SlideShare uma empresa Scribd logo
2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria
2ª TERTÚLIA DA POESIA
07 de novembro de 2015
Theatro Treze de Maio – Santa Maria, RS
- REGULAMENTO -
I - DOS OBJETIVOS
Art. 1º - Descobrir e difundir novos talentos na área da produção poética, da arte declamatória e do
acompanhamento musical destas artes, bem como consolidar o talento de poetas, declamadores e
amadrinhadores já consagrados.
Art. 2º - Divulgar, através da poesia, a história e a cultura do povo do Rio Grande do Sul.
Art. 3º - Proporcionar a integração da comunidade santamariense com poetas, declamadores e
amadrinhadores de outras querências, consolidando cada vez mais a cidade de Santa Maria como
importante pólo cultural rio-grandense.
II – DA PROMOÇÃO E COORDENAÇÃO
Art. 4º - A 2ª TERTÚLIA DA POESIA é uma promoção/realização da Prefeitura Municipal de Santa Maria,
Galpão da Poesia Crioula e CPF Piá do Sul.
Art. 5º - A Coordenação da 2ª TERTÚLIA DA POESIA estará a cargo de uma Comissão Executiva, indicada
pelo Galpão da Poesia Crioula e nomeada pelo Senhor Prefeito Municipal de Santa Maria, composta por
pessoas de reconhecida capacidade e conhecimento, e que atuarão voluntariamente, sem remuneração. A
Secretaria da Cultura poderá indicar um representante para integrar esta comissão.
Art. 6º - A Comissão Executiva será a responsável pelo planejamento, organização e execução da 2ª
TERTÚLIA DA POESIA.
III – DA PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO
Art. 7º - Poderão participar da 2ª TERTÚLIA DA POESIA, poetas, declamadores e amadrinhadores de
qualquer parte do Brasil e do mundo, desde que respeitadas as propostas do evento.
Art. 8º - Somente poderão participar poemas inéditos, ou seja, que não tenham sido gravados, impressos
ou divulgados em qualquer veículo de comunicação de massa, podendo, entretanto, terem participado de
outros festivais, desde que não tenham sido premiados ou registrados em disco ou livro.
Art. 9º - Os poemas deverão versar sobre os usos e costumes tradicionais do povo gaúcho, sendo que o
tema deverá estar devidamente identificado com o contexto histórico, político, econômico, social, artístico
ou cultural do Rio Grande do Sul, podendo ser valorizados os aspectos locais.
Art. 10º - Os trabalhos deverão ter como base a língua portuguesa podendo, entretanto, conter termos ou
fragmentos em língua espanhola ou outras linguagens de povos formadores da cultura gaúcha rio-
grandense.
Art. 11º - É vedada a participação, como concorrentes, dos componentes da comissão executiva, da
comissão avaliadora e integrantes do governo municipal.
Art. 12º - Cada poeta poderá inscrever quantos poemas desejar, podendo classificar apenas 01 (um).
Art. 13º - Cada trabalho inscrito deverá estar acompanhado da ficha de inscrição preenchida, e de 01 (uma)
cópia do poema, digitado em fonte tamanho 12 (word ou similar), constando apenas o título. Não será
necessária a gravação.
§ único: Somente serão considerados inscritos os trabalhos que receberem a confirmação do
efetivo recebimento por parte da comissão executiva.
Art. 14º - As inscrições serão encerradas no dia 01 de setembro, impreterivelmente.
Art. 15º - Os trabalhos deverão ser enviados para um dos endereços abaixo:
a) Correio ou pessoalmente: Casa de Cultura de Santa Maria/2ª Tertúlia da Poesia, Praça Saldanha
Marinho, s/nº, Santa Maria, RS.
b) E-mail: tertuliadapoesia@gmail.com
IV – DA SELEÇÃO E GRAVAÇÃO DO CD
Art. 16º - A Comissão Avaliadora selecionará até 12 (doze) poemas, que comporão o CD da 2ª TERTÚLIA DA
POESIA.
Art. 17º - Os classificados serão oportunamente cientificados através de correio eletrônico (e-mail) ou
telefone ou correspondência ou através dos veículos de comunicação.
Art. 18º - O CD da 2ª TERTÚLIA DA POESIA será gravado antecipadamente e lançado durante o evento.
Art. 19º - Os autores serão responsáveis pela gravação do trabalho selecionado e deverão entregá-lo
gravado em CD até o dia 08 de outubro, única oportunidade de corrigir a ficha técnica com o nome dos
autores, intérpretes e amadrinhadores, para o encarte ou capa do CD da 2ª TERTÚLIA DA POESIA. Vale a
data do efetivo recebimento e não a de postagem.
§ único: Em caso de entrega da gravação via e-mail este deverá ser no formato “wave” (não mp3).
Art. 20º - O trabalho que não for entregue gravado na data estipulada será desclassificado e substituído
pelo 1º suplente na classificação, e assim sucessivamente.
Art. 21º - O estúdio para a gravação do trabalho é de inteira responsabilidade dos autores, porém a
qualidade da gravação deverá ser aprovada pelo produtor do disco e o técnico de masterização.
§ único: Caso a gravação não seja aprovada, o concorrente terá o prazo de até 04 (quatro) dias para
entregar nova gravação, sob pena de substituição pelo trabalho suplente.
Art. 22º - A duração da gravação não poderá exceder a 08 (oito) minutos, sob pena de ser editado pelo
técnico de masterização ou desclassificado.
Art. 23º - Todo concorrente, uma vez inscrito na 2ª TERTÚLIA DA POESIA, estará automaticamente cedendo
aos promotores os direitos de comercialização dos trabalhos inscritos e autorizando a gravação em CD e
DVD, bem como a divulgação do seu trabalho, em caráter irrestrito, ressalvados os direitos autorais
pertinentes e previstos em legislação específica.
§ único: Anexar uma declaração (modelo em anexo) renunciando aos direitos autorais,
exclusivamente para a apresentação no dia do evento (exigência do ECAD).
V - DA APRESENTAÇÃO E AVALIAÇÃO
Art. 24º - Os poemas serão apresentados no palco da 2ª TERTÚLIA DA POESIA no dia 07 de novembro de
2015, sábado, a partir das 20 horas.
Art. 25º - A apresentação no palco deverá ser realizada pelos mesmos que participaram da gravação, salvo
motivo de força maior e com autorização expressa da comissão executiva.
Art. 26º - Os declamadores poderão se fazer acompanhar por amadrinhadores, onde ambos estarão
concorrendo à premiação específica.
Art. 27º - Cada declamador ou amadrinhador poderá participar da apresentação de apenas 01 (um) poema,
de sua autoria ou não.
Art. 28º - Os declamadores e amadrinhadores, quando da apresentação, deverão estar pilchados com a
indumentária gaúcha.
Art. 29º - A apresentação do poema não poderá ultrapassar a 10 (dez) minutos. O trabalho que exceder
este tempo não poderá ser premiado.
Art. 30º - A apresentação do trabalho no palco será de inteira responsabilidade dos autores, declamadores
e amadrinhadores, inclusive quanto ao porte de documentação que os habilite junto aos órgãos de classe.
Art. 31º - O horário para a equalização do som será das 14 às 18 horas, por ordem de chegada, sem
