SlideShare uma empresa Scribd logo
CONVITE A GRAÇA “VINDE ENTÃO”
IS 1.18, “VINDE ENTÃO, E ARGÜI-ME, DIZ O SENHOR: AINDA QUE OS
VOSSOS PECADOS SEJAM COMO A ESCARLATA, ELES SE TORNARÃO
BRANCOS COMO A NEVE; AINDA QUE SEJAM VERMELHOS COMO O
CARMESIM, SE TORNARÃO COMO A BRANCA LÃ.”
Nosso texto nos dá uma clara explicação para entender a atitude que Deus tem
para com o pecado e também como a vida é transformada pela salvação.
“Vinde então”: Esse convite é um imperativo, ou seja, dado em forma de
mandamento. È propício notar pela Bíblia que quando o pecador é chamado ou
instruído a crer (por exemplo: Atos 16.31, “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás
salvo ...”), é sempre num imperativo, ou seja, como mandamento. Não é um
convite informal, nem um choramingando. É assim na Bíblia, “Aquele que crê
no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho” (ou, que não
obedece) “não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece”, João
3.36.
Nas Escrituras, os que não crêem, são considerados como os que “não
obedecem à palavra” (I Pe 3.1). Por não crer no Evangelho e agir conforme
aquela fé é tido como desobediência. Por isso há maior punição para os que
ouviram o Evangelho, ou negaram O ouvir, assim O rejeitando. Maior punição
do que para os que nunca O ouviram: “E o servo que soube a vontade do seu
senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado
com muitos açoites; Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites,
com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se
lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá” (Lc
12.47,48).
Também esse é um convite com urgência. Ninguém sabe quanto mais anos, ou
minutos, restam para viver. Ação imediata é necessária! “Digo-vos que não
sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que
aparece por um pouco, e depois se desvanece” (Tg 4.14). “E, como aos
homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo” (Hb
9.27). “(Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável E socorri-te no dia da
salvação;” (II Co 6.2).
“E argüi-me”: Argüir é um verbo que usa o raciocínio para provar uma verdade.
Sim, a mensagem do Evangelho é conforme o raciocínio. Apesar das
pregações confusas de pregadores presunçosos, a fé, qual é o meio para a
salvação, não é cega, algo produzido pela manipulação da emoção humana,
nem confiança em argumentos simples de um pregador sobremaneira excitado.
A Fé é:
A) dada pelagraça a todosque crêem:“E Jesus,respondendo,disse-lhe:Bem-aventuradoés
tu, SimãoBarjonas,porque tonão revelouacarne e o sangue,masmeuPai,que estános
céus”(Mt 16.17). “Porque pelagraça soissalvos,pormeiodafé;e istonão vemde vós,é dom
de Deus.Não vemdasobras, para que ninguémse glorie”(Ef 2.8,9).
B) AlicerçadanaVerdade Bíblica.Porissoospregadoresverdadeirosdãotantoênfase noque
diza Bíbliae na infalibilidade dasEscrituras.
C) Baseadana evidencia.Apenasnecessitaolharàsociedade emgeral,e ànossa própriavida,
e concordará com a verdade óbviade Gênesis6.5:“E viuo SENHOR que a maldade dohomem
se multiplicarasobre aterra e que toda a imaginaçãodospensamentosde seucoraçãoera só
má continuamente”e de Jeremias17.9,“Enganoso é o coração, maisdo que todas as coisas,e
perverso;quemoconhecerá?”
“Aindaque os vossospecadossejamcomoa escarlata...aindaque sejamvermelhoscomoo
carmesim”:É interessante notarque,pelopassardosanos,os pregadorescomparamopecado
à cor ‘preto’.A Bíblianão fazassim.AsEscrituras usamduas tonalidadesde vermelho,como
aqui nesse versículo,pararepresentaropecado.“Escarlata”é uma cor derivadade insetos,um
insetoemparticularmuitonojento.A ‘carmesim’é opróprioinseto,oularva,que nasce no
meiode decomposiçãoorgânica(Gesenius).
Pelousodessaspalavras, Deusrevelacomoopecadoé repugnante aEle.Comobrincarcom
pecado!?A comparação da feiúradopecadoé contrastadaà belezadabranquidãodaneve
recémcaída docéu. Esta é um contraste fácil para a mente percebere representaocontraste
do pecadodiante dasantidade de Deus.Deusdesejaque vejamosopecadoconforme a
podridãoque é.Na verdade,paraserverdadeiramente arrependido,é necessáriopercebero
pecadocomo vil.“Como ouvirdosmeusouvidosouvi,masagorate vêemosmeusolhos.Por
issome abominoe me arrependonopóe na cinza”(Jó 42.5,6).
“Se tornarãobrancos comoa neve ...se tornarão comoa branca lã”: O contraste feitopelas
Escriturastambémexpressaamudança que a salvaçãofaz.Há diferençaentre operdãodo
pecadoe a purificaçãodopecado.Se pecar contra mime perde perdão,eudevolhe perdoar
(Mt 18.21,22). Porém,somente osangue de Cristopode purificar-lhe doseupecado.“Aoqual
Deuspropôspara propiciaçãopelafé noseu sangue,parademonstrara sua justiçapela
remissãodospecadosdantescometidos,sobapaciênciade Deus”(Rm 3.25). Há poderde
purificaçãonoSangue de Cristo.Você já foi lavadopeloSangue de Cristo?
Caro leito,essapurificaçãonãoé automática.Paraconhecera vidaeternaé necessáriopassa
por essapurificaçãopelosangue de Jesus.Nenhumjudeufoi salvoporserumjudeu,mas
necessitavaindividualmente submeterem-se àtal lavagem, comoé necessáriotambémpara
você.
É mais de uma concordânciamental à verdade e,é maisde uma experiência emocional.É
obediênciade umcoração rendidoplenamente àPalavrade Deus,umaobediênciamanifesta
peloarrependimentodopecadoe a fé em CristoJesuscomoSenhore Salvador.
Imploro-te areconhecerasua condiçãode pecadorcomo descritopeloIsaíase se rende ao
JesusCristocomoSenhore Salvador.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Leituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano C
José Lima
 
