Se o espelho tiver mais de 18 cm a escada torna-se cansativa. 
E se os espelhos forem variáveis quebra- se o ritmo. 
Se o ...
Características de construção 
quando não enclausuradas, além da 
incombustibilidade, oferecer nos elementos 
estruturais...
ter os pisos dos degraus e patamares revestidos 
com materiais resistentes à propagação 
superficial de chama, isto é, co...
• itens 4.4.3.2 e os itens 4.4.3.3 da NBR 9077;
5 m 2,5 m 
2 m
Escada enclausurada protegida (EP) 
OLHAR TABELA 
Principais características: 
ter suas caixas isoladas por paredes resis...
4.7.10.1 As escadas enclausuradas protegidas (ver Figura 9) devem atender aos 
requisitos de 4.7.1 a 4.7.4 e, se for o cas...
4.7.4.3. Nas caixas de escadas, não podem: 
Aberturas para tubulações de lixo, passagens para 
REDE ELÉTRICA, excetuadas e...
co 
• a) ter suas caixas isoladas por paredes 
resistentes a 2h de fogo no mínimo;
c) ser dotadas, em todos os pavimentos (exceto no 
da descarga, onde isto é facultativo), de janelas 
abrindo para o espaç...
c) ser dotadas de vidros de 
segurança aramados ou temperados, 
com área máxima de 0,50 m2 cada um, 
QUANDO distarem menos...
e, PREFERENCIALMENTE...
d) ser construídas em perfis reforçados de aço, com 
espessura mínima de 3 mm, sendo vedado o uso de 
perfis ocos, chapa d...
4.7.10.3 Na impossibilidade de colocação de janela na caixa da escada enclausurada 
protegida, conforme alínea c de 4.7.10...
OU EM LOCAL CONVENIENTE: junto ao solo, Ou CORREDOR 
DA DESCARGA.
em condições análogas à tomada de ar dos dutos de ventilação (ver 
4.7.13). ??????????
• 4.7.13.6 A tomada de ar do duto de entrada 
de ar deve ficar, 
• de preferência, ao nível do solo ou abaixo deste, 
long...
Quando houver IMPOSSIBILIDADE TÉCNICA e/ou 
estrutural...ou seja: O Engenheiro responsável deverá 
argumentar técnicamente...
Ventilação da escada protegida
Ventilação da escada protegida
Enclausurada a prova de fumaça (PF)
Enclausurada a prova de fumaça (PF) 
Principais características: 
a)ter suas caixas enclausuradas por paredes 
resistentes...
• As portas corta-fogo da escada enclausurada 
a prova de fumaça deverão ser estanque a 
fumaça e resistente a 30 min de f...
ANTECÂMARAS 
Comprimento mínimo de 1,80m – 4.7.12.1a 
PCF entrada p/ antecâmara e porta estanque a 
fumaça na comunicaçã...
ANTECÂMARAS 
Abertura do duto de saída de ar junto ao teto, ou 
no máximo a 15cm deste, área mínima de 0,84 
m2, se retan...
Duto de saída de ar (DS) : 
Seção = 0,105 x nº de antecâmaras e, no mínimo, 
0,84m2 em qualquer caso; 
Elevar-se 1m acim...
Dutos de saída de ar
Dutos de saída de ar
Duto de entrada de ar (DE) : 
Captação de ar na extremidade inferior igual seção 
do duto (1,5.W para código O) ; 
Ser f...
Enclausurada a prova de fumaça (PF)
Dutos de entrada de ar
Dutos de entrada de ar
Dutos de entrada de ar
Dutos de saída de ar
Deverá lançar em planta a chaminé de 
tiragem de ar da antecâmara conforme item 
4.7.13.2 alíneas “d” e ou “e” se for o ca...
Antecâmaras
Antecâmara
Antecâmara
Antecâmaras
Antecâmara
Escada Pressurizada à Prova de Fumaça
Escada Pressurizada à Prova de Fumaça 
Principais características: 
a) Dutos revestidos internamente, preferencialmente 
c...
e) Casas de máquinas no subsolo, antecâmara 
com PCF na entrada e PCF estanque a 
fumaça na ligação com a casa de máquina;...
Escada PFP
Escada PFP
Componentes da PFP
Escada PFP
Iluminação natural
Escada PFP
SINALIZAÇÃO TÁTIL DE CORRIMÃOS
SINALIZAÇÃO TÁTIL DE ALERTA NO 
INÍCIO E TÉRMINO DE ESCADAS
ALARME VISUAL ESTROBOSCÓPICO
SINALIZAÇÃO TÁTIL PRÓXIMAS AS 
ROTAS DE FUGA
AREA DE REFÚGIO PARA 
ESCADAS PROTEGIDAS E 
PRESSURIZADA
AREA DE REFÚGIO PARA 
ESCADAS À PROVA DE FUMAÇA
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar

895 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
895
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

216489785 palestra-tipos-de-escadas-montar

  1. 1. Se o espelho tiver mais de 18 cm a escada torna-se cansativa. E se os espelhos forem variáveis quebra- se o ritmo. Se o piso do degrau é menor que 25 cm, o pé não encontra apoio e pode provocar PISO ESPELHO LARGURA 2 O PAVIM. 1 O PAVIM. PATAMAR ALTURA DA ESCADA 1 O LANCE 2 O LANCE quedas. Se é maior dificulta as passadas.
