SlideShare uma empresa Scribd logo
Peter Pan
(roteiro escrito por Ramon Carneiro)
Narradora: Waléria
Peter Pan: Renan
Wendy: Jucicleide
Sininho: Bianca
João: Guilherme
Miguel: Geraldo
Cap. Gancho: Walter
Meninos Perdidos: Suenia, Karol
Piratas: Lineker e Ramon
Princesa índia: Ewelyn
Crocodilo Tic-Tac: Kleber
(Wendy, João e Miguel estão dormindo enquanto narrador fala)
Narrador: É fato que todas as crianças crescem. Mas Peter Pan não. (Peter Pan
aparece se escondendo junto de Sininho) Ele vive em uma terra chamada Terra do
Nunca e por isso nunca crescerá. Um dia ele foi visitar crianças normais na Inglaterra,
junto de sua amiga fada Sininho. Wendy, João e Miguel dormiam nas suas camas sem
saber que Peter Pan viera xeretar. (Peter Pan faz barulho e Wendy acorda; Ele está
em cima de sua estante)
Wendy: - “Quem é vc? E como chegou aí em cima?”
Peter: - “Eu sou Peter Pan!” (Faz pose de herói; Sininho sai de trás dele)
Wendy: - “O que vc ta fazendo aí em cima? Você pode cair!”
Peter: - “Não seja tola.” (Sai de cima da estante) “Eu posso voar!” (João e Miguel
acordam e olham Peter ‘voar’)
Wendy e irmãos: -“Nossa! Como você consegue fazer isso?!”
Peter Pan: - “Basta você pensar em coisas boas que elas te levantam no ar!” (Ele voa;
Todos se levantam para olhar melhor) “... Ou você pode usar a mágica da Sininho”
João: - “Então eu também quero tentar!” (Ele começa correr) “Livros, espadas, piratas,
aventuraaaas...” (Sininho usa sua mágica e João voa.)
Miguel: - “Ah, eu também! Doces, histórias de dormir, nunca mais tomar banhoooo...”
(Miguel voa com a mágica de Sininho) “Vamos Wendy tente você também!”
(Wendy fecha os olhos com força; Sininho usa sua mágica em Wendy também)
Narradora: Mas antes que Wendy começasse a pensar nas coisas que lhe
agradavam, ela já estava voando com Peter Pan ao seu lado.
Peter Pan: - “Vamos até minha casa. A Terra do Nunca.”
Narrador: E eles viajaram sobre toda Inglaterra. E voaram por cima das nuvens, e
entre os pássaros, sempre seguindo a estrela que lhes conduziam até a Terra do
Nunca.
João: - “Olhem, um barco de piratas!” (Aponta p/ baixo)
Miguel: - “Vejam, uma aldeia de índios!” (Aponta p/ lado)
Wendy: - “Que é isso? Um grupo de meninos?”
Peter: - “Sim, e é aqui que vamos descer.”
Narradora: Os meninos eram conhecidos como Meninos Perdidos. Eles viviam dentro
de árvores grandes e não tinham mãe. Wendy lhes contou lindas histórias. E todos se
tornaram muito amigos. Mas enquanto isso, Capitão Gancho raptava a Princesa da
aldeia dos índios que eram amigos dos Meninos Perdidos. (Sininho observa o que
acontece na aldeia) Sininho foi contar o que vira para Peter e então eles saíram em
busca da Princesa.
(Os piratas estão com a Princesa; Peter Pan aparece)
Peter Pan: - “Solte a Princesa, Gancho! Ou eu te jogarei na boca do Tic-tac!”
(Tic-tac aparece e Gancho se amedronta)
Cap. Gancho: - “Tudo bem, você pode ficar com ela então...” (Cap. Gancho foge)
Narradora: Mas Gancho era traiçoeiro e esperto, aproveitou que Peter estava levando
a Princesa à sua aldeia e, como estavam desprotegidos, raptou Wendy, João, Miguel
e todos os meninos perdidos.
(Wendy, seus irmãos e os meninos perdidos são levados por Gancho e seus piratas;
Sininho se esconde e observa tudo)
Miguel: - “Quando Peter Pan chegar e perceber o que você fez você vai ver!”
Meninos Perdidos: - “É ISSO AÍ!”, “VC VAI VER!”, “ESPERE SÓ O PETER CHEGAR
MESMO!”
Cap. Gancho: - “Então eu estarei esperando por ele no meu navio.” (Piratas riem junto
com Gancho)
Narradora: Gancho planejava jogar todos os amigos de Peter Pan na boca do
Crocodilo Tic-tac, e com isso deixar Peter tão triste que ele nunca mais poderia voar
nem estragar suas piratarias. (Tic-tac aguarda nervoso pelo almoço de crianças)
Quando Peter Pan volta à sua casa nas árvores ele percebe que está só. Mas não tão
só...
(Sininho faz gestos e caretas ao tentar dizer que Gancho raptou seus amigos.)
Peter: - “Vc mexeu com os amigos errados, Gancho!”
Narrador: Peter chega, então, voando ao navio pirata, onde Gancho e seus capangas
estão aprisionando Wendy e seus amigos.
Peter: - “Você passou dos limites, Gancho! Solte meus amigos agora!”
Cap. Gancho: - “Por que vc mesmo não tenta pegá-los? Ataquem-no, Piratas!”
(Peter dribla os piratas atrapalhados, derrubando-os e salva seus amigos; Peter
encurrala Gancho para perto o crocodilo Tic-tac)
Cap. Gancho: - “Não! Por favor, vamos ser amigos também e ficar em paz...”
Peter: - “Nem você acredita mais nas suas mentiras, Gancho.”
Cap. Gancho: “Eu não posso perder!”
(Gancho avança em Peter, eles lutam até que Peter se esquiva de Gancho e o puxa
pelas costas até a boca de Tic-tac)
Cap. Gancho: - “Nãããooo!” (Gancho é levado por Tic-tac)
(Peter Pan faz aquela mesma pose de herói típica dele)
Peter Pan: - “Vencemos!”
(Todos comemoram.)
Narradora: Quando todos estavam a salvo, Wendy se deu conta de que teria que
voltar para casa, pois seus pais deveriam estar preocupados. Sininho usou sua
mágica uma última vez para levar Wendy e seus irmãos de volta a suas casas.
(Todos chegam à casa de Wendy)
Narradora: Quando Peter Pan e Sininho já estavam prontos para partir para sempre,
Wendy tem uma idéia ousada:
Wendy: - “Fique com a gente, por favor!”
Peter Pan: - “Se eu ficar terei que crescer com vocês. Como ficariam os meninos
perdidos sem mim? Não. Prefiro a Terra do Nunca, pois lá eu nunca crescerei.”
(Peter Pan e Sininho voam de volta à Terra do Nunca)
Narradora: E assim, as crianças da Inglaterra que viveram maravilhosas aventuras,
voltaram a dormir sabendo que mesmo que eles tenham que crescer um dia, sempre
haverá lembranças daqueles meninos da Terra do Nunca, de uma fada e daquele
menino que não queria crescer, Peter Pan.
Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas
Mary Alvarenga
 