Aula 3 a a queda do homem-21-01-18-andamento
Aula 3  a a queda do homem-21-01-18-andamentoAula 3  a a queda do homem-21-01-18-andamento
Aula 3 a a queda do homem-21-01-18-andamento
Denise Ribeiro
 
Ainda existe uma cruz!!!
Ainda existe uma cruz!!!Ainda existe uma cruz!!!
Ainda existe uma cruz!!!
angeloadrianok
 
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
José Lima
 
Orientação para evangelizar
Orientação para evangelizarOrientação para evangelizar
Orientação para evangelizar
felipe_higa
 
O Que é a Santificação
O Que é a SantificaçãoO Que é a Santificação
O Que é a Santificação
lucena
 
Crê na vida eterna
Crê na vida eternaCrê na vida eterna
Crê na vida eterna
Pastor Robson Colaço
 
BOA NOVA DE DEUS
BOA NOVA DE DEUSBOA NOVA DE DEUS
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
Dagmar Wendt
 
Bençãos em cristo
Bençãos em cristoBençãos em cristo
Bençãos em cristo
antonio ferreira
 
O que eu faço
O que eu façoO que eu faço
O que eu faço
Eneida Balbi
 
Páscoa a celebração da vida sobre a morte
Páscoa a celebração da vida sobre a mortePáscoa a celebração da vida sobre a morte
Páscoa a celebração da vida sobre a morte
Sidinei Kauer
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 5 Substituição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação  Aula 5 SubstituiçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação  Aula 5 Substituição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 5 Substituição
Dr. Paulo Lis
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 Ressurreição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 RessurreiçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 Ressurreição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 Ressurreição
Dr. Paulo Lis
 
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardõesLição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Ailton da Silva
 
Como aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideres
Como aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideresComo aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideres
Como aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideres
Marcos De Oliveira Leite
 
Aula 5 substituição
Aula 5  substituiçãoAula 5  substituição
Aula 5 substituição
Ademilton Jesus Marques
 
