Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Crescimento, Desenvolvimento e Intang´
ıveis
Parte 1 - Evidˆncias...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Organiza¸˜o
ca

Motiva¸˜o
ca
Evidˆncias
e
Conclus˜es
o
Referˆncia...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Crescimento Econˆmico: estudo da macroeconomia no lo...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Por v´rias raz˜es:
a
o
1. Crescimento pode ser visto...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Minhas metas hoje:
Motivar estudo de temas relaciona...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Crescimento Econˆmico: Pioneiros
o
Roy Harrod

Pales...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Crescimento Econˆmico: Contemporˆneos
o
a
Robert Luc...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Uma frase inspiradora de Robert Lucas Jr.
(Prˆmio No...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Disparidades em Padr˜es de Vida
o

Fonte: Google Ima...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Fam´
ılias pelo Mundo

China

Brasil

Nig´ria
e

Fon...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Motiva¸˜o
ca
Desigualdade no Mundo: PIB per capita

Fonte: Acemog...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Crescimento no Mundo: 1000-2000

Fonte: Acemoglu (20...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Crescimento no Mundo: 1800-2000

Fonte: Acemoglu (20...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Crescimento no Mundo: 1960-2000

Fonte: Acemoglu (20...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Desigualdade no Mundo: 1960, 1980 e 2000

Fonte: Ace...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Desigualdade no Mundo: Taxas de Crescimento do PIB p...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
PIB per capita: fra¸˜o dos EUA
ca

Fonte: Jones (201...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Desigualdade no Mundo: Renda dos 0,1% Mais Ricos

Fo...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Desigualdade no Mundo: Renda dos 0,1% Mais Ricos e D...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Evidˆncia Dinˆmica (Gapminder World):
e
a
http://ww...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Produtividade e Crescimento

Fonte: Jones e Romer (2...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Com´rcio Internacional e Crescimento
e

Fonte: Jones...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Investimento e Crescimento

Fonte: Acemoglu (2012a)....
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Educa¸˜o e Crescimento
ca

Fonte: Acemoglu (2012a).
...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Educa¸˜o por Ano de Nascimento
ca

Fonte: Jones e Ro...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Popula¸˜o e Crescimento
ca

Fonte: Jones e Romer (20...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Bem-Estar e PIB per Capita (N´
ıveis)

Fonte: Jones ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Bem-Estar e PIB per Capita (Taxas de Crescimento)

F...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Raz˜o entre Bem-Estar e Renda
a

Fonte: Jones e Klen...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
”Fatos de Kaldor” (fatos estilizados de longo prazo)...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Robert M. Solow (1924-)
Contribui¸˜es Pioneiras ` Te...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Modelo de Crescimento de Solow (I)

Fonte: Solow (19...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Modelo de Crescimento de Solow (II)

Fonte: Acemoglu...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Dinˆmica de Transi¸˜o no Modelo de Solow (I)
a
ca

F...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Dinˆmica de Transi¸˜o no Modelo de Solow (II)
a
ca

...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Contribui¸˜es de Solow mudaram a forma dos economis...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Deficiˆncias do Modelo de Solow:
e
1. Progresso T´cni...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Res´
ıduo de Solow

Fonte: Solow (1957).
Palestrante...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Convergˆncia de Renda: Pa´
e
ıses da OCDE

Fonte: Jo...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Divergˆncia de Renda: Mundo
e

Fonte: Jones (2000).
...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Importˆncia do Capital Humano: Mankiw, Romer e Weil ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Novos ”Fatos de Kaldor” (Jones e Romer 2010):
1. Aum...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Uma primeira possibilidade: institui¸˜es tendem a pe...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Uma defini¸˜o de Douglass North
ca
(Prˆmio Nobel de E...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Aproxima¸˜o (proxy ) para Institui¸˜es: taxas de mo...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Taxas de Mortalidade de Colonizadores e PIB per Capi...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Risco de Expropria¸˜o e PIB per Capita
ca
Pa´
ıses d...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Fonte: Acemoglu et al. (2001, Tab.3).
Palestrante: ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
An´lise de Acemoglu et al. (2001) chama aten¸˜o para...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Recursos Naturais e PIB per Capita