Caça palavras-animais
Caça palavras-animaisCaça palavras-animais
Caça palavras-animais
Cida Viana
 
Gênero textual - lista de compras
Gênero textual -  lista de comprasGênero textual -  lista de compras
Gênero textual - lista de compras
Mary Alvarenga
 
Gênero textual: Cordel
Gênero textual: CordelGênero textual: Cordel
Gênero textual: Cordel
Mary Alvarenga
 
Deu a louca em romeu e julieta comédia
Deu a louca em romeu e julieta comédiaDeu a louca em romeu e julieta comédia
Deu a louca em romeu e julieta comédia
Ana Flavia Coelho
 
Conto Maravilhoso
Conto MaravilhosoConto Maravilhoso
Conto Maravilhoso
galine1000
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3
Vania Mendes
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Professora Cida
 
Gênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino Fundamental
Gênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino FundamentalGênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino Fundamental
Gênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino Fundamental
Paulo Alves de Araujo
 
Mães de todos os tipos
Mães de todos os tiposMães de todos os tipos
Mães de todos os tipos
Chris Bueno
 
D12 (5º ano l.p.)
D12 (5º ano   l.p.)D12 (5º ano   l.p.)
D12 (5º ano l.p.)
Cidinha Paulo
 
Gênero textual: Cardápio e bula de remédio
Gênero textual: Cardápio e bula de remédio Gênero textual: Cardápio e bula de remédio
Gênero textual: Cardápio e bula de remédio
Mary Alvarenga
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANOCOLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
Mara Sueli
 
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilhaSequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Roseli Aparecida Tavares
 
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anõesBranca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Vilma Amaral
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
Luana Maria Ferreira Fernandes
 
