SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Baixar para ler offline
Salmos 40:1
“Ele se inclinou
para mim e me
ouviu quando
clamei por socorro.”
O que é clamor?
a) Clamor é súplica.
b) É a expressão do aflito,
de quem precisa de socorro.
c) No nosso caso é a expressão
da alma que deseja voltar a ter
comunhão com Deus.
Quando esse ato é praticado?
a) No início de nossos cultos;
b) No início de qualquer
reunião;
c) Quando vamos consultar ao
Senhor através da Palavra;
d) Se estivermos em uma
reunião de Intercessões,
a primeira oração tem que ser
o clamor, as demais não,
pois já alcançamos comunhão;
e) No nosso dia-a-dia acontecem
situações que podem roubar nossa
comunhão, então, quando percebemos
que estamos “saindo do Espírito”, ou
seja, perdendo a comunhão,
clamamos para que essa comunhão
seja restaurada. Por isso clamamos
pelo Sangue de Jesus, porque o
Sangue de Jesus é o seu Espírito
Santo.
1 Tessalonicenses 5:17
Orai sem cessar.
O que é orar?
a) Orar é falar com Deus.
b) É conversar com O Senhor e
dizer a Ele as nossas necessidades.
c) É pedir ao Pai tudo aquilo
que precisamos para nós.
d) Oração não é reza, porque a
reza é a repetição de uma
coisa que alguém escreveu e
que não tem nada a ver com o
que estamos precisando.
Porque devemos orar?
a) Quando oramos, reconhecemos e
confessamos diante de Deus que
somos dependentes d’Ele.
b) Também estamos nos relacionando
com nosso Pai Eterno. Da mesma
forma como pedimos ao nosso pai,
em nossas casas, aquilo que
queremos ou precisamos, pedimos
ao Senhor, que é nosso Pai, bênçãos
para nossas vidas.
Quando orares, entra no
teu quarto, fecha a porta e
ora ao teu Pai em segredo;
e teu Pai, que vê num lugar
oculto, recompensar-te-á.
Mateus 6:6
1 TIMÓTEO 2:1
Antes de tudo,
recomendo que
se façam ...,
intercessões ...por
todos os homens;
O que é Intercessão?
a) É colocar-se no lugar do
irmão e pedir por sua causa;
b) É pedir pelas necessidades da
Igreja;
c) É pedir pelas necessidades
da nossa família, amigos, etc.
Um exemplo é quando vamos
interceder ao Senhor pelos
motivos do mês.
Ex: Março
Mês das intercessões pelas
Cias e pela Evangelização.
Salmos 86:12
Louvar-te-ei, Senhor
Deus meu, com todo o
meu coração, e
glorificarei o teu nome
para sempre.
a) Glorificar é agradecer.
b) Quando estamos
glorificando, não vamos
pedir nada ao Senhor,
apenas agradecê-lo.
O que é glorificação?
c) Glorificação também
é uma forma de
expressar gratidão ao
Senhor .
Qual a diferença entre
louvar e glorificar?
- O louvor é cantado, é uma poesia
e podemos repetir muitas vezes.
- A glorificação é uma experiência
pessoal de gratidão. É quando
falamos ao Senhor o por que de
estarmos gratos; porque nós
queremos glorificá-lo naquele
momento.
- A glorificação não é
decorada, não é uma poesia
que escrevemos e vamos
dizer todos os dias a mesma
coisa. Glorificar e agradecer
ao Pai, por algo que Ele nos
deu, ou fez por nós ou por
outra pessoa
Tem palavras que não usamos
quando falamos com O Senhor:
- Quando glorificamos ao Senhor, nós
não usamos a palavra “obrigado” ou
“obrigada”. Essa palavra é usada entre
os homens, na troca de favores ou
presentes.
- Quando queremos agradecer ao
Senhor usamos expressões como: “Te
glorificamos”; “Te exaltamos”; “Bendito
seja O Senhor!”; “Louvado seja o
Senhor!” etc.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Vp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da PazVp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da Pazrenatomclopes
 
