Poker Texas Holdem Imagens

5.137 visualizações

Publicada em

Breve introdução ao Poker.
Short introduction on How to Play Poker. In Portuguese, check on the relatives for the english version!
Thank you!
Márcio Guerra

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.137
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
889
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
114
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Poker Texas Holdem Imagens

  1. 1. Poker Texas Hold'em Um guia para o jogo
  2. 2. Gostam de dinheiro? Gostam de notoriedade?
  3. 3. O poker é um jogo de probabilidades. Tal como as corridas de cavalos, tais como as apostas desportivas, jogam-se probabilidades. Jogam-se probabilidades de se ter a melhor mão, feita com um número fixo de cartas, contra a probabilidade de outro jogador ter uma mão pior. A diferença, para os outros tipos de jogos de azar, em que se apostam probabilidades, é que neste jogo cada jogador influencia directamente o resultado do jogo, não ficando apenas dependentes de um resultado externo geral.
  4. 4. Para se jogar poker, ou começar a aprender, deve-se compreender em primeiro lugar o que define a avaliação de qualquer coisa. As cartas e os seus valores, que são a base do jogo, de cada naipe, vão do 2 ao 10, seguidas do Valete (J), Dama (Q), o Rei (K) e o Ás (A). O Ás tem um valor duplo na avaliação e diferenciação das mãos, que veremos a seguir. São quatro os naipes, ou cor, com que se joga, e que são as Espadas, Copas, Paus e Ouros, «spades», «hearts», «clubs» ou «diamonds».
  5. 5. De seguida deve-se entender o que diferencia uma mão de outra, ainda sem tratar a dinâmica de jogo, e que passo a explicar. O ranking seguinte vai desde a mão mais baixa à mais alta, sendo que uma mais alta ganha a uma mais baixa.
  6. 6. A mão mais baixa, 5 cartas quaisquer, sem qualquer valor facial, tipo 7 ou Rei ou Ás, igual, ou sem qualquer sequência possível, seja em valor ou tipo de naipe. Ganha quem tiver a carta mais alta, ou a segunda, terceira, quarta ou quinta em caso de empate. Mais do que 5 cartas considera-se empate.
  7. 7. Um par, mais outras 3 quaisquer. Duas cartas de valor facial igual, tipo Dama (Q), Dama (Q), ganha quem tiver o par mais alto, ou então, em caso de pares iguais, a melhor carta alta das restantes 3.
  8. 8. Dois pares, um par de um valor e outro de valor diferente. Ganha quem tiver o par mais alto, ou em caso de par alto igual o segundo par mais alto, ou ainda a carta alta maior em caso de 2 pares iguais.
  9. 9. Trio. Três cartas de valor facial igual, tipo três quatros (4). Ganha o trio mais alto ou a carta alta maior em caso de trios iguais.
  10. 10. Sequência ou «Straight». Cinco cartas de valor facial consecutivo, tipo 2,3,4,5 e 6. Ganha a sequência mais alta, pois sendo 5 cartas não há espaço a carta mais alta, logo a ganha a sequência maior.
  11. 11. Cor ou «Flush». Cinco cartas não consecutivas todas do mesmo naipe. Ganha a que tiver a carta alta maior ou as seguintes em caso de empate.
  12. 12. «Full House». Um conjunto de um trio e um par. Ganha o trio mais alto ou em caso de empate o par mais alto.
  13. 13. «Poker». Quatro cartas de valor facial igual. Ganha o poker mais alto ou em caso de empate ganha a carta alta maior.
  14. 14. Sequência de cor ou «Straight Flush». Cinco cartas consecutivas todas do mesmo naipe. Ganha a sequência mais alta.
  15. 15. Sequência de cor real ou «Royal Straight Flush». Mão mais alta do «straight flush», tem a particularidade de ir do 10 ao Ás, sendo por isso a sequência real de cor. É apenas a maior, não sendo uma mão particularmente diferente da anterior, apenas no valor das cartas.
  16. 16. Nota especial: O Ás é uma carta com valor duplo. Tanto serve para a sequência alta, do 10 ao Ás, seja de cor ou não, como serve para a sequência baixa, do Ás ao 5. Logo está, ou pode estar, nas duas pontas da hierarquia das cartas, tipo Ás a Rei ou do 2 a Ás, conforme o necessário.