Circo roteiro
Circo roteiroCirco roteiro
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
SimoneHelenDrumond
 
A bela e a Fera
A bela e a FeraA bela e a Fera
A bela e a Fera
Tedd Mac
 

Mais procurados (20)

Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas Produção textual: Poemas
Produção textual: Poemas
 
Caça palavras-animais
Caça palavras-animaisCaça palavras-animais
Caça palavras-animais
 
Gênero textual - lista de compras
Gênero textual -  lista de comprasGênero textual -  lista de compras
Gênero textual - lista de compras
 
Gênero textual: Cordel
Gênero textual: CordelGênero textual: Cordel
Gênero textual: Cordel
 
Deu a louca em romeu e julieta comédia
Deu a louca em romeu e julieta comédiaDeu a louca em romeu e julieta comédia
Deu a louca em romeu e julieta comédia
 
Conto Maravilhoso
Conto MaravilhosoConto Maravilhoso
Conto Maravilhoso
 
Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3Teatro para o dia das mães 3
Teatro para o dia das mães 3
 
Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012Sequencia receita culinaria_abril_2012
Sequencia receita culinaria_abril_2012
 
Gênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino Fundamental
Gênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino FundamentalGênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino Fundamental
Gênero textual: O Poema 3º Ano do Ensino Fundamental
 
Mães de todos os tipos
Mães de todos os tiposMães de todos os tipos
Mães de todos os tipos
 
D12 (5º ano l.p.)
D12 (5º ano   l.p.)D12 (5º ano   l.p.)
D12 (5º ano l.p.)
 
Gênero textual: Cardápio e bula de remédio
Gênero textual: Cardápio e bula de remédio Gênero textual: Cardápio e bula de remédio
Gênero textual: Cardápio e bula de remédio
 
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANOCOLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
COLETÂNEA DE ATIVIDADES DO 5º ANO
 
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilhaSequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
Sequencia didatica a_princesa_e_a_ervilha
 
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anõesBranca+de+neve+e+os+sete+anões
Branca+de+neve+e+os+sete+anões
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
Projeto semana da pátria
Projeto semana da pátriaProjeto semana da pátria
Projeto semana da pátria
 
Circo roteiro
Circo roteiroCirco roteiro
Circo roteiro
 
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitadoParecer de um aluno inteligênte mas agitado
Parecer de um aluno inteligênte mas agitado
 
A bela e a Fera
A bela e a FeraA bela e a Fera
A bela e a Fera
 

Semelhante a 75746399 roteiro-de-peter-pan

Peter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
Peter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICAPeter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
Peter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
Jalda Maria Pinheiro Cavalcante
 
a historia de peter pan
a historia de peter pana historia de peter pan
a historia de peter pan
marcia389
 
Peter pan
Peter pan Peter pan
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
mfmarques
 
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
Claudia Cravo
 
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
NMBQ
 
Peter
PeterPeter
Peter
CJM
 
Peter Pan
Peter PanPeter Pan
Literatura Infantil
Literatura InfantilLiteratura Infantil
Literatura Infantil
hleite
 
Historia pedro (4)
Historia pedro (4)Historia pedro (4)
Historia pedro (4)
Alice Lirio
 
PINÓQUIO
PINÓQUIOPINÓQUIO
Histórias para oficina simpósio
Histórias para oficina simpósioHistórias para oficina simpósio
Histórias para oficina simpósio
LRede
 
Contando Histórias
Contando HistóriasContando Histórias
Contando Histórias
Cassiano Santana
 
ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)
ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)
ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)
Nádia Rabelo
 
Beto brrasil em adivinhe o que é... folclore
Beto brrasil em adivinhe o que é... folcloreBeto brrasil em adivinhe o que é... folclore
Beto brrasil em adivinhe o que é... folclore
Amanda Rainha Rei
 
F. educar adivinhe o que é... folclore
F. educar   adivinhe o que é... folcloreF. educar   adivinhe o que é... folclore
F. educar adivinhe o que é... folclore
Nádia Rabelo
 
27 folclore
27 folclore27 folclore
27 folclore
27 folclore27 folclore
27 folclore
Joelma Watanabe
 
Adivinhe o que_e_folclore_web
Adivinhe o que_e_folclore_webAdivinhe o que_e_folclore_web
Adivinhe o que_e_folclore_web
GuilhermeRighettiFan
 
