SlideShare uma empresa Scribd logo
Romanos4
-Introdução:
Abraão era o pai da fé. Por quê? Porque foi o primeiro a crer antes de ver.
Aplicação:a Fé não se conformacom as más notícias e supera tudo.
Qual a diferençaentre crer e fé? Fé é crer naquilo que não vemos (Hebreus 11.1)e
crer é agir pela fé.
Relembrara história de Abraão que pela fé saiu de sua terra, esperouter um filho e
o entregouao Senhor.
Você tem fé? Como ter uma fé poderosa?
Vamos aprender sobre como é a fé poderosa:
1- A FÉ nos dá direito à bênção: v.1-5
Abraão sem ter praticado obra alguma da lei, mas agindo por fé recebeua bênção
com direito.
Como um trabalhador que recebe seu salário, a bênção é o resultado da fé.
2- Pela Graça recebemosa promessa: v.13-16
Tudo que Deus faz é de Graça. Não há nada que possamos fazeralém de crer na
promessada Graça de Deus.
Muitas pessoas querem pagar algo que já está pago por Cristo na cruz. (Ilustração:
homem que estava carregando um peso e ganhou uma carona e continuou
carregando dentro do carro).
3– Pela fé até o que não exisitia passa a existir: v.17
Deus criou o mundo pela sua palavra quando não existia nada – esta é a matéria
prima de Deus – e Jesus nos ensiou a crer que já recebemos (Marcos11.24).
Precisamos chamar à existência aquilo que nos falta. Como fé, perdão, libertação,
paz, alegria, etc.
4- A fé espera contra a esperança: v.18
Nadamos contra a correnteza e não somos levados pela enxurrada da vida. Muitas
vezes não podemosouvir o que nos falam de mal e apenas crer como fez Saul
quando zombaram dele ser rei (I Samuel 10.26,27).
O que é ESPERANÇA?
É esperarconfiando, credo,a continuação da fé.
5- A fé admite as dificuldades sem desanimar:v.19-22
A fé não ignora os problemas,mas leva mais em consideração o que crê do que o
que vê.
Abraão e Sara sabiam que era difícil,mas fortaleceram sua fé ‘dando glóraa
Deus’com convicção de que se cumpriria a promessa.
5- A promessa da fé é para todos nós: v.23-25
A mesmapromessaserve par todos nós e Deus pode fazer o impossívelem sua
vida.
Creia nisso.
-CONCLUSÃO:
Para cresceré preciso se alimetar e se exercitar.
Busque uma fé poderosa alimentando-se da Palavra de Deus e exercitando.
Ilustração:
História do cavalo que caiu no poço e o dono não tinha como tirá-lo, por isso
resolveu enterrá-lo, então o cavalo sacudia o pó que caia em cima dele e subia em
cima até chegar ao alto.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012
Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012
Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012
Gilcilene Falcão
 
Eu acredito.
Eu  acredito.Eu  acredito.
Confiança
ConfiançaConfiança
Confiança
Almy Alves
 
JESUS É DEUS
JESUS É DEUSJESUS É DEUS
JESUS É DEUS
megaedvania
 
5 verdades que identificam nosso chamado ministerial
5 verdades que identificam nosso chamado ministerial5 verdades que identificam nosso chamado ministerial
5 verdades que identificam nosso chamado ministerial
Marcos Nassif
 
Salvação eterna
Salvação eternaSalvação eterna
Salvação eterna
megaedvania
 
Salmo 4
Salmo 4 Salmo 4
Salmo 4
Adriano Ramos
 
R. c. sproul esperança
R. c. sproul   esperançaR. c. sproul   esperança
R. c. sproul esperança
sialep
 
Quando Deus diz não as nossas orações
Quando Deus diz não as nossas oraçõesQuando Deus diz não as nossas orações
Quando Deus diz não as nossas orações
Almy Alves
 
3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas
Fer Nanda
 
7. sei em quem tenho crido dom - 30out2016
7. sei em quem tenho crido    dom - 30out20167. sei em quem tenho crido    dom - 30out2016
7. sei em quem tenho crido dom - 30out2016
Gervario
 
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3
Igreja Metodista
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
pralucianaevangelista
 
