SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
A Vitória
É comum ouvir algumas pessoas dizerem: “Oro tanto a Deus,
pedindo que aconteça bênção que estou esperando, e nada acontece”.
Na Bíblia Sagrada encontramos diversos versículos que falam sobre
esse assunto; mas, existe um em particular que traz uma resposta
satisfatória.
Epístola de Tiago 4:3
Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos
prazeres.
Muitas vezes pedimos apenas para o nosso bel prazer; em outros
casos a nossa vida não condiz com o Evangelho, o que causa um
travamento naquilo que esperamos. Infelizmente, pensamos que estamos
de acordo com o padrão do Senhor, e nos enganamos. De maneira que
não mantemos uma intima comunhão com Deus.
Jeremias 17:9
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisa, e desesperadamente
corrupto; quem o conhecerá?
Para ter vitória existem três pontos importantes, que veremos nos
versículos seguintes.
João 14:12-13-14-15
12 – Em verdade, em verdade vos digo que aquele que “crê” em mim
fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque vou
para junto do meu Pai.
13 – E tudo quanto pedirdes em “meu nome”, isso farei, a fim de que o
Pai seja glorificado no Filho.
14 – Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.
15 – Se me “amais”, guardareis os meus mandamentos.
Notoriamente estamos diante de três condições vitais para receber
aquilo que necessitamos:
1. Crê;
2. Nome de Jesus;
3. Amar.
Primeiro – Crê
Que é ter confiança; considerar possível; considerar verdadeiro.
Normalmente uma boa parte das pessoas dizem que creem em
Deus e entregam tudo para que Ele resolva. Mas, ao mesmo tempo,
buscam medianeiros e medianeiras que chamam de santos, e pagam
promessa a essas entidades pagãs.
Dento dos seus corações dizem que o Senhor determinará uma
vitória, e em outra esfera, recorrem a terceiros para que possam dar uma
mão de ajuda a Deus; o que é uma doutrina bestial, ensinada por uma
organização religiosa que não tem compromisso com a felicidade e
salvação do ser humano.
Segundo – Em nome de Jesus.
O Senhor Jesus humanizou-se para regatar o valor perdido através
do pecado original do homem. Não existe outro ser no céu ou na terra
pelo qual devamos recorrer. E como acontece no primeiro caso que
citamos a cima; descompromissadamente os pecadores tendem a fazer
petições em nome de Jesus, e no momento seguinte buscarem Maria,
José, Pedro e etc.
I Aos Coríntios 3:11
Porque ninguém pode por outro fundamento além do que já está porto,
qual é Jesus Cristo.
Fundamento é a base de sustentação de qualquer estrutura, e no
âmbito espiritual está totalmente voltado para Jesus.
Terceiro – Amar a Deus
Tem pessoas que dizem amar a Deus, mas não dispensam a paixão
leviana pela idolatria, imagem de escultura, misticismo e outros rituais
malignos implantados pela “Nova Era”. Vulgarmente posso dizer que:
“Acendem uma vela para Deus e outra para o diabo”. Um verdadeiro amor
leviano.
Imagine se você alugasse um quarto da sua residência para o seu
pior inimigo. Seria uma loucura; tendo em vista que durante todo tempo
você cruzaria com ele na cozinha, sala, banheiro e todas as dependências
da sua habitação. Dessa forma acontece com os pecadores que desejam o
Senhor, mas não dispensam a comunhão com o diabo.
Para se ter completo sucesso é imprescindível, amar a Deus sobre
todas as coisas.
Mateus 22:37
37 - Disse Jesus: Amará o Senhor, o teu Deus, de todo o teu coração, de
toda a tua alma e de todo o teu entendimento.
38 – Este é o primeiro e grande mandamento.
Notoriamente amar a Deus é o principio de toda sabedoria e
intimidade para uma vida intima com Ele; o que promoverá grande vitoria
no mundo presente. Salientando que ninguém de se entregar a o amor
Divinal com o interesse material, e sim, por prazer no criador do universo.
Por fim, para receber e permanecer na bênção, temos que ser
perseverante. Isso é: Permanecer na presença do Senhor, em toda e
qualquer situação.
Epistola de Paulo aos Romanos 12:12
Regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração,
perseverante.
Tudo na natureza exige um tempo de espera para chegar à
maturidade.
 Gerar uma vida;
 Germinar um fruto;
 O ciclo o sol;
 As estações.
Ora, se a vida é feita de uma espera para que os elementos tomem
os seus devidos lugares; temos que seguir esse exemplo e deixar que cada
situação se resolva ao seu devido tempo.
Um exemplo de confiança no Senhor foi citado pelo salmista,
quando colocou a sua fé em ação e teve a certeza que tudo seria
resolvido.
Salmo 40:1
Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o
meu clamor.
Mostra que aqueles confiantes em Deus, jamais voltam
decepcionados e de mãos vazias. Então que possamos perseverar na
Palavra para que assim sejamos como a Igreja Primitiva que se
fundamentavam na doutrina, comunhão, oração e partir do pão.
Atos dos Apóstolos 2:42
E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do
pão e nas orações.
Que o Evangelho do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, nos leve
a grandes vitórias na terra.
Presbítero Robson Colaço de Lucena
OTPB – 2219 – Ordem dos Teólogos e Pastores do Brasil
Missão América