Vivendo de Bem com a Vida
Vivendo de Bem com a VidaVivendo de Bem com a Vida
O porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo Lima
O porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo LimaO porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo Lima
O porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo Lima
Linaldo Lima
 

Mais procurados (19)

Leituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano CLeituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano C
Leituras: 13° Domingo Tempo Comum - Ano C
 
Aula 3 a a queda do homem-21-01-18-andamento
Aula 3  a a queda do homem-21-01-18-andamentoAula 3  a a queda do homem-21-01-18-andamento
Aula 3 a a queda do homem-21-01-18-andamento
 
Ainda existe uma cruz!!!
Ainda existe uma cruz!!!Ainda existe uma cruz!!!
Ainda existe uma cruz!!!
 
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 26º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
Orientação para evangelizar
Orientação para evangelizarOrientação para evangelizar
Orientação para evangelizar
 
O Que é a Santificação
O Que é a SantificaçãoO Que é a Santificação
O Que é a Santificação
 
Crê na vida eterna
Crê na vida eternaCrê na vida eterna
Crê na vida eterna
 
BOA NOVA DE DEUS
BOA NOVA DE DEUSBOA NOVA DE DEUS
BOA NOVA DE DEUS
 
Arrebatamento
ArrebatamentoArrebatamento
Arrebatamento
 
Bençãos em cristo
Bençãos em cristoBençãos em cristo
Bençãos em cristo
 
O que eu faço
O que eu façoO que eu faço
O que eu faço
 
Páscoa a celebração da vida sobre a morte
Páscoa a celebração da vida sobre a mortePáscoa a celebração da vida sobre a morte
Páscoa a celebração da vida sobre a morte
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 5 Substituição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação  Aula 5 SubstituiçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação  Aula 5 Substituição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 5 Substituição
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 Ressurreição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 RessurreiçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 Ressurreição
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 14 Ressurreição
 
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardõesLição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
Lição 6 - Tribunal de Cristo e os galardões
 
Como aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideres
Como aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideresComo aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideres
Como aproveitar melhor nosso tempo palavra para os lideres
 
Aula 5 substituição
Aula 5  substituiçãoAula 5  substituição
Aula 5 substituição
 
Vivendo de Bem com a Vida
Vivendo de Bem com a VidaVivendo de Bem com a Vida
Vivendo de Bem com a Vida
 
O porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo Lima
O porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo LimaO porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo Lima
O porto desejado da humanidade - [SERMÃO] - Linaldo Lima
 

Destaque

CSR-Best Initiative Award
CSR-Best Initiative AwardCSR-Best Initiative Award
CSR-Best Initiative Award
Ashutosh Dubey
 
AI and the intertwining worlds of sales and marketing
AI and the intertwining worlds of sales and marketingAI and the intertwining worlds of sales and marketing
AI and the intertwining worlds of sales and marketing
Zoodikers
 
DevOps, PowerShell y Windows Containers - NET Conf UY v2016
DevOps, PowerShell y Windows Containers  - NET Conf UY v2016DevOps, PowerShell y Windows Containers  - NET Conf UY v2016
DevOps, PowerShell y Windows Containers - NET Conf UY v2016
Victor Silva
 
Enseñanza tradicional y no tradicional
Enseñanza tradicional y no tradicionalEnseñanza tradicional y no tradicional
Enseñanza tradicional y no tradicional
loegurich
 
Medical Design Trends Review 2016
Medical Design Trends Review 2016Medical Design Trends Review 2016
Medical Design Trends Review 2016
WILDDESIGN
 
Experiential Learning Final Demonstration
Experiential Learning Final DemonstrationExperiential Learning Final Demonstration
Experiential Learning Final Demonstration
adwynbissing
 
Alfresco REST API of the future ... is closer than you think
Alfresco REST API of the future ... is closer than you thinkAlfresco REST API of the future ... is closer than you think
Alfresco REST API of the future ... is closer than you think
J V
 
Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015
Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015
Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015
Jay Acunzo
 
e-Show_sharon_altena
e-Show_sharon_altenae-Show_sharon_altena
e-Show_sharon_altena
Sharon Altena
 

