SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
“ Tese de Guerdjieff “
   Dizia ele:  "Uma boa vida tem como base o sentido do que queremos para nós em cada momento e daquilo que, realmente, vale como principal".
Assim sendo, ele traçou  20 regras  de vida que foram colocadas em destaque no Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris.
Dizem os "experts" em comportamento que, quem já consegue assimilar  10 delas , com certeza aprendeu a viver com qualidade interior. Ei-las:
1) Faça pausas de  dez minutos a cada  duas horas de trabalho,  no máximo. Repita essas pausas  na vida diária e pense em si, analisando suas atitudes.
2) Aprenda a dizer  não   sem se sentir culpado(a)  ou achar que magoou alguém.  Querer agradar a todos  é um desgaste enorme.
3) Planeie o seu dia, sim, mas deixe sempre  um bom espaço  para o improviso, consciente de que  nem tudo depende de si.
4) Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez.  Por mais ágeis que sejam  os seus quadros mentais,  cansa-se, sem necessidade.
5) Esqueça,  de uma vez por todas,  que é imprescindível.  No trabalho, na casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade,  tudo anda sem a sua atuação,  a não ser você mesmo.
6)  Abra mão  de ser o responsável  pelo prazer de todos .  Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimônias.
7) Peça ajuda  sempre que necessário,  tendo o bom senso  de pedir às pessoas certas. .
8)  Diferencie problemas reais de problemas imaginários e  elimine-os porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.
9) Tente descobrir o prazer de fatos quotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que isso é o máximo a desejar-se na vida.
10) Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias, de forma compulsiva. Espere um pouco e depois  retome o diálogo, a ação.
11) Família não é você.  Está junto de si.  Compõe o seu mundo, mas não é a sua própria  identidade.
12) Entenda que princípios e convicções fechadas  podem ser um grande peso, a trave do movimento e da  busca.
13) É preciso ter sempre  alguém em que se possa  confiar e falar abertamente  ao menos num raio de cem  quilômetros. Não adianta estar mais longe.
14) Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco,  de deixar de ser o centro de todas as atenções.  Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta.
15) Não queira saber se falaram mal de si e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento e vaidade vã.
16) Competir no lazer,  no trabalho, na vida a dois, é ótimo ...  …  para quem quer ficar esgotado  e perder o melhor.
17) A rigidez é boa na pedra, não no homem.  A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.
18) Uma hora de intenso prazer substitui com folga 3 horas de sono perdido.  O prazer recompõe mais que o sono .  Logo, não perca uma oportunidade de se divertir
19) Não abandone suas 3 grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência, a fé!
20) E entenda de uma vez por todas,  definitiva e conclusivamente :
“ Você é o que se fizer ser! ”
Apresentação por Renato Cardoso
www.vivendobauru.com.br  Imagens do site  www.pasarlascamutas.com Música tema do filme “A Missão”, de Ênio Moricone. Ouça a música até seu final ou clique para sair.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Tese de Guerdjef
Tese de GuerdjefTese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 
A tese de_guerdjef
A tese de_guerdjefA tese de_guerdjef
A tese de_guerdjef
 
Tesede Guerdjef
Tesede GuerdjefTesede Guerdjef
Tesede Guerdjef
 
Tese de guerdjef
Tese de guerdjefTese de guerdjef
Tese de guerdjef
 
Tesede guerdjef 1
Tesede guerdjef 1Tesede guerdjef 1
Tesede guerdjef 1
 
Tesedeguerdjef
TesedeguerdjefTesedeguerdjef
Tesedeguerdjef
 
Tese de guerdjef!!!!
Tese de guerdjef!!!!Tese de guerdjef!!!!
Tese de guerdjef!!!!
 