prorrogação.
Art. 32º - Para a apuração dos vencedores a avaliação levará em conta o conjunto, ou seja, o poema e a
apresentação no palco.
Art. 33º - A escolha do “Melhor Poema” observará somente a qualidade da obra literária, assim como a
escolha do “Melhor Declamador” e “Melhor Amadrinhador” levará em conta o desempenho individual.
Art. 34º - Os critérios de avaliação serão de responsabilidade da Comissão Avaliadora (julgadora).
Art. 35º - A Comissão Avaliadora da 2ª TERTÚLIA DA POESIA, indicada pela Comissão Executiva, será
composta por pessoas de reconhecida capacidade e conhecimento, sendo de 3 a 5 componentes. Suas
decisões avaliativas, técnicas ou subjetivas, serão soberanas e irrecorríveis.
VI - DA PREMIAÇÃO E AJUDA DE CUSTO
Art. 36º - Cada um dos 12 (doze) poemas selecionados para participar da 2ª TERTÚLIA DA POESIA receberá
uma premiação (ajuda de custo) no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), entregues logo após a apresentação do
trabalho no palco, para o autor ou para o declamador, através de cheque nominal.
Art. 37º - Os autores receberão a quantidade de 10 (dez) CDs do evento para cada poema de sua autoria
apresentado no palco da 2ª TERTÚLIA DA POESIA, a título de ressarcimento pelo custo da gravação.
Art. 38º - Os vencedores receberão a seguinte premiação:
1º
lugar ................................... Troféu Antonio Augusto Ferreira + R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais)
2º
lugar .................................... Troféu Antonio Carlos Machado + R$ 1.000,00 (mil reais)
3º
lugar ................................... Troféu Prado Veppo + R$ 500,00 (quinhentos reais)
Melhor Poema ........................ Troféu Jayme Caetano Braun + R$ 500,00 (quinhentos reais)
2º
lugar .................................... Troféu Chico Ribeiro + R$ 300,00 (trezentos reais)
3º
lugar .................................... Troféu Joarez Fialho + R$ 200,00 (duzentos reais)
Melhor Declamador(a) ............ Troféu Marco Aurélio Campos + R$ 500,00 (quinhentos reais)
2º
lugar .................................... Troféu Ladmir Candaten + R$ 300,00 (trezentos reais)
3º
lugar .................................... Troféu Renê da Silva Nunes + R$ 200,00 (duzentos reais)
Melhor Amadrinhador(a) ........ Troféu Noel Guarany + R$ 500,00 (quinhentos reais)
2º
lugar .................................... Troféu Cenair Maycá + R$ 300,00 (trezentos reais)
3º
lugar .................................... Troféu Chaloy Jara + R$ 200,00 (duzentos reais)
Art. 39º - Cada um dos avaliadores (jurados) receberá uma ajuda de custo no valor de R$ 1.000,00 (mil
reais).
VII - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 40º - O regulamento e a ficha de inscrição poderão ser encontrados nos seguintes endereços:
a) Casa de Cultura - Praça Saldanha Marinho, s/nº, Santa Maria, RS.
c) Internet: www.santamaria.rs.gov.br
Art. 41º - A Comissão Executiva reserva-se o direito de excluir do evento qualquer participante que se
portar em desacordo com os princípios éticos do gaúcho ou não respeitarem as disposições do presente
regulamento.
Art. 42º - Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos, soberanamente, pela Comissão Executiva
da 2ª TERTÚLIA DA POESIA.
Santa Maria, julho de 2015.
2ª TERTÚLIA DA POESIA
01 de novembro de 2014
Theatro Treze de Maio – Santa Maria, RS
TÍTULO DO POEMA:
........................................................................................................................................................................
AUTOR(es):
........................................................................................................................................................................
RG: .......................................................................... CPF: ..........................................................................
FONE: .................................................. E-MAIL: ..........................................................................................
ENDEREÇO/CIDADE/ESTADO: ...................................................................................................................
........................................................................................................................................................................
PROVÁVEL INTÉRPRETE:
........................................................................................................................................................................
PROVÁVEL AMADRINHADOR:
........................................................................................................................................................................
RESPONSÁVEL PELA INSCRIÇÃO (Autor ou Declamador ou Amadrinhador):
DECLARO ESTAR CIENTE E DE ACORDO COM O REGULAMENTO DA 2ª TERTÚLIA DA POESIA.
NOME: ...........................................................................................................................................................
DATA: ............/............/...................
ASSINATURA: .......................................................................................................
OBS.: A ajuda de custo será paga a um dos autores que se apresentar com a sua respectiva
documentação, conforme consta na ficha de inscrição, ou, na ausência destes, ao(s) intérprete(s).
DECLARAÇÃO
Eu, pseudônimo
nacionalidade portador do RG/Passaporte órgão emissor
CPF , residente à
cidade estado CEP autor das obras listadas
abaixo, declaro não autorizar a cobrança por nenhuma associação de direitos autorais.
Declaro, ainda, que no(s) dia(s) 07 DE NOVEMBRO DE 2015 às 20 h 30 min, haverá
execução pública exclusivamente das obras de minha autoria, através da apresentação do(a)
1 ª TERTÚLIADA POESIA no local informado abaixo, e é de minha
expressa vontade exercer pessoalmente a cobrança e a defesa dos direitos de minhas composições, nos
termos do parágrafo único do Artigo 98 da Lei 9.610/98.
Nome do local
THEATRO TREZE DE MAIO
Endereço completo
PRAÇA SALDANHA MARINHO, SANTA MARIA, RS, CEP 97010-540
Responsável pelo local
ASSOCIAÇÃODOS AMIGOS DO THEATRO TREZE DE MAIO / RUTH PEREYRON
Relação de Obras:
Declaro estar ciente, que em razão da emissão desta declaração, não poderei exigir futuramente, no caso de me
filiar a qualquer das associações existentes, qualquer crédito proveniente desta apresentação, vez que estou
exercendo pessoalmente o direito de perceber a retribuição pelo uso das obras de minha autoria.
de de
Folha Assinatura do Declarante:
Arr-099