Como nos dias de Noé - lição 4
Como nos dias de Noé - lição 4Como nos dias de Noé - lição 4
Como nos dias de Noé - lição 4
OMAR NASCIMENTO
 
DESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURAL
DESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURALDESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURAL
DESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURAL
Fundacao Hospitalar Do Municipio De Varginha Fhomuv
 
Que queres que eu te faca
Que queres que eu te facaQue queres que eu te faca
Que queres que eu te faca
Fer Nanda
 
Metas e Fé
Metas e FéMetas e Fé
Metas e Fé
Vanguarda Cristã
 
Há esperança para o teu futuro
Há esperança para o teu futuroHá esperança para o teu futuro
Há esperança para o teu futuro
Andrezinho rupereta
 
30 SEMANAS
30 SEMANAS30 SEMANAS
30 SEMANAS
Marcos Gomes
 
Crise, como deve proceder um cristão?
Crise, como deve proceder  um cristão?Crise, como deve proceder  um cristão?
Crise, como deve proceder um cristão?
Almy Alves
 

Mais procurados (20)

Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012
Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012
Provação, tentação e vitória! ebd 01 04 2012
 
Eu acredito.
Eu  acredito.Eu  acredito.
Eu acredito.
 
Confiança
ConfiançaConfiança
Confiança
 
JESUS É DEUS
JESUS É DEUSJESUS É DEUS
JESUS É DEUS
 
5 verdades que identificam nosso chamado ministerial
5 verdades que identificam nosso chamado ministerial5 verdades que identificam nosso chamado ministerial
5 verdades que identificam nosso chamado ministerial
 
Salvação eterna
Salvação eternaSalvação eterna
Salvação eterna
 
Salmo 4
Salmo 4 Salmo 4
Salmo 4
 
R. c. sproul esperança
R. c. sproul   esperançaR. c. sproul   esperança
R. c. sproul esperança
 
Quando Deus diz não as nossas orações
Quando Deus diz não as nossas oraçõesQuando Deus diz não as nossas orações
Quando Deus diz não as nossas orações
 
3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas3 tipos de pessoas
3 tipos de pessoas
 
7. sei em quem tenho crido dom - 30out2016
7. sei em quem tenho crido    dom - 30out20167. sei em quem tenho crido    dom - 30out2016
7. sei em quem tenho crido dom - 30out2016
 
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 3
 
O Propósito da Tentação
O Propósito da TentaçãoO Propósito da Tentação
O Propósito da Tentação
 
Como nos dias de Noé - lição 4
Como nos dias de Noé - lição 4Como nos dias de Noé - lição 4
Como nos dias de Noé - lição 4
 
DESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURAL
DESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURALDESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURAL
DESENVOLVENDO A FÉ SOBRENATURAL
 
Que queres que eu te faca
Que queres que eu te facaQue queres que eu te faca
Que queres que eu te faca
 
Metas e Fé
Metas e FéMetas e Fé
Metas e Fé
 
Há esperança para o teu futuro
Há esperança para o teu futuroHá esperança para o teu futuro
Há esperança para o teu futuro
 
30 SEMANAS
30 SEMANAS30 SEMANAS
30 SEMANAS
 
Crise, como deve proceder um cristão?
Crise, como deve proceder  um cristão?Crise, como deve proceder  um cristão?
Crise, como deve proceder um cristão?
 

Semelhante a Romanos 4

A fé verdadeira
A fé verdadeiraA fé verdadeira
A fé verdadeira
Joselito Machado
 
Fé em ação
Fé em açãoFé em ação
Fé em ação
Freekidstories
 
Discipulado
DiscipuladoDiscipulado
Discipulado
Janderson Pedro
 
Fé_Completo
Fé_CompletoFé_Completo
Fé_Completo
Pr Neto
 
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivosLição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Éder Tomé
 
De fé em fé
De fé em féDe fé em fé
De fé em fé
Juarez Fragata
 
O PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO
O PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃOO PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO
O PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO
Pastor Cerqueira
 
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdfApostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
DivinoHenriqueSantan
 
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdfApostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Lição 10 a fé
Lição 10   a féLição 10   a fé
Lição 10 a fé
ajcm3110
 
Apresentação1(1).ppt
Apresentação1(1).pptApresentação1(1).ppt
Apresentação1(1).ppt
AlcidesMarquesJunior
 
