A tecnica de construir um picareto

442 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
442
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A tecnica de construir um picareto

  1. 1. Sérgio Durão Ortiga, 27 de Janeiro de 2013 1
  2. 2. 1. Construção 2. Ferramentas 1.1 - Projetar 2.1 - Serra Braçal 1.2 - Serrar 2.2 - Enxó 1.3 - Talhar 2.3 - Estopeiro 1.4 - Pregar 2.4 - Maço Madeira 1.5 - Entremeio 1 2.5 - Plaina 1.6 - Entremeio 2 1.7 - Calafetar 1.8 - Briar 2
  3. 3.  Apresentar as várias fases da construção do Picareto. Dar a conhecer as ferramentas utilizadas. 3
  4. 4. No final da sessão, os formandos deverão ser capazes de: Reconhecer um barco típico Picareto, no Rio Tejo sem dificuldade; Identificar as ferramentas utilizadas em qualquer carpintaria em menos de 5 minutos. 4
  5. 5.  Efetuar o projeto do Picareto. 5
  6. 6.  Serrar/laminar os toros de pinho com a espessura desejada. 6
  7. 7.  Cortar a madeira nas peças necessárias para pregar. 7
  8. 8.  Pregar as peças pela ordem correta. 8
  9. 9.  Fase de construção entre o pregar e o entremeio 2. 9
  10. 10.  Fase de construção entre o entremeio 1 e o calafetar. 10
  11. 11.  Preencher os espaços vazios com estopa. 11
  12. 12.  Colagem do pez ao Picareto para impermeabilizar e segurar a estopa. 12
  13. 13.  Para serrar, permite o corte da madeira em vários ângulos. 13
  14. 14.  Serve para moldar a madeira. 14
  15. 15.  Serve para espalhar o pez no briar. 15
  16. 16.  Absorve o impacto permitindo batimentos certeiros na calafetagem. 16
  17. 17.  Determina a espessura das peças de madeira. 17
  18. 18. Ao identificarmos as várias fases eferramentas na construção de umbarco Picareto, reconhecemos o valore importância na preservação destaarte em extinção.Assim podemos afirmar quesalvaguardando o nosso patrimóniopreservamos a nossa identidade. 18
  19. 19. 19

×