Ppt intercursos novo

293 visualizações

Publicada em

Apresentação do trabalho Intercursos realizado em parceria com turma de Design de Moda do 6º semestre da Universidade Anhembi Morumbi.

Publicada em: Marketing
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ppt intercursos novo

  1. 1. Século     XXI   Inclusão     Social   Lei  7.899   Integração   Social   (1989)   Incluir   =   Fazer     parte   24%   Apresenta   Deficiência  
  2. 2. ...comprome2mento   do  aparelho   locomotor  que  inclui   o  sistema   osteoar2cular,  o   sistema  muscular  e   o  sistema  nervoso.   (MAFFEI,  2010)   IBGE   5  milhões   Delimitam     o  es2lo  de  vida   e  espaço   territorial   Dificuldade   de  achar   ves2mentas   adequadas  
  3. 3. Exclusão     Social  em  relação     A  moda   Baixa   Autoes2ma   Frustração   Capacidade  de   se  expressar   Acesso  restrito   ao  mercado  de  moda     Devido  as  alterações  Ksicas  e   limitações  de  movimento,   essa  público  possui  medidas   diferenciadas  e  por  isso  não   encontram  roupas   adequadas.  (Grave,  2004)  
  4. 4. Proporciona   Independência  corporal     Facilita  a     Mobilidade  corporal     Fortalece  a  busca  de   autonomia.   Perda  total  ou  parcial  dos   movimentos  e  sensibilidade  dos   membros  inferiores  que  podem  ser   permanentes  ou  temporários.   (OLIVEIRA,  PEDROSO  E  BOTEGA,   1998)    
  5. 5. ATIVIDADES  FÍSICAS  COMO  REABILITAÇÃO  DE  PESSOA  COM  PARAPLEGIA   VIDA   EM   SOCIEDADE   BOM   HUMOR   REDUZ     O   ESTRESSE   AUTOESTIMA   BeneKcios  do  esporte  e  lazer     QUALIDADE FÍSICA  E  DE   VIDA  
  6. 6. Falha  no  segmento  sportswear/lazer  para  pessoas  com  deficiência    e  uma  oportunidade  de  negócio   +   A2vidades     Ksicas   Lazer   11%   Na  prá2ca     De  exercícios   133%   academias   Setor   Espor2vo   Cresceu   mais  que  a   Economia  
  7. 7. Homens  que  pra2cam  a2vidades  Ksicas  e  buscam  por  qualidade  de  vida     Paraplégicos   Ambulante   Faixa  Etária   20-­‐40  anos   Academia   Cinema   A2vidades   ao  ar  livre   A  moda  é   importante     Caimento   E  qualidade   Aparência   E  preço   Nike   Adidas   Osklen   Hering   Levi’s   Calvin  Klein   TNG   Hering  
  8. 8. QUEIXAS     Modelagem     Botões  e  zíperes     Limitação  de   movimentos       VESTUÁRIO   ACESSIBILIDADE   Falta  de  elevadores    e  rampas     Provadores     muito  pequenos     Pequenos  espaços     para  circulação      
  9. 9. Luigi  Bertolli  -­‐  Grupo  GEP   Fundada  em  1985  por  Abraão  Pasmanik   6P’s   Masculino     24:7,  Alfaiataria  e   Weekend.         PRODUTO   Feminino        24:7,  Alfaiataria,   Weekend,  City,  Lab.     PREÇO   Preço  médio     R$100   PRAÇA   Mercado  nacional   50  lojas  no  Brasil   PROMOÇÃO   Newle`ers   Programas  de   fidelidade   Site/Blog   Mídias  Sociais   Propaganda   PESSOAL   Contato  entre   vendedor  e   consumidor  é  sudl  e   não  invasivo.   PDV   -­‐  Abertos  e   convidadvos   -­‐  Sem  vitrine   -­‐  Produtos:    Boa  localização                   de  alcance       -­‐  Ensina  o   consumidor  a   compor  looks   -­‐  Iluminação   aconchegante     -­‐  Mix  de  mobília    
  10. 10. MISCIGENAÇÃO     Marca  estabilizada     no  Brasil   Nome  Italiano   Gerenciada  por    judeus   Modelo:  a   americana  J.Crew   Produtos  desenvolvidos     no  Brasil   Fabricação  nacional  e   internacional     China  e  Índia    
  11. 11.     Modernização     grada2va   Classe  B  e  C   Processo  de     reeducação     dos  seus  clientes   Versá2l  Confiável          Reconhecimento   nacional       Empresa     de  varejo    
  12. 12. Coleção   Masculina   Inspiração  Sportswear  e   Casualwear   Para  homens  com  e  sem  paraplegia.     Fitas   Laterais   Cavas   Maiores   E  Pence  no     joelho   Elásdco   Com   Cordões   Abertura   Bo`ons   Pela  frente   Sarja  Com   Elastano  E   Malhas    
  13. 13. Vídeo   Publicitário  
  14. 14. #hashtag   Instagram   Teaser   E-­‐mail   Mkt  
  15. 15. Treinamento   De   Vendedores   Kit  de     Imprensa   Eventos   de   Lançamento   Paraolimpíadas  
  16. 16. Destaque  na   Entrada   Corner   sinalizado   Cores:   Amarelo  e  Cinza   Cenário  Espordvo     e  uso  de  Acrílico  
  17. 17. O   projeto   2nha   como   principio   assimilar   a   relação   entre   o   moda   e   inclusão   de   pessoas   com   deficiência   do  aparelho  locomotor     Através  de  diversas  formas  de  pesquisas  foi  definido  o   publico   alvo   da   coleção,   sendo   ele   homens   com   paraplegia  e  sem,  na  mesma  faixa  etária  com  es2lo   de  vida  semelhante.     Foi  desenvolvida  uma  coleção  que  traz  do  casual,  com   lazer   e   espor2vo,   com   materiais   mais   leves   que   facilitam   a   transpiração   e   os   movimentos,   confortáveis   e   com   bom   caimento,   tendo   como   obje2vo  facilitar  a  vida  desse  público.     Através   desse   projeto   foi   possível   mostrar   como   a   moda   pode   ser   inclusiva   e   atender   a   públicos   dis2ntos.  
  18. 18. AZEVEDO,  P.  H.;  BARROS,  J.  F.  O  Nível  de  ParBcipação  do  Estado  na  Gestão  do  Esporte   Brasileiro  como  Fator  de  Inclusão  Social  de  Pessoas  Portadoras  de  Deficiência.  R.  bras.  Ci.  e   Mov,  v.  12,  n.  1,  p.  77-­‐84,  2004.   BRUNOZI  AE,  et  al.  Qualidade  de  Vida  na  Lesão  Medular  TraumáBca.  Rev  Neurocienc.  2011.   Disponível  em  <  h`p://www.saocamilo-­‐sp.br/pdf/mundo_saude/93/art07.pdf>  Acesso  em   14  Set.  2014.   FALEIROS,  V.P.  Inclusão  Social  e  Cidadania.  Debates  Sociais.  Rio  de  Janeiro.   Fechio,  et  al.  A  repercussão  da  lesão  medular  na  idenBdade  do  sujeito.  Acta  Fisiátrica.  2009.   Disponível  em  <  h`p://www.actafisiatrica.org.br/detalhe_arBgo.asp?id=120  >  Acesso  em  14   Set.  2014.   FRANÇA,  Inacia  SáBro  Xavier  e  PAGLIUCA,  Lorita  Marlena  Freitag.  Inclusão  social  da  pessoa   com  deficiência:  conquistas,  desafios  e  implicações  para  a  enfermagem.  Ver  Esc  Enferm  USP,   São  Paulo,  2007.  Disponível  em  <h`p://www.scielo.br/pdf/reeusp/v43n1/23.pdf>  Acesso  em   19  Ago.  2014.   GRAVE,  Maria  de  FáBma.  A  Modelagem  sob  a  óBca  da  Ergonomia.  São  Paulo:  Zennex   Publishing,  2004.   IBDD  –  InsBtuto  Brasileiro  dos  Direitos  da  Pessoa  com  Deficiência.  Inclusão  social  da  pessoa   com  deficiência:  medidas  que  fazem  diferença.  Rio  de  Janeiro,  2008.  Ebook.  Disponível  em  <   h`p://periodicos.anhembi.br/arquivos/ebooks/429894.pdf>  Acesso  em  19  Ago.  2014.   IBGE,  Senso  2010.  Disponível  em  <  h`p://www.ibge.gov.br/estadosat/temas.php? sigla=sp&tema=censodemog2010_defic>  Acesso  em  19  Ago.  2014.  

×