SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Rolamentos
Especificação
Falhas
Sistema básico de designação de rolamentos
Tamanho d/5 = 30 mm de diâmetro do furo
Tipos de
rolamentos
Largura (B,T)
rolamentos radiais
Altura (H)
rolamentos axiais
Diâmetro externo (D)
Designações básicas do rolamento
Rolamentos
Ex : 2 2 3 4 0
Diametro furo * 05 = 200 mm
Serie do Diametro externo
Serie da largura
Tipo de rolamento = Ex : Autocom. de rolos
Esta nomenclatura vai de rolamentos com diâmetros de furo de 20 mm
até 480 mm ou seja , os dois ultimos números vão de 04 a 96
Nomenclatura
Tem exceções
Final.
03  17 mm
02  15 mm
01  12 mm
00  10 mm
Diametros >480 mm ------- exemplo 231/500- Diam. 500 mm
Diametros < 10 mm ------- exemplo 619/6 – Diam. 06 mm
Quando temos 03 números o último número é o diametro,
Ex : 608  Diam 8 mm
O Rolamento sabe !!
Desalinhamento
Desbalanceamento
Folga Mecânica
Lubrificação
Vida de um rolamento :
Vida : é o número de revoluções ou horas de trabalho a uma determinada
Rotação.
L10 = ( C/P ) ** p
Onde : L10 = vida nominal em milhões de revoluções
C = capacidade de carga dinâmica ( tabela )
P = carga a qual esta submetido em N
p = 3 para esferas
= 10/3 para rolos
L10h = 1.000.000 * ( C/P ) ** p
60 * n onde : L10 h = vida nominal , horas de trabalho
n = velocidade , r/min
Ciclo de Manutenção dos Rolamentos
Desmontagem Montagem Lubrificação
Alinhamento
Relubrificação
Inspeção
Falhas de Rolamentos
( Principais causas )
Montagem Incorreta
é a razão para
das falhas
prematuras em
rolamentos
16 %
Lubrificação Inadequada
36 %
é a razão para
das falhas
prematuras em
rolamentos
Contaminação
14 %
é a razão para
das falhas
prematuras em
rolamentos
Fadiga
34 %
é a razão para
das falhas
prematuras em
rolamentos
Repotencialização
Antes
Depois
Alinhamento de
Eixos
Alinhamento de
Correias
Calços
Calibrados para
motores e
mancais
Equipamentos de Alinhamento
SKF
•Desalinhamentos de Eixo significam:
Aumento de carga no rolamento;
Redução da vida útil do rolamento;
Aumento do desgaste de vedações e
acoplamentos;
Aumento dos níveis de vibração;
Aumento dos níveis de ruído;
Aumento do consumo de energia da planta;
Desgaste e falhas no eixo;
Paradas não programadas
SKF TMEA 1 Series
Alinhadores SKF
TMEA 2
TMEA 1P
TMEA 1 Ex
LINHA SHAFT
DESALINHAMENTO DE EIXOS
INFLUÊNCIA DO DESALINHAMENTO
NO CONSUMO DE ENERGIA
Consumo de Energia:
KW = (Volts X Ampéres X fp X 1,732)
1000
Exemplo:
Motor 25 HP, 440 Volts, Fp = .92,
Operação = 350 dias/ano = 8400 horas
Consumo de corrente antes do alinhamento = 36A
Consumo de corrente após alinhamento = 32A
KW = (440V X (36-32)A X 0,92 X 1,732) = 2,8 KW
1000
ECONOMIA= 2,8 X 8400 X 0,05 = R$1.176,00/ ano
DESALINHAMENTO DE EIXOS
EQUIPAMENTOS COM PROGRAMAS
DE MONITORAMENTO E ALINHAMENTO IMPLANTADOS
PODEM GERAR UMA ECONÔMIA DE
2% NO CONSUMO DE ENERGIA
Assumindo um custo de R$0,05 /kWH
Uma planta de 300 motores com potência média de 60 HP
Operação = 350 dias/ano = 8400 horas
CONSUMO= 300 *60 HP*0,747 kW*8400 h *R$0,05= R$5.647.320,00 /ano
HP
ECONOMIA DE 2% NO CONSUMO DE ENERGIA= R$112.946,40 / ano
Alinhamento de Correias
As duas maiores causas de falha prematura das
correias são:
• Tensionamento incorreto
– Muito tensionada
– Muito frouxa
• Alinhamento incorreto
Alinhamento de Correias
Medição e métodos de alinhamento
• Métodos tradicionais
–visual
–linha/régua
Alinhamento de Correias
Medição e métodos de alinhamento
• Métodos laser
–Método da face da polia
Método dos canais da polia
•Desalinhamentos de Polias
significam:
Aumento do desgaste das correias e polias
Aumento dos níveis de vibração
Aumento dos níveis de ruído
Aumento do consumo de energia da planta
Paradas não planejadas
Aumento nos gastos com Manutenção
Redução da vida útil do rolamento
SKF BeltAlign
Alinhador de Polias - TMEB 1
Instrumentos Medição
TMDT 2
Machine Reliability Inspection System
Sistema de
Inspeção e
Confiabilidade
de Máquinas
Microlog
CMXA50
CMVA60
Novo Produto - MicroVibe
Monitoramento Permanente
Vedações
• Speedi-Sleeves – luvas de aço
inoxidável que eliminam a necessidade
de recondicionamento de eixos devido a
desgastes causados pelos retentores.

