SlideShare uma empresa Scribd logo

O fim do Bom Senso

Este ppt explica muito dos dias de hoje!

1 de 14
Baixar para ler offline
CARO(A) AMIGO(A), É com muita tristeza que lhe participamos o falecimento de um amigo muito querido que se chamava  BOM SENSO …
…  e que viveu muitos e muitos anos entre nós. Ninguém conhecia com precisão a sua idade porque o registo do seu nascimento foi desclassificado há muito tempo, tamanha a sua antiguidade.
Mas lembramo-nos muito bem dele,  principalmente pelas suas lições de vida  como : « O mundo pertence àqueles que se levantam  cedo  » « Não podemos esperar tudo dos outros  » Ou ainda, « O que me acontece pode ser em parte  também por minha culpa  » E também …
O BOM SENSO   só vivia com regras simples e práticas como: « Não gastar mais do que se tem  » e de claros princípios educativos como :  « São os pais quem dão a palavra final  »’
Acontece que, o  BOM SENSO   começou a perder o chão, quando os pais passaram a atacar os professores, que acreditavam ter feito bem o seu trabalho querendo que as crianças aprendessem o respeito e as boas maneiras.
Sabendo que um educador foi afastado ao repreender um aluno por comportamento inconveniente na aula, agravou-se o seu estado de saúde. Deteriorou-se mais ainda, quando as escolas foram obrigadas a ter autorização dos responsáveis, até para um curativo no machucado de um aluno, sequer podiam informar os pais de outros perigos mais graves incorridos pela criança.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (8)

Bom senso
Bom sensoBom senso
Bom senso
 
Bom Senso
Bom SensoBom Senso
Bom Senso
 
A Mensagem Bom Senso
A Mensagem Bom SensoA Mensagem Bom Senso
A Mensagem Bom Senso
 
Bom senso
Bom sensoBom senso
Bom senso
 
Bom senso
Bom sensoBom senso
Bom senso
 
Nota De Falecimento Do Bom Senso Silvia
Nota De Falecimento Do Bom Senso SilviaNota De Falecimento Do Bom Senso Silvia
Nota De Falecimento Do Bom Senso Silvia
 
Bom Senso Rs
Bom Senso RsBom Senso Rs
Bom Senso Rs
 
Bom Senso
Bom SensoBom Senso
Bom Senso
 

Semelhante a O fim do Bom Senso

Nota de falecimento-_bom_senso_da_silva
Nota de falecimento-_bom_senso_da_silvaNota de falecimento-_bom_senso_da_silva
Nota de falecimento-_bom_senso_da_silvaJoshua
 
48411 a mensagem bom senso
48411 a mensagem bom senso48411 a mensagem bom senso
48411 a mensagem bom sensoannamoon7
 
Bom Senso:Nota de falecimento
Bom Senso:Nota de falecimentoBom Senso:Nota de falecimento
Bom Senso:Nota de falecimentoProfCalazans
 
☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..
 ☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..   ☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..
☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚.. BORGES- Borges
 
35465 82474 48411 A Mensagem Bom Senso
35465 82474 48411  A  Mensagem  Bom Senso35465 82474 48411  A  Mensagem  Bom Senso
35465 82474 48411 A Mensagem Bom Sensocarmensilviapontaldi
 
Falecimento do caráter
Falecimento do caráterFalecimento do caráter
Falecimento do caráterNorberSilveira
 
FALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSO
FALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSOFALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSO
FALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSOWashington Ferreira
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimentomestrexy
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimentomestrexy
 
0 falecimento do carater
0    falecimento do carater0    falecimento do carater
0 falecimento do caraterluzberto
 

Semelhante a O fim do Bom Senso (17)

Nota de falecimento
Nota de falecimentoNota de falecimento
Nota de falecimento
 
Nota de falecimento
Nota de falecimentoNota de falecimento
Nota de falecimento
 
Caro Amigo
Caro AmigoCaro Amigo
Caro Amigo
 
Nota de falecimento-_bom_senso_da_silva
Nota de falecimento-_bom_senso_da_silvaNota de falecimento-_bom_senso_da_silva
Nota de falecimento-_bom_senso_da_silva
 
48411 a mensagem bom senso
48411 a mensagem bom senso48411 a mensagem bom senso
48411 a mensagem bom senso
 
Bom Senso:Nota de falecimento
Bom Senso:Nota de falecimentoBom Senso:Nota de falecimento
Bom Senso:Nota de falecimento
 
☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..
 ☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..   ☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..
☺ ☺ ☺ ☺ 퐍퐨퐭퐚 퐝퐞 퐅퐚퐥퐞퐜퐢퐦퐞퐧퐭퐨!!! 퐀퐜퐡퐞퐢 퐅퐚퐧퐭á퐬퐭퐢퐜퐚..
 