Destaque (10)

CSR-Best Initiative Award
CSR-Best Initiative AwardCSR-Best Initiative Award
CSR-Best Initiative Award
 
Feliz Navidad
Feliz NavidadFeliz Navidad
Feliz Navidad
 
AI and the intertwining worlds of sales and marketing
AI and the intertwining worlds of sales and marketingAI and the intertwining worlds of sales and marketing
AI and the intertwining worlds of sales and marketing
 
DevOps, PowerShell y Windows Containers - NET Conf UY v2016
DevOps, PowerShell y Windows Containers  - NET Conf UY v2016DevOps, PowerShell y Windows Containers  - NET Conf UY v2016
DevOps, PowerShell y Windows Containers - NET Conf UY v2016
 
Enseñanza tradicional y no tradicional
Enseñanza tradicional y no tradicionalEnseñanza tradicional y no tradicional
Enseñanza tradicional y no tradicional
 
Medical Design Trends Review 2016
Medical Design Trends Review 2016Medical Design Trends Review 2016
Medical Design Trends Review 2016
 
Experiential Learning Final Demonstration
Experiential Learning Final DemonstrationExperiential Learning Final Demonstration
Experiential Learning Final Demonstration
 
Alfresco REST API of the future ... is closer than you think
Alfresco REST API of the future ... is closer than you thinkAlfresco REST API of the future ... is closer than you think
Alfresco REST API of the future ... is closer than you think
 
Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015
Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015
Create Ugly - Jay Acunzo at Content Marketing World 2015
 
e-Show_sharon_altena
e-Show_sharon_altenae-Show_sharon_altena
e-Show_sharon_altena
 

Semelhante a 21 convite a graça

01 arminianismo na-biblia
01 arminianismo na-biblia01 arminianismo na-biblia
01 arminianismo na-biblia
Luiza Dayana
 
AGUARDANDO....pdf
AGUARDANDO....pdfAGUARDANDO....pdf
AGUARDANDO....pdf
Nelson Pereira
 
Biblia Acf
Biblia AcfBiblia Acf
Biblia Acf
Ed Mir
 
UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)
UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)
UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)
Teol. Sandra Ferreira
 
Bibliaacf
BibliaacfBibliaacf
Bibliaacf
Ed Mir
 
Curso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo BíblicoCurso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo Bíblico
Pés Descalços
 
SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1
SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1
SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1
2014ANDERSON
 
A caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentoA caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamento
danyelle souza
 
Nao precisamos Sangue cristo
Nao precisamos Sangue cristoNao precisamos Sangue cristo
Nao precisamos Sangue cristo
Efraim Ben Tzion
 
JORMI - Jornal Missionário n° 80
JORMI  -  Jornal Missionário n° 80JORMI  -  Jornal Missionário n° 80
JORMI - Jornal Missionário n° 80
trabalho como autonomo
 
Um coração mau
Um coração mauUm coração mau
Um coração mau
Deonice E Orlando Sazonov
 
Um engano quase que perfeito.
Um engano quase que perfeito.Um engano quase que perfeito.
Um engano quase que perfeito.
Natanael Araujo
 
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotosLivro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
aloisio de carvalho
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
00 a justica de cristo
00 a justica de cristo00 a justica de cristo
00 a justica de cristo
Julio Simões
 
Quem Somos
Quem SomosQuem Somos
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere VidaLição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
Erberson Pinheiro
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
lucena
 
Ministração para libertação interior e perdão
Ministração para libertação interior e perdãoMinistração para libertação interior e perdão
Ministração para libertação interior e perdão
Anésio Lopes Júnior
 

Semelhante a 21 convite a graça (20)

01 arminianismo na-biblia
01 arminianismo na-biblia01 arminianismo na-biblia
01 arminianismo na-biblia
 
AGUARDANDO....pdf
AGUARDANDO....pdfAGUARDANDO....pdf
AGUARDANDO....pdf
 
Biblia Acf
Biblia AcfBiblia Acf
Biblia Acf
 
UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)
UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)
UM CORAÇÃO MAU - (J. C. Ryle)
 