Folclore
FolcloreFolclore
Folclore
andreadc
 

Semelhante a 75746399 roteiro-de-peter-pan (20)

Peter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
Peter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICAPeter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
Peter Pan - cONSTRUIDO NO LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA
 
a historia de peter pan
a historia de peter pana historia de peter pan
a historia de peter pan
 
Peter pan
Peter pan Peter pan
Peter pan
 
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
 
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
 
Peter pan
Peter panPeter pan
Peter pan
 
Peter
PeterPeter
Peter
 
Peter Pan
Peter PanPeter Pan
Peter Pan
 
Literatura Infantil
Literatura InfantilLiteratura Infantil
Literatura Infantil
 
Historia pedro (4)
Historia pedro (4)Historia pedro (4)
Historia pedro (4)
 
PINÓQUIO
PINÓQUIOPINÓQUIO
PINÓQUIO
 
Histórias para oficina simpósio
Histórias para oficina simpósioHistórias para oficina simpósio
Histórias para oficina simpósio
 
Contando Histórias
Contando HistóriasContando Histórias
Contando Histórias
 
ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)
ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)
ADIVINHE O QUE É... FOLCLORE ( Fundação Educar)
 
Beto brrasil em adivinhe o que é... folclore
Beto brrasil em adivinhe o que é... folcloreBeto brrasil em adivinhe o que é... folclore
Beto brrasil em adivinhe o que é... folclore
 
F. educar adivinhe o que é... folclore
F. educar   adivinhe o que é... folcloreF. educar   adivinhe o que é... folclore
F. educar adivinhe o que é... folclore
 
27 folclore
27 folclore27 folclore
27 folclore
 
27 folclore
27 folclore27 folclore
27 folclore
 
Adivinhe o que_e_folclore_web
Adivinhe o que_e_folclore_webAdivinhe o que_e_folclore_web
Adivinhe o que_e_folclore_web
 