Fonte: Fernand´z...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Latitude e PIB per Capita

Fonte: Fernand´z-Villaver...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Acesso ao Mar

Fonte: Fernand´z-Villaverde (2009).
e...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Temperatura e Popula¸˜o, Cidades Americanas
ca

Font...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Uma nova forma de enxergarmos dados de Crescimento
E...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Terra ` Noite (Imagens via Sat´lite)
a
e

Palestrant...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Estados Unidos ` Noite (Imagens via Sat´lite)
a
e

P...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Am´rica do Sul ` Noite (Imagens via Sat´lite)
e
a
e
...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Cor´ia do Norte e Cor´ia do Sul (Imagens via Sat´lit...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Luzes e PIB Real (Diferen¸as Longas)
c

Fonte: Hende...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Luzes e PIB Real (Resultados Econom´tricos)
e

Fonte...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Diversos modelos posteriores a Solow tentaram modela...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Idade e Inova¸˜o (Evolu¸˜o Temporal)
ca
ca

Fonte: J...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Idade e Inova¸˜o (Prˆmios Nobel e Grandes Inventores...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Idade e Inova¸˜o (Tendˆncia Temporal para Idade na ”...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e

Quest˜o: fatores como corrup¸˜o e criminalidade pod...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Corrup¸˜o e Crescimento: ´
ca
Indice de Eficiˆncia Bu...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
PIB per Capita e ´
Indice de Eficiˆncia Burocr´tica: ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Rela¸˜o Investimento-PIB e ´
ca
Indice de Eficiˆncia ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Crescimento e ´
Indice de Eficiˆncia Burocr´tica: Mun...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Teorias de Crescimento Econˆmico foram aplicadas
o
i...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Estabilidade da Popula¸˜o ao Longo do Tempo - Cidade...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Varia¸˜o na Popula¸˜o ao Longo do Tempo - Cidades Am...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Popula¸˜o e Proximidade dos Grandes Lagos - Cidades ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Grau Superior e Desemprego - Cidades Americanas, 200...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Educa¸˜o e Desigualdade - Cidades Americanas, Ano de...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Educa¸˜o e Servi¸os (Finan¸as) - Cidades Americanas,...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Educa¸˜o e Servi¸os (Tecnologia de Informa¸˜o)
ca
c
...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Educa¸˜o (Parcela da Popula¸˜o com Bacharelado)
ca
c...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Assassinatos e Desigualdade - Cidades Americanas, An...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Evidˆncias
e
Felicidade e Desigualdade - Cidades Americanas, Ano ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Conclus˜es
o
Nas ultimas d´cadas, aprendemos valiosas li¸˜es rela...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Conclus˜es
o
A partir de hoje, dever´
ıamos lembrar que:
1. Insti...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
ACEMOGLU, D. Economic Growth - Lecture 1 (first half...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
´
FERNANDEZ-VILLAVERDE, J. Geography, Environment a...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
GLAESER, E.L. Os centros urbanos: a maior inven¸˜o ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
HENDERSON, J.V.; STOREYGARD, A.; WEIL, D.N. Measuri...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
JONES, C.I. Useful Macro Graphs. Manuscrito, Stanfo...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
MAURO, P. Corruption and growth. Quarterly Journal ...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Referˆncias
e
SOKOLOFF, K.L.; ENGERMAN, S.L. Institutions, factor...
Motiva¸˜o
ca

Evidˆncias
e

Conclus˜es
o

Referˆncias
e

Obrigado!
Matheus Albergaria de Magalh˜es
a
matheus.albergaria.ma...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Crescimento, Desenvolvimento e Intangíveis (Parte 1 - Evidências Empíricas)

391 visualizações

Publicada em

Apresentação para a Disciplina "Crescimento Econômico" (Professor Cristiano Costa). Curso de Graduação em Economia. FUCAPE Business School, Vitória, 18 de Novembro de 2013.