Tempo para arrepender-se
Tempo para arrepender-seTempo para arrepender-se
Tempo para arrepender-seAlmy Alves
 
1 r.pais advento 2010
1 r.pais advento 20101 r.pais advento 2010
1 r.pais advento 2010upalbergaria
 
O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA! O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA! IBRSNV
 
Arrependimento
ArrependimentoArrependimento
Arrependimentolucena
 
Vp5 Estudo - Promotores da Paz
Vp5 Estudo - Promotores da PazVp5 Estudo - Promotores da Paz
Vp5 Estudo - Promotores da Pazrenatomclopes
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortGustavo Scheffer
 
Os propósitos eternos de deus
Os propósitos eternos de deusOs propósitos eternos de deus
Os propósitos eternos de deushumbertolaranjo
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorGustavo Scheffer
 
Encontro Com Deus
Encontro Com DeusEncontro Com Deus
Encontro Com Deuslucena
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comumGustavo Scheffer
 

Mais procurados (20)

Calendário
CalendárioCalendário
Calendário
 
Vp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da PazVp2 Estudo - Promotores da Paz
Vp2 Estudo - Promotores da Paz
 
Tempo para arrepender-se
Tempo para arrepender-seTempo para arrepender-se
Tempo para arrepender-se
 
Servir a deus com compromisso
Servir a deus com compromissoServir a deus com compromisso
Servir a deus com compromisso
 
A vitória
A vitóriaA vitória
A vitória
 
1 r.pais advento 2010
1 r.pais advento 20101 r.pais advento 2010
1 r.pais advento 2010
 
O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA! O Líder que ADORA!
O Líder que ADORA!
 
Arrependimento
ArrependimentoArrependimento
Arrependimento
 
Vp5 Estudo - Promotores da Paz
Vp5 Estudo - Promotores da PazVp5 Estudo - Promotores da Paz
Vp5 Estudo - Promotores da Paz
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
 
Encontrando o seu lugar de Descanso em Deus
Encontrando o seu lugar de Descanso em DeusEncontrando o seu lugar de Descanso em Deus
Encontrando o seu lugar de Descanso em Deus
 
Quaresma[1]
Quaresma[1]Quaresma[1]
Quaresma[1]
 
Os propósitos eternos de deus
Os propósitos eternos de deusOs propósitos eternos de deus
Os propósitos eternos de deus
 
A fé traduz à razão
A fé traduz à razãoA fé traduz à razão
A fé traduz à razão
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
 
Encontro Com Deus
Encontro Com DeusEncontro Com Deus
Encontro Com Deus
 
A trindade
A trindadeA trindade
A trindade
 
Sunda Portuguese Mass
Sunda Portuguese MassSunda Portuguese Mass
Sunda Portuguese Mass
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
 

Semelhante a Clamor int glorf

Livro Oração Bem Rezar
Livro Oração Bem RezarLivro Oração Bem Rezar
Livro Oração Bem RezarNilson Almeida
 
1490902089novena celebrando-pentecostes
1490902089novena celebrando-pentecostes1490902089novena celebrando-pentecostes
1490902089novena celebrando-pentecostesLucilene G.O. Adonai
 
O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosedbtr
 
ECC PAL.ORAÇÃO.ppt
ECC PAL.ORAÇÃO.pptECC PAL.ORAÇÃO.ppt
ECC PAL.ORAÇÃO.pptSouzaRoberto
 
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficazSegredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficazJuraci Rocha
 
1.oração a respiração da alma- 21.01
1.oração a respiração da alma- 21.011.oração a respiração da alma- 21.01
1.oração a respiração da alma- 21.01Arquiléia Vasconcelos
 
Revista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracaoRevista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracaoiasdca
 
Propósito com a oração.
Propósito com a oração.Propósito com a oração.
Propósito com a oração.Quenia Damata
 
Institutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_orao
Institutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_oraoInstitutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_orao
Institutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_oraoInstituto Teológico Gamaliel
 
EPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptx
EPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptxEPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptx
EPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptxLusEduardo52
 
Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum ano c (1)
Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum  ano c (1)Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum  ano c (1)
Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum ano c (1)José Luiz Silva Pinto
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãobaixarlivros1
 
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +Quenia Damata
 

Semelhante a Clamor int glorf (20)

Iasp liturgia descritiva
Iasp   liturgia descritivaIasp   liturgia descritiva
Iasp liturgia descritiva
 
Livro Oração Bem Rezar
Livro Oração Bem RezarLivro Oração Bem Rezar
Livro Oração Bem Rezar
 
Dp16 a oracao
Dp16 a oracaoDp16 a oracao
Dp16 a oracao
 
O que é oração
O que é oraçãoO que é oração
O que é oração
 
1490902089novena celebrando-pentecostes
1490902089novena celebrando-pentecostes1490902089novena celebrando-pentecostes
1490902089novena celebrando-pentecostes
 
ORAR PELO BRASIL
ORAR PELO BRASIL ORAR PELO BRASIL
ORAR PELO BRASIL
 
O Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversosO Poder da Oração - Autores diversos
O Poder da Oração - Autores diversos
 
ECC PAL.ORAÇÃO.ppt
ECC PAL.ORAÇÃO.pptECC PAL.ORAÇÃO.ppt
ECC PAL.ORAÇÃO.ppt
 
MODULO 4 ensino 03 04 formas
MODULO 4 ensino 03 04 formasMODULO 4 ensino 03 04 formas
MODULO 4 ensino 03 04 formas
 
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficazSegredos de uma oração poderosa e eficaz
Segredos de uma oração poderosa e eficaz
 
1.oração a respiração da alma- 21.01
1.oração a respiração da alma- 21.011.oração a respiração da alma- 21.01
1.oração a respiração da alma- 21.01
 
Revista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracaoRevista reavivados-oracao
Revista reavivados-oracao
 
Propósito com a oração.
Propósito com a oração.Propósito com a oração.
Propósito com a oração.
 
Institutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_orao
Institutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_oraoInstitutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_orao
Institutogamaliel.com 12 coisas-que_voc_precisa_saber_sobre_a_orao
 
JORMI - Jornal Missionário n° 58
JORMI - Jornal Missionário n° 58JORMI - Jornal Missionário n° 58
JORMI - Jornal Missionário n° 58
 
EPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptx
EPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptxEPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptx
EPF 15 DE MAIO MÚSICA E ARTES.pptx
 
Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum ano c (1)
Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum  ano c (1)Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum  ano c (1)
Roteiro homilético do 17.º domingo do tempo comum ano c (1)
 
A prece
A preceA prece
A prece
 
Praticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oraçãoPraticando os cinco tipos de oração
Praticando os cinco tipos de oração
 
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
O adolescente e a oração - lição 07 - Adolescer +
 

Último

Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...silvana30986
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxCelso Napoleon
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaWillemarSousa1
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoRicardo Azevedo
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptxhenrygabrielsilvarib
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José OperárioNilson Almeida
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EMicheleRosa39
 
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JAhenrygabrielsilvarib
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxSebastioFerreira34
 

Último (10)

Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.pptFluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
Fluido Cósmico Universal e Perispírito.ppt
 
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus:  Verdadeira Pureza , ...
Bem aventurados os puros de coração, pois verão a Deus: Verdadeira Pureza , ...
 