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1
Igreja Metodista
 
Falando de fé
Falando de féFalando de fé
Falando de fé
Sebastião Luiz Chagas
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
41 hebreus 6
41 hebreus 641 hebreus 6
Princípios Básicos de fé
Princípios Básicos de féPrincípios Básicos de fé
Princípios Básicos de fé
fabrizzioreis
 
Crer
CrerCrer
O que é crer
O que é crer O que é crer
O que é crer
Erberson Pinheiro
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
Silvio Dutra
 
FéFé

Semelhante a Romanos 4 (20)

A fé verdadeira
A fé verdadeiraA fé verdadeira
A fé verdadeira
 
Fé em ação
Fé em açãoFé em ação
Fé em ação
 
Discipulado
DiscipuladoDiscipulado
Discipulado
 
Fé_Completo
Fé_CompletoFé_Completo
Fé_Completo
 
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivosLição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
Lição 09 - A Fé que nos une a Deus e nos torna produtivos
 
De fé em fé
De fé em féDe fé em fé
De fé em fé
 
O PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO
O PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃOO PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO
O PODER DA ORAÇÃO- 40 DIAS DE JEJUM E ORAÇÃO
 
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdfApostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
 
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdfApostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
Apostila de Batismo - Igreja Batista da Lagoinha.pdf
 
Lição 10 a fé
Lição 10   a féLição 10   a fé
Lição 10 a fé
 
Apresentação1(1).ppt
Apresentação1(1).pptApresentação1(1).ppt
Apresentação1(1).ppt
 
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1
Unidade 1 - Novo Nascimento - aula 1
 
Falando de fé
Falando de féFalando de fé
Falando de fé
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
41 hebreus 6
41 hebreus 641 hebreus 6
41 hebreus 6
 
Princípios Básicos de fé
Princípios Básicos de féPrincípios Básicos de fé
Princípios Básicos de fé
 
Crer
CrerCrer
Crer
 
O que é crer
O que é crer O que é crer
O que é crer
 
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John OwenA firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
A firmeza das promessas e a pecaminosidade de cambalear -John Owen
 
FéFé
 

Mais de IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS

O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Obstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a bençãoObstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a benção
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
O obreiro vaso
O obreiro  vasoO obreiro  vaso
O desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristoO desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristo
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Josué 6
Josué 6Josué 6
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistasè Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Três palavras de
Três palavras deTrês palavras de
Três palavras de
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Promessas de deus para nós
Promessas de deus para nósPromessas de deus para nós
Promessas de deus para nós
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Poder do espirito santo
Poder do espirito santoPoder do espirito santo
Poder do espirito santo
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Perseverar até o fim hebreus 12
Perseverar até o fim                    hebreus 12Perseverar até o fim                    hebreus 12
Perseverar até o fim hebreus 12
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Obed edom
Obed edomObed edom
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Josué 24
Josué 24Josué 24
João 10 (domingo)
João 10 (domingo)João 10 (domingo)
João 10 (domingo)
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
Exodo 33
Exodo 33Exodo 33
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deusComo hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
2 reis 2
2 reis 22 reis 2
47 o gemido de rispa
47  o gemido de rispa47  o gemido de rispa
47 o gemido de rispa
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 
45 o gemido de elias
45 o gemido de elias45 o gemido de elias
45 o gemido de elias
IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS
 

Mais de IGREJA ADCP CAMPOS ELÍSEOS (20)

O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
Obstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a bençãoObstáculos para zaqueu receber a benção
Obstáculos para zaqueu receber a benção
 
O obreiro vaso
O obreiro  vasoO obreiro  vaso
O obreiro vaso
 
O desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristoO desafio de seguir a cristo
O desafio de seguir a cristo
 
Josué 6
Josué 6Josué 6
Josué 6
 
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistasè Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
è Tempo de ter uma vida de vitória e conquistas
 
Três palavras de
Três palavras deTrês palavras de
Três palavras de
 
Promessas de deus para nós
Promessas de deus para nósPromessas de deus para nós
Promessas de deus para nós
 
Poder do espirito santo
Poder do espirito santoPoder do espirito santo
Poder do espirito santo
 