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A Certeza da Salvação
A Certeza da SalvaçãoA Certeza da Salvação
A Certeza da SalvaçãoRJBITENCOURT
 
Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.Márcio Martins
 
Sê o exemplo
Sê o exemploSê o exemplo
Sê o exemploADPC109
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravaçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravaçãoDr. Paulo Lis
 
O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?
O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?
O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?O ÚLTIMO CHAMADO
 
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano AJosé Lima
 
Segunda carta de Paulo aos corintios 5
Segunda carta de Paulo aos corintios 5Segunda carta de Paulo aos corintios 5
Segunda carta de Paulo aos corintios 5Elva Judy Nieri
 
Série conhecendo o espirito santo 7
Série conhecendo o espirito santo 7Série conhecendo o espirito santo 7
Série conhecendo o espirito santo 7Evandro Cruz
 
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2Mensagens Virtuais
 
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis! A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis! Dennis Edwards
 
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaLição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaErberson Pinheiro
 
Romanos 8 (parte -1)
Romanos   8 (parte -1)Romanos   8 (parte -1)
Romanos 8 (parte -1)Joel Silva
 
Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.felipe_higa
 
Vivendo pela fé_1112015_GGR
Vivendo pela fé_1112015_GGRVivendo pela fé_1112015_GGR
Vivendo pela fé_1112015_GGRGerson G. Ramos
 

Mais procurados (20)

A Certeza da Salvação
A Certeza da SalvaçãoA Certeza da Salvação
A Certeza da Salvação
 
Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.Fidelidade Firmes na Fé.
Fidelidade Firmes na Fé.
 
Sê o exemplo
Sê o exemploSê o exemplo
Sê o exemplo
 
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravaçãoCURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
CURSO BIBLICO A Doutrina da Salvação Aula 1 depravação
 
A justiça divina
A justiça divinaA justiça divina
A justiça divina
 
O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?
O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?
O QUE PRECISO FAZER PARA SER SALVO?
 
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano ALeituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
Leituras: 32º Domingo do Tempo Comum - Ano A
 
O que devo fazer para ser salvo?
O que devo fazer para ser salvo?O que devo fazer para ser salvo?
O que devo fazer para ser salvo?
 
Segunda carta de Paulo aos corintios 5
Segunda carta de Paulo aos corintios 5Segunda carta de Paulo aos corintios 5
Segunda carta de Paulo aos corintios 5
 
Série conhecendo o espirito santo 7
Série conhecendo o espirito santo 7Série conhecendo o espirito santo 7
Série conhecendo o espirito santo 7
 
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
Segunda carta do Aposto Paulo aos 2
 
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis! A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
A Guerra Espiritual:Como Superar Nestes Tempos Difíceis!
 
Dom do Espírito Santo
Dom do Espírito SantoDom do Espírito Santo
Dom do Espírito Santo
 
Altamente Favorecido no Amado!
Altamente Favorecido no Amado!Altamente Favorecido no Amado!
Altamente Favorecido no Amado!
 
