Português 5º ano.fase 2

804 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Português 5º ano.fase 2

  1. 1. Português 5º ano D2, D3, D4, D8, D9, D11, D14
  2. 2. Leia o texto. O menino já estava parado ali no meio- fio havia tempo. Atento, olhando para um lado e para o outro. O dono da banca de jornal, que já estava desde cedo observando o menino, quis saber: _ Por que você não atravessa, meu filho? _ Mamãe disse para eu esperar os automóveis passarem. Até agora não passou nenhum! (Ziraldo. As últimas anedotinhas do Bichinho da Maçã. São Paulo: Melhoramentos, 1988.
  3. 3. D4- 1) Qual era a intenção da mãe do menino ao dizer que ele esperasse os carros passarem?  (A) Deixar o menino parado no meio- fio por um longo tempo.  (B) Prevenir o menino do risco de atravessar a rua com os carros na pista.  (C) Fazer o menino observar os carros na rua desde muito cedo.  (D) Ensinar ao menino como se deve andar nas ruas.
  4. 4. Leia o texto. Junim quebrou o braço e ficou um tempão com o braço na tipoia. Um dia, ele perguntou ao médico: _ Doutor, o senhor acha que depois que eu tirar o gesso eu vou conseguir tocar piano? _ Claro, meu filho _ respondeu o médico. _ Que bom _ disse o Junim._ Antes eu não conseguia de jeito nenhum.Ziraldo. O livro do riso do Menino Maluquinho. 3. ed. São Paulo: Melhoramentos, 2000. p. 57
  5. 5. D4- 2) Na última frase do texto o menino demonstra que (A) sabia tocar vários instrumentos musicais. (B) queria saber tocar piano. (C) não sabia tocar piano (D) Já sabia tocar piano antes de se machucar .
  6. 6. Visita Sobre a minha mesa, na redação do jornal, encontrei – o numa tarde quente de verão. É um inseto que parece um aeroplano de quatro asas translúcidas e gosta de sobrevoar os açudes, os córregos e as poças de água. É um bicho do mato e não da cidade. Mas que fazia ali sobre a minha mesa? Parecia morto, mas notei que movia nervosamente as estranhas e minúsculas mandíbulas. Estava morrendo de sede, talvez pudesse salvá-lo. Peguei-o pelas asas e levei-o até o banheiro. Depois de acomodá-lo a um canto da pia, molhei a mão e deixei que a água pingasse sobre a sua cabeça e suas asas. Permaneceu imóvel. É não tem mais jeito – pensei comigo. Mas eis que ele se estremece todo e move a boca molhada. A água tinha escorrido toda, era preciso arranjar um meio de mantê-la ao seu alcance sem, contudo afogá-lo. A outra pia talvez desse mais jeito. Transferi-o para lá, acomodei-o e voltei para a redação. Mas a memória tomara outro rumo. Lá na minha terra, nosso grupo de meninos chamava esse bicho de macaquinho voador e era diversão nossa caçá-los, amarrá-los com uma linha e deixá-los voar acima de nossa cabeça. Lembrava também do açude na fazenda, onde eles apareciam em formação de esquadrilha e pousavam na água escura,[...] Voltei ao banheiro e em tempo de evitar que o servente o matasse. “Não faça isso com o coitado!” Coitado nada, esse bicho deve causar doença”. Tomei-o da mão do homem e o pus de novo na pia. O homem ficou espantado e saiu, sem saber que laços de afeição e história me ligavam aquele estranho ser. Ajeitei-o, dei-lhe água e voltei ao trabalho. Ferreira Gullar
  7. 7. D8- 3) Ao encontrar um inseto quase morto em sua mesa, o homem (A) tentou protegê-lo levando-o para a pia. (B) encondeu para que ninguém o matasse. (C) pingou água sobre sua cabeça. (D) não lhe deu muita importância.
