SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
Andréa Alves Ferreira
Ismarina é a mãe de Robson, hoje ele já é um
homem, mas antigamente, ele era apenas um garotinho
que achava que sua mãe era a pior mãe do mundo.
Todos os dias, a mãe de Robson perguntava para
onde ele iria e com quem ele iria brincar. Robson
achava aquele tudo uma chatice, pois ele poderia
mudar de planos e ir brincar na casa de outro
coleguinha. Mas Ismarina sempre ligava para ter
certeza onde o filho estava.
Certo dia, Robson pegou um chocolate na
mercearia do Senhor João, Ismarina ficou muito
brava e como era muito malvada fez o filho ir lá para
pedir desculpas para o dono da mercearia e pagar pelo
chocolate que ele havia pego.
Dona Ismarina era tão malvada que fazia Robson
arrumar todos os dias o quarto, guardar as roupas,
sapatos e os objetos escolares. Que malvada, ela
mesma poderia arrumar tudo isso em poucos minutos!
Pensava Robson.
Na hora do almoço, a mamãe Ismarina fazia o seu
filho comer na mesa, enquanto, a maioria das outras
crianças comiam na frente da televisão. Se não
bastasse, Robson ainda tinha que comer verduras,
frutas e beber apenas suco natural.
Os coleguinhas de Robson pode ver televisão e
jogar vídeo game quanto tempo eles quisessem, mas
Robson, não podia, a malvada mamãe determinava o
tempo que ele podia ficar vendo televisão e jogando
vídeo game, pois ele era obrigado a fazer as lições de
casa e praticar esportes.
A malvada Ismarina amou tanto Robson que sempre
deixava-o assumir a responsabilidade de suas ações,
mesmo que muitas vezes, isso cortava lhe o coração.
Nos dias atuais, Robson é um adulto saudável,
honesto e educado. Ele nunca esteve envolvido em
roubos ou drogas e tudo isso por causa das maldades
de sua querida mamãe, que o ama loucamente.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (10)

SacoDeCarvo/Elaine/ColôniasEspirituais
SacoDeCarvo/Elaine/ColôniasEspirituaisSacoDeCarvo/Elaine/ColôniasEspirituais
SacoDeCarvo/Elaine/ColôniasEspirituais
 
Querido Papai Noel 1
Querido Papai Noel 1Querido Papai Noel 1
Querido Papai Noel 1
 
Avós São o Máximo
Avós São o MáximoAvós São o Máximo
Avós São o Máximo
 
O saco de carvao
O saco de carvaoO saco de carvao
O saco de carvao
 
Entrada de diário
Entrada de diárioEntrada de diário
Entrada de diário
 
Trabalho
TrabalhoTrabalho
Trabalho
 
Quem sou eu 5 b pc 02
Quem   sou  eu   5 b   pc 02Quem   sou  eu   5 b   pc 02
Quem sou eu 5 b pc 02
 
Forte campea
Forte campeaForte campea
Forte campea
 
Trecho Simplesmente acontece
Trecho Simplesmente aconteceTrecho Simplesmente acontece
Trecho Simplesmente acontece
 
Eu gosto de ir pra casa dos meus avós
Eu gosto de ir pra casa dos meus avósEu gosto de ir pra casa dos meus avós
Eu gosto de ir pra casa dos meus avós
 

Mais de Andrea Alves

conhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdfconhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdfAndrea Alves
 
sequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdfsequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdfAndrea Alves
 
Jogo da Velha Natalino
Jogo da Velha NatalinoJogo da Velha Natalino
Jogo da Velha NatalinoAndrea Alves
 
Atividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º anoAtividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º anoAndrea Alves
 
Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais Andrea Alves
 
Sequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa sóSequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa sóAndrea Alves
 
Atividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas fériasAtividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas fériasAndrea Alves
 
Sugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do LivroSugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do LivroAndrea Alves
 
O Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do AlfabetoO Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do AlfabetoAndrea Alves
 
As Aventuras de Henrique
As Aventuras de HenriqueAs Aventuras de Henrique
As Aventuras de HenriqueAndrea Alves
 
Joana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostraJoana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostraAndrea Alves
 
Amostra Festa Junina
Amostra Festa JuninaAmostra Festa Junina
Amostra Festa JuninaAndrea Alves
 
Atividades de Matemática
Atividades de MatemáticaAtividades de Matemática
Atividades de MatemáticaAndrea Alves
 
Trabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasTrabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasAndrea Alves
 
Amostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamaeAmostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamaeAndrea Alves
 

Mais de Andrea Alves (20)

conhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdfconhecendo minha escola.pdf
conhecendo minha escola.pdf
 
sequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdfsequência Bibi vai para escola.pdf
sequência Bibi vai para escola.pdf
 
Jogo da Velha Natalino
Jogo da Velha NatalinoJogo da Velha Natalino
Jogo da Velha Natalino
 
Atividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º anoAtividades Folclore 4 º ano
Atividades Folclore 4 º ano
 
Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais Álbum Dia dos Pais
Álbum Dia dos Pais
 
Bingo Junino
Bingo JuninoBingo Junino
Bingo Junino
 
Dia do soldado
Dia do soldadoDia do soldado
Dia do soldado
 
Sequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa sóSequência Didática: A borboleta de uma asa só
Sequência Didática: A borboleta de uma asa só
 
Atividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas fériasAtividades para fazer nas férias
Atividades para fazer nas férias
 
Sugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do LivroSugestões de livros - Dia do Livro
Sugestões de livros - Dia do Livro
 
O Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do AlfabetoO Piquenique do Alfabeto
O Piquenique do Alfabeto
 
O ursinho e o mel
O ursinho e o melO ursinho e o mel
O ursinho e o mel
 
As Aventuras de Henrique
As Aventuras de HenriqueAs Aventuras de Henrique
As Aventuras de Henrique
 
Joana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostraJoana e sua turma amostra
Joana e sua turma amostra
 
Amostra Festa Junina
Amostra Festa JuninaAmostra Festa Junina
Amostra Festa Junina
 
Atividades de Matemática
Atividades de MatemáticaAtividades de Matemática
Atividades de Matemática
 
Trabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notíciasTrabalhando jornal e notícias
Trabalhando jornal e notícias
 
O menino poti
O menino potiO menino poti
O menino poti
 
O magico encontro
O magico encontroO magico encontro
O magico encontro
 
Amostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamaeAmostra a malvada mamae
Amostra a malvada mamae
 

Último

Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxJMTCS
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxJMTCS
 

Último (20)

Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptxOrientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
Orientações para a análise do poema Orfeu Rebelde.pptx
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptxPOETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
POETAS CONTEMPORANEOS_TEMATICAS_explicacao.pptx
 

Mãe controladora faz bem ao filho

  • 2. Ismarina é a mãe de Robson, hoje ele já é um homem, mas antigamente, ele era apenas um garotinho que achava que sua mãe era a pior mãe do mundo.
  • 3. Todos os dias, a mãe de Robson perguntava para onde ele iria e com quem ele iria brincar. Robson achava aquele tudo uma chatice, pois ele poderia mudar de planos e ir brincar na casa de outro coleguinha. Mas Ismarina sempre ligava para ter certeza onde o filho estava.
  • 4. Certo dia, Robson pegou um chocolate na mercearia do Senhor João, Ismarina ficou muito brava e como era muito malvada fez o filho ir lá para pedir desculpas para o dono da mercearia e pagar pelo chocolate que ele havia pego.
  • 5. Dona Ismarina era tão malvada que fazia Robson arrumar todos os dias o quarto, guardar as roupas, sapatos e os objetos escolares. Que malvada, ela mesma poderia arrumar tudo isso em poucos minutos! Pensava Robson.
  • 6. Na hora do almoço, a mamãe Ismarina fazia o seu filho comer na mesa, enquanto, a maioria das outras crianças comiam na frente da televisão. Se não bastasse, Robson ainda tinha que comer verduras, frutas e beber apenas suco natural.
  • 7. Os coleguinhas de Robson pode ver televisão e jogar vídeo game quanto tempo eles quisessem, mas Robson, não podia, a malvada mamãe determinava o tempo que ele podia ficar vendo televisão e jogando vídeo game, pois ele era obrigado a fazer as lições de casa e praticar esportes.
  • 8. A malvada Ismarina amou tanto Robson que sempre deixava-o assumir a responsabilidade de suas ações, mesmo que muitas vezes, isso cortava lhe o coração.
  • 9. Nos dias atuais, Robson é um adulto saudável, honesto e educado. Ele nunca esteve envolvido em roubos ou drogas e tudo isso por causa das maldades de sua querida mamãe, que o ama loucamente.