Bibliaacf
BibliaacfBibliaacf
Bibliaacf
 
Curso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo BíblicoCurso Evangelismo Bíblico
Curso Evangelismo Bíblico
 
SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1
SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1
SONHOS E VISÕES PROFÉTICAS VOL 1
 
A caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamentoA caminho do arrebatamento
A caminho do arrebatamento
 
Nao precisamos Sangue cristo
Nao precisamos Sangue cristoNao precisamos Sangue cristo
Nao precisamos Sangue cristo
 
JORMI - Jornal Missionário n° 80
JORMI  -  Jornal Missionário n° 80JORMI  -  Jornal Missionário n° 80
JORMI - Jornal Missionário n° 80
 
Um coração mau
Um coração mauUm coração mau
Um coração mau
 
Um engano quase que perfeito.
Um engano quase que perfeito.Um engano quase que perfeito.
Um engano quase que perfeito.
 
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotosLivro o ultimo_dia_-_com_fotos
Livro o ultimo_dia_-_com_fotos
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
00 a justica de cristo
00 a justica de cristo00 a justica de cristo
00 a justica de cristo
 
Quem Somos
Quem SomosQuem Somos
Quem Somos
 
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere VidaLição 8 - A Bondade que Confere Vida
Lição 8 - A Bondade que Confere Vida
 
Chamada e Escolha
Chamada e EscolhaChamada e Escolha
Chamada e Escolha
 
Ministração para libertação interior e perdão
Ministração para libertação interior e perdãoMinistração para libertação interior e perdão
Ministração para libertação interior e perdão
 

Mais de IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS

Obstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a bençãoObstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a benção
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
O obreiro vaso
O obreiro  vasoO obreiro  vaso
O desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristoO desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristo
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Josué 6
Josué 6Josué 6
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistasè Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Três palavras de
Três palavras deTrês palavras de
Três palavras de
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Romanos 4
Romanos 4Romanos 4
Promessas de deus para nós
Promessas de deus para nósPromessas de deus para nós
Promessas de deus para nós
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Poder do espirito santo
Poder do espirito santoPoder do espirito santo
Poder do espirito santo
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Perseverar até o fim hebreus 12
Perseverar até o fim                    hebreus 12Perseverar até o fim                    hebreus 12
Perseverar até o fim hebreus 12
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Obed edom
Obed edomObed edom
Josué 24
Josué 24Josué 24
João 10 (domingo)
João 10 (domingo)João 10 (domingo)
João 10 (domingo)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Exodo 33
Exodo 33Exodo 33
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deusComo hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
2 reis 2
2 reis 22 reis 2
47 o gemido de rispa
47  o gemido de rispa47  o gemido de rispa
47 o gemido de rispa
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
45 o gemido de elias
45 o gemido de elias45 o gemido de elias
45 o gemido de elias
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
44 joão 21 - pedro vc me ama
44 joão 21 - pedro vc me ama44 joão 21 - pedro vc me ama
44 joão 21 - pedro vc me ama
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 

Mais de IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS (20)

Obstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a bençãoObstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a benção
 
O obreiro vaso
O obreiro  vasoO obreiro  vaso
O obreiro vaso
 
O desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristoO desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristo
 
Josué 6
Josué 6Josué 6
Josué 6
 
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistasè Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
 
Três palavras de
Três palavras deTrês palavras de
Três palavras de
 
Romanos 4
Romanos 4Romanos 4
Romanos 4
 
Promessas de deus para nós
Promessas de deus para nósPromessas de deus para nós
Promessas de deus para nós
 
Poder do espirito santo
Poder do espirito santoPoder do espirito santo
Poder do espirito santo
 
Perseverar até o fim hebreus 12
Perseverar até o fim                    hebreus 12Perseverar até o fim                    hebreus 12
Perseverar até o fim hebreus 12
 
Obed edom
Obed edomObed edom
Obed edom
 
Josué 24
Josué 24Josué 24
Josué 24
 
João 10 (domingo)
João 10 (domingo)João 10 (domingo)
João 10 (domingo)
 
Exodo 33
Exodo 33Exodo 33
Exodo 33
 
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deusComo hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
 
