O que é deficiência física?(Decreto nº 3.298/99, art. 4º, I)É a alteração completa ou parcial de um ou mais segmentosdo co...
VIDEOFlashes das dificuldades que deficientes       físicos passam no dia-a-dia
Qual tamanho do problema?     No Brasil há 25 milhões de deficientes.                           27% deles são físicos. Ou ...
Qual tamanho do problema?ISSO É O MESMO QUE 84 MARACANÃS LOTADOS                     
OU A POPULAÇÃO DO ESTADO DO MARANHÃO INTEIRO 
Qual tamanho do problema?SÓ EM SÃO PAULO, SÃO 600 MIL PESSOAS.             OU AINDA:                                      
São Paulo e a acessibilidade                      ABNT/CB-40Normas de acessibilidade em edificações, mobiliário, espaços e...
São Paulo e a acessibilidadeEm 2008, a prefeitura investiu na reforma de 600 km de  calçadas da cidade, que ficaram acessí...
São Paulo e a acessibilidade    Frota de 15 mil ônibus, dos quais       35 UNIDADES de táxis adaptados emapenas 3,9 mil (2...
O que pretendemos fazer, então?Facilitar o acesso a cultura e lazer de pessoas com problemade mobilidade. Independente das...
O que pretendemos fazer, então?     emancipação                        mudança postura            liberdade               ...
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
O que encontra-se por aí
A nossa proposta
A nossa propostaAplicativo de geolocalização integrado com facebook
VAMOS GUARDAR ESSE TEXTO. ACHO     DESNECESSÁRIO TER TUDO ESCRITO,             PODEMOS FALAR.O Mexe a Cadeira será um apli...
A nossa proposta       Portadores de deficiências        físicas, especialmente os      dependentes de cadeiras de        ...
A nossa propostatroca de experiências                       entretenimento                   Informação e opção           ...
A nossa proposta
A nossa proposta
A nossa proposta
A nossa proposta
A nossa proposta
A nossa proposta
Estratégia e engajamento          Conteúdo informativo e provocador      Linguagem descontraída, objetiva e abertaPretende...
Estratégia e engajamentoConteúdo influenciadores    Colocar em forma de organograma as    etapas e divisões da comunicação...
Estratégia e engajamentoConteúdo influenciadores Arquiteta sustentável. Luta por um lugar mais acessível para todas as pes...
Estratégia e engajamento       parceiros/patrocinadores Cinemark – passar video antes filmesCatraca Livre – divulgação no ...
Estratégia e engajamentoRoteiroAnimação com viés animado. O filme será feliz, chamando as pessoaspara mudança de postura. ...
Investimento, equipe, prazosOrçamento do vídeoParceirosCampanha com influenciadoresAssessoria de Imprensa – contratação po...
Insight: De onde surgiu a ideia e por que?                           Livro: Feliz Ano Velho                        Autor: ...
Faap mexe a cadeira final-16-ago
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Faap mexe a cadeira final-16-ago

171 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Faap mexe a cadeira final-16-ago