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei DivinaLição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
Lição 12 - Quem Ama Cumpre Plenamente a Lei Divina
 
Romanos 8 (parte -1)
Romanos   8 (parte -1)Romanos   8 (parte -1)
Romanos 8 (parte -1)
 
Plano salvação
Plano salvaçãoPlano salvação
Plano salvação
 
A certeza da salvacao 03072011
A certeza da salvacao 03072011A certeza da salvacao 03072011
A certeza da salvacao 03072011
 
Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.Reflexão nº 15, revisada.
Reflexão nº 15, revisada.
 
Vivendo pela fé_1112015_GGR
Vivendo pela fé_1112015_GGRVivendo pela fé_1112015_GGR
Vivendo pela fé_1112015_GGR
 

Destaque

Destaque (20)

Taller!
Taller!Taller!
Taller!
 
C&G1
C&G1C&G1
C&G1
 
Embarazo adolescente
Embarazo adolescenteEmbarazo adolescente
Embarazo adolescente
 
10874 transformación de subproductos del maíz en abonos organicos
10874 transformación de subproductos del maíz en abonos organicos10874 transformación de subproductos del maíz en abonos organicos
10874 transformación de subproductos del maíz en abonos organicos
 
Formato proyecto 38198
Formato proyecto 38198Formato proyecto 38198
Formato proyecto 38198
 
38172 fomentando valores
38172 fomentando valores38172 fomentando valores
38172 fomentando valores
 
Metodologías ágiles
Metodologías ágilesMetodologías ágiles
Metodologías ágiles
 
Ielts08042015
Ielts08042015Ielts08042015
Ielts08042015
 
As Medusas
As MedusasAs Medusas
As Medusas
 
Kerri Lewis Logo
Kerri Lewis LogoKerri Lewis Logo
Kerri Lewis Logo
 
Seminar Fuhrung
Seminar FuhrungSeminar Fuhrung
Seminar Fuhrung
 
Business Card (back)
Business Card (back)Business Card (back)
Business Card (back)
 
PMI-PMP-Ex2017
PMI-PMP-Ex2017PMI-PMP-Ex2017
PMI-PMP-Ex2017
 
NVQ L5 certificate & modules 2
NVQ L5 certificate & modules 2NVQ L5 certificate & modules 2
NVQ L5 certificate & modules 2
 
Notas secc 04
Notas  secc 04Notas  secc 04
Notas secc 04
 
4
44
4
 
17236 aprendo ingles interactuando con las tic
17236   aprendo ingles interactuando con las tic17236   aprendo ingles interactuando con las tic
17236 aprendo ingles interactuando con las tic
 
Yulida
YulidaYulida
Yulida
 
Interempresas Main Draw Horarios 5° fecha - 11 de agosto
Interempresas Main Draw Horarios  5° fecha - 11 de agostoInterempresas Main Draw Horarios  5° fecha - 11 de agosto
Interempresas Main Draw Horarios 5° fecha - 11 de agosto
 
Heart Fit
Heart FitHeart Fit
Heart Fit
 

Semelhante a A vitória

EBJ - Encontro 27/05/2012
EBJ - Encontro 27/05/2012EBJ - Encontro 27/05/2012
EBJ - Encontro 27/05/2012EBJ IPBCP
 
R. r. soares como tomar posse da bênção
R. r. soares   como tomar posse da bênçãoR. r. soares   como tomar posse da bênção
R. r. soares como tomar posse da bênçãoWagner Santos Fernandes
 
Como ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudoComo ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudojb1955
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRGerson G. Ramos
 
7 tipos de oração que Deus não ouve.docx
7 tipos de oração que Deus não ouve.docx7 tipos de oração que Deus não ouve.docx
7 tipos de oração que Deus não ouve.docxDomSidoBBQ
 
É possível ser santo
É possível ser santoÉ possível ser santo
É possível ser santojb1955
 
Folheto Cristão
Folheto CristãoFolheto Cristão
Folheto Cristãoibramada
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83Almir Rodrigues
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Quenia Damata
 