2 reis 2
2 reis 22 reis 2
2 reis 2
 
47 o gemido de rispa
47  o gemido de rispa47  o gemido de rispa
47 o gemido de rispa
 
46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais
 
45 o gemido de elias
45 o gemido de elias45 o gemido de elias
45 o gemido de elias
 
44 joão 21 - pedro vc me ama
44 joão 21 - pedro vc me ama44 joão 21 - pedro vc me ama
44 joão 21 - pedro vc me ama
 

Último

Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Janilson Noca
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Igreja Jesus é o Verbo
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
ESCRIBA DE CRISTO
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
JonasRibeiro61
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Pr. Welfany Nolasco Rodrigues
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
ceciliafonseca16
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
MasaCalixto2
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
Manual-do-PGM-Protótipo.docxManual-do-PGM-Protótipo.docx
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsxBíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
Bíblia Sagrada - Amós - slides powerpoint.ppsx
 
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
JERÔNIMO DE BELÉM DA JUDÉIA [TERRA SANTA]
 
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
DIDASCALIA APOSTOLORUM [ HISTÓRIA DO CRISTIANISMO]
 
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptxA CRUZ DE CRISTO-  ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
A CRUZ DE CRISTO- ELE MORREU PARA NOS SALVAE.pptx
 
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
CRISTO E EU [MENSAGEM DE CHARLES SPURGEON]
 
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxZacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Zacarias - 005.ppt xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introduçãoEstudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
Estudo Bíblico da Carta aos Filipenses - introdução
 
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADASCARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
CARTAS DE INÁCIO DE ANTIOQUIA ILUSTRADAS E COMENTADAS
 
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTASEscola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
Escola sabatina juvenis.pdf. Revista da escola sabatina - ADVENTISTAS
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhorCultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
Cultura de Paz - educar para a paz para um mundo melhor
 
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos AgricultoresOração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
Oração Para Pedir Bênçãos Aos Agricultores
 
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptxBíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
Bíblia Sagrada - Odabias - slides powerpoint.pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 

