Criacaode vlsm

1.330 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.330
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
54
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Criacaode vlsm

  1. 1. Laboratório 1.1.4 Calculando Sub-redes VLSM Objetivo Usar variable-length subnet mask (VLSM) para suportar a utilização mais eficiente dos endereços IP atribuídos e para reduzir a quantidade de informações de roteamento no nível mais alto. Fundamentos / Preparação Foi alocado um endereço classe C de 192.168.10.0/24. Perth, Sydney, e Singapore têm conexão WAN para Kuala Lumpur. • Perth exige 60 hosts. • Kuala Lumpur exige 28 hosts. • Sydney e Singapore exigem 12 hosts cada um. Para calcular sub-redes VLSM e os respectivos hosts, aloque primeiro as que tiverem maiores requisitos dentro da faixa de endereços. Os níveis de requisitos devem ser listados do maior para o menor. 6 Neste exemplo, Perth exige 60 hosts. Use 6 bits já que 2 – 2 = 62 endereços de host utilizáveis. Assim, 2 bits serão usados do quarto octeto para representar o extended-network-prefix de /26 e os 6 bits restantes serão utilizados para endereços de host. 1-5 CCNA 3: Conceitos Básicos de Switching e Roteamento Intermediário v 3.1 – 1.1.4 Copyright  2003, Cisco Systems, Inc.
  2. 2. Etapa 1 A primeira etapa no processo de sub-rede é dividir o endereço alocado de 192.168.10.0/24 em 2 quatro blocos de endereços de tamanhos iguais. Já que 4 = 2 , 2 bits são necessários para identificar cada uma das 4 sub-redes. Em seguida, tome a sub-rede #0 (192.168.10.0/26) e identifique cada um de seus hosts. Endereço Alocado Sub-redes 62 hosts/sub-redes utilizáveis (sub-rede #0) 192.168.10.0/24 192.168.10.0/26 192.168.10.0/26 (Endereço de rede) 192.168.10.64/26 192.168.10.1/26 192.168.10.128/26 192.168.10.2/26 192.168.10.192/26 192.168.10.3/26 até 192.168.10.61/26 192.168.10.62/26 192.168.10.63/26 (Endereço Broadcast) Eis aqui a faixa para a máscara /26. Perth Faixa de endereços no último octeto 192.168.10.0/26 De 0 a 63, 60 hosts exigidos. Hosts 0 e 63 não podem ser utilizados porque são os endereços da rede e de broadcast para sua sub-rede. Etapa 2 Faça a alocação do próximo nível depois de serem satisfeitos todos os requisitos para o nível ou níveis mais altos. Kuala Lumpur exige 28 hosts. O próximo endereço disponível depois de 192.168.10.63/26 é 192.168.10.64/26. Note, da tabela acima, que esta é a sub-rede número 1. Já que 28 hosts são 5 exigidos, serão necessários 5 bits para o endereço de host, 2 –2 = 30 endereços de host utilizáveis. Assim, serão necessários 5 bits para representar os hosts e 3 bits serão utilizados para representar o extended-network-prefix de /27. A aplicação de VLSM no endereço 192.168.10.64/26 dá: Sub-rede #1 Sub-sub-redes 30 hosts utilizáveis 192.168.10.64/27 (Endereço de Rede) 192.168.10.64/26 192.168.10.64/27 192.168.10.65/27 192.168.10.96/27 192.168.10.66/27 192.168.10.67/26 até 192.168.10.93/27 192.168.10.94/27 192.168.10.95/27 (Endereço de Broadcast) 2-5 CCNA 3: Conceitos Básicos de Switching e Roteamento Intermediário v 3.1 – 1.1.4 Copyright  2003, Cisco Systems, Inc.