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regulamento 23º Festival de Poesia da UFMA
Regulamento 23º Festival de Poesia da UFMARegulamento 23º Festival de Poesia da UFMA
Regulamento 23º Festival de Poesia da UFMA
mavideosdebolso
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
manocadocantogaucho
 
Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019
Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019
Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019
Humberto Macedo
 
Imperadores regulamento concurso de mestre sala
Imperadores regulamento concurso de mestre salaImperadores regulamento concurso de mestre sala
Imperadores regulamento concurso de mestre sala
Humberto Macedo
 
Regulamento tanfest
Regulamento tanfestRegulamento tanfest
Regulamento tanfest
Imprensa-semec
 
Concurso karaoke 2012 regulamento
Concurso karaoke 2012   regulamento Concurso karaoke 2012   regulamento
Concurso karaoke 2012 regulamento
Clube de RH de Extrema e Região
 
Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012
Imprensa-semec
 
Cronologia viva
Cronologia vivaCronologia viva
Cronologia viva
LRede
 
Regulamento edesio 2013
Regulamento edesio 2013Regulamento edesio 2013
Regulamento edesio 2013
Revista do Vale
 
III Festival Curta Teatro REGULAMENTO
III Festival Curta Teatro   REGULAMENTOIII Festival Curta Teatro   REGULAMENTO
III Festival Curta Teatro REGULAMENTO
Claudio Silva
 
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de PanambiRegulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
SMEC PANAMBI-RS
 