21 convite a graça

  • 1. CONVITE A GRAÇA “VINDE ENTÃO” IS 1.18, “VINDE ENTÃO, E ARGÜI-ME, DIZ O SENHOR: AINDA QUE OS VOSSOS PECADOS SEJAM COMO A ESCARLATA, ELES SE TORNARÃO BRANCOS COMO A NEVE; AINDA QUE SEJAM VERMELHOS COMO O CARMESIM, SE TORNARÃO COMO A BRANCA LÃ.” Nosso texto nos dá uma clara explicação para entender a atitude que Deus tem para com o pecado e também como a vida é transformada pela salvação. “Vinde então”: Esse convite é um imperativo, ou seja, dado em forma de mandamento. È propício notar pela Bíblia que quando o pecador é chamado ou instruído a crer (por exemplo: Atos 16.31, “Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo ...”), é sempre num imperativo, ou seja, como mandamento. Não é um convite informal, nem um choramingando. É assim na Bíblia, “Aquele que crê no Filho tem a vida eterna; mas aquele que não crê no Filho” (ou, que não obedece) “não verá a vida, mas a ira de Deus sobre ele permanece”, João 3.36. Nas Escrituras, os que não crêem, são considerados como os que “não obedecem à palavra” (I Pe 3.1). Por não crer no Evangelho e agir conforme aquela fé é tido como desobediência. Por isso há maior punição para os que ouviram o Evangelho, ou negaram O ouvir, assim O rejeitando. Maior punição do que para os que nunca O ouviram: “E o servo que soube a vontade do seu senhor, e não se aprontou, nem fez conforme a sua vontade, será castigado com muitos açoites; Mas o que a não soube, e fez coisas dignas de açoites, com poucos açoites será castigado. E, a qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá” (Lc 12.47,48). Também esse é um convite com urgência. Ninguém sabe quanto mais anos, ou minutos, restam para viver. Ação imediata é necessária! “Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece” (Tg 4.14). “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo” (Hb 9.27). “(Porque diz: Ouvi-te em tempo aceitável E socorri-te no dia da salvação;” (II Co 6.2). “E argüi-me”: Argüir é um verbo que usa o raciocínio para provar uma verdade. Sim, a mensagem do Evangelho é conforme o raciocínio. Apesar das pregações confusas de pregadores presunçosos, a fé, qual é o meio para a salvação, não é cega, algo produzido pela manipulação da emoção humana, nem confiança em argumentos simples de um pregador sobremaneira excitado. A Fé é: A) dada pelagraça a todosque crêem:“E Jesus,respondendo,disse-lhe:Bem-aventuradoés tu, SimãoBarjonas,porque tonão revelouacarne e o sangue,masmeuPai,que estános céus”(Mt 16.17). “Porque pelagraça soissalvos,pormeiodafé;e istonão vemde vós,é dom de Deus.Não vemdasobras, para que ninguémse glorie”(Ef 2.8,9).
  • 2. B) AlicerçadanaVerdade Bíblica.Porissoospregadoresverdadeirosdãotantoênfase noque diza Bíbliae na infalibilidade dasEscrituras. C) Baseadana evidencia.Apenasnecessitaolharàsociedade emgeral,e ànossa própriavida, e concordará com a verdade óbviade Gênesis6.5:“E viuo SENHOR que a maldade dohomem se multiplicarasobre aterra e que toda a imaginaçãodospensamentosde seucoraçãoera só má continuamente”e de Jeremias17.9,“Enganoso é o coração, maisdo que todas as coisas,e perverso;quemoconhecerá?” “Aindaque os vossospecadossejamcomoa escarlata...aindaque sejamvermelhoscomoo carmesim”:É interessante notarque,pelopassardosanos,os pregadorescomparamopecado à cor ‘preto’.A Bíblianão fazassim.AsEscrituras usamduas tonalidadesde vermelho,como aqui nesse versículo,pararepresentaropecado.“Escarlata”é uma cor derivadade insetos,um insetoemparticularmuitonojento.A ‘carmesim’é opróprioinseto,oularva,que nasce no meiode decomposiçãoorgânica(Gesenius). Pelousodessaspalavras, Deusrevelacomoopecadoé repugnante aEle.Comobrincarcom pecado!?A comparação da feiúradopecadoé contrastadaà belezadabranquidãodaneve recémcaída docéu. Esta é um contraste fácil para a mente percebere representaocontraste do pecadodiante dasantidade de Deus.Deusdesejaque vejamosopecadoconforme a podridãoque é.Na verdade,paraserverdadeiramente arrependido,é necessáriopercebero pecadocomo vil.“Como ouvirdosmeusouvidosouvi,masagorate vêemosmeusolhos.Por issome abominoe me arrependonopóe na cinza”(Jó 42.5,6). “Se tornarãobrancos comoa neve ...se tornarão comoa branca lã”: O contraste feitopelas Escriturastambémexpressaamudança que a salvaçãofaz.Há diferençaentre operdãodo pecadoe a purificaçãodopecado.Se pecar contra mime perde perdão,eudevolhe perdoar (Mt 18.21,22). Porém,somente osangue de Cristopode purificar-lhe doseupecado.“Aoqual Deuspropôspara propiciaçãopelafé noseu sangue,parademonstrara sua justiçapela remissãodospecadosdantescometidos,sobapaciênciade Deus”(Rm 3.25). Há poderde purificaçãonoSangue de Cristo.Você já foi lavadopeloSangue de Cristo? Caro leito,essapurificaçãonãoé automática.Paraconhecera vidaeternaé necessáriopassa por essapurificaçãopelosangue de Jesus.Nenhumjudeufoi salvoporserumjudeu,mas necessitavaindividualmente submeterem-se àtal lavagem, comoé necessáriotambémpara você.
  • 3. É mais de uma concordânciamental à verdade e,é maisde uma experiência emocional.É obediênciade umcoração rendidoplenamente àPalavrade Deus,umaobediênciamanifesta peloarrependimentodopecadoe a fé em CristoJesuscomoSenhore Salvador. Imploro-te areconhecerasua condiçãode pecadorcomo descritopeloIsaíase se rende ao JesusCristocomoSenhore Salvador.