  2. 2. Características de construção quando não enclausuradas, além da incombustibilidade, oferecer nos elementos estruturais resistência ao fogo de, no mínimo, 2 h; ser dotados de guardas corpo em seus lados abertos; ser dotadas de corrimãos de ambos os lados; ter os pisos com condições antiderrapantes, e que permaneçam antiderrapantes com o uso;
  3. 3. ter os pisos dos degraus e patamares revestidos com materiais resistentes à propagação superficial de chama, isto é, com índice "A" da NBR 9442 - Materiais de Construção – Determinação do índice de propagação superficial da chama pelo método radiante; atender a todos os pavimentos, acima e abaixo da descarga, mas terminando obrigatoriamente no piso desta, não podendo ter comunicação direta com outro lanço na mesma prumada;
  4. 4. • itens 4.4.3.2 e os itens 4.4.3.3 da NBR 9077;
  5. 5. 5 m 2,5 m 2 m
  6. 6. Escada enclausurada protegida (EP) OLHAR TABELA Principais características: ter suas caixas isoladas por paredes resistentes a 2h de fogo, no mínimo;  ter as portas de acesso a esta caixa de escada resistentes ao fogo por 30min (PRF);
  7. 7. 4.7.10.1 As escadas enclausuradas protegidas (ver Figura 9) devem atender aos requisitos de 4.7.1 a 4.7.4 e, se for o caso, aos requisitos de 4.7.8 ou 4.7.9, e mais os seguintes: 4.7.1 a 4.7.4 = São características construtivas das ESCADAS EM GERAL como: piso antiderrapante, material incombustível quando enclausurada, quando não enclausurada, além da incombustibilidade, resistência ao fogo de 2h, corrimãos, guardas em lados abertos, pisos dos degraus com resistência superficial da chama; largura ( cálculo de população), caixas das escadas com acabamento liso, não pode ser depósito,
  8. 8. 4.7.4.3. Nas caixas de escadas, não podem: Aberturas para tubulações de lixo, passagens para REDE ELÉTRICA, excetuadas escadas NÃO enclausuradas em ed. H= L e M ( baixa e média altura);
  9. 9. co • a) ter suas caixas isoladas por paredes resistentes a 2h de fogo no mínimo;
  10. 10. c) ser dotadas, em todos os pavimentos (exceto no da descarga, onde isto é facultativo), de janelas abrindo para o espaço livre exterior, atendendo ao previsto em 4.7.10.2 (JANELAS); TEM QUE TER JANELAS d) ser dotadas de alçapão de alívio de fumaça (alçapão de tiragem) que permita a ventilação em seu término superior, com área mínima de 1,00 m2.
  11. 11. c) ser dotadas de vidros de segurança aramados ou temperados, com área máxima de 0,50 m2 cada um, QUANDO distarem menos de 3,00 m, em projeção horizontal, de qualquer outra abertura no mesmo prédio, no mesmo nível ou em nível inferior ao seu ou à divisa do lote, podendo esta distância ser reduzida para 1,40 m, no caso de aberturas no mesmo plano de parede e no mesmo nível;????
  12. 12. e, PREFERENCIALMENTE...
  13. 13. d) ser construídas em perfis reforçados de aço, com espessura mínima de 3 mm, sendo vedado o uso de perfis ocos, chapa dobrada, alumínio, madeira, plástico, e outros; e) ter, nos caixilhos móveis, movimento que não prejudique o tráfego da escada e não ofereça dificuldade de abertura ou fechamento, em especial da parte obrigatoriamente móvel junto ao teto, sendo que de preferência do tipo basculante, sendo vedados os tipos de abrir com o eixo vertical e “maximar”.
  14. 14. 4.7.10.3 Na impossibilidade de colocação de janela na caixa da escada enclausurada protegida, conforme alínea c de 4.7.10.1, os corredores de acesso devem: a)ser ventilados por janelas abrindo para o espaço livre exterior, com área mínima de 0,80 m2, situadas junto ao forro; ou
  15. 15. OU EM LOCAL CONVENIENTE: junto ao solo, Ou CORREDOR DA DESCARGA.
  16. 16. em condições análogas à tomada de ar dos dutos de ventilação (ver 4.7.13). ??????????
  17. 17. • 4.7.13.6 A tomada de ar do duto de entrada de ar deve ficar, • de preferência, ao nível do solo ou abaixo deste, longe • de qualquer eventual fonte de fumaça em caso de incêndio.