Bom senso
Bom sensoBom senso
Bom senso
 
35465 82474 48411 A Mensagem Bom Senso
35465 82474 48411  A  Mensagem  Bom Senso35465 82474 48411  A  Mensagem  Bom Senso
35465 82474 48411 A Mensagem Bom Senso
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimento
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimento
 
Falecimento do caráter
Falecimento do caráterFalecimento do caráter
Falecimento do caráter
 
FALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSO
FALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSOFALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSO
FALECIMENTO DE UM GRANDE AMIGO NOSSO
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimento
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimento
 
Falecimento
FalecimentoFalecimento
Falecimento
 
0 falecimento do carater
0    falecimento do carater0    falecimento do carater
0 falecimento do carater
 

Mais de Luís Miguel Rodrigues

Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...
Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...
Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...Luís Miguel Rodrigues
 
O papel da paróquia na formação dos seus agentes
O papel da paróquia na formação dos seus agentesO papel da paróquia na formação dos seus agentes
O papel da paróquia na formação dos seus agentesLuís Miguel Rodrigues
 
Nova evangelização e cultura digital
Nova evangelização e cultura digitalNova evangelização e cultura digital
Nova evangelização e cultura digitalLuís Miguel Rodrigues
 
CNBB - Diretorio Nancional de Catequese
CNBB - Diretorio Nancional de CatequeseCNBB - Diretorio Nancional de Catequese
CNBB - Diretorio Nancional de CatequeseLuís Miguel Rodrigues
 

Mais de Luís Miguel Rodrigues (20)

Novas competências para dizer a fé
Novas competências para dizer a féNovas competências para dizer a fé
Novas competências para dizer a fé
 
Novos recursos, novas possibilidades
Novos recursos, novas possibilidadesNovos recursos, novas possibilidades
Novos recursos, novas possibilidades
 
O Facebook e Catequese
O Facebook e CatequeseO Facebook e Catequese
O Facebook e Catequese
 
Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...
Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...
Os catequistas da Arquidiocese de Braga aprendem na rede: análise das prática...
 
Natal 2012
Natal 2012Natal 2012
Natal 2012
 
Natal: experiência de Deus
Natal: experiência de DeusNatal: experiência de Deus
Natal: experiência de Deus
 
Qualidade espiritual e sanação
Qualidade espiritual e sanaçãoQualidade espiritual e sanação
Qualidade espiritual e sanação
 
O papel da paróquia na formação dos seus agentes
O papel da paróquia na formação dos seus agentesO papel da paróquia na formação dos seus agentes
O papel da paróquia na formação dos seus agentes
 
Nova evangelização e cultura digital
Nova evangelização e cultura digitalNova evangelização e cultura digital
Nova evangelização e cultura digital
 
Discernimento
DiscernimentoDiscernimento
Discernimento
 
Metodologias de Investigação
Metodologias de InvestigaçãoMetodologias de Investigação
Metodologias de Investigação
 
materias_e_catequese
materias_e_catequesematerias_e_catequese
materias_e_catequese
 
CNBB - Diretorio Nancional de Catequese
CNBB - Diretorio Nancional de CatequeseCNBB - Diretorio Nancional de Catequese
CNBB - Diretorio Nancional de Catequese
 
Atlas - Análise Qualitativa
Atlas - Análise QualitativaAtlas - Análise Qualitativa
Atlas - Análise Qualitativa
 
Mendeley Teaching Presentation
Mendeley Teaching PresentationMendeley Teaching Presentation
Mendeley Teaching Presentation
 
Guimarães e Vizela - 2010
Guimarães e Vizela - 2010Guimarães e Vizela - 2010
Guimarães e Vizela - 2010
 
Gravida No Coração
Gravida No CoraçãoGravida No Coração
Gravida No Coração
 
Para Que Acreditem E Tenham Vida
Para Que Acreditem E Tenham VidaPara Que Acreditem E Tenham Vida
Para Que Acreditem E Tenham Vida
 
The Art Of Blogging
The Art Of BloggingThe Art Of Blogging
The Art Of Blogging
 
Ser Transparente
Ser TransparenteSer Transparente
Ser Transparente
 

Último

Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...excellenceeducaciona
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...excellenceeducaciona
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024excellenceeducaciona
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...azulassessoriaacadem3
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...azulassessoriaacadem3
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...azulassessoriaacadem3
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Mary Alvarenga
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...apoioacademicoead
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...azulassessoriaacadem3
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Jean Carlos Nunes Paixão
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.azulassessoriaacadem3
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;azulassessoriaacadem3
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...azulassessoriaacadem3
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
A hermenêutica jurídica envolve diversos métodos e técnicas interpretativas, ...
 