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptxLição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
Lição 3 - O céu - o Destino do Cristão.pptx
 
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semanaLIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
LIÇÕES - PG my life usar uma vez por semana
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 129 - Ao partir do pão
 
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
2024 - PPT_Sermֶo 01 - Quartas de Poder - PT.pptx
 
10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário10 Orações Para Honrar São José Operário
10 Orações Para Honrar São José Operário
 
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 EGÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
GÊNESIS A-2.pptx ESTUDO INTEGRADO DE CAPITULO 1 E
 
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
07 - SINAIS DA VOLTA DE JESUS.ppt.IASD>JA
 
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptxGestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
Gestos e Posturas na Santa Missa_20240414_055304_0000.pptx
 

Clamor int glorf

  • 1.
  • 3. “Ele se inclinou para mim e me ouviu quando clamei por socorro.”
  • 4. O que é clamor? a) Clamor é súplica. b) É a expressão do aflito, de quem precisa de socorro. c) No nosso caso é a expressão da alma que deseja voltar a ter comunhão com Deus.
  • 5. Quando esse ato é praticado? a) No início de nossos cultos; b) No início de qualquer reunião; c) Quando vamos consultar ao Senhor através da Palavra;
  • 6. d) Se estivermos em uma reunião de Intercessões, a primeira oração tem que ser o clamor, as demais não, pois já alcançamos comunhão;
  • 7. e) No nosso dia-a-dia acontecem situações que podem roubar nossa comunhão, então, quando percebemos que estamos “saindo do Espírito”, ou seja, perdendo a comunhão, clamamos para que essa comunhão seja restaurada. Por isso clamamos pelo Sangue de Jesus, porque o Sangue de Jesus é o seu Espírito Santo.
  • 10. O que é orar? a) Orar é falar com Deus. b) É conversar com O Senhor e dizer a Ele as nossas necessidades. c) É pedir ao Pai tudo aquilo que precisamos para nós.
  • 11. d) Oração não é reza, porque a reza é a repetição de uma coisa que alguém escreveu e que não tem nada a ver com o que estamos precisando.
  • 12. Porque devemos orar? a) Quando oramos, reconhecemos e confessamos diante de Deus que somos dependentes d’Ele. b) Também estamos nos relacionando com nosso Pai Eterno. Da mesma forma como pedimos ao nosso pai, em nossas casas, aquilo que queremos ou precisamos, pedimos ao Senhor, que é nosso Pai, bênçãos para nossas vidas.
  • 13. Quando orares, entra no teu quarto, fecha a porta e ora ao teu Pai em segredo; e teu Pai, que vê num lugar oculto, recompensar-te-á. Mateus 6:6
  • 15. Antes de tudo, recomendo que se façam ..., intercessões ...por todos os homens;
  • 16. O que é Intercessão? a) É colocar-se no lugar do irmão e pedir por sua causa; b) É pedir pelas necessidades da Igreja; c) É pedir pelas necessidades da nossa família, amigos, etc.
  • 17. Um exemplo é quando vamos interceder ao Senhor pelos motivos do mês. Ex: Março Mês das intercessões pelas Cias e pela Evangelização.
  • 19. Louvar-te-ei, Senhor Deus meu, com todo o meu coração, e glorificarei o teu nome para sempre.
  • 20. a) Glorificar é agradecer. b) Quando estamos glorificando, não vamos pedir nada ao Senhor, apenas agradecê-lo. O que é glorificação?
  • 21. c) Glorificação também é uma forma de expressar gratidão ao Senhor .
  • 22. Qual a diferença entre louvar e glorificar? - O louvor é cantado, é uma poesia e podemos repetir muitas vezes. - A glorificação é uma experiência pessoal de gratidão. É quando falamos ao Senhor o por que de estarmos gratos; porque nós queremos glorificá-lo naquele momento.
  • 23. - A glorificação não é decorada, não é uma poesia que escrevemos e vamos dizer todos os dias a mesma coisa. Glorificar e agradecer ao Pai, por algo que Ele nos deu, ou fez por nós ou por outra pessoa
  • 24. Tem palavras que não usamos quando falamos com O Senhor: - Quando glorificamos ao Senhor, nós não usamos a palavra “obrigado” ou “obrigada”. Essa palavra é usada entre os homens, na troca de favores ou presentes. - Quando queremos agradecer ao Senhor usamos expressões como: “Te glorificamos”; “Te exaltamos”; “Bendito seja O Senhor!”; “Louvado seja o Senhor!” etc.