SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 20
A árvore generosa Uma história adaptada e formatada a partir do original “ The giving tree ”, de Shel Silverstein (1964) por Maria Jesus Sousa (Juca)
Era uma vez uma árvore que gostava de um menino. Todos os dias o menino vinha brincar para perto dela.
Apanhava as suas folhas… subia ao seu tronco… baloiçava nos seus ramos…comia as suas maçãs… respirava o seu ar puro…
Ás vezes brincava às escondidas e, quando ficava cansado, encostava-se ao seu tronco e aproveitava a sua sombra… O menino também gostava muito daquela árvore…e a árvore ficava feliz!
Mas o tempo passou, o menino cresceu e a árvore ficava muitas vezes sozinha e triste…
Um dia ele voltou já crescido e a árvore disse-lhe:  - Sobe ao meu tronco, come as minhas maçãs, baloiça nos meus ramos, descansa na minha sombra e respira o meu ar puro para ficares feliz…
[object Object]
Então, o rapaz apanhou todas as maçãs e levou-as para vender e arranjar dinheiro. E a árvore ficou feliz.
Mas o rapaz ficou longe durante muito tempo… e a árvore ficou triste.
Mais tarde ele veio de novo, já era um homem. A árvore até abanou de contente e disse-lhe:  - Sobe ao meu tronco, baloiça nos meus ramos, respira o meu ar puro e descansa na minha sombra para ficares feliz…
[object Object]
O homem cortou os ramos todos e levou-os para construir a sua casa. E a árvore ficou feliz.
Mas ele ficou longe durante muito tempo…e a árvore ficou triste.
Quando regressou, a árvore ficou tão emocionada que nem conseguia falar. Por isso apenas sussurrou: - Anda brincar comigo…
[object Object]
O homem assim fez: cortou o tronco, construiu o barco e navegou para longe. A árvore ficou feliz… mas só um pouco… e durante muito tempo não teve a visita do homem.
Quando ele voltou, estava velho e a árvore disse-lhe: - Não tenho mais nada para te dar, já não tenho maçãs… - Os meus dentes estão fracos para as comer.
[object Object]
[object Object]
[object Object],FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A joaninha sem pintas
A joaninha sem pintasA joaninha sem pintas
A joaninha sem pintas
Fi Nobre
 
O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
Guiomar Silva
 
A Galinha Que Sabia Ler
A Galinha Que Sabia LerA Galinha Que Sabia Ler
A Galinha Que Sabia Ler
Graça Sousa
 
A árvore contente
A árvore contenteA árvore contente
A árvore contente
Ana_95
 
Historia orelha de limao
Historia orelha de limaoHistoria orelha de limao
Historia orelha de limao
Célia Reis
 
A GALINHA DOS OVOS DE OURO
A GALINHA DOS OVOS DE OUROA GALINHA DOS OVOS DE OURO
A GALINHA DOS OVOS DE OURO
Marisa Seara
 
O espelho magico historia infantil
O espelho magico historia infantilO espelho magico historia infantil
O espelho magico historia infantil
Gaby Veloso
 
O segredo da onça pintada
O segredo da onça pintadaO segredo da onça pintada
O segredo da onça pintada
Sandrastos
 

Mais procurados (20)

A arca de noé ( letra minúscula com efeitos)
A arca de noé ( letra minúscula com efeitos)A arca de noé ( letra minúscula com efeitos)
A arca de noé ( letra minúscula com efeitos)
 
O livro-do-planeta-terra-pdf
O livro-do-planeta-terra-pdfO livro-do-planeta-terra-pdf
O livro-do-planeta-terra-pdf
 
A joaninha sem pintas
A joaninha sem pintasA joaninha sem pintas
A joaninha sem pintas
 
Historia palhaço geométrico
Historia palhaço geométricoHistoria palhaço geométrico
Historia palhaço geométrico
 
O carnaval-na-floresta
O carnaval-na-florestaO carnaval-na-floresta
O carnaval-na-floresta
 
A árvore generosa
A árvore generosaA árvore generosa
A árvore generosa
 
A Galinha Que Sabia Ler
A Galinha Que Sabia LerA Galinha Que Sabia Ler
A Galinha Que Sabia Ler
 
Pdf Livro A Viagem Da Sementinha
Pdf Livro A Viagem Da SementinhaPdf Livro A Viagem Da Sementinha
Pdf Livro A Viagem Da Sementinha
 
A árvore contente
A árvore contenteA árvore contente
A árvore contente
 
Historia orelha de limao
Historia orelha de limaoHistoria orelha de limao
Historia orelha de limao
 
O jacarezinho egoísta, de Chlóris Arruda de Araújo
O jacarezinho egoísta, de Chlóris Arruda de AraújoO jacarezinho egoísta, de Chlóris Arruda de Araújo
O jacarezinho egoísta, de Chlóris Arruda de Araújo
 
A GALINHA DOS OVOS DE OURO
A GALINHA DOS OVOS DE OUROA GALINHA DOS OVOS DE OURO
A GALINHA DOS OVOS DE OURO
 
O pássaro sem cor
O pássaro sem cor O pássaro sem cor
O pássaro sem cor
 
Coelhinho branco
Coelhinho brancoCoelhinho branco
Coelhinho branco
 
Historinhas do Vovô Juca: Um mundo de insetos
Historinhas do Vovô Juca: Um mundo de insetosHistorinhas do Vovô Juca: Um mundo de insetos
Historinhas do Vovô Juca: Um mundo de insetos
 
História da letra A
História da letra AHistória da letra A
História da letra A
 
O espelho magico historia infantil
O espelho magico historia infantilO espelho magico historia infantil
O espelho magico historia infantil
 
O nariz do palhaço
O nariz do palhaçoO nariz