  17. 17. Dinâmica de jogo. O jogo faz-se com o mínimo de 2 jogadores até um máximo, hoje em dia, de 10, por mesa. Com 2 jogadores chama-se «heads-up», só um contra o outro. Até 6 jogadores chama-se mesa curta ou «short-handed» e com 7 ou mais mesa comprida ou «long-handed», sendo que não se costuma designar assim, pois é a regra e apenas as outras a excepção.
  18. 18. Dinâmica de jogo. Cada jogador começa com uma quantia pré-definida de fichas que vão sendo apostadas ao longo de todo o jogo e que servem como moeda no jogo. As fichas têm valores atribuidos fixos, que podem ou não, consoante o tipo de jogo, sendo substituídas ao longo do jogo pela banca.
  19. 19. Dinâmica de jogo. Existe um jogador, à vez, sempre para a esquerda a cada mão que se joga, que se chama o botão ou «Dealer» e que, em casinos costuma estar apenas identificado por um disco à sua frente, sendo as cartas dadas por um «dealer» profissional. À sua esquerda está o primeiro jogador, que se chama pequena casadela ou «Small Blind», que paga metade de uma aposta definida previamente antes de começar o jogo, sem ver quaisquer cartas, para o jogo ter dinâmica e haver dinheiro incluído no pote.
  20. 20. Dinâmica de jogo. À sua esquerda, ou seja, o segundo jogador à esquerda do «dealer» é o grande casadela ou «Big Blind». Este paga o valor integral, ou o dobro, do que paga o «small blind», valor também definido previamente, como por exemplo, €0,5 e €1 cada um. Para iniciantes, como nota, os valores costumam andar nos €0,01 e €0,02 até €0,05 e €0,1. São chamados de «micro-stakes», que são os níveis de jogo mais baixos. Para principiantes há também torneios gratuitos com prémios em dinheiro chamados «freerolls». (Mais informação no fim.)
  21. 21. Dinâmica de jogo. O jogo em si consiste na capacidade de se conseguir as melhores 5 cartas combinando ou não as nossas duas e as 5 comunitárias, que estão na mesa e que servem para melhorar a mão de cada um, portanto, sendo 7 cartas no total, ganhando quem tiver as melhores 5 ou até que todos desistam da mão excepto um jogador.
  22. 22. Dinâmica de jogo. Para tal, cada jogador recebe do «dealer» 2 cartas, que são chamadas as cartas de bolso ou «pocket cards». Neste momento as «blinds» colocam as suas fichas na mesa, independentemente das cartas que receberam. Por serem obrigados a isto é chamado então dinheiro às escuras, «blinds», se bem que a tradução para português não seja exacta.
  23. 23. Dinâmica de jogo. Sempre para a esquerda, cada jogador a partir do «big blind» vê as suas cartas e decide se quer ou não ir a jogo. Em caso de desistência, ou «fold», cada jogador larga as suas cartas. Em caso de querer ir a jogo paga o valor da «big blind» ou, em caso de achar que não só quer ir a jogo como tem um jogo muito bom, ou seja, duas cartas muito altas, por exemplo, 2 Reis, 2 Ases, um Ás e um Rei, ou Ás e Dama, faz uma aposta, ou «raise», aumentando pelo menos o valor de outra «blind», para um mínimo do dobro da «big blind».
  24. 24. Dinâmica de jogo. Continuando para a esquerda os restantes jogadores decidem, depois de verem as suas cartas, se acham que têm condições ou não de ir a jogo e se sim igualam o valor da aposta colocada antes ou, em caso de acharem que têm um jogo ainda superior ao anterior jogador, aumentam o seu valor. As regras aqui diferem, pois em princípio deveriam aumentar pelo menos tanto quanto aumentou o anterior, mas há sites onde podem aumentar apenas mais uma «blind».
  25. 25. Dinâmica de jogo. Todos os jogadores seguintes à esquerda decidem então o que fazer até chegar ao último antes do que teve o último aumento ou aposta ou «raise» ter falado. Passando pelas «blinds» os jogadores só têm que igualar a aposta, tendo as mesmas opções que os outros, mas em caso de igualar, «call» apenas têm que colocar o restante valor, considerando para tal quanto já tinham posto do valor da «blind» em si. Tal como os outros, mas pelo facto de já terem colocado dinheiro das «blinds», em caso de desistência perdem o valor ou fichas investido às escuras.