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
ATIVIDADE 1 - TEORIAS DA ADMINISTRAÇÃO - 51/2024
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
4. Agora para analisar os resultados obtidos, você irá utilizar a classificaç...
 
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
A partir desse panorama, suponha, então, que você foi contratado(a) pela Natu...
 
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
3 – As principais características de cada tendência pedagógica, na ordem: o p...
 
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006Acróstico - Maria da Penha    Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
Acróstico - Maria da Penha Lei nº 11.340, de 7 de agosto de 2006
 
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
Ainda nessa perspectiva, mencione ao menos três desafios associados à aplicaç...
 
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
1. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, calcul...
 
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
Atividades sobre as Fontes Históricas e Patrimônio.
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
1) Cite os componentes que devem fazer parte de uma sessão de treinamento.
 
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
1 – O nome de cada uma das tendências pedagógicas, em ordem cronológica;
 
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
01. Considerando as informações da imagem acima, explique de formas simples e...
 
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
Sobre os princípios da teoria burocrática de Max Weber e com base em suas exp...
 
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoriaAtividade sobre o anacronismo na HIstoria
Atividade sobre o anacronismo na HIstoria
 

O fim do Bom Senso

  • 1. CARO(A) AMIGO(A), É com muita tristeza que lhe participamos o falecimento de um amigo muito querido que se chamava BOM SENSO …
  • 2. … e que viveu muitos e muitos anos entre nós. Ninguém conhecia com precisão a sua idade porque o registo do seu nascimento foi desclassificado há muito tempo, tamanha a sua antiguidade.
  • 3. Mas lembramo-nos muito bem dele, principalmente pelas suas lições de vida como : « O mundo pertence àqueles que se levantam cedo » « Não podemos esperar tudo dos outros » Ou ainda, « O que me acontece pode ser em parte também por minha culpa » E também …
  • 4. O BOM SENSO só vivia com regras simples e práticas como: « Não gastar mais do que se tem  » e de claros princípios educativos como : « São os pais quem dão a palavra final »’
  • 5. Acontece que, o BOM SENSO começou a perder o chão, quando os pais passaram a atacar os professores, que acreditavam ter feito bem o seu trabalho querendo que as crianças aprendessem o respeito e as boas maneiras.
  • 6. Sabendo que um educador foi afastado ao repreender um aluno por comportamento inconveniente na aula, agravou-se o seu estado de saúde. Deteriorou-se mais ainda, quando as escolas foram obrigadas a ter autorização dos responsáveis, até para um curativo no machucado de um aluno, sequer podiam informar os pais de outros perigos mais graves incorridos pela criança.
  • 7. Enfim, o BOM SENSO perdeu a vontade de viver quando percebeu que os ladrões e os criminosos tinham melhor tratamento do que as suas vítimas.
  • 8. Também recebeu fortes golpes morais e físicos, quando a Justiça decidiu que era crime defendermo-nos de algum ladrão na nossa própria casa, enquanto a este último é dada a garantia de poder queixar-se por agressão e atentado à integridade física ...
  • 9. O BOM SENSO perdeu definitivamente toda a confiança e a vontade de viver quando soube que uma mulher, por não perceber que uma xícara de café quente iria queimar-lhe, ao derramá-lo em uma das pernas... Recebeu por isso, uma colossal indenização do fabricante da cafeteira elétrica.
  • 10.
  • 11.
  • 12. Claro que não haverá multidão no seu enterro, porque já não temos muitas pessoas que o conheçam bem, e poucos se darão conta de que ele partiu.
  • 13. Mas, se você ainda se recorda dele, caso queira reavivar a sua lembrança, previna todos os seus amigos do desaparecimento do saudoso BOM SENSO fazendo circular esta comunicação…
  • 14. Senão, não faça nada... deixe tudo como está!!!

Notas do Editor