6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha
SMEC PANAMBI-RS
 
Regulamento Moinho 2015
Regulamento Moinho 2015Regulamento Moinho 2015
Regulamento Moinho 2015
SMEC PANAMBI-RS
 
Regulamento do festival de música
Regulamento do festival de músicaRegulamento do festival de música
Regulamento do festival de música
Josete Sampaio
 
Release "Variações do Amor"
Release "Variações do Amor"Release "Variações do Amor"
Release "Variações do Amor"
Mauro Nascimento
 
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
jlquerencia
 
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairiREGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
Gilberto Dos Santos
 

Mais procurados (17)

Regulamento 23º Festival de Poesia da UFMA
Regulamento 23º Festival de Poesia da UFMARegulamento 23º Festival de Poesia da UFMA
Regulamento 23º Festival de Poesia da UFMA
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
 
Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019
Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019
Regulamento Festival de Sambas Enredo 2019
 
Imperadores regulamento concurso de mestre sala
Imperadores regulamento concurso de mestre salaImperadores regulamento concurso de mestre sala
Imperadores regulamento concurso de mestre sala
 
Regulamento tanfest
Regulamento tanfestRegulamento tanfest
Regulamento tanfest
 
Concurso karaoke 2012 regulamento
Concurso karaoke 2012   regulamento Concurso karaoke 2012   regulamento
Concurso karaoke 2012 regulamento
 
Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012Regulamento TANFEST 2012
Regulamento TANFEST 2012
 
Cronologia viva
Cronologia vivaCronologia viva
Cronologia viva
 
Regulamento edesio 2013
Regulamento edesio 2013Regulamento edesio 2013
Regulamento edesio 2013
 
III Festival Curta Teatro REGULAMENTO
III Festival Curta Teatro   REGULAMENTOIII Festival Curta Teatro   REGULAMENTO
III Festival Curta Teatro REGULAMENTO
 
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de PanambiRegulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
Regulamento Oficial 2º Moinho da Canção Gaucha de Panambi
 
6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha6º moinho da canção gaúcha
6º moinho da canção gaúcha
 
Regulamento Moinho 2015
Regulamento Moinho 2015Regulamento Moinho 2015
Regulamento Moinho 2015
 
Regulamento do festival de música
Regulamento do festival de músicaRegulamento do festival de música
Regulamento do festival de música
 
Release "Variações do Amor"
Release "Variações do Amor"Release "Variações do Amor"
Release "Variações do Amor"
 
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
 
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairiREGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
REGULAMENTO I festival de sanfona do trairi
 

Destaque

Retroalimentación 2011 Lopez, Carlos
Retroalimentación 2011 Lopez, CarlosRetroalimentación 2011 Lopez, Carlos
Retroalimentación 2011 Lopez, Carlos
caleropte
 
CV_FLAVIA_MYNSSEN_PT
CV_FLAVIA_MYNSSEN_PTCV_FLAVIA_MYNSSEN_PT
CV_FLAVIA_MYNSSEN_PT
Flavia Mynssen
 
Tema 1 Perseverancia
Tema 1  PerseveranciaTema 1  Perseverancia
Tema 1 Perseverancia
Diana Núñez
 
Pp03
Pp03Pp03
Semana 5 cal
Semana 5  calSemana 5  cal
Presentacion de tais navas de educacion sexual
Presentacion de tais navas de educacion sexualPresentacion de tais navas de educacion sexual
Presentacion de tais navas de educacion sexual
lacati31
 
Cepillo de dientes 2
Cepillo de dientes 2Cepillo de dientes 2
Cepillo de dientes 2
tato9856
 
Administracion de Conflictos Laborales
Administracion de Conflictos LaboralesAdministracion de Conflictos Laborales
Administracion de Conflictos Laborales
Diana Núñez
 
El deseo de tu inmadura imaginación
El deseo de tu inmadura imaginaciónEl deseo de tu inmadura imaginación
El deseo de tu inmadura imaginación
renatooliva
 
Análisis semiótico del internet
Análisis semiótico del internetAnálisis semiótico del internet
Análisis semiótico del internet
equiposemimagen
 
Nio 100504154527-phpapp01
Nio 100504154527-phpapp01Nio 100504154527-phpapp01
Nio 100504154527-phpapp01
Nicole Alexandra Silva
 
Diapositiva video educativo
Diapositiva video educativoDiapositiva video educativo
Diapositiva video educativo
marilu2612
 
3 un nuevo compañero
3  un nuevo compañero3  un nuevo compañero
3 un nuevo compañero
brochass
 
Mi slideshare
Mi slideshareMi slideshare
Mi slideshare
gcvelasquez
 
Recomendaciones2011 11
Recomendaciones2011 11Recomendaciones2011 11
Recomendaciones2011 11
Gurutzepe
 
Caminante
 Caminante Caminante
Preparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castilla
Preparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castillaPreparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castilla
Preparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castilla
Juan Carlos Alejo Álvarez
 