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
391
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Crescimento, Desenvolvimento e Intangíveis (Parte 1 - Evidências Empíricas)

  1. 1. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis Parte 1 - Evidˆncias Emp´ e ıricas Matheus Albergaria de Magalh˜es∗ a ∗ FUCAPE Business School FUCAPE Business School 18 de Novembro de 2013 Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  2. 2. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Organiza¸˜o ca Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  3. 3. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Crescimento Econˆmico: estudo da macroeconomia no longo o prazo. Per´ ıodos de Tempo de 10, 20, 50, 100 ou mais anos. Preocupa¸˜o com quest˜es relacionadas ` quantidade e ca o a qualidade da riqueza em uma localidade. Afinal, por que economistas deveriam se importar com quest˜es de crescimento? o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  4. 4. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Por v´rias raz˜es: a o 1. Crescimento pode ser visto como condi¸˜o necess´ria (mas ca a n˜o suficiente) para desenvolvimento. a 2. Queremos descobrir quais s˜o os ingredientes necess´rios a a a uma performance macroeconˆmica de sucesso no longo prazo. o 3. Como cientistas sociais aplicados, temos interesse pela redu¸˜o ca das desigualdades existentes na sociedade, assim como pelo aumento do bem-estar de distintas localidades. 4. Nossas decis˜es hoje podem afetar o destino de gera¸˜es no o co futuro. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  5. 5. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Minhas metas hoje: Motivar estudo de temas relacionados ` ´rea de Crescimento aa Econˆmico. o Apresentar evidˆncias emp´ e ıricas relacionadas a temas espec´ ıficos de crescimento econˆmico. o Ilustrar quest˜es em aberto na literatura e propor temas de o pesquisa futura, com ˆnfase sobre o estado do Esp´ e ırito Santo e seus munic´ ıpios. Ressalva: exposi¸˜o ser´ deliberadamente parcial e idiossincr´tica. ca a a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  6. 6. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Crescimento Econˆmico: Pioneiros o Roy Harrod Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 Nicholas Kaldor Simon Kuznets IV EEES - Novembro de 2013
  7. 7. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Crescimento Econˆmico: Contemporˆneos o a Robert Lucas Jr. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 Paul Romer Robert Barro IV EEES - Novembro de 2013
  8. 8. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Uma frase inspiradora de Robert Lucas Jr. (Prˆmio Nobel de Economia de 1995): e ”N˜o vejo como se pode olhar dados como esses sem sentir que eles a India representam possibilidades. H´ alguma coisa que o governo da ´ a poderia fazer para levar a economia de seu pa´ a crescer como as ıs economias da Indon´sia ou do Egito? E, havendo, o quˆ exatamente? Se e e n˜o, o que h´ na “natureza da ´ a a India” que a torna assim? As conseq¨ˆncias para o bem-estar humano envolvidas nessas quest˜es s˜o ue o a simplesmente incr´ ıveis: uma vez que se come¸a a pensar nelas, ´ dif´ c e ıcil pensar em qualquer outra coisa” . Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  9. 9. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Disparidades em Padr˜es de Vida o Fonte: Google Imagens (2013). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  10. 10. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Fam´ ılias pelo Mundo China Brasil Nig´ria e Fonte: Google Imagens (2013). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  11. 11. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Motiva¸˜o ca Desigualdade no Mundo: PIB per capita Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  12. 12. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Crescimento no Mundo: 1000-2000 Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  13. 13. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Crescimento no Mundo: 1800-2000 Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  14. 14. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Crescimento no Mundo: 1960-2000 Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  15. 15. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Desigualdade no Mundo: 1960, 1980 e 2000 Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  16. 16. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Desigualdade no Mundo: Taxas de Crescimento do PIB per capita Fonte: Jones e Romer (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  17. 17. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e PIB per capita: fra¸˜o dos EUA ca Fonte: Jones (2013). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  18. 18. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Desigualdade no Mundo: Renda dos 0,1% Mais Ricos Fonte: Jones e Kim (2012). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  19. 19. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Desigualdade no Mundo: Renda dos 0,1% Mais Ricos e Demais Habitantes Fonte: Jones e Kim (2012). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  20. 20. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Evidˆncia Dinˆmica (Gapminder World): e a http://www.gapminder.org/world/ Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  21. 21. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Produtividade e Crescimento Fonte: Jones e Romer (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  22. 22. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Com´rcio Internacional e Crescimento e Fonte: Jones (2000). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  23. 23. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Investimento e Crescimento Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  24. 24. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Educa¸˜o e Crescimento ca Fonte: Acemoglu (2012a). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  25. 25. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Educa¸˜o por Ano de Nascimento ca Fonte: Jones e Romer (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  26. 26. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Popula¸˜o e Crescimento ca Fonte: Jones e Romer (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  27. 27. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Bem-Estar e PIB per Capita (N´ ıveis) Fonte: Jones e Klenow (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  28. 28. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Bem-Estar e PIB per Capita (Taxas de Crescimento) Fonte: Jones e Klenow (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  29. 29. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Raz˜o entre Bem-Estar e Renda a Fonte: Jones e Klenow (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  30. 30. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e ”Fatos de Kaldor” (fatos estilizados de longo prazo): 1. Produtividade do trabalho exibe padr˜o sustentado de a crescimento ao longo do tempo. 2. Capital por trabalhador tamb´m exibe padr˜o sustentado de e a crescimento. 3. Taxa de retorno do capital (taxa de juros real) exibe padr˜o a de estabilidade no tempo. 4. Raz˜o ”capital-produto” tamb´m exibe estabilidade. a e 5. Fatores de produ¸˜o (capital e trabalho) apresentam ca participa¸˜es constantes na renda nacional. co Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  31. 31. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Robert M. Solow (1924-) Contribui¸˜es Pioneiras ` Teoria do Crescimento Econˆmico co a o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  32. 32. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Modelo de Crescimento de Solow (I) Fonte: Solow (1956). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  33. 33. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Modelo de Crescimento de Solow (II) Fonte: Acemoglu (2012b). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  34. 34. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Dinˆmica de Transi¸˜o no Modelo de Solow (I) a ca Fonte: Acemoglu (2012b). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  35. 35. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Dinˆmica de Transi¸˜o no Modelo de Solow (II) a ca Fonte: Acemoglu (2012b). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  36. 36. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Contribui¸˜es de Solow mudaram a forma dos economistas co abordarem quest˜es de crescimento e desenvolvimento o econˆmico (Solow 1956, 1957). o Modelo de Solow (1956) passou a representar ponto de partida fundamental a an´lises te´ricas e emp´ a o ıricas. Ajustes e refinamentos relacionados ao modelo acabaram gerando ampla agenda de pesquisa ao longo das ultimas ´ d´cadas. e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  37. 37. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Deficiˆncias do Modelo de Solow: e 1. Progresso T´cnico visto como ex´geno. e o 2. Maior parte de varia¸˜es no produto per capita (cerca de 80%) co deviam-se a uma ”medida de nossa ignorˆncia” (res´ a ıduo de Solow ) (Solow 1957). 