Aparelho Reprodutor Masculino

4.953 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.953
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
41
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
139
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aparelho Reprodutor Masculino

  1. 1. Glândulas sexuais OVÁRIOS TESTÍCULOS
  2. 2. Produzidos pela hipófise : FSH e LH Produzidos pelos ovários : ESTRÓGENO PROGESTERONA Produzidos pelos testículos : TESTOSTERONA
  3. 3. A participação do homem na função da reprodução consiste na produção e na emissão de gametas (células sexuais) masculinos móveis, os espermatozóides.
  4. 4. O sistema reprodutor masculino humano compõe-se da genitália masculinas externa, formada pelo pênis e pela bolsa escrotal, e por órgãos internos ao corpo, entre os quais se destacam os testículos,os epidídimos, canais (ductos) deferentes, a próstata e as vesículas seminais, os ductos ejaculadores e o pênis.
  5. 5. TESTÍCULO Órgão formador de espermatozóides: Constituído de túbulos seminíferos: células germinativas =>espermatozóide. Ficam cerca de 2 a 3ºC inferior à temperatura corporal=> => formação normal de espermatozóides. SACO ESCROTAL É uma bolsa de pele situada abaixo do pênis, que aloja um par de testículos (gônadas masculinas).
  6. 6. . Curiosidade: Homens que apresentam os testículos embutidos na cavidade abdominal, anomalia denominada criptorquia, não formam espermatozóides, sofrendo esterilidade temporária.
  7. 7. TESTICULOS: são duas glândulas de forma oval, situada no escroto. A produção de espermatozóides, ou espermatogênese, é garantida pelos testículos. Cada testículo possui numerosos túbulos seminíferos. Onde ocorrem as divisões celulares, e as células resultantes se diferenciam em espermatozóides.
  8. 8. Do túbulos seminíferos,os espermatozóides são encaminhados para o epidídimo, onde atingem a fase de maturação e ganham mobilidade. A testosterona, hormônio sexual masculino, é secretada por células que ficam entre os túbulos seminíferos. A produção de testosterona é estimulada pelo hormônio luteinizante (LH), produzido pela hipófise. O hormônio folículo estimulante (FSH), também produzido pela hipófise, promove a espermatogênese ou produção de espermatozóides.
  9. 9. Epidídimo: enovelado de túbulos localizados sobre o testículo, onde ocorre o término da maturação dos espermatozóides que ficam até a sua eliminação durante o ato sexual. Canais deferentes Dois tubos musculosos que partem dos epidídimos e sobem para o abdome, contornando a bexiga urinária. Fusão sob a bexiga: forma o duto ejaculador que desemboca na uretra.
  10. 10. URETRA Ducto comum aos sistemas reprodutor e urinário do homem. Os espermatozóide móveis chegam até a uretra passando pelos ductos deferentes. Cada ducto deferente se une ao canal da glândula seminal e formam um tubo único, o ducto ejaculatório. Estes, por sua vez, lançam os espermatozóides em um outro canal, a uretra.
  11. 11. Glândulas Seminais Produzem um líquido denso, rico em frutose que nutre os espermatozóides e aumenta sua mobilidade. Compõe 60% do sêmen. Próstata Produz um líquido viscoso que neutraliza a acidez de restos de urina na uretra e a acidez da vagina. Glândulas Bulbouretrais Acredita-se que contribua para a limpeza do canal uretral antes da passagem dos espermatozóides.
  12. 12. Ao conjunto formado pelos espermatozóides e os líquidos produzidos pelas glândulas seminais, pela próstata e pelas glândulas bulbouretrais dá-se o nome de esperma ou sêmen.

×