Tesede guerdjef
Tesede guerdjefTesede guerdjef
Tesede guerdjef
 
Tese De Guerdjef
Tese De GuerdjefTese De Guerdjef
Tese De Guerdjef
 
Tese de Guerdjef
Tese de GuerdjefTese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 
Tese de Guerdjef
Tese de GuerdjefTese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 
Tesedeguerdjef Fr
Tesedeguerdjef FrTesedeguerdjef Fr
Tesedeguerdjef Fr
 
Tese De Guerdjef
Tese De  GuerdjefTese De  Guerdjef
Tese De Guerdjef
 
Guerdjef
GuerdjefGuerdjef
Guerdjef
 
Tese De Guerdjef
Tese De GuerdjefTese De Guerdjef
Tese De Guerdjef
 
Tese de guerdjef
Tese de guerdjefTese de guerdjef
Tese de guerdjef
 
Tese de guerdjef
Tese de guerdjefTese de guerdjef
Tese de guerdjef
 
20 regras para a vida tese de Guerdjef
20 regras para a vida tese de Guerdjef20 regras para a vida tese de Guerdjef
20 regras para a vida tese de Guerdjef
 
Tese de guerdjef
Tese de guerdjefTese de guerdjef
Tese de guerdjef
 
SAUDE - Tese de Guerdjef*
SAUDE - Tese de Guerdjef*SAUDE - Tese de Guerdjef*
SAUDE - Tese de Guerdjef*
 

Semelhante a Tesedegurdjieff. (11)

Tesede Guerdjef
Tesede GuerdjefTesede Guerdjef
Tesede Guerdjef
 
vinte lições de viver
vinte lições de vivervinte lições de viver
vinte lições de viver
 
Tesedegurdfieff1
Tesedegurdfieff1Tesedegurdfieff1
Tesedegurdfieff1
 
Tese de Guerdjef
Tese de Guerdjef Tese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 
A Tese de_Guerdjef do Viver Bem
A Tese de_Guerdjef do Viver BemA Tese de_Guerdjef do Viver Bem
A Tese de_Guerdjef do Viver Bem
 
Tese de Guerdjef
Tese de GuerdjefTese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 
Tese de Guerdjef
Tese de GuerdjefTese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 
Tesede guerdjef
Tesede guerdjefTesede guerdjef
Tesede guerdjef
 
Tese
TeseTese
Tese
 
Tese de guerdigej
Tese de guerdigejTese de guerdigej
Tese de guerdigej
 
Tese de Guerdjef
Tese de Guerdjef Tese de Guerdjef
Tese de Guerdjef
 

Mais de Renato Cardoso (20)

Bauruenses queridos
Bauruenses queridosBauruenses queridos
Bauruenses queridos
 
As aquarelas sensuais de Steve Hanks
As aquarelas sensuais de Steve HanksAs aquarelas sensuais de Steve Hanks
As aquarelas sensuais de Steve Hanks
 
O cé de bauru é mais bonito
O cé de bauru é mais bonito O cé de bauru é mais bonito
O cé de bauru é mais bonito
 
No ano que vem
No ano que vemNo ano que vem
No ano que vem
 
Primavera sem flor 1
Primavera sem flor 1Primavera sem flor 1
Primavera sem flor 1
 
Primavera sem flor
Primavera sem florPrimavera sem flor
Primavera sem flor
 
Primavera sem flor
Primavera sem florPrimavera sem flor
Primavera sem flor
 
Primavera sem flor
Primavera sem florPrimavera sem flor
Primavera sem flor
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito
Sinto muito Sinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito -
Sinto muito - Sinto muito -
Sinto muito -
 
Sinto muito.pps
Sinto muito.ppsSinto muito.pps
Sinto muito.pps
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito
Sinto muito Sinto muito
Sinto muito
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Aprendi
AprendiAprendi
Aprendi
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Untitled Presentation
Untitled PresentationUntitled Presentation
Untitled Presentation
 
Sinto muito
Sinto muitoSinto muito
Sinto muito
 
Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)
Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)
Orao do-amigo-1206903801670519-3 (3)
 

Último

A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxfabiolalopesmartins1
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024Jeanoliveira597523
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasCassio Meira Jr.
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxBiancaNogueira42
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasRosalina Simão Nunes
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduraAdryan Luiz
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresLilianPiola
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfManuais Formação
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 

Último (20)

A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptxA experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
A experiência amorosa e a reflexão sobre o Amor.pptx
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
ABRIL VERDE.pptx Slide sobre abril ver 2024
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e EspecíficasHabilidades Motoras Básicas e Específicas
Habilidades Motoras Básicas e Específicas
 
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptxAula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
Aula 13 8º Ano Cap.04 Revolução Francesa.pptx
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicasCenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
Cenários de Aprendizagem - Estratégia para implementação de práticas pedagógicas
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
trabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditaduratrabalho wanda rocha ditadura
trabalho wanda rocha ditadura
 
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolaresALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
ALMANANHE DE BRINCADEIRAS - 500 atividades escolares
 
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdfUFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
UFCD_10392_Intervenção em populações de risco_índice .pdf
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 

Tesedegurdjieff.