Mate i
Mate iMate i
Diapositiva blogs
Diapositiva blogsDiapositiva blogs
Diapositiva blogs
SUDOKI
 
Resiliencia
ResilienciaResiliencia

Destaque (20)

Retroalimentación 2011 Lopez, Carlos
Retroalimentación 2011 Lopez, CarlosRetroalimentación 2011 Lopez, Carlos
Retroalimentación 2011 Lopez, Carlos
 
CV_FLAVIA_MYNSSEN_PT
CV_FLAVIA_MYNSSEN_PTCV_FLAVIA_MYNSSEN_PT
CV_FLAVIA_MYNSSEN_PT
 
Tema 1 Perseverancia
Tema 1  PerseveranciaTema 1  Perseverancia
Tema 1 Perseverancia
 
Pp03
Pp03Pp03
Pp03
 
Semana 5 cal
Semana 5  calSemana 5  cal
Semana 5 cal
 
Presentacion de tais navas de educacion sexual
Presentacion de tais navas de educacion sexualPresentacion de tais navas de educacion sexual
Presentacion de tais navas de educacion sexual
 
Cepillo de dientes 2
Cepillo de dientes 2Cepillo de dientes 2
Cepillo de dientes 2
 
Administracion de Conflictos Laborales
Administracion de Conflictos LaboralesAdministracion de Conflictos Laborales
Administracion de Conflictos Laborales
 
El deseo de tu inmadura imaginación
El deseo de tu inmadura imaginaciónEl deseo de tu inmadura imaginación
El deseo de tu inmadura imaginación
 
Análisis semiótico del internet
Análisis semiótico del internetAnálisis semiótico del internet
Análisis semiótico del internet
 
Nio 100504154527-phpapp01
Nio 100504154527-phpapp01Nio 100504154527-phpapp01
Nio 100504154527-phpapp01
 
Diapositiva video educativo
Diapositiva video educativoDiapositiva video educativo
Diapositiva video educativo
 
3 un nuevo compañero
3  un nuevo compañero3  un nuevo compañero
3 un nuevo compañero
 
Mi slideshare
Mi slideshareMi slideshare
Mi slideshare
 
Recomendaciones2011 11
Recomendaciones2011 11Recomendaciones2011 11
Recomendaciones2011 11
 
Caminante
 Caminante Caminante
Caminante
 
Preparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castilla
Preparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castillaPreparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castilla
Preparación de una disolución de ácido clorhídrico por elena castilla
 
Mate i
Mate iMate i
Mate i
 
Diapositiva blogs
Diapositiva blogsDiapositiva blogs
Diapositiva blogs
 
Resiliencia
ResilienciaResiliencia
Resiliencia
 

Semelhante a 2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria

6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
manocadocantogaucho
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
manocadocantogaucho
 
R e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. cançãoR e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. canção
auglulu
 
Regulamento do ix festival
Regulamento do ix festivalRegulamento do ix festival
Regulamento do ix festival
auglulu
 
Regulamento festival cambui
Regulamento festival cambuiRegulamento festival cambui
Regulamento festival cambui
Fábio Vieira
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
Fábio Vieira
 
SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013
SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013
SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013
Masm Museu de Arte
 
Edital do concurso de fotografia chico fostino
Edital do concurso de fotografia chico fostinoEdital do concurso de fotografia chico fostino
Edital do concurso de fotografia chico fostino
ARIEL CD's
 
Edital concurso de poesia
Edital concurso de poesiaEdital concurso de poesia
Edital concurso de poesia
ARIEL CD's
 
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinhoRegulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
mdaproducoes
 
Ix Concurso Villa Lobos Programa
Ix Concurso Villa Lobos   ProgramaIx Concurso Villa Lobos   Programa
Ix Concurso Villa Lobos Programa
Carlos
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
Roger Lemes
 
Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)
Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)
Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)
Equipe OCPOA
 
I festival curta teatro regulamento
I festival curta teatro   regulamentoI festival curta teatro   regulamento
I festival curta teatro regulamento
Claudio Silva
 
REGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdf
REGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdfREGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdf
REGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdf
Leonardo Concon
 
Regulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiaiRegulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiai
fabianomunizz
 
Boletimnovembro2013
Boletimnovembro2013Boletimnovembro2013
Boletimnovembro2013
Celso Corrêa de Freitas
 
Regulamento quadrilhas 2010
Regulamento quadrilhas 2010Regulamento quadrilhas 2010
Regulamento quadrilhas 2010
Roberlan Barbosa da Silva
 
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicaisEdital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Secretaria da Cultura de Araçatuba-SP
 
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
jlquerencia
 

Semelhante a 2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria (20)

6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
 
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
6ª Manoca do Canto Gaúcho Fase Local
 
R e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. cançãoR e g u l a m e n t o f. canção
R e g u l a m e n t o f. canção
 
Regulamento do ix festival
Regulamento do ix festivalRegulamento do ix festival
Regulamento do ix festival
 
