse ardor. Há que pôr os frades, por esse país fora, a bramar nos
púlpitos contra os inimigos de Deus.”


III. Acentua corretamente as palavras se necessário.
1. A casa da Joana era fantástica.
2. A multidão foi muito amável com os alunos do 10ºZ.
3. O vaivém está destruído.
4. O Eduardo compôs uma música nova.
5. A Ana vai avisá-lo.
6. A minha amiga Rute resolveu trazê-lo de volta para casa.
7. A lâmpada da cozinha da Gabriela estava fundida.
8. O Romeu foi a um baile de máscaras.
9. Constata-se a existência de duas narrativas simultâneas.


IV. Assinala os grupos em que todas as palavras estão correctamente acentuadas. Corrige as
palavras.
1. juiz ♦ bíceps ♦ cônsul
2. irmã ♦ impossivel (impossível) ♦ Gerês
3. mantém ♦ inverosímil ♦ útil
4. refém ♦ silábica ♦ ágil
5. país ♦ miseravel (miserável) ♦ constrói


V. Indica se as frases são verdadeiras (V) ou falsas (F). Justifica as afirmações falsas.

1. O verbo jogar na 1ª pessoa do plural no pretérito perfeito do indicativo deve ter acento. F
A utilização do acento na 1ª pessoa do plural no pretérito perfeito nos verbos da 1ª conjugação
é opcional.

8. A palavra heróico está escrita correctamente. F
As palavras graves com ditongo tónico “oi” perdem o acento.



Bibliografia
SILVA, Cláudia e HENRIQUES, Isabel, Cadernos Novo Acordo Ortográfico, Porto, Porto Editora, 2011, p.30.


                                                                                     Sílvia Antunes
                                                                                     Equipa da BE
                                                                                     7/ Outubro / 2011

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
Paula Angelo
 
Deíticos - correção
Deíticos - correçãoDeíticos - correção
Deíticos - correção
BiblioAlba
 
Mecanismos de Coesão (Esquema)
Mecanismos de Coesão (Esquema)Mecanismos de Coesão (Esquema)
Mecanismos de Coesão (Esquema)
nelsonalves70
 
Exercicio coesão e coerência textual
Exercicio coesão e coerência textualExercicio coesão e coerência textual
Exercicio coesão e coerência textual
luizcarmo
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
BiblioAlba
 
Coesao e coerência
Coesao e coerênciaCoesao e coerência
Coesao e coerência
Ana Luísa Santos
 
Exercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoExercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesão
ma.no.el.ne.ves
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
Heydy Silva
 
Mecanismos de Coesão
Mecanismos de CoesãoMecanismos de Coesão
Mecanismos de Coesão
nelsonalves70
 
Conetores enunciativos
Conetores enunciativosConetores enunciativos
Conetores enunciativos
Ana Isabel Falé
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
silnog
 

Destaque (11)

Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Deíticos - correção
Deíticos - correçãoDeíticos - correção
Deíticos - correção
 
Mecanismos de Coesão (Esquema)
Mecanismos de Coesão (Esquema)Mecanismos de Coesão (Esquema)
Mecanismos de Coesão (Esquema)
 
Exercicio coesão e coerência textual
Exercicio coesão e coerência textualExercicio coesão e coerência textual
Exercicio coesão e coerência textual
 
Deíticos
DeíticosDeíticos
Deíticos
 
Coesao e coerência
Coesao e coerênciaCoesao e coerência
Coesao e coerência
 
Exercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesãoExercícios sobre coerência e coesão
Exercícios sobre coerência e coesão
 
Coesão
CoesãoCoesão
Coesão
 
Mecanismos de Coesão
Mecanismos de CoesãoMecanismos de Coesão
Mecanismos de Coesão
 
Conetores enunciativos
Conetores enunciativosConetores enunciativos
Conetores enunciativos
 
Coesão e coerencia
Coesão e coerenciaCoesão e coerencia
Coesão e coerencia
 

Último

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 

Último (20)

GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 

A. ortográfico acentuação (7-10) correção

  • 1. CORREÇÃO I. Coloca o acento nas palavras sempre que necessário. 1. fara ► fará 5. harem ► harém 9. dócil ► dócil 13. Eden ► Éden 2. pe ► pé 6. contens ► conténs 10.disponivel► disponível 14. repteis ► répteis 3. aqui 7. faraos ► faraós 11. baleia 15. impar ► ímpar 4. avos ► avós/avôs 8. tambem► também 12. fossil ► fóssil 16. ideia II. Acentua o seguinte excerto de Luís de Sttau Monteiro, Felizmente Há Luar!: "Para que o país não se levante em defesa dos conjurados há que prepará-lo previamente. Há gente, senhores, que sente grande ardor patriótico sempre que os seus interesses estão em perigo. Há que provocar esse ardor. Há que pôr os frades, por esse país fora, a bramar nos púlpitos contra os inimigos de Deus.” III. Acentua corretamente as palavras se necessário. 1. A casa da Joana era fantástica. 2. A multidão foi muito amável com os alunos do 10ºZ. 3. O vaivém está destruído. 4. O Eduardo compôs uma música nova. 5. A Ana vai avisá-lo. 6. A minha amiga Rute resolveu trazê-lo de volta para casa. 7. A lâmpada da cozinha da Gabriela estava fundida. 8. O Romeu foi a um baile de máscaras. 9. Constata-se a existência de duas narrativas simultâneas. IV. Assinala os grupos em que todas as palavras estão correctamente acentuadas. Corrige as palavras. 1. juiz ♦ bíceps ♦ cônsul 2. irmã ♦ impossivel (impossível) ♦ Gerês 3. mantém ♦ inverosímil ♦ útil 4. refém ♦ silábica ♦ ágil 5. país ♦ miseravel (miserável) ♦ constrói V. Indica se as frases são verdadeiras (V) ou falsas (F). Justifica as afirmações falsas. 1. O verbo jogar na 1ª pessoa do plural no pretérito perfeito do indicativo deve ter acento. F A utilização do acento na 1ª pessoa do plural no pretérito perfeito nos verbos da 1ª conjugação é opcional. 8. A palavra heróico está escrita correctamente. F As palavras graves com ditongo tónico “oi” perdem o acento. Bibliografia SILVA, Cláudia e HENRIQUES, Isabel, Cadernos Novo Acordo Ortográfico, Porto, Porto Editora, 2011, p.30. Sílvia Antunes Equipa da BE 7/ Outubro / 2011