  • 1. “ Tese de Guerdjieff “
  • 2.   Dizia ele: "Uma boa vida tem como base o sentido do que queremos para nós em cada momento e daquilo que, realmente, vale como principal".
  • 3. Assim sendo, ele traçou 20 regras de vida que foram colocadas em destaque no Instituto Francês de Ansiedade e Stress, em Paris.
  • 4. Dizem os "experts" em comportamento que, quem já consegue assimilar 10 delas , com certeza aprendeu a viver com qualidade interior. Ei-las:
  • 5. 1) Faça pausas de dez minutos a cada duas horas de trabalho, no máximo. Repita essas pausas na vida diária e pense em si, analisando suas atitudes.
  • 6. 2) Aprenda a dizer não sem se sentir culpado(a) ou achar que magoou alguém. Querer agradar a todos é um desgaste enorme.
  • 7. 3) Planeie o seu dia, sim, mas deixe sempre um bom espaço para o improviso, consciente de que nem tudo depende de si.
  • 8. 4) Concentre-se em apenas uma tarefa de cada vez. Por mais ágeis que sejam os seus quadros mentais, cansa-se, sem necessidade.
  • 9. 5) Esqueça, de uma vez por todas, que é imprescindível. No trabalho, na casa, no grupo habitual. Por mais que isso lhe desagrade, tudo anda sem a sua atuação, a não ser você mesmo.
  • 10. 6) Abra mão de ser o responsável pelo prazer de todos . Não é você a fonte dos desejos, o eterno mestre de cerimônias.
  • 11. 7) Peça ajuda sempre que necessário, tendo o bom senso de pedir às pessoas certas. .
  • 12. 8) Diferencie problemas reais de problemas imaginários e elimine-os porque são pura perda de tempo e ocupam um espaço mental precioso para coisas mais importantes.
  • 13. 9) Tente descobrir o prazer de fatos quotidianos como dormir, comer e tomar banho, sem também achar que isso é o máximo a desejar-se na vida.
  • 14. 10) Evite se envolver na ansiedade e tensão alheias, de forma compulsiva. Espere um pouco e depois retome o diálogo, a ação.
  • 15. 11) Família não é você. Está junto de si. Compõe o seu mundo, mas não é a sua própria identidade.
  • 16. 12) Entenda que princípios e convicções fechadas podem ser um grande peso, a trave do movimento e da busca.
  • 17. 13) É preciso ter sempre alguém em que se possa confiar e falar abertamente ao menos num raio de cem quilômetros. Não adianta estar mais longe.
  • 18. 14) Saiba a hora certa de sair de cena, de retirar-se do palco, de deixar de ser o centro de todas as atenções. Nunca perca o sentido da importância sutil de uma saída discreta.
  • 19. 15) Não queira saber se falaram mal de si e nem se atormente com esse lixo mental; escute o que falaram bem, com reserva analítica, sem qualquer convencimento e vaidade vã.
  • 20. 16) Competir no lazer, no trabalho, na vida a dois, é ótimo ... … para quem quer ficar esgotado e perder o melhor.
  • 21. 17) A rigidez é boa na pedra, não no homem. A ele cabe firmeza, o que é muito diferente.
  • 22. 18) Uma hora de intenso prazer substitui com folga 3 horas de sono perdido. O prazer recompõe mais que o sono . Logo, não perca uma oportunidade de se divertir
  • 23. 19) Não abandone suas 3 grandes e inabaláveis amigas: a intuição, a inocência, a fé!
  • 24. 20) E entenda de uma vez por todas, definitiva e conclusivamente :
  • 25. “ Você é o que se fizer ser! ”
  • 27. www.vivendobauru.com.br Imagens do site www.pasarlascamutas.com Música tema do filme “A Missão”, de Ênio Moricone. Ouça a música até seu final ou clique para sair.