  26. 26. Dinâmica de jogo. Este facto é que torna o poker interessante, pois permite sempre haver dinheiro no pote para ser interessante querer ir atrás dele em jogo. As apostas prosseguem até todos chegarem a um consenso, ou aposta, ou desistência ou igualar. Quando todos tiverem falado e chegado a esse consenso, se só houver um jogador em jogo, por exemplo o que apostou, ou em caso de nenhum ter apostado ou sequer igualado a «big blind», caso do «small blind» achar que as suas cartas são muito más e que não vale a pena esse resto de valor ser pago.
  27. 27. Dinâmica de jogo. O dinheiro existente no pote vai para o jogador que restou, seja no primeiro caso o que apostou ou no segundo o «big blind», independentemente ter ou não bom jogo, pois todos os outros acharam que o seu jogo não era bom o suficiente. Nesta ronda de apostas referir apenas que o «big blind» é o último jogador a falar, pois começam as apostas no jogador à sua esquerda.
  28. 28. Dinâmica de jogo. Para terminar, caso os jogadores apenas tenham igualado, o acto do último jogador, que neste caso será mesmo o «big blind», ele passa a ter a hipótese também de passar, ou «check», que é para aceitar que vão esses todos a jogo, sejam quantos forem os que apenas tiverem pago a «blind» e passa-se à próxima ronda.
  29. 29. Dinâmica de jogo. Nas rondas seguintes, em caso do jogo prosseguir, o «dealer» dá para os jogadores em jogo 3 cartas comunitárias, colocadas no centro da mesa. A nível técnico, entre cada acção do «dealer», queima-se a carta de cima do baralho, sendo sempre as cartas dadas por cima, mas só se queimando no início da ronda seguinte, como agora, por exemplo.
  30. 30. Dinâmica de jogo. Estas 3 cartas chamam-se «flop». Cada jogador, com as suas cartas, tem, neste momento, pelo menos 5, e já pode ver melhor em que caminho é que pode ir. Por exemplo, se tem na mão duas cartas de espadas e no «flop» surgem mais 2, ou até 3, tem um «draw» com duas, ou um projecto de mão, ou com as três tem já uma sequência de cor ou «flush». Ou seja, neste momento pode já ter a mão feita. Seja esta ou outra, por exemplo, tem um par na mão e saem 1 ou 2 cartas do mesmo valor, podendo já ter um trio até um «poker».
  31. 31. Dinâmica de jogo. Mediante o que o jogador achar que tem, sempre a partir do primeiro jogador à esquerda do «dealer» em jogo, processam- se as rondas seguintes. O tal primeiro jogador tem as opções de passar, «check», apostar ou «bet», ou até inclusivé desistir, «fold», o que não compensa, pois mesmo o acto de passar é gratuito, podendo, em caso de todos passarem, sempre ver mais uma carta que o possa ajudar ao que tem, na ronda seguinte. Aqui o processo é semelhante ao anterior.
  32. 32. Dinâmica de jogo. Se um aposta, achando ou não que tem jogo, os outros, mediante o que têm, decidem se fazem «call», que é cobrir a aposta anterior, ou ainda subir mais a aposta, «raise», com as regras anteriores, e ainda, caso achem que não compensa estar a pagar para tentar melhorar a mão que têm nas rondas seguintes, desiste, «fold». Tal como na ronda anterior seguem os jogadores ainda activos no jogo após o consenso das apostas. Seja este consenso todos desistirem menos um, ganhando este o dinheiro do pote até ao momento, ou passarem à ronda seguinte de apostas.
  33. 33. Dinâmica de jogo. Na última ronda o processo é semelhante. Esta chama-se «river». Dos jogadores que ainda estiverem em jogo processa-se nova ronda de apostas depois do «dealer» ter queimado outra carta e ter dado a última. Tal como antes ganha o que sobrar se todos os outros desistirem ou, agora, caso todos paguem para ver o que os outros têm, após o consenso das apostas, tipo, um aposta x e os outros jogadores fazem «call», procede-se ao «showdown», que é o acto de mostrar as cartas e ver, de acordo com a tabela inicial, o que é que cada um tem, afinal, e ver quem é o vencedor do pote. Quem o for leva tudo o que houver de fichas, ou dinheiro, no pote comum que se foi formando desde a primeira ronda de apostas.