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt

Manual de serviço cr125 00 carcaca
Manual de serviço cr125 00 carcacaManual de serviço cr125 00 carcaca
Manual de serviço cr125 00 carcacaThiago Huari
 
Manual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivelaManual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivelaThiago Huari
 
Manual serviço aero informac
Manual serviço aero informacManual serviço aero informac
Manual serviço aero informacThiago Huari
 
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p informac
Manaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p informacManaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p informac
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p informacThiago Huari
 
Manual de servço dream manivela
Manual de servço dream manivelaManual de servço dream manivela
Manual de servço dream manivelaThiago Huari
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivela
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivelaManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivela
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivelaThiago Huari
 
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002Thiago Huari
 
Manual de serviço xlx250 r informac
Manual de serviço xlx250 r informacManual de serviço xlx250 r informac
Manual de serviço xlx250 r informacThiago Huari
 
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p informac
Manual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p informacManual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p informac
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p informacThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecote
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecoteManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecote
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecoteThiago Huari
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternad
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternadManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternad
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternadThiago Huari
 
Manual de servço dream alternad
Manual de servço dream alternadManual de servço dream alternad
Manual de servço dream alternadThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motor
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motorManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motor
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motorThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmis
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmisManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmis
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmisThiago Huari
 
Manual de serviço nxr125 bros ks es 00 x6b-ksm-001 cilindro
Manual de serviço nxr125 bros ks es   00 x6b-ksm-001 cilindroManual de serviço nxr125 bros ks es   00 x6b-ksm-001 cilindro
Manual de serviço nxr125 bros ks es 00 x6b-ksm-001 cilindroThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivela
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivelaManaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivela
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivelaThiago Huari
 
Manual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 srManual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 srThiago Huari
 
Manual serviço cbr450 sr (1989) msmr4891p cbr450sr
Manual serviço cbr450 sr (1989)   msmr4891p cbr450srManual serviço cbr450 sr (1989)   msmr4891p cbr450sr
Manual serviço cbr450 sr (1989) msmr4891p cbr450srThiago Huari
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcacaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcacaThiago Huari
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...Thiago Huari
 

Semelhante a 75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt (20)

Manual de serviço cr125 00 carcaca
Manual de serviço cr125 00 carcacaManual de serviço cr125 00 carcaca
Manual de serviço cr125 00 carcaca
 