Regulamento festival cambui
Regulamento festival cambuiRegulamento festival cambui
Regulamento festival cambui
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013
SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013
SALÃO LATINO AMERICANO REGULAMENTO 2013
 
Edital do concurso de fotografia chico fostino
Edital do concurso de fotografia chico fostinoEdital do concurso de fotografia chico fostino
Edital do concurso de fotografia chico fostino
 
Edital concurso de poesia
Edital concurso de poesiaEdital concurso de poesia
Edital concurso de poesia
 
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinhoRegulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
Regulamento+1+canto+circulista+da+musica+nativa+gaucha+e+peticinho
 
Ix Concurso Villa Lobos Programa
Ix Concurso Villa Lobos   ProgramaIx Concurso Villa Lobos   Programa
Ix Concurso Villa Lobos Programa
 
Regulamento
RegulamentoRegulamento
Regulamento
 
Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)
Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)
Edital 8º Açorianos de Artes Plásticas (2014)
 
I festival curta teatro regulamento
I festival curta teatro   regulamentoI festival curta teatro   regulamento
I festival curta teatro regulamento
 
REGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdf
REGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdfREGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdf
REGULAMENTO DO SALÃO DE PINTURAS DO 58º FEFOL - 2022.pdf
 
Regulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiaiRegulamento canta encanto jundiai
Regulamento canta encanto jundiai
 
Boletimnovembro2013
Boletimnovembro2013Boletimnovembro2013
Boletimnovembro2013
 
Regulamento quadrilhas 2010
Regulamento quadrilhas 2010Regulamento quadrilhas 2010
Regulamento quadrilhas 2010
 
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicaisEdital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
Edital nº 02 completo - música - circulação de espetáculos musicais
 
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
8º rodeio internacional_cidade_de_canoas
 

