Carências causadas por
materias presentes no
ambiente
Tipos de contaminação
Contaminação do solo: Os componentes geralmente
envolvidos em contaminação do solo são
hidrocarbone...
Contaminação do ar: Os principais gases poluentes da
atmosfera são: dióxido de carbono, gás
metano, perfluorcarbonetos, ó...
Doenças causadas por
intoxicação
Silicose
 É uma pneumoconiose ( um tipo de pneumonia) causada pela
inalação de pó de sílica, que causa inflamação e nódul...
Tipos de silicose
 Silicose crônica: compromete de forma leve o pulmão, sendo
um estágio inicial.
 Silicose complicada: ...
Tratamento e profilaxia
A silicose não tem cura, sendo que o tratamento tem
como foco administrar e aliviar os
sintomas, ...
Intoxicação por chumbo
 A intoxicação por chumbo pode ocorrer através das três
formas citadas anteriormente, com por exem...
Tratamento e profilaxia
 O tratamento para a intoxicação com chumbo é feito através de
medicamentos, como o ácido dimerca...
Intoxicação de mercúrio
 A intoxicação pelo mercúrio ocorre de diversas formas, como a
água de rios e mares, carne de ani...
Tratamento e Profilaxia
 O tratamento na fase inicial é feita através de lavagem estomacal
uso de laxantes e uso de dimer...
Carências causadas por materias presentes no ambiente
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Carências causadas por materias presentes no ambiente

1.107 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Carências causadas por materias presentes no ambiente

  1. 1. Carências causadas por materias presentes no ambiente
  2. 2. Tipos de contaminação Contaminação do solo: Os componentes geralmente envolvidos em contaminação do solo são hidrocarbonetos, solventes, pesticidas, chumbo e demais metais pesados vindos de pesticidas, águas contaminadas e lixo; Contaminação dos rios: Os principais fatores que levam à poluição dos rios são: esgotos extremamente sujos que caem diretamente nos rios lixos urbanos, como lixo orgânico, detergentes, móveis, entre outros.
  3. 3. Contaminação do ar: Os principais gases poluentes da atmosfera são: dióxido de carbono, gás metano, perfluorcarbonetos, óxido nitroso e hidrofluorcarbonetos.
  4. 4. Doenças causadas por intoxicação
  5. 5. Silicose  É uma pneumoconiose ( um tipo de pneumonia) causada pela inalação de pó de sílica, que causa inflamação e nódulos no pulmões levando o dente a ter baixa oxigenação sanguínea, tontura, fraqueza, falta de ar, e náuseas.  A sílica é o principal elemento da areia usada na fabricação de vidros e cimento; atingindo trabalhadores desde a área da mineração até a construção civil.
  6. 6. Tipos de silicose  Silicose crônica: compromete de forma leve o pulmão, sendo um estágio inicial.  Silicose complicada: é observada a perda de peso, aparecimento de fibrose nos pulmões e falta de ar. Inicia o risco de desenvolver Tuberculose.  Silicose acelerada: surge após exposição intensa. Os sintomas são próximos da Silicose complicada, sendo que desenvolvem doenças autoimunes e artrite reumatóide.  Silicose aguda : O risco de Tuberculose é eminente, o paciente tem uma perda de peso radical e falta de ar constante.
  7. 7. Tratamento e profilaxia A silicose não tem cura, sendo que o tratamento tem como foco administrar e aliviar os sintomas, complicações e evitar infecções respiratórias. O único método de se evitar a silicose é a utilização de EPI’s com máscaras e luvas.
  8. 8. Intoxicação por chumbo  A intoxicação por chumbo pode ocorrer através das três formas citadas anteriormente, com por exemplo: através de água contaminada, poeira em áreas industriais através de alimentos com contato maior com o solo contaminado como hortaliças.  O excesso de chumbo no organismo pode causar uma série de doenças no organismo, pois o chumbo se cristalizar no sangue o que leva desde problemas neurológicos ( como tremor muscular falta de concentração alucinações, amnesia) ate a osteoporose, calculo renal e gastrite.
  9. 9. Tratamento e profilaxia  O tratamento para a intoxicação com chumbo é feito através de medicamentos, como o ácido dimercaptosuceínico, que une-se ao chumbo e permite sua eliminação pela urina.  A prevenção é feita evitando-se tomar bebidas como vinho destilado e whisky “caseiros”, ou contrabandeados (pois contem alto teor de chumbo).  Lavar bem os alimentos.  Evitar colocar objetos metálicos na boca como pilhas no caso de crianças ( e de alguns adultos também).
  10. 10. Intoxicação de mercúrio  A intoxicação pelo mercúrio ocorre de diversas formas, como a água de rios e mares, carne de animais marinhos, e do solo.  O mercúrio concentra-se nos rins, fígado, sangue, medula óssea, intestinos, aparelho respiratório, mucosa bucal, glândulas salivares, cérebro, ossos e pulmões; causando doenças graves em todos ele como por exemplo: bronquite, edema pulmonar, salivação excessiva, gosto metálico na boca, lesões renais, tremores, convulsões, sede, dor abdominal, vômito, diarreia, alucinações, irritabilidade, perda de memória, confusão mental, anormalidades nos reflexos, coma, morte dentre outros.
  11. 11. Tratamento e Profilaxia  O tratamento na fase inicial é feita através de lavagem estomacal uso de laxantes e uso de dimercaprol que consegue eliminar o mercúrio pela urina. Em casos crônicos o paciente deve ser internado para evitar contato com a área contaminada; também devem ser ultilizadas substancias com o mesmo efeito que o dimecaprol.  Para se prevenir a intoxicação é recomendado tomar apenas água tratada, evitar comer carne de peixes carnívoros como: atum, tubarão, cavala e piranha.  Evitar contato manual com o mercúrio principalmente em forma líquida.

×