Demonização da Santificação?!!!
Demonização da Santificação?!!!Demonização da Santificação?!!!
Demonização da Santificação?!!!Silvio Dutra
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
 [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração... [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...José Carlos Polozi
 

Semelhante a A vitória (20)

EBJ - Encontro 27/05/2012
EBJ - Encontro 27/05/2012EBJ - Encontro 27/05/2012
EBJ - Encontro 27/05/2012
 
R. r. soares como tomar posse da bênção
R. r. soares   como tomar posse da bênçãoR. r. soares   como tomar posse da bênção
R. r. soares como tomar posse da bênção
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
 
Como ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudoComo ser fiel em tudo
Como ser fiel em tudo
 
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGRLição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
Lição 1112016_O que Pedro disse sobre o grande conflito_GGR
 
Vós Orareis Assim...
Vós Orareis Assim...Vós Orareis Assim...
Vós Orareis Assim...
 
7 tipos de oração que Deus não ouve.docx
7 tipos de oração que Deus não ouve.docx7 tipos de oração que Deus não ouve.docx
7 tipos de oração que Deus não ouve.docx
 
É possível ser santo
É possível ser santoÉ possível ser santo
É possível ser santo
 
Folheto Cristão
Folheto CristãoFolheto Cristão
Folheto Cristão
 
Conhecendo a vontade positiva de deus
Conhecendo a vontade positiva de deusConhecendo a vontade positiva de deus
Conhecendo a vontade positiva de deus
 
A Decisão
A DecisãoA Decisão
A Decisão
 
JORMI - Jornal Missionário nº 83
JORMI -  Jornal Missionário nº 83JORMI -  Jornal Missionário nº 83
JORMI - Jornal Missionário nº 83
 
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
Adolescer +, O adolescente e a santificação, lição 9
 
Fé e obras
Fé e obrasFé e obras
Fé e obras
 
Demonização da Santificação?!!!
Demonização da Santificação?!!!Demonização da Santificação?!!!
Demonização da Santificação?!!!
 
Fp.3.1-11
Fp.3.1-11Fp.3.1-11
Fp.3.1-11
 
Notícias gospel
Notícias gospelNotícias gospel
Notícias gospel
 
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
 [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração... [EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
[EBD Maranata] Revista O Poder e o Ministério da Oração | Lição 9 - A oração...
 
01 -em_busca_de_deus
01  -em_busca_de_deus01  -em_busca_de_deus
01 -em_busca_de_deus
 
10 coisas que todo católico deve saber
10 coisas que todo católico deve saber10 coisas que todo católico deve saber
10 coisas que todo católico deve saber
 

Mais de Pastor Robson Colaço

Sentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdf
Sentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdfSentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdf
Sentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdfPastor Robson Colaço
 
Distante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdf
Distante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdfDistante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdf
Distante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdfPastor Robson Colaço
 
Grato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdf
Grato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdfGrato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdf
Grato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdfPastor Robson Colaço
 
Amor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdf
Amor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdfAmor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdf
Amor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdfPastor Robson Colaço
 
Devaneio Excessivo - O grande Desafio.pdf
Devaneio Excessivo - O grande Desafio.pdfDevaneio Excessivo - O grande Desafio.pdf
Devaneio Excessivo - O grande Desafio.pdfPastor Robson Colaço
 
Adoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdf
Adoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdfAdoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdf
Adoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdfPastor Robson Colaço
 
Amor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdf
Amor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdfAmor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdf
Amor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdfPastor Robson Colaço
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdfVisto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdfPastor Robson Colaço
 
Novo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdf
Novo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdfNovo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdf
Novo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdfPastor Robson Colaço
 
Curso de Evangelismo e Missões Grátis. Gpdf
Curso de Evangelismo e Missões Grátis. GpdfCurso de Evangelismo e Missões Grátis. Gpdf
Curso de Evangelismo e Missões Grátis. GpdfPastor Robson Colaço
 
Os Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdf
Os Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdfOs Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdf
Os Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdfPastor Robson Colaço
 
Romantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdf
Romantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdfRomantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdf
Romantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdfPastor Robson Colaço
 