  18. 18. Quando houver IMPOSSIBILIDADE TÉCNICA e/ou estrutural...ou seja: O Engenheiro responsável deverá argumentar técnicamente e legalmente conforme lei 10.987 e Dec Est. 37380 e NBRs a impossibilidade, AGUARDANDO RESPOSTA formal do Cmt do CB.
  19. 19. Ventilação da escada protegida
  20. 20. Ventilação da escada protegida
  21. 21. Enclausurada a prova de fumaça (PF)
  22. 22. Enclausurada a prova de fumaça (PF) Principais características: a)ter suas caixas enclausuradas por paredes resistentes a 4h de fogo; b)ter ingresso por antecâmaras ventiladas, terraços ou balcões, atendendo as primeiras ao prescrito em 4.7.12 e os últimos em 4.7.14 da NBR 9077; c)ser providas de portas estanques à fumaça e resistentes a 30min de fogo (P-30) em sua comunicação com a antecâmara.
  23. 23. • As portas corta-fogo da escada enclausurada a prova de fumaça deverão ser estanque a fumaça e resistente a 30 min de fogo (P-30) e a comunicação com da antecâmara com o corredor deverá ser com PCF 60;
  24. 24. ANTECÂMARAS Comprimento mínimo de 1,80m – 4.7.12.1a PCF entrada p/ antecâmara e porta estanque a fumaça na comunicação com a escada Pé-direito mínimo de 2,50m Ser ventilada por dutos de entrada e saída de ar ; Abertura do duto de entrada de ar junto ao piso ou no máximo a 15cm deste, área mínima de 0,84 m2, se retangular proporção máxima 1:4;
  25. 25. ANTECÂMARAS Abertura do duto de saída de ar junto ao teto, ou no máximo a 15cm deste, área mínima de 0,84 m2, se retangular proporção máxima 1:4; Distância entre os eixos dos dutos de no mínimo 2,0m;
  26. 26. Duto de saída de ar (DS) : Seção = 0,105 x nº de antecâmaras e, no mínimo, 0,84m2 em qualquer caso; Elevar-se 1m acima de qualquer elemento construtivo na cobertura; Ser fechado na base ; Totalmente aberto no topo ou abertura de saída com área = 1,5 x seção do duto ; Paredes resistentes a 2h de fogo ;
  27. 27. Dutos de saída de ar
  28. 28. Dutos de saída de ar
  29. 29. Duto de entrada de ar (DE) : Captação de ar na extremidade inferior igual seção do duto (1,5.W para código O) ; Ser fechado no topo; Seção = 0,105 x nº de antecâmaras e,  no mínimo,0,84m2 em qualquer caso; Paredes resistentes a 2h de fogo .
  30. 30. Enclausurada a prova de fumaça (PF)
  31. 31. Dutos de entrada de ar
  32. 32. Dutos de entrada de ar
  33. 33. Dutos de entrada de ar
  34. 34. Dutos de saída de ar
  35. 35. Deverá lançar em planta a chaminé de tiragem de ar da antecâmara conforme item 4.7.13.2 alíneas “d” e ou “e” se for o caso;
  36. 36. Antecâmaras
  37. 37. Antecâmara
  38. 38. Antecâmara
  39. 39. Antecâmaras
  40. 40. Antecâmara
  41. 41. Escada Pressurizada à Prova de Fumaça
  42. 42. Escada Pressurizada à Prova de Fumaça Principais características: a) Dutos revestidos internamente, preferencialmente com chapa laminada; b) Sistemas independentes para cada escada; c) Proibido escadas pressurizadas e não pressurizadas atendendo o mesmo ambiente; d) Equipamentos (gerador, ventilador, etc..) em locais protegidos por PCF90
  43. 43. e) Casas de máquinas no subsolo, antecâmara com PCF na entrada e PCF estanque a fumaça na ligação com a casa de máquina; f) Captação de ar puro no térreo; g) Tomada de ar na cobertura, somente para edificação existente; h) Insuflação no mínimo a cada 02 pavimentos, em intervalos regulares; i) Dispensam antecâmaras.
  44. 44. Escada PFP
  45. 45. Escada PFP
  46. 46. Componentes da PFP
  47. 47. Escada PFP
  48. 48. Iluminação natural
  49. 49. Escada PFP
  50. 50. SINALIZAÇÃO TÁTIL DE CORRIMÃOS
  51. 51. SINALIZAÇÃO TÁTIL DE ALERTA NO INÍCIO E TÉRMINO DE ESCADAS
  52. 52. ALARME VISUAL ESTROBOSCÓPICO
  53. 53. SINALIZAÇÃO TÁTIL PRÓXIMAS AS ROTAS DE FUGA
  54. 54. AREA DE REFÚGIO PARA ESCADAS PROTEGIDAS E PRESSURIZADA
  55. 55. AREA DE REFÚGIO PARA ESCADAS À PROVA DE FUMAÇA

×