Manual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivelaManual de serviço cr125 99 manivela
Manual de serviço cr125 99 manivela
 
Manual serviço aero informac
Manual serviço aero informacManual serviço aero informac
Manual serviço aero informac
 
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p informac
Manaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p informacManaul de serviço cbx150 aero (1988)   mskw1881 p informac
Manaul de serviço cbx150 aero (1988) mskw1881 p informac
 
Manual de servço dream manivela
Manual de servço dream manivelaManual de servço dream manivela
Manual de servço dream manivela
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivela
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivelaManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivela
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 manivela
 
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento   00x6b-mbz-002
Manual de serviço cb600 f hornet ms (2006) suplemento 00x6b-mbz-002
 
Manual de serviço xlx250 r informac
Manual de serviço xlx250 r informacManual de serviço xlx250 r informac
Manual de serviço xlx250 r informac
 
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p informac
Manual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p informacManual de serviço xlx250 r (1984)   mskb7841p informac
Manual de serviço xlx250 r (1984) mskb7841p informac
 
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecote
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecoteManaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecote
Manaul de serviço cbr600 f(2) (1998~2000) cabecote
 
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternad
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternadManual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternad
Manual de serviço c 100 dream - 00 x6b-gn5-710 alternad
 
Manual de servço dream alternad
Manual de servço dream alternadManual de servço dream alternad
Manual de servço dream alternad
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motor
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motorManaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motor
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade_(3)_(2002~) carcaca_motor
 
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmis
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmisManaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmis
Manaul de serviço cbr600 f(3) (2001~) transmis
 
Manual de serviço nxr125 bros ks es 00 x6b-ksm-001 cilindro
Manual de serviço nxr125 bros ks es   00 x6b-ksm-001 cilindroManual de serviço nxr125 bros ks es   00 x6b-ksm-001 cilindro
Manual de serviço nxr125 bros ks es 00 x6b-ksm-001 cilindro
 
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivela
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivelaManaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivela
Manaul de serviço cbr900 rr fireblade (2000~2001) manivela
 
Manual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 srManual serviço cbr450 sr
Manual serviço cbr450 sr
 
Manual serviço cbr450 sr (1989) msmr4891p cbr450sr
Manual serviço cbr450 sr (1989)   msmr4891p cbr450srManual serviço cbr450 sr (1989)   msmr4891p cbr450sr
Manual serviço cbr450 sr (1989) msmr4891p cbr450sr
 
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcacaManaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
Manaul de serviço cbr1100 xx (1)_(~1998) carcaca
 
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...
Manual serviço c 100 biz c-100 biz es c-100 biz+ (2002) - 00 x6b-gce-763 tran...
 