  8. 8. D3- 4) A expressão “Não faça isso com o coitado!” está se referindo (A) ao jornalista. (B) ao inseto. (C) ao homem. (D) ao animal.
  9. 9. Uniforme escolar: sim ou não? Já foi o tempo das saias azuis e blusas brancas engomadas para as meninas, e das calças de tergal e camisas muitíssimo bem passadas para os meninos. O uniforme escolar de hoje é mais confortável e prático. Porém, muitas crianças o abominam e seu uso deveria ser repensado. Cada um tem seu estilo, seu jeito de ser, de pensar e de se vestir. Sem o uniforme, além de as pessoas ficarem mais bonitas, podem expressar, através da roupa, sua personalidade. “Nem equipes como super-heróis usam uniformes iguais. Por que nós, meros mortais, temos que usar?”, argumenta o aluno Tiago Alves, de uma escola de Brasília. Isso, sem falar no fato de o modelo ser imposto. Os alunos não participam da escolha do uniforme e são obrigados a usá-lo diariamente. Em muitas escolas, aluno sem uniforme volta para casa ou leva ocorrência. Os que consideram importante o uso do uniforme têm como argumento o fato de que, através deles, é fácil identificar os alunos, na entrada e na saída da escola e em excursões. Ora, o uso de crachás ou cartões magnéticos com o nome do aluno e da instituição escolar resolveria a questão. As escolas têm se valido dos uniformes, isto sim, para transformar seus alunos em verdadeiras propagandas ambulantes. Por tudo isso, não aos uniformes! Que prevaleça a livre escolha do que vestir! Texto produzido por uma aluna do 5o ano de uma escola de Brasília.
  10. 10. D11 – 5) Na última frase do texto a aluna (A) fala sobre o uso dos uniformes escolares. (B) uso de saias azuis e blusas brancas engomadas. (C) é contra o uso de uniformes na escola. (D) é a favor que os alunos falem da escola.
  11. 11. D9 –6) Com que finalidade a aluna escreveu o texto? (A) Mostrar a importância dos uniformes. (B) Defender o uso de crachás ou cartões. (C) Opinar sobre a livre escolha no vestir. (D) Expor alternativas de uniformes escolares.
  12. 12. Leia o texto. Um mendigo está sentado na calçada pedindo esmolas. Passa uma velhinha, para e diz a ele: — Tem muita gente boa neste mundo, não é,meu filho? E o mendigo, balançando a cabeça, fala — Tem, sim senhora. Elas só têm um defeito.Nunca têm dinheiro.
  13. 13. D14 – 7) O uso do travessão na terceira linha do texto indica que (A) a velhinha está falando com o mendigo. (B) as pessoas estão falando com a mulher. (C) o mendigo está respondendo a mulher. (D) o mendigo está perguntando as pessoas.
  14. 14. D2 – 8) Quando o mendigo diz “Elas só têm um defeito.Nunca têm dinheiro.” ele está falando (A) das mulheres. (B) das pessoas. (C) das ruas. (D) das velhinhas.
  15. 15. Leia o texto. Os tesouros da selva Antigamente , muitos acreditavam que na selva amazônica existia o Eldorado, uma cidade coberta de ouro e pedras preciosas. Ninguém encontrou o Eldorado, mas é verdade que a Amazônia tem ouro, petróleo e muitas outras riquezas. Uma delas, muito importante, é a biodiversidade: nenhum outro lugar tem tantas plantas e tantos animais selvagens diferentes. Nem tanta água doce! Se pudéssemos derramar os rios, lagos, e lagoas do planeta em cinco baldes gigantescos, um deles ficaria todo cheio só com a água da Amazônia. MELLO, Roberto Homem de. Meu Primeiro Livro da Amazônia. São Paulo: Larousse do Brasil, 2008, p 6-7
  16. 16. D9 – 9) Este texto foi escrito para  (A) divulgar uma notícia.  (B) ensinar a procurar tesouros.  (C) informar sobre um lugar.  (D) orientar sobre lagos e rios.