Perseverar até o fim hebreus 12
Perseverar até o fim                    hebreus 12Perseverar até o fim                    hebreus 12
Perseverar até o fim hebreus 12
 
Obed edom
Obed edomObed edom
Obed edom
 
O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)O poder das cruz (17 12-17)
O poder das cruz (17 12-17)
 
Josué 24
Josué 24Josué 24
Josué 24
 
João 10 (domingo)
João 10 (domingo)João 10 (domingo)
João 10 (domingo)
 
Exodo 33
Exodo 33Exodo 33
Exodo 33
 
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deusComo hei de trazer para a minha casa a arca de deus
Como hei de trazer para a minha casa a arca de deus
 
2 reis 2
2 reis 22 reis 2
2 reis 2
 
47 o gemido de rispa
47  o gemido de rispa47  o gemido de rispa
47 o gemido de rispa
 
46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais46 as bençãos celestiais
46 as bençãos celestiais
 
45 o gemido de elias
45 o gemido de elias45 o gemido de elias
45 o gemido de elias
 

Último

A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
Rogério Augusto Ayres de Araujo
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Celso Napoleon
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
AlailzaSoares1
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
AndreyCamarini
 

Último (15)

A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújoquem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
quem e essa pessoa. Rogerio Augusto Ayres de Araújo
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptxLição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
Lição 2 O Livro de Rute - CPAD Adultos.pptx
 
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
21 Dias - Jejum de Daniel Copyright ©️ de Joel Engel.pdf
 
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdfBiblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
Biblia em ordem cronologica-Edward Reese e Frank Klassen-NVI-pdf.pdf
 

Romanos 4

  • 1. Romanos4 -Introdução: Abraão era o pai da fé. Por quê? Porque foi o primeiro a crer antes de ver. Aplicação:a Fé não se conformacom as más notícias e supera tudo. Qual a diferençaentre crer e fé? Fé é crer naquilo que não vemos (Hebreus 11.1)e crer é agir pela fé. Relembrara história de Abraão que pela fé saiu de sua terra, esperouter um filho e o entregouao Senhor. Você tem fé? Como ter uma fé poderosa? Vamos aprender sobre como é a fé poderosa: 1- A FÉ nos dá direito à bênção: v.1-5 Abraão sem ter praticado obra alguma da lei, mas agindo por fé recebeua bênção com direito. Como um trabalhador que recebe seu salário, a bênção é o resultado da fé. 2- Pela Graça recebemosa promessa: v.13-16 Tudo que Deus faz é de Graça. Não há nada que possamos fazeralém de crer na promessada Graça de Deus. Muitas pessoas querem pagar algo que já está pago por Cristo na cruz. (Ilustração: homem que estava carregando um peso e ganhou uma carona e continuou carregando dentro do carro). 3– Pela fé até o que não exisitia passa a existir: v.17 Deus criou o mundo pela sua palavra quando não existia nada – esta é a matéria prima de Deus – e Jesus nos ensiou a crer que já recebemos (Marcos11.24). Precisamos chamar à existência aquilo que nos falta. Como fé, perdão, libertação, paz, alegria, etc. 4- A fé espera contra a esperança: v.18 Nadamos contra a correnteza e não somos levados pela enxurrada da vida. Muitas vezes não podemosouvir o que nos falam de mal e apenas crer como fez Saul quando zombaram dele ser rei (I Samuel 10.26,27). O que é ESPERANÇA? É esperarconfiando, credo,a continuação da fé. 5- A fé admite as dificuldades sem desanimar:v.19-22 A fé não ignora os problemas,mas leva mais em consideração o que crê do que o que vê. Abraão e Sara sabiam que era difícil,mas fortaleceram sua fé ‘dando glóraa Deus’com convicção de que se cumpriria a promessa.
  • 2. 5- A promessa da fé é para todos nós: v.23-25 A mesmapromessaserve par todos nós e Deus pode fazer o impossívelem sua vida. Creia nisso. -CONCLUSÃO: Para cresceré preciso se alimetar e se exercitar. Busque uma fé poderosa alimentando-se da Palavra de Deus e exercitando. Ilustração: História do cavalo que caiu no poço e o dono não tinha como tirá-lo, por isso resolveu enterrá-lo, então o cavalo sacudia o pó que caia em cima dele e subia em cima até chegar ao alto.