2ª Tertúlia da Poesia de Santa Maria

  • 2. 2ª TERTÚLIA DA POESIA 07 de novembro de 2015 Theatro Treze de Maio – Santa Maria, RS - REGULAMENTO - I - DOS OBJETIVOS Art. 1º - Descobrir e difundir novos talentos na área da produção poética, da arte declamatória e do acompanhamento musical destas artes, bem como consolidar o talento de poetas, declamadores e amadrinhadores já consagrados. Art. 2º - Divulgar, através da poesia, a história e a cultura do povo do Rio Grande do Sul. Art. 3º - Proporcionar a integração da comunidade santamariense com poetas, declamadores e amadrinhadores de outras querências, consolidando cada vez mais a cidade de Santa Maria como importante pólo cultural rio-grandense. II – DA PROMOÇÃO E COORDENAÇÃO Art. 4º - A 2ª TERTÚLIA DA POESIA é uma promoção/realização da Prefeitura Municipal de Santa Maria, Galpão da Poesia Crioula e CPF Piá do Sul. Art. 5º - A Coordenação da 2ª TERTÚLIA DA POESIA estará a cargo de uma Comissão Executiva, indicada pelo Galpão da Poesia Crioula e nomeada pelo Senhor Prefeito Municipal de Santa Maria, composta por pessoas de reconhecida capacidade e conhecimento, e que atuarão voluntariamente, sem remuneração. A Secretaria da Cultura poderá indicar um representante para integrar esta comissão. Art. 6º - A Comissão Executiva será a responsável pelo planejamento, organização e execução da 2ª TERTÚLIA DA POESIA. III – DA PARTICIPAÇÃO E INSCRIÇÃO Art. 7º - Poderão participar da 2ª TERTÚLIA DA POESIA, poetas, declamadores e amadrinhadores de qualquer parte do Brasil e do mundo, desde que respeitadas as propostas do evento. Art. 8º - Somente poderão participar poemas inéditos, ou seja, que não tenham sido gravados, impressos ou divulgados em qualquer veículo de comunicação de massa, podendo, entretanto, terem participado de outros festivais, desde que não tenham sido premiados ou registrados em disco ou livro. Art. 9º - Os poemas deverão versar sobre os usos e costumes tradicionais do povo gaúcho, sendo que o tema deverá estar devidamente identificado com o contexto histórico, político, econômico, social, artístico ou cultural do Rio Grande do Sul, podendo ser valorizados os aspectos locais.
  • 3. Art. 10º - Os trabalhos deverão ter como base a língua portuguesa podendo, entretanto, conter termos ou fragmentos em língua espanhola ou outras linguagens de povos formadores da cultura gaúcha rio- grandense. Art. 11º - É vedada a participação, como concorrentes, dos componentes da comissão executiva, da comissão avaliadora e integrantes do governo municipal. Art. 12º - Cada poeta poderá inscrever quantos poemas desejar, podendo classificar apenas 01 (um). Art. 13º - Cada trabalho inscrito deverá estar acompanhado da ficha de inscrição preenchida, e de 01 (uma) cópia do poema, digitado em fonte tamanho 12 (word ou similar), constando apenas o título. Não será necessária a gravação. § único: Somente serão considerados inscritos os trabalhos que receberem a confirmação do efetivo recebimento por parte da comissão executiva. Art. 14º - As inscrições serão encerradas no dia 01 de setembro, impreterivelmente. Art. 15º - Os trabalhos deverão ser enviados para um dos endereços abaixo: a) Correio ou pessoalmente: Casa de Cultura de Santa Maria/2ª Tertúlia da Poesia, Praça Saldanha Marinho, s/nº, Santa Maria, RS. b) E-mail: tertuliadapoesia@gmail.com IV – DA SELEÇÃO E GRAVAÇÃO DO CD Art. 16º - A Comissão Avaliadora selecionará até 12 (doze) poemas, que comporão o CD da 2ª TERTÚLIA DA POESIA. Art. 17º - Os classificados serão oportunamente cientificados através de correio eletrônico (e-mail) ou telefone ou correspondência ou através dos veículos de comunicação. Art. 18º - O CD da 2ª TERTÚLIA DA POESIA será gravado antecipadamente e lançado durante o evento. Art. 19º - Os autores serão responsáveis pela gravação do trabalho selecionado e deverão entregá-lo gravado em CD até o dia 08 de outubro, única oportunidade de corrigir a ficha técnica com o nome dos autores, intérpretes e amadrinhadores, para o encarte ou capa do CD da 2ª TERTÚLIA DA POESIA. Vale a data do efetivo recebimento e não a de postagem. § único: Em caso de entrega da gravação via e-mail este deverá ser no formato “wave” (não mp3). Art. 20º - O trabalho que não for entregue gravado na data estipulada será desclassificado e substituído pelo 1º suplente na classificação, e assim sucessivamente. Art. 21º - O estúdio para a gravação do trabalho é de inteira responsabilidade dos autores, porém a qualidade da gravação deverá ser aprovada pelo produtor do disco e o técnico de masterização. § único: Caso a gravação não seja aprovada, o concorrente terá o prazo de até 04 (quatro) dias para entregar nova gravação, sob pena de substituição pelo trabalho suplente.
  • 4. Art. 22º - A duração da gravação não poderá exceder a 08 (oito) minutos, sob pena de ser editado pelo técnico de masterização ou desclassificado. Art. 23º - Todo concorrente, uma vez inscrito na 2ª TERTÚLIA DA POESIA, estará automaticamente cedendo aos promotores os direitos de comercialização dos trabalhos inscritos e autorizando a gravação em CD e DVD, bem como a divulgação do seu trabalho, em caráter irrestrito, ressalvados os direitos autorais pertinentes e previstos em legislação específica. § único: Anexar uma declaração (modelo em anexo) renunciando aos direitos autorais, exclusivamente para a apresentação no dia do evento (exigência do ECAD). V - DA APRESENTAÇÃO E AVALIAÇÃO Art. 24º - Os poemas serão apresentados no palco da 2ª TERTÚLIA DA POESIA no dia 07 de novembro de 2015, sábado, a partir das 20 horas. Art. 25º - A apresentação no palco deverá ser realizada pelos mesmos que participaram da gravação, salvo motivo de força maior e com autorização expressa da comissão executiva. Art. 26º - Os declamadores poderão se fazer acompanhar por amadrinhadores, onde ambos estarão concorrendo à premiação específica. Art. 27º - Cada declamador ou amadrinhador poderá participar da apresentação de apenas 01 (um) poema, de sua autoria ou não. Art. 28º - Os declamadores e amadrinhadores, quando da apresentação, deverão estar pilchados com a indumentária gaúcha. Art. 29º - A apresentação do poema não poderá ultrapassar a 10 (dez) minutos. O trabalho que exceder este tempo não poderá ser premiado. Art. 30º - A apresentação do trabalho no palco será de inteira responsabilidade dos autores, declamadores e amadrinhadores, inclusive quanto ao porte de documentação que os habilite junto aos órgãos de classe. Art. 31º - O horário para a equalização do som será das 14 às 18 horas, por ordem de chegada, sem prorrogação. Art. 32º - Para a apuração dos vencedores a avaliação levará em conta o conjunto, ou seja, o poema e a apresentação no palco. Art. 33º - A escolha do “Melhor Poema” observará somente a qualidade da obra literária, assim como a escolha do “Melhor Declamador” e “Melhor Amadrinhador” levará em conta o desempenho individual. Art. 34º - Os critérios de avaliação serão de responsabilidade da Comissão Avaliadora (julgadora).