Troca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdf
Troca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdfTroca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdf
Troca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdfPastor Robson Colaço
 
Ataque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdf
Ataque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdfAtaque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdf
Ataque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdfPastor Robson Colaço
 
Responda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdf
Responda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdfResponda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdf
Responda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdfPastor Robson Colaço
 
Os Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdf
Os Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdfOs Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdf
Os Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdfPastor Robson Colaço
 
Ménage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptx
Ménage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptxMénage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptx
Ménage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptxPastor Robson Colaço
 
Fantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdf
Fantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdfFantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdf
Fantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdfPastor Robson Colaço
 

Mais de Pastor Robson Colaço (20)

Sentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdf
Sentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdfSentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdf
Sentimentos de Uma Mulher Casada - Conhecendo Elas.pdf
 
Distante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdf
Distante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdfDistante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdf
Distante de Deus - Um mundo vivendo a utopia.pdf
 
Grato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdf
Grato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdfGrato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdf
Grato a Deus Por Todas as Dádivas Derramadas.pdf
 
Amor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdf
Amor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdfAmor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdf
Amor ou Temor, Como Devermos Servir a Deus?.pdf
 
Devaneio Excessivo - O grande Desafio.pdf
Devaneio Excessivo - O grande Desafio.pdfDevaneio Excessivo - O grande Desafio.pdf
Devaneio Excessivo - O grande Desafio.pdf
 
Adoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdf
Adoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdfAdoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdf
Adoração Inversa - Adorando a Deus em Espírito e Verdade.pdf
 
Amor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdf
Amor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdfAmor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdf
Amor & Sexo - Romance Com Histórias de Amor .pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdfVisto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
Visto Por Deus, Como Realmente Somos.pdf
 
Novo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdf
Novo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdfNovo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdf
Novo Curso Capelanias - Para Sua Edificação.pdf
 
Curso de Evangelismo e Missões Grátis. Gpdf
Curso de Evangelismo e Missões Grátis. GpdfCurso de Evangelismo e Missões Grátis. Gpdf
Curso de Evangelismo e Missões Grátis. Gpdf
 
Os Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdf
Os Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdfOs Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdf
Os Quatro Fundamentos do Pecado Nos Dias Atuais.pdf
 
Romantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdf
Romantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdfRomantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdf
Romantizando com o diabo - Um Amor Roxo.pdf
 
Troca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdf
Troca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdfTroca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdf
Troca de Casais Swing. - Um prazer proibido.pdf
 
Ataque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdf
Ataque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdfAtaque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdf
Ataque e Síndrome de Pânico na Atualidade .pdf
 
Responda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdf
Responda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdfResponda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdf
Responda - É Certo o cristão brincarbre o carnaval.pdf
 
Os Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdf
Os Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdfOs Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdf
Os Covardes não herdarão o Reino de Deus.pdf
 
Ménage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptx
Ménage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptxMénage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptx
Ménage à Trois - Uma Perspectiva Ultrajante No Século XXI.pptx
 
Fantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdf
Fantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdfFantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdf
Fantasias Com Outro homem - Alorgasmia.pdf
 