  34. 34. Dinâmica de jogo. Se em algum momento, desde o início, algum jogador colocar todo o seu dinheiro em jogo, estando ele neste momento em modo de «all-in», sendo que irá sempre até ao «showdown» mas já sem interferir nas rondas de apostas seguintes, apenas interferindo os restantes que tenham pago o que quer que fosse o seu valor apostado, e a partir dos acréscimos ao pote, faz-se um pote secundário, onde o primeiro jogador já não vai participar, pois será ainda mais dinheiro acrescentado, mas cada jogador nunca pode ganhar de um jogador mais do que o que quer que ele tenha apostado.
  35. 35. Dinâmica de jogo. Pode receber esse valor de todos, mas nunca mais do que isso de qualquer um. No «showdown», que pelo menos 2 jogadores verão, o que se colocou em «all-in» e pelo menos o que o tiver pago o seu valor, decidir-se-á, quem ganha a mão. Em caso de vitória do primeiro jogador, o que fez «all-in», este ganha o primeiro pote, não tendo nada a ver com o dinheiro existente ou não em potes secundários. Em caso de vitória de um dos restantes jogadores, o primeiro perde a posição no jogo, perdendo todas as fichas que apostou, sendo eliminado, e ficando a vitória na mão a cargo de um dos outros, seja apenas um ou mais.
  36. 36. Dinâmica de jogo. Pode receber esse valor de todos, mas nunca mais do que isso de qualquer um. No «showdown», que pelo menos 2 jogadores verão, o que se colocou em «all-in» e pelo menos o que o tiver pago o seu valor, decidir-se-á, quem ganha a mão. Em caso de vitória do primeiro jogador, o que fez «all-in», este ganha o primeiro pote, não tendo nada a ver com o dinheiro existente ou não em potes secundários. Em caso de vitória de um dos restantes jogadores, o primeiro perde a posição no jogo, perdendo todas as fichas que apostou, sendo eliminado, e ficando a vitória na mão a cargo de um dos outros, seja apenas um ou mais.
  37. 37. Para terminar, modos de jogo e variantes. O poker joga-se em modo «cash game», ou «ring game» ou mesas a dinheiro, com os «stakes» mencionados antes, em que cada jogador troca dinheiro por fichas, entra e sai de uma mesa conforme lhe apetecer, tenha ganho ou perdido dinheiro, com o que tiver na sua posse nessa momento, e outros, em modo «Sit'n'Go», mini torneio que começa assim que se sentarem entre 2, 6 ou 9/10 pessoas a uma mesa ou mais, conforme o pré-estabelecido.
  38. 38. Há ainda os torneios, que é versão que se vê na televisão, em que os jogadores, tal como nos «SnG» pagam um valor prévio estabelecido, que lhes confere x fichas, ganhando quem restar com todas as fichas. Há torneios em que se poderão comprar mais fichas, chamados de «re-buy» e/ou «add-on» onde se compra de novo mais fichas ou acrescenta às que se tem. Os grandes torneios chegam a ter entradas de milhares de dólares e/ou euros.
  39. 39. Como mencionado antes, há ainda os torneios «freeroll» que permitem aos iniciantes começarem a juntar a sua banca para poderem jogar em torneios a dinheiro, com valor de entrada, ou em mesas a dinheiro. Estes torneios são iguais em tudo, tendo então dinheiro nos prémios e sendo uma boa iniciação ao poker.
  40. 40. O poker tem muitas variantes, como por exemplo o «Omaha», em que cada jogador recebe 4 cartas em vez de duas e é em tudo igual ao Hold'Em, mas com a particularidade de ter que usar 2 das suas 4 cartas de bolso para fazer a mão, pois mesmo que a mão na mesa seja a melhor possível e ele tem a carta que lhe permite ter essa mesma mão, terá que usar sempre duas para ser elegível para a mão.
  41. 41. Outra variante é o «Stud», em que se jogam com 5 ou 7 cartas, sem cartas comunitárias, mas com cartas visíveis de cada jogador, tipo, no «stud» de 7 cartas o jogador tem à vista das suas cartas de bolso que recebe, das 7, 4 visíveis, começando a receber com 2 cartas, creio, e com uma ronda de apostas em cada uma.
  42. 42. São modos que não jogo, mas ficam os links para poderem pesquisar mais sobre isto caso queiram. http://HoldUs.Blogspot.com http://www.PokerPt.com http://www.FullTiltPoker.com http://www.PokerStars.com http://pt.PokerStrategy.com

×