  • 5. Art. 35º - A Comissão Avaliadora da 2ª TERTÚLIA DA POESIA, indicada pela Comissão Executiva, será composta por pessoas de reconhecida capacidade e conhecimento, sendo de 3 a 5 componentes. Suas decisões avaliativas, técnicas ou subjetivas, serão soberanas e irrecorríveis. VI - DA PREMIAÇÃO E AJUDA DE CUSTO Art. 36º - Cada um dos 12 (doze) poemas selecionados para participar da 2ª TERTÚLIA DA POESIA receberá uma premiação (ajuda de custo) no valor de R$ 1.000,00 (mil reais), entregues logo após a apresentação do trabalho no palco, para o autor ou para o declamador, através de cheque nominal. Art. 37º - Os autores receberão a quantidade de 10 (dez) CDs do evento para cada poema de sua autoria apresentado no palco da 2ª TERTÚLIA DA POESIA, a título de ressarcimento pelo custo da gravação. Art. 38º - Os vencedores receberão a seguinte premiação: 1º lugar ................................... Troféu Antonio Augusto Ferreira + R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) 2º lugar .................................... Troféu Antonio Carlos Machado + R$ 1.000,00 (mil reais) 3º lugar ................................... Troféu Prado Veppo + R$ 500,00 (quinhentos reais) Melhor Poema ........................ Troféu Jayme Caetano Braun + R$ 500,00 (quinhentos reais) 2º lugar .................................... Troféu Chico Ribeiro + R$ 300,00 (trezentos reais) 3º lugar .................................... Troféu Joarez Fialho + R$ 200,00 (duzentos reais) Melhor Declamador(a) ............ Troféu Marco Aurélio Campos + R$ 500,00 (quinhentos reais) 2º lugar .................................... Troféu Ladmir Candaten + R$ 300,00 (trezentos reais) 3º lugar .................................... Troféu Renê da Silva Nunes + R$ 200,00 (duzentos reais) Melhor Amadrinhador(a) ........ Troféu Noel Guarany + R$ 500,00 (quinhentos reais) 2º lugar .................................... Troféu Cenair Maycá + R$ 300,00 (trezentos reais) 3º lugar .................................... Troféu Chaloy Jara + R$ 200,00 (duzentos reais) Art. 39º - Cada um dos avaliadores (jurados) receberá uma ajuda de custo no valor de R$ 1.000,00 (mil reais). VII - DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 40º - O regulamento e a ficha de inscrição poderão ser encontrados nos seguintes endereços: a) Casa de Cultura - Praça Saldanha Marinho, s/nº, Santa Maria, RS. c) Internet: www.santamaria.rs.gov.br Art. 41º - A Comissão Executiva reserva-se o direito de excluir do evento qualquer participante que se portar em desacordo com os princípios éticos do gaúcho ou não respeitarem as disposições do presente regulamento. Art. 42º - Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos, soberanamente, pela Comissão Executiva da 2ª TERTÚLIA DA POESIA. Santa Maria, julho de 2015.
  • 6. 2ª TERTÚLIA DA POESIA 01 de novembro de 2014 Theatro Treze de Maio – Santa Maria, RS TÍTULO DO POEMA: ........................................................................................................................................................................ AUTOR(es): ........................................................................................................................................................................ RG: .......................................................................... CPF: .......................................................................... FONE: .................................................. E-MAIL: .......................................................................................... ENDEREÇO/CIDADE/ESTADO: ................................................................................................................... ........................................................................................................................................................................ PROVÁVEL INTÉRPRETE: ........................................................................................................................................................................ PROVÁVEL AMADRINHADOR: ........................................................................................................................................................................ RESPONSÁVEL PELA INSCRIÇÃO (Autor ou Declamador ou Amadrinhador): DECLARO ESTAR CIENTE E DE ACORDO COM O REGULAMENTO DA 2ª TERTÚLIA DA POESIA. NOME: ........................................................................................................................................................... DATA: ............/............/................... ASSINATURA: ....................................................................................................... OBS.: A ajuda de custo será paga a um dos autores que se apresentar com a sua respectiva documentação, conforme consta na ficha de inscrição, ou, na ausência destes, ao(s) intérprete(s).
  • 7. DECLARAÇÃO Eu, pseudônimo nacionalidade portador do RG/Passaporte órgão emissor CPF , residente à cidade estado CEP autor das obras listadas abaixo, declaro não autorizar a cobrança por nenhuma associação de direitos autorais. Declaro, ainda, que no(s) dia(s) 07 DE NOVEMBRO DE 2015 às 20 h 30 min, haverá execução pública exclusivamente das obras de minha autoria, através da apresentação do(a) 1 ª TERTÚLIADA POESIA no local informado abaixo, e é de minha expressa vontade exercer pessoalmente a cobrança e a defesa dos direitos de minhas composições, nos termos do parágrafo único do Artigo 98 da Lei 9.610/98. Nome do local THEATRO TREZE DE MAIO Endereço completo PRAÇA SALDANHA MARINHO, SANTA MARIA, RS, CEP 97010-540 Responsável pelo local ASSOCIAÇÃODOS AMIGOS DO THEATRO TREZE DE MAIO / RUTH PEREYRON Relação de Obras: Declaro estar ciente, que em razão da emissão desta declaração, não poderei exigir futuramente, no caso de me filiar a qualquer das associações existentes, qualquer crédito proveniente desta apresentação, vez que estou exercendo pessoalmente o direito de perceber a retribuição pelo uso das obras de minha autoria. de de Folha Assinatura do Declarante: Arr-099