3. Por sua vez, este ”res´ ıduo” poderia representar diversos fatores (tecnologia, institui¸˜es, erros de mensura¸˜o de insumos, co ca etc.). Necessidade: trabalharmos com modelos que possam corrigir estas deficiˆncias iniciais. e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  38. 38. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Res´ ıduo de Solow Fonte: Solow (1957). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  39. 39. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Convergˆncia de Renda: Pa´ e ıses da OCDE Fonte: Jones (2000). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  40. 40. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Divergˆncia de Renda: Mundo e Fonte: Jones (2000). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  41. 41. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Importˆncia do Capital Humano: Mankiw, Romer e Weil (1992) a Fonte: Mankiw, Romer e Weil (1992). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  42. 42. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Novos ”Fatos de Kaldor” (Jones e Romer 2010): 1. Aumento na extens˜o do mercado (via processos de a globaliza¸˜o e urbaniza¸˜o). ca ca 2. Crescimento acelerado (em popula¸˜o e PIB per capita). ca 3. Varia¸˜o em taxas de crescimento (varia¸˜o diretamente ca ca proporcional ` distˆncia da fronteira tecnol´gica mundial). a a o 4. Consider´veis diferen¸as em termos de renda e produtividade a c total dos fatores (PTF). 5. Aumento do capital humano por trabalhador. 6. Estabilidade de longo prazo dos sal´rios relativos (aumento do a capital humano n˜o ´ contrabalan¸ado por um decl´ a e c ınio em seu pre¸o relativo). c Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  43. 43. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Uma primeira possibilidade: institui¸˜es tendem a persistir ao co longo do tempo, afetando desenvolvimento presente. Impactos de longo prazo de institui¸˜es abrem possibilidades co inteiramente novas acerca dos efeitos de eventos hist´ricos o sobre a trajet´ria de crescimento de pa´ o ıses. Problema inicial: como medir a importˆncia de institui¸˜es? a co ` A primeira vista, esta parece uma quest˜o dif´ de responder. a ıcil Quest˜o: afinal, o que s˜o institui¸˜es? a a co Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  44. 44. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Uma defini¸˜o de Douglass North ca (Prˆmio Nobel de Economia de 1993): e ”Institui¸˜es podem ser definidas como restri¸˜es constitu´ co co ıdas a partir da a¸˜o humana que estruturam intera¸˜es pol´ ca co ıticas, econˆmicas e sociais o de uma sociedade. Podem ter tanto um car´ter formal (como as leis e a a Constitui¸˜o Federal, por exemplo) quanto informal (como tradi¸˜es e ca co c´digos de conduta restritos a certos ambientes). As institui¸˜es tendem o co a mudar ao longo do tempo, o que faz com que eventos ocorridos em certa ´poca possam vir a ter efeitos duradouros sobre o presente” (North e 1991, p.97). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  45. 45. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Aproxima¸˜o (proxy ) para Institui¸˜es: taxas de mortalidade ca co de colonizadores (Acemoglu et al. 2001) L´gica do Argumento: o 1. Pa´ com maiores taxas de mortalidade acabaram tendo um ıses processo de coloniza¸˜o predominantemente extrativista e ca predat´rio. o 2. Por outro lado, pa´ com menores taxas passaram por ıses processos de coloniza¸˜o onde colonizadores tentaram refor¸ar ca c condi¸˜es de vida e institui¸˜es da metr´pole. co co o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  46. 46. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Taxas de Mortalidade de Colonizadores e PIB per Capita Pa´ ıses do Mundo, Ano de 1995 Fonte: Acemoglu et al. (2001, Gr´f.1). a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  47. 47. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Risco de Expropria¸˜o e PIB per Capita ca Pa´ ıses do Mundo, Ano de 1995 Fonte: Acemoglu et al. (2001, Gr´f.2). a Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  48. 48. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Fonte: Acemoglu et al. (2001, Tab.3). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  49. 49. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e An´lise de Acemoglu et al. (2001) chama aten¸˜o para a ca importante quest˜o da atualidade (papel das institui¸˜es). a co Mas, esta an´lise n˜o ficou isenta a cr´ a a ıticas de outros economistas. Alguns autores argumentaram que vari´veis geogr´ficas (e.g., a a clima, doen¸as e distˆncia do Equador) tendem a ser mais c a importantes que institui¸˜es (Sachs 2003). co Outros, por sua vez, questionaram a pr´pria constru¸˜o da o ca base de dados empregada por Acemoglu et al. (2001), assim como conclus˜es da´ derivadas (Albouy 2012). o ı Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  50. 50. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Recursos Naturais e PIB per Capita Fonte: Fernand´z-Villaverde (2009). e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  51. 51. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Latitude e PIB per Capita Fonte: Fernand´z-Villaverde (2009). e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  52. 52. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Acesso ao Mar Fonte: Fernand´z-Villaverde (2009). e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  53. 53. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Temperatura e Popula¸˜o, Cidades Americanas ca Fonte: Fernand´z-Villaverde (2009). e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  54. 54. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Uma nova forma de enxergarmos dados de Crescimento Econˆmico: imagens via sat´lite (Henderson, Storeygard e Weil o e 2010). Luzes no Mundo (NASA): Earth’s Electric Nights Vantagem: imagens noturnas da Terra podem funcionar como alternativa a medidas de Produto Interno Bruto (PIB). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  55. 55. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Terra ` Noite (Imagens via Sat´lite) a e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  56. 56. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Estados Unidos ` Noite (Imagens via Sat´lite) a e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  57. 57. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Am´rica do Sul ` Noite (Imagens via Sat´lite) e a e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  58. 58. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Cor´ia do Norte e Cor´ia do Sul (Imagens via Sat´lite) e e e Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  59. 59. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Luzes e PIB Real (Diferen¸as Longas) c Fonte: Henderson et al. (2012). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  60. 60. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Luzes e PIB Real (Resultados Econom´tricos) e Fonte: Henderson et al. (2012). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  61. 61. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Diversos modelos posteriores a Solow tentaram modelar determinantes do progresso t´cnico. e Afinal, como ocorre a dinˆmica de processos de inova¸˜o, a ca pesquisa e tecnologia em uma economia moderna? Economistas tˆm dificuldade em explicar fenˆmeno de e o desacelera¸˜o da produtividade (productivity slowdown). ca Pesquisas recentes apontam para n´ ıtidas mudan¸as nos c processos de descoberta e inova¸˜o nas ultimas d´cadas ca ´ e (Weinberg e Jones 2006; Jones 2009). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  62. 62. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Idade e Inova¸˜o (Evolu¸˜o Temporal) ca ca Fonte: Jones (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  63. 63. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Idade e Inova¸˜o (Prˆmios Nobel e Grandes Inventores) ca e Fonte: Jones (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  64. 64. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Idade e Inova¸˜o (Tendˆncia Temporal para Idade na ”Primeira Inova¸˜o”) ca e ca Fonte: Jones (2010). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  65. 65. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Quest˜o: fatores como corrup¸˜o e criminalidade podem a ca afetar o crescimento de distintas localidades? Evidˆncia parece apontar para uma resposta positiva a esta e quest˜o. a ` A primeira vista, atos de corrup¸˜o parecem atrasar tanto ca crescimento quanto desenvolvimento de pa´ ıses, estados e munic´ ıpios (Mauro 1995; Fisman e Miguel 2006). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  66. 66. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Corrup¸˜o e Crescimento: ´ ca Indice de Eficiˆncia Burocr´tica e a Fonte: Mauro (1995). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  67. 67. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e PIB per Capita e ´ Indice de Eficiˆncia Burocr´tica: Mundo e a Fonte: Mauro (1995). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  68. 68. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Rela¸˜o Investimento-PIB e ´ ca Indice de Eficiˆncia Burocr´tica: Mundo e a Fonte: Mauro (1995). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  69. 69. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Crescimento e ´ Indice de Eficiˆncia Burocr´tica: Mundo e a Fonte: Mauro (1995). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  70. 70. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Teorias de Crescimento Econˆmico foram aplicadas o inicialmente a pa´ ıses. Questionamento Natural: por que n˜o aplicar conhecimentos a e insights dessas teorias a outras localidades (como estados e munic´ ıpios)? Vantagem: estados e munic´ ıpios apresentam melhor adequa¸˜o emp´ ca ırica a algumas hip´teses dos modelos de o crescimento (e.g., mobilidade de fatores). De fato, existe hoje ampla agenda de pesquisa relacionada ao crescimento e desenvolvimento das cidades (Glaeser 2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  71. 71. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Estabilidade da Popula¸˜o ao Longo do Tempo - Cidades Americanas, 1860-2000 ca Fonte: Glaeser et al. (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  72. 72. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Varia¸˜o na Popula¸˜o ao Longo do Tempo - Cidades Americanas, 1860-2000 ca ca Fonte: Glaeser et al. (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  73. 73. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Popula¸˜o e Proximidade dos Grandes Lagos - Cidades Americanas, 1910-1960 ca Fonte: Glaeser et al. (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  74. 74. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Grau Superior e Desemprego - Cidades Americanas, 2000-2010 Fonte: Glaeser et al. (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  75. 75. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Educa¸˜o e Desigualdade - Cidades Americanas, Ano de 2000 ca Fonte: Glaeser et al. (2008). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  76. 76. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Educa¸˜o e Servi¸os (Finan¸as) - Cidades Americanas, Ano de 2000 ca c c Fonte: Glaeser et al. (2008). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  77. 77. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Educa¸˜o e Servi¸os (Tecnologia de Informa¸˜o) ca c ca Cidades Americanas, Ano de 2000 Fonte: Glaeser et al. (2008). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  78. 78. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Educa¸˜o (Parcela da Popula¸˜o com Bacharelado) ca ca Cidades Americanas, 1940-2000 Fonte: Glaeser et al. (2011). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  79. 79. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Assassinatos e Desigualdade - Cidades Americanas, Ano de 2000 Fonte: Glaeser et al. (2008). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  80. 80. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Evidˆncias e Felicidade e Desigualdade - Cidades Americanas, Ano de 2000 Fonte: Glaeser et al. (2008). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  81. 81. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o Nas ultimas d´cadas, aprendemos valiosas li¸˜es relacionadas ´ e co ao crescimento econˆmico de localidades como pa´ o ıses, estados e munic´ ıpios. Conhecimento constru´ revela-se como extremamente ıdo importante e deve ser valorizado. Realidade atual imp˜e novos desafios e oportunidades para o economistas e cientistas sociais aplicados que analisam temas macroeconˆmicos de longo prazo. o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  82. 82. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Conclus˜es o A partir de hoje, dever´ ıamos lembrar que: 1. Institui¸˜es importam (North 1991; Sokoloff e Engerman 2000; co Acemoglu et al. 2001). 2. Hist´ria e Geografia podem exercer impactos permanentes o sobre uma localidade (Sachs 2003; Nunn 2009). 3. Id´ias representam “motor ” do crescimento econˆmico (Jones e e o Romer 2010). 4. Problemas urbanos ser˜o cada vez mais relevantes em uma a economia em desenvolvimento (Glaeser 2011). Ou seja, fatores intang´ ıveis importam em termos econˆmicos. o Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  83. 83. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e ACEMOGLU, D. Economic Growth - Lecture 1 (first half). Manuscrito, Massachussetts Institute of Technology (M.I.T.), Oct.2012, 15p. ACEMOGLU, D. Economic Growth - Lectures 1 (second half), 2 and 3: the Solow Growth Model. Manuscrito, Massachussetts Institute of Technology (M.I.T.), Oct.2012, 88p. ACEMOGLU, D.; JOHNSON, S.; ROBINSON, J.A. The colonial origins of comparative development: an empirical investigation. American Economic Review, v.91, n.3, p.1369-1401, Dec.2001. ALBOUY, D.Y. The colonial origins of comparative development: an empirical investigation: comment. American Economic Review, v.102, n.6, p.3059-3076, Oct.2012. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  84. 84. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e ´ FERNANDEZ-VILLAVERDE, J. Geography, Environment and Climate: the “real” real shocks. Manuscrito, University of Pennsylvania, Dec.2009, 58p. ´ FERNANDEZ-VILLAVERDE, J. Introduction. Manuscrito, University of Pennsylvania, Jan.2013, 40p. FISMAN, R.; MIGUEL, E. Corruption, Norms, and Legal Enforcement: evidence from diplomatic parking lots. Journal of Political Economy, v.115, n.6, p.1020-1048, 2007. GAPMINDER. Gapminder World, 2013. (Dispon´ em: ıvel www.gapminder.org/world/ ) (Acesso em: 16/11/2013). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  85. 85. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e GLAESER, E.L. Os centros urbanos: a maior inven¸˜o da humanidade. Rio de ca Janeiro: Campus/Elsevier, 2011, 333p. GLAESER, E.L.; PONZETTO, G.A.M.; TOBIO, K. Cities, skills and regional change. Harvard University, Mimeo., Mar.2011, 64p. GLAESER, E.L.; RESSEGER, M.G.; TOBIO, K. Inequality in cities. NBER Working Paper n.14419, Oct.2008, 62p. GOOGLE. Google Images, 2013. (Dispon´ em: www.google.com/imghp ) ıvel (Acesso em: 17/11/2013). Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  86. 86. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e HENDERSON, J.V.; STOREYGARD, A.; WEIL, D.N. Measuring economic growth from outer space. American Economic Review, v.102, n.2, p.994-1028, Apr.2012. JONES, B.F. Age and Great Invention. Review of Economics and Statistics, v.92, n.1, p.1-14, 2010. JONES, B.F. The burden of knowledge and the death of the Renaissance man: is innovation getting harder? Review of Economic Studies, v.76, n.1, p.283-317, Jan.2009. JONES, C.I. Introdu¸˜o ` Teoria do Crescimento Econˆmico. Rio de Janeiro: ca a o Elsevier, 2000, 6.ed., 178p. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  87. 87. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e JONES, C.I. Useful Macro Graphs. Manuscrito, Stanford GSB, Apr.2013, 28p. JONES, C.I.; KIM, J. Exploring the dynamics of top income inequality. Manuscrito, Stanford University, Nov.2012, 40p. JONES, C.I.; KLENOW, P.J. Beyond GDP? Welfare across countries and time. Manuscrito, Stanford University, Feb.2011, 68p. JONES, C.I.; ROMER, P.M. The new Kaldor facts: ideas, institutions, population and human capital. American Economic Journal: Macroeconomics, v.2, n.1, p.224-245, Jan.2010. MANKIW, N.G.; ROMER, D.H.; WEIL, D.N. A contribution to the empirics of economic growth. Quarterly Journal of Economics, v.107, n.2, p.407-437, May 1992. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  88. 88. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e MAURO, P. Corruption and growth. Quarterly Journal of Economics, v.110, n.3, p.681-712, Aug.1995. NASA. Earth Observatory, 2013. (Dispon´ em: ıvel www.earthobservatory.nasa.gov ) (Acesso em: 18/11/2013). NUNN, N. The importance of history for economic development. Annual Review of Economics, v.1, p.65-92, 2009. SACHS, J.D. Institutions don’t rule: direct effects of geography on per capita income. NBER Working Paper n.9490, Feb.2003, 12p. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  89. 89. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Referˆncias e SOKOLOFF, K.L.; ENGERMAN, S.L. Institutions, factor endowments and paths of dependence in the New World. Journal of Economic Perspectives, v.14, n.3, p.217-232, Summer 2000. SOLOW, R.M. A contribution to the theory of economic growth. Quarterly Journal of Economics, v.70, n.1, p.65-94, Feb.1956. SOLOW, Robert M. Technical change and the aggregate production function. The Review of Economics and Statistics, v.39, n.3, p.312-320, Aug.1957. WEINBERG, B.A.; JONES, B. The changing age of scientific creativity. The Ohio State University, manuscrito, Feb.2006, 17p. Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013
  90. 90. Motiva¸˜o ca Evidˆncias e Conclus˜es o Referˆncias e Obrigado! Matheus Albergaria de Magalh˜es a matheus.albergaria.magalhaes@gmail.com http://www.sites.google.com/site/malbergariademagalhaes Palestrante: Matheus Albergaria de Magalh˜es a Crescimento, Desenvolvimento e Intang´ ıveis - Parte 1 IV EEES - Novembro de 2013

×