  17. 17. Leia o texto. Plutão Negro, com os olhos em brasa Bom , fiel e brincalhão, Era a alegria da casa O corajoso Plutão. Fortíssimo, ágil no salto, Era o terror dos caminhos, E duas vezes mais alto Do que seu dono Carlinhos. Jamais à casa chegara Nem a sombra de um ladrão; Pois fazia medo a cara Do destemido Plutão. Porém Carlinhos, rolando Com ele às tontas no chão, Nunca saía chorando Mordido pelo Plutão Olavo Billac
  18. 18. D4- 10) Quem era Plutão?  (A) O cachorro de Carlinhos.  (B) O irmão de Carlinhos.  (C) Um ladrão que chegou à casa.  (D) Um menino valentão da rua.
  19. 19. Matemática  D3, D5, D11, D14, D15, D19, D20, D23, D25, D27.
  20. 20. D3- 1)O jogo do Tangram completo como mostra a figura forma uma figura de 4 lados que é classificada como: •(A) Triangulo •(B) Quadrado •(C)Paralelogramo •(D) Retângulo
  21. 21. D5-2) A figura abaixo representa a letra C. As medidas de todos os lados foram reduzidas pela metade. Qual figura representa a nova letra C?
  22. 22. D27- 3)A tabela mostra o total de visitantes na cidade de Santa Catarina durante as estações do ano. Estações do ano Total de visitantes Verão 1 148 Outono 1 026 Inverno 1 234 Primavera 1 209 A estação do ano com o maior número de visitantes foi A) o inverno. B) o outono. C) a primavera. D) o verão.
  23. 23. D11- 4) Qual o perímetro dessas figuras, sabendo que o lado de cada quadradinho mede 1cm? (A) 22 cm e 24 cm (B) 22 cm e 26 cm (C) 22 cm e 28 cm (D) 22 cm e 32 cm
  24. 24. 5) Paulo comprou o seguinte material escolar: Ao todo, Paulo gastou: (A) R$ 4,00. (B) R$ 4,50. (C) R$ 5,00. (D) R$ 5,50.
  25. 25. D25- 6) Em Belo Horizonte, ontem, a temperatura máxima foi de 28,3 graus e, hoje, é de 26,7 graus. De quantos graus é a diferença entre as duas temperaturas? A) 1,4 grau B) 1,6 grau C) 2,4 graus D) 2,6 graus
  26. 26. D20- 7) Tenho um caderno com 64 folhas e desejo dividi-lo, igualmente, em 4 partes. Quantas folhas terão cada parte? (A) 14 (B) 16 (C) 21 (D) 32
  27. 27. D15- 8) Na biblioteca pública de Cachoeira de Itapemirim – ES, há 112.620 livros. Decompondo esse número nas suas diversas ordens tem-se. (A) 12unidades de milhar, 26 dezenas e2 unidades. (B) 1.126 centenas de milhar e 20 dezenas. (C) 112 unidades de milhar e 620 unidades. (D) 11 dezenas de milhar e 2.620 centenas.
  28. 28. D14-.9)Na reta numérica a seguir, o ponto P representa o número 960 e o ponto U representa o número 1010. Observando a reta diga em qual ponto está localizado o número 990, sabendo que entre um ponto e outro consecutivo são 10 unidades? A) T B) S C) R D) Q
  29. 29. D19-10) Num cinema, há 8 fileiras com 16 poltronas e 10 fileiras com 18 poltronas. O número total de poltronas é (A) 192. (B) 270. (C) 308. (D) 480.
  30. 30. Gabarito Geral  Português  1- B  2- C  3- A  4- B  5- C  6- C  7- A  8- B  9- C  10- A  Matemática  1- B  2- B  3- A  4- C  5- C  6- B  7- B  8- C  9- B  10- C

×