  3. 3. Eis aqui a faixa para a máscara /27. Kuala Lumpur Faixa de endereços no último octeto 192.168.10.64/27 Entre 64 e 95, 28 hosts exigidos. Os hosts 64 e 95 não podem ser usados porque são os endereços da rede e de broadcast para sua sub-rede. Trinta endereços utilizáveis estão disponíveis nesta faixa para os hosts. Etapa 3 Agora, Sydney e Singapore cada um exige 12 hosts. O próximo endereço disponível inicia em 192.168.10.96/27. Note da Tabela 2 que esta é a próxima sub-rede disponível. Já que 12 hosts são 4 exigidos, 4 bits serão necessários para os endereços de host, 2 = 16, 16 – 2 = 14 endereços utilizáveis. Assim, serão necessários 4 bits para representar os hosts e 4 bits para o extended- network-prefix de /28. A aplicação de VLSM no endereço 192.168.10.96/27 dá: Sub-rede Sub-sub-redes 14 hosts utilizáveis 192.168.10.96/27 192.168.10.96/28 192.168.10.96/28 (Endereço de Rede) 192.168.10.112/28 192.168.10.97/28 192.168.10.98/28 192.168.10.99/28 até 192.168.10.109/28 192.168.10.110/28 192.168.10.111/28 (Endereço de Broadcast) Eis aqui a faixa para a máscara /28. Sydney Faixa de endereços no último octeto 192.168.10.96/28 Entre 96 e 111, 12 hosts exigidos. Os hosts 96 e 111 não podem ser usados porque são os endereços da rede e de broadcast para sua sub- rede. Quatorze endereços utilizáveis estão disponíveis nesta faixa para os hosts. 3-5 CCNA 3: Conceitos Básicos de Switching e Roteamento Intermediário v 3.1 – 1.1.4 Copyright  2003, Cisco Systems, Inc.
  4. 4. Etapa 4 Já que Singapore também exige 12 hosts, o próximo conjunto de endereços de host pode ser derivado da próxima sub-rede disponível (192.168.10.112/28). Sub-sub-redes 14 hosts utilizáveis 192.168.10.96/28 192.168.10.112/28 (Endereço de Rede) 192.168.10.112/28 192.168.10.113/28 192.168.10.128/28 192.168.10.114/28 192.168.10.224/28 192.168.10.115/28 até 192.168.10.240/28 192.168.10.125/28 192.168.10.126/28 192.168.10.127/28 (Endereço de Broadcast) Eis aqui a faixa para a máscara /28. Singapore Faixa de endereços no último octeto 192.168.10.112/28 Entre 112 e 127, 12 hosts exigidos. Os hosts 112 e 127 não podem ser usados porque são os endereços da rede e de broadcast para sua sub-rede. Quatorze endereços utilizáveis estão disponíveis nesta faixa para os hosts. 4-5 CCNA 3: Conceitos Básicos de Switching e Roteamento Intermediário v 3.1 – 1.1.4 Copyright  2003, Cisco Systems, Inc.
  5. 5. Etapa 5 Agora faça a alocação de endereços para os links WAN. Lembre-se de que cada link WAN exigirá dois endereços IP. A próxima sub-rede disponível é 192.168.10.128/28. Já que 2 endereços de rede 2 são necessários para cada link WAN, 2 bits serão necessários para endereços de host, 2 –2 = 2 endereços utilizáveis. Assim, serão necessários 2 bits para representar os links e 6 bits para o extended-network-prefix de /30. A aplicação de VLSM no endereço 192.168.10.128/28 dá: Sub-sub-redes 14 hosts utilizáveis 192.168.10.128/30 192.168.10.128/30 (Endereço de Rede) 192.168.10.129/30 192.168.10.130/30 192.168.10.131/30 (Endereço de Broadcast) 192.168.10.132/30 192.168.10.132/30 (Endereço de Rede) 192.168.10.133/30 192.168.10.134/30 192.168.10.135/30 (Endereço de Broadcast) 192.168.10.136/30 192.168.10.136/30 (Endereço de Rede) 192.168.10.137/30 192.168.10.138/30 192.168.10.139/30 (Endereço de Broadcast) Os endereços disponíveis para os links WAN podem ser obtidos dos endereços disponíveis em cada uma das sub-redes /30. 5-5 CCNA 3: Conceitos Básicos de Switching e Roteamento Intermediário v 3.1 – 1.1.4 Copyright  2003, Cisco Systems, Inc.

×