A vitória

  • 1. A Vitória É comum ouvir algumas pessoas dizerem: “Oro tanto a Deus, pedindo que aconteça bênção que estou esperando, e nada acontece”. Na Bíblia Sagrada encontramos diversos versículos que falam sobre esse assunto; mas, existe um em particular que traz uma resposta satisfatória. Epístola de Tiago 4:3 Pedis e não recebeis, porque pedis mal, para esbanjardes em vossos prazeres. Muitas vezes pedimos apenas para o nosso bel prazer; em outros casos a nossa vida não condiz com o Evangelho, o que causa um travamento naquilo que esperamos. Infelizmente, pensamos que estamos de acordo com o padrão do Senhor, e nos enganamos. De maneira que não mantemos uma intima comunhão com Deus. Jeremias 17:9 Enganoso é o coração, mais do que todas as coisa, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá? Para ter vitória existem três pontos importantes, que veremos nos versículos seguintes. João 14:12-13-14-15 12 – Em verdade, em verdade vos digo que aquele que “crê” em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque vou para junto do meu Pai. 13 – E tudo quanto pedirdes em “meu nome”, isso farei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. 14 – Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei. 15 – Se me “amais”, guardareis os meus mandamentos. Notoriamente estamos diante de três condições vitais para receber aquilo que necessitamos: 1. Crê; 2. Nome de Jesus; 3. Amar. Primeiro – Crê Que é ter confiança; considerar possível; considerar verdadeiro. Normalmente uma boa parte das pessoas dizem que creem em Deus e entregam tudo para que Ele resolva. Mas, ao mesmo tempo, buscam medianeiros e medianeiras que chamam de santos, e pagam promessa a essas entidades pagãs.
  • 2. Dento dos seus corações dizem que o Senhor determinará uma vitória, e em outra esfera, recorrem a terceiros para que possam dar uma mão de ajuda a Deus; o que é uma doutrina bestial, ensinada por uma organização religiosa que não tem compromisso com a felicidade e salvação do ser humano. Segundo – Em nome de Jesus. O Senhor Jesus humanizou-se para regatar o valor perdido através do pecado original do homem. Não existe outro ser no céu ou na terra pelo qual devamos recorrer. E como acontece no primeiro caso que citamos a cima; descompromissadamente os pecadores tendem a fazer petições em nome de Jesus, e no momento seguinte buscarem Maria, José, Pedro e etc. I Aos Coríntios 3:11 Porque ninguém pode por outro fundamento além do que já está porto, qual é Jesus Cristo. Fundamento é a base de sustentação de qualquer estrutura, e no âmbito espiritual está totalmente voltado para Jesus. Terceiro – Amar a Deus Tem pessoas que dizem amar a Deus, mas não dispensam a paixão leviana pela idolatria, imagem de escultura, misticismo e outros rituais malignos implantados pela “Nova Era”. Vulgarmente posso dizer que: “Acendem uma vela para Deus e outra para o diabo”. Um verdadeiro amor leviano. Imagine se você alugasse um quarto da sua residência para o seu pior inimigo. Seria uma loucura; tendo em vista que durante todo tempo você cruzaria com ele na cozinha, sala, banheiro e todas as dependências da sua habitação. Dessa forma acontece com os pecadores que desejam o Senhor, mas não dispensam a comunhão com o diabo. Para se ter completo sucesso é imprescindível, amar a Deus sobre todas as coisas. Mateus 22:37 37 - Disse Jesus: Amará o Senhor, o teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. 38 – Este é o primeiro e grande mandamento. Notoriamente amar a Deus é o principio de toda sabedoria e intimidade para uma vida intima com Ele; o que promoverá grande vitoria no mundo presente. Salientando que ninguém de se entregar a o amor Divinal com o interesse material, e sim, por prazer no criador do universo.
  • 3. Por fim, para receber e permanecer na bênção, temos que ser perseverante. Isso é: Permanecer na presença do Senhor, em toda e qualquer situação. Epistola de Paulo aos Romanos 12:12 Regozijai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, na oração, perseverante. Tudo na natureza exige um tempo de espera para chegar à maturidade.  Gerar uma vida;  Germinar um fruto;  O ciclo o sol;  As estações. Ora, se a vida é feita de uma espera para que os elementos tomem os seus devidos lugares; temos que seguir esse exemplo e deixar que cada situação se resolva ao seu devido tempo. Um exemplo de confiança no Senhor foi citado pelo salmista, quando colocou a sua fé em ação e teve a certeza que tudo seria resolvido. Salmo 40:1 Esperei com paciência no Senhor, e Ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Mostra que aqueles confiantes em Deus, jamais voltam decepcionados e de mãos vazias. Então que possamos perseverar na Palavra para que assim sejamos como a Igreja Primitiva que se fundamentavam na doutrina, comunhão, oração e partir do pão. Atos dos Apóstolos 2:42 E perseveravam na doutrina dos apóstolos e na comunhão, no partir do pão e nas orações. Que o Evangelho do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, nos leve a grandes vitórias na terra. Presbítero Robson Colaço de Lucena OTPB – 2219 – Ordem dos Teólogos e Pastores do Brasil Missão América