75172524-rolamentos-especificacao-falhas.ppt

  • 2.
  • 3. Sistema básico de designação de rolamentos Tamanho d/5 = 30 mm de diâmetro do furo Tipos de rolamentos Largura (B,T) rolamentos radiais Altura (H) rolamentos axiais Diâmetro externo (D)
  • 5. Rolamentos Ex : 2 2 3 4 0 Diametro furo * 05 = 200 mm Serie do Diametro externo Serie da largura Tipo de rolamento = Ex : Autocom. de rolos Esta nomenclatura vai de rolamentos com diâmetros de furo de 20 mm até 480 mm ou seja , os dois ultimos números vão de 04 a 96 Nomenclatura
  • 6. Tem exceções Final. 03  17 mm 02  15 mm 01  12 mm 00  10 mm Diametros >480 mm ------- exemplo 231/500- Diam. 500 mm Diametros < 10 mm ------- exemplo 619/6 – Diam. 06 mm Quando temos 03 números o último número é o diametro, Ex : 608  Diam 8 mm
  • 7. O Rolamento sabe !! Desalinhamento Desbalanceamento Folga Mecânica Lubrificação
  • 8. Vida de um rolamento : Vida : é o número de revoluções ou horas de trabalho a uma determinada Rotação. L10 = ( C/P ) ** p Onde : L10 = vida nominal em milhões de revoluções C = capacidade de carga dinâmica ( tabela ) P = carga a qual esta submetido em N p = 3 para esferas = 10/3 para rolos L10h = 1.000.000 * ( C/P ) ** p 60 * n onde : L10 h = vida nominal , horas de trabalho n = velocidade , r/min
  • 9. Ciclo de Manutenção dos Rolamentos Desmontagem Montagem Lubrificação Alinhamento Relubrificação Inspeção
  • 10. Falhas de Rolamentos ( Principais causas )
  • 11. Montagem Incorreta é a razão para das falhas prematuras em rolamentos 16 %
  • 12. Lubrificação Inadequada 36 % é a razão para das falhas prematuras em rolamentos
  • 13. Contaminação 14 % é a razão para das falhas prematuras em rolamentos
  • 14. Fadiga 34 % é a razão para das falhas prematuras em rolamentos
  • 16. Alinhamento de Eixos Alinhamento de Correias Calços Calibrados para motores e mancais Equipamentos de Alinhamento SKF
  • 17. •Desalinhamentos de Eixo significam: Aumento de carga no rolamento; Redução da vida útil do rolamento; Aumento do desgaste de vedações e acoplamentos; Aumento dos níveis de vibração; Aumento dos níveis de ruído; Aumento do consumo de energia da planta; Desgaste e falhas no eixo; Paradas não programadas
  • 18. SKF TMEA 1 Series Alinhadores SKF TMEA 2 TMEA 1P TMEA 1 Ex LINHA SHAFT
  • 19. DESALINHAMENTO DE EIXOS INFLUÊNCIA DO DESALINHAMENTO NO CONSUMO DE ENERGIA Consumo de Energia: KW = (Volts X Ampéres X fp X 1,732) 1000 Exemplo: Motor 25 HP, 440 Volts, Fp = .92, Operação = 350 dias/ano = 8400 horas Consumo de corrente antes do alinhamento = 36A Consumo de corrente após alinhamento = 32A KW = (440V X (36-32)A X 0,92 X 1,732) = 2,8 KW 1000 ECONOMIA= 2,8 X 8400 X 0,05 = R$1.176,00/ ano
  • 20. DESALINHAMENTO DE EIXOS EQUIPAMENTOS COM PROGRAMAS DE MONITORAMENTO E ALINHAMENTO IMPLANTADOS PODEM GERAR UMA ECONÔMIA DE 2% NO CONSUMO DE ENERGIA Assumindo um custo de R$0,05 /kWH Uma planta de 300 motores com potência média de 60 HP Operação = 350 dias/ano = 8400 horas CONSUMO= 300 *60 HP*0,747 kW*8400 h *R$0,05= R$5.647.320,00 /ano HP ECONOMIA DE 2% NO CONSUMO DE ENERGIA= R$112.946,40 / ano
  • 21. Alinhamento de Correias As duas maiores causas de falha prematura das correias são: • Tensionamento incorreto – Muito tensionada – Muito frouxa • Alinhamento incorreto
  • 22. Alinhamento de Correias Medição e métodos de alinhamento • Métodos tradicionais –visual –linha/régua
  • 23. Alinhamento de Correias Medição e métodos de alinhamento • Métodos laser –Método da face da polia Método dos canais da polia
  • 24. •Desalinhamentos de Polias significam: Aumento do desgaste das correias e polias Aumento dos níveis de vibração Aumento dos níveis de ruído Aumento do consumo de energia da planta Paradas não planejadas Aumento nos gastos com Manutenção Redução da vida útil do rolamento
  • 25. SKF BeltAlign Alinhador de Polias - TMEB 1
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32. Machine Reliability Inspection System Sistema de Inspeção e Confiabilidade de Máquinas
  • 35. Vedações • Speedi-Sleeves – luvas de aço inoxidável que eliminam a necessidade de recondicionamento de eixos devido a desgastes causados pelos retentores.