Ecoaldeia

412 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
412
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ecoaldeia

  1. 1. ECOALDEIAS
  2. 2. PORQUÊ CRIAR ALDEIAS ECOLÓGICAS?Porquê?Para dar alma à ecologia: Agir com consciência e integridade.CriarNos dias de hoje, a consciência colectiva estásuficientemente elevada para criar um novo modo de vida.AldeiasA aldeia existe à escala humana, permitindo a cada indivíduoser responsável, auto-suficiente, reabilitando os seussentidos e os seus instintos.EcológicasÉ um “eco lógico”: é tempo de reabilitar o planeta; passandodos pensamentos e discursos para os actos.
  3. 3. A ECONOMIA DO FUTUROCientistas, economistas e políticos reconhecemactualmente que o ambiente é um factor económico deelevada importância, e uma aposta importante.As alterações dos hábitos de consumo vão acontecerquer queiramos quer não, afectando todos os aspectos danossa vida quotidiana: alimentação, água, energia,transportes…Ao proporcionar aos cidadãos um ambiente saudável, ar eágua puros, espaços verdes com áreas de lazer e decultivo, uma alimentação sã, oferece-se a possibilidadede uma comunidade se desenvolver de forma dinâmica eresponsável.
  4. 4. Investimentos SegurosAs aldeias ecológicas são atractivas erepresentam um investimento a longoprazo.Existe uma procura cada vez maior por umestilo de vida natural, como é demonstradopelo aumento do turismo rural, dasactividades de ar livre, da moda “bio”, dacrescente procura por energiasrenováveis…
  5. 5. Projecto de desenvolvimento sustentávelUma aldeia ecológica insere-se numa visão de desenvolvimentosustentável, valorizando o património natural e minimizando osefeitos nocivos das actividades humanas:— Criação de uma rede de represas de água aliado a um sistema deirrigação adaptado (canais, gota a gota…);— Criação de húmus na perspectiva de uma agricultura natural semnecessidade de produtos químicos artificiais;— Criação de plantas, árvores, etc. em viveiros, parareflorestação.— Construção de habitações ecológicas enquadradas na paisagemnatural;— Utilização e promoção de energias renováveis (solar, eólica,hidráulica…)— Educação ambiental (trabalho em cooperação com escolas eoutras entidades da região) e ecoturismo (campismo na eco-aldeia,caminhadas, actividades e formação);— Organização de oficinas de desenvolvimento pessoal e deterapias.— Produção e consumo consciente.
  6. 6. CONCLUSÃOÉ urgente lembrar que o mais precioso bem que possuímos e quedevemos proteger é o HÚMUS, cuja importância é capital para afertilidade dos solos e o estabelecimento da vida terrestre. Sendoque a palavra “humano” tem a mesma etimologia que a palavra“húmus”, é como se as raízes da linguagem revelassem os laçospreciosos que unem o Homem ao seu território.O Homem pode, hoje, mudar o rumo dos acontecimentos. Temacesso ao conhecimento, aos meios, à tecnologia, ao trabalho sobrea consciência. Só é necessária a vontade.As ideias destes projectos provêm de grupos com tendênciasecológicas, com lugar para técnicos, jardineiros, arquitectos,pedagogos, funcionários, quadros superiores, e todos aqueles quedesejarem unir esforços para criar um mundo melhor.Sonhadores? Talvez... A criação de aldeias ecológicas permite-nosviver de forma mais harmoniosa, reflorestar, despoluir, viver emamor e consciência.
  7. 7. Trabalho Elaborado Por:Raquel Silva2º Ano Efa Gestão

×