Folclore
FolcloreFolclore
Folclore
 

75746399 roteiro-de-peter-pan

  • 1. Peter Pan (roteiro escrito por Ramon Carneiro) Narradora: Waléria Peter Pan: Renan Wendy: Jucicleide Sininho: Bianca João: Guilherme Miguel: Geraldo Cap. Gancho: Walter Meninos Perdidos: Suenia, Karol Piratas: Lineker e Ramon Princesa índia: Ewelyn Crocodilo Tic-Tac: Kleber (Wendy, João e Miguel estão dormindo enquanto narrador fala) Narrador: É fato que todas as crianças crescem. Mas Peter Pan não. (Peter Pan aparece se escondendo junto de Sininho) Ele vive em uma terra chamada Terra do Nunca e por isso nunca crescerá. Um dia ele foi visitar crianças normais na Inglaterra, junto de sua amiga fada Sininho. Wendy, João e Miguel dormiam nas suas camas sem saber que Peter Pan viera xeretar. (Peter Pan faz barulho e Wendy acorda; Ele está em cima de sua estante) Wendy: - “Quem é vc? E como chegou aí em cima?” Peter: - “Eu sou Peter Pan!” (Faz pose de herói; Sininho sai de trás dele) Wendy: - “O que vc ta fazendo aí em cima? Você pode cair!” Peter: - “Não seja tola.” (Sai de cima da estante) “Eu posso voar!” (João e Miguel acordam e olham Peter ‘voar’)
  • 2. Wendy e irmãos: -“Nossa! Como você consegue fazer isso?!” Peter Pan: - “Basta você pensar em coisas boas que elas te levantam no ar!” (Ele voa; Todos se levantam para olhar melhor) “... Ou você pode usar a mágica da Sininho” João: - “Então eu também quero tentar!” (Ele começa correr) “Livros, espadas, piratas, aventuraaaas...” (Sininho usa sua mágica e João voa.) Miguel: - “Ah, eu também! Doces, histórias de dormir, nunca mais tomar banhoooo...” (Miguel voa com a mágica de Sininho) “Vamos Wendy tente você também!” (Wendy fecha os olhos com força; Sininho usa sua mágica em Wendy também) Narradora: Mas antes que Wendy começasse a pensar nas coisas que lhe agradavam, ela já estava voando com Peter Pan ao seu lado. Peter Pan: - “Vamos até minha casa. A Terra do Nunca.” Narrador: E eles viajaram sobre toda Inglaterra. E voaram por cima das nuvens, e entre os pássaros, sempre seguindo a estrela que lhes conduziam até a Terra do Nunca. João: - “Olhem, um barco de piratas!” (Aponta p/ baixo) Miguel: - “Vejam, uma aldeia de índios!” (Aponta p/ lado) Wendy: - “Que é isso? Um grupo de meninos?” Peter: - “Sim, e é aqui que vamos descer.” Narradora: Os meninos eram conhecidos como Meninos Perdidos. Eles viviam dentro de árvores grandes e não tinham mãe. Wendy lhes contou lindas histórias. E todos se tornaram muito amigos. Mas enquanto isso, Capitão Gancho raptava a Princesa da aldeia dos índios que eram amigos dos Meninos Perdidos. (Sininho observa o que acontece na aldeia) Sininho foi contar o que vira para Peter e então eles saíram em busca da Princesa. (Os piratas estão com a Princesa; Peter Pan aparece) Peter Pan: - “Solte a Princesa, Gancho! Ou eu te jogarei na boca do Tic-tac!”
  • 3. (Tic-tac aparece e Gancho se amedronta) Cap. Gancho: - “Tudo bem, você pode ficar com ela então...” (Cap. Gancho foge) Narradora: Mas Gancho era traiçoeiro e esperto, aproveitou que Peter estava levando a Princesa à sua aldeia e, como estavam desprotegidos, raptou Wendy, João, Miguel e todos os meninos perdidos. (Wendy, seus irmãos e os meninos perdidos são levados por Gancho e seus piratas; Sininho se esconde e observa tudo) Miguel: - “Quando Peter Pan chegar e perceber o que você fez você vai ver!” Meninos Perdidos: - “É ISSO AÍ!”, “VC VAI VER!”, “ESPERE SÓ O PETER CHEGAR MESMO!” Cap. Gancho: - “Então eu estarei esperando por ele no meu navio.” (Piratas riem junto com Gancho) Narradora: Gancho planejava jogar todos os amigos de Peter Pan na boca do Crocodilo Tic-tac, e com isso deixar Peter tão triste que ele nunca mais poderia voar nem estragar suas piratarias. (Tic-tac aguarda nervoso pelo almoço de crianças) Quando Peter Pan volta à sua casa nas árvores ele percebe que está só. Mas não tão só... (Sininho faz gestos e caretas ao tentar dizer que Gancho raptou seus amigos.) Peter: - “Vc mexeu com os amigos errados, Gancho!” Narrador: Peter chega, então, voando ao navio pirata, onde Gancho e seus capangas estão aprisionando Wendy e seus amigos. Peter: - “Você passou dos limites, Gancho! Solte meus amigos agora!” Cap. Gancho: - “Por que vc mesmo não tenta pegá-los? Ataquem-no, Piratas!” (Peter dribla os piratas atrapalhados, derrubando-os e salva seus amigos; Peter encurrala Gancho para perto o crocodilo Tic-tac) Cap. Gancho: - “Não! Por favor, vamos ser amigos também e ficar em paz...”
  • 4. Peter: - “Nem você acredita mais nas suas mentiras, Gancho.” Cap. Gancho: “Eu não posso perder!” (Gancho avança em Peter, eles lutam até que Peter se esquiva de Gancho e o puxa pelas costas até a boca de Tic-tac) Cap. Gancho: - “Nãããooo!” (Gancho é levado por Tic-tac) (Peter Pan faz aquela mesma pose de herói típica dele) Peter Pan: - “Vencemos!” (Todos comemoram.) Narradora: Quando todos estavam a salvo, Wendy se deu conta de que teria que voltar para casa, pois seus pais deveriam estar preocupados. Sininho usou sua mágica uma última vez para levar Wendy e seus irmãos de volta a suas casas. (Todos chegam à casa de Wendy) Narradora: Quando Peter Pan e Sininho já estavam prontos para partir para sempre, Wendy tem uma idéia ousada: Wendy: - “Fique com a gente, por favor!” Peter Pan: - “Se eu ficar terei que crescer com vocês. Como ficariam os meninos perdidos sem mim? Não. Prefiro a Terra do Nunca, pois lá eu nunca crescerei.” (Peter Pan e Sininho voam de volta à Terra do Nunca) Narradora: E assim, as crianças da Inglaterra que viveram maravilhosas aventuras, voltaram a dormir sabendo que mesmo que eles tenham que crescer um dia, sempre haverá lembranças daqueles meninos da Terra do Nunca, de uma fada e daquele menino que não queria crescer, Peter Pan. Fim