  1. 1. O que é deficiência física?(Decreto nº 3.298/99, art. 4º, I)É a alteração completa ou parcial de um ou mais segmentosdo corpo humano, acarretando o comprometimento da funçãofísica, apresentando-se sob a forma de paraplegia,paraparesia, monoplegia, monoparesia, tetraplegia,tetraparesia, triplegia, triparesia, hemiplegia, hemiparesia,ostomia, amputação ou ausência de membro, paralisiacerebral, nanismo, membros com deformidade congênita ouadquirida, exceto as deformidades estéticas e as que nãoproduzam dificuldades para o desempenho de funções.
  2. 2. VIDEOFlashes das dificuldades que deficientes físicos passam no dia-a-dia
  3. 3. Qual tamanho do problema? No Brasil há 25 milhões de deficientes.  27% deles são físicos. Ou seja, quase 7 milhões de pessoas são deficientes físicos no Brasil.   FONTE: IBGE 2012
  4. 4. Qual tamanho do problema?ISSO É O MESMO QUE 84 MARACANÃS LOTADOS  
  5. 5. OU A POPULAÇÃO DO ESTADO DO MARANHÃO INTEIRO 
  6. 6. Qual tamanho do problema?SÓ EM SÃO PAULO, SÃO 600 MIL PESSOAS. OU AINDA:    
  7. 7. São Paulo e a acessibilidade ABNT/CB-40Normas de acessibilidade em edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. • Catracas acessíveis; • Assentos preferenciais; • Espaço para acompanhante; • Nível de visibilidade adequada a altura da cadeira de rodas; • Inclinação adequada nas calçadas; • Transporte público adaptado; • Espaço em sanitários.
  8. 8. São Paulo e a acessibilidadeEm 2008, a prefeitura investiu na reforma de 600 km de calçadas da cidade, que ficaram acessíveis. (UOL)  Mas existem 30 MIL km de calçadas na capital. (mobilize.org.br)  
  9. 9. São Paulo e a acessibilidade Frota de 15 mil ônibus, dos quais 35 UNIDADES de táxis adaptados emapenas 3,9 mil (26%) são adaptados (IBGE) toda a capital (IBGE)    
  10. 10. O que pretendemos fazer, então?Facilitar o acesso a cultura e lazer de pessoas com problemade mobilidade. Independente das normas atuais ou atuação do governo. Trazer atenção para o problema de acessibilidade em São Paulo para promover uma mudança social com relação aforma com que as pessoas que usam cadeiras de rodas veem seu dia-a-dia e dos órgãos públicos, a quem compete o dever de deixar a cidade mais acessível.
  11. 11. O que pretendemos fazer, então? emancipação mudança postura liberdade direitosCobrança governo igualdade
  12. 12. O que encontra-se por aí
  13. 13. O que encontra-se por aí
  14. 14. O que encontra-se por aí
  15. 15. O que encontra-se por aí
  16. 16. O que encontra-se por aí
  17. 17. O que encontra-se por aí
  18. 18. O que encontra-se por aí
  19. 19. O que encontra-se por aí
  20. 20. O que encontra-se por aí
  21. 21. O que encontra-se por aí
  22. 22. O que encontra-se por aí
  23. 23. O que encontra-se por aí
  24. 24. A nossa proposta
  25. 25. A nossa propostaAplicativo de geolocalização integrado com facebook
  26. 26. VAMOS GUARDAR ESSE TEXTO. ACHO DESNECESSÁRIO TER TUDO ESCRITO, PODEMOS FALAR.O Mexe a Cadeira será um aplicativo de geolocalização baseado naplataforma Foursquare. O usuário deverá baixá-lo a um preço deR$0.99 para poder utilizar. Ele conterá dicas do que fazer e deonde ir em SP. As pessoas que baixarem também poderãocolaborar com dicas, denúncias, etc.Será integrado com uma fanpage no facebook. A fanpage terá afunção de complementar o aplicativo, possibilitando que aspessoas possam dar dicas de onde ir, o que fazer, e nãonecessariamente usar o Mexe a cadeira apenas para consultaropções de lugares para visitar, por exemplo. A fanpage conteráespaço para denúncias e trará engajamento para a causa.
  27. 27. A nossa proposta Portadores de deficiências físicas, especialmente os dependentes de cadeiras de rodas; Da cidade de São Paulo; Entre 15 e 65 anos, e amigos/familiares dessas pessoas.
  28. 28. A nossa propostatroca de experiências entretenimento Informação e opção interatividadedenúncias plataformas integradas cobrança órgãos no 2.0 valor a opinião recomendações cultura
  29. 29. A nossa proposta
  30. 30. A nossa proposta
  31. 31. A nossa proposta
  32. 32. A nossa proposta
  33. 33. A nossa proposta
  34. 34. A nossa proposta
  35. 35. Estratégia e engajamento Conteúdo informativo e provocador Linguagem descontraída, objetiva e abertaPretendemos trazer espírito de mudança nas pessoas queacompanharem nossas plataformas despertando nelas osentimento de inclusão na causa e espírito colaborativo.
  36. 36. Estratégia e engajamentoConteúdo influenciadores Colocar em forma de organograma as etapas e divisões da comunicação. Pegar na DKT...
  37. 37. Estratégia e engajamentoConteúdo influenciadores Arquiteta sustentável. Luta por um lugar mais acessível para todas as pessoas. Thaís Frota http://twitter.com/acessibilidade Marcelo RUbens Paiva – engajado na causa específica dos deficientes, autor reconhecido e tem um livro falando da sua experiência http://blogs.estadao.com.br/marcelo-rubens-paiva/ Mara Gabrilli http://www.maragabrilli.com.br/ Marcelo Iuca http://www.marceloyuka.com.br/ Fernando Fernandes http:/www.fernandofernandeslife.com/blog Soninha Francine – engajada, ativista, conversa com público aberto à mudanças, tem muita visibilidade na rede,
  38. 38. Estratégia e engajamento parceiros/patrocinadores Cinemark – passar video antes filmesCatraca Livre – divulgação no site deles Sesc -
  39. 39. Estratégia e engajamentoRoteiroAnimação com viés animado. O filme será feliz, chamando as pessoaspara mudança de postura. “se você mexe a cadeira você fica feliz”.Você pode escolher entre viver parado e viver mexendo sua cadeirapor aí!Cena 1 – Um depósito de cadeiras, escuro, sombrio. Ambientemelancólico, com as cadeiras amontoadas e algumas quebradas.Cena 2 – De repente, um celular no chão, ao lado de uma das cadeiras,recebe uma notificação do aplicativo do Mexe a Cadeira (com uma dicacultural). Neste momento, um raio de sol entra por uma fresta dodepósito e ilumina o celular e a cadeira.Cena 3 - Após ler a mensagem, a cadeira decide se mexer. Ela vai até aporta do galpão, sai, e encontra outras cadeiras com seus celulares eelas começam a dançar.Assinatura: Quem conhece o Mexe a Cadeira fica assim.
  40. 40. Investimento, equipe, prazosOrçamento do vídeoParceirosCampanha com influenciadoresAssessoria de Imprensa – contratação por 1mêsGoogle AdsOrçamento de campanha – 1 mêsROI E ROEQual retorno que se imagina?50 mil fãs no período de um mês
  41. 41. Insight: De onde surgiu a ideia e por que? Livro: Feliz Ano Velho Autor: Marcelo Rubens Paiva Editora Brasiliense e Objetiva/ Lançado em 1982Chegando no pronto-socorro, percebi que o negócio era sério:maca, oxigênio, enfermeiros, médicos, maca correndo, teto branco, todo mundoolhando, mesa de raio X.— Sente aqui?— Não.— E aqui?— Só acima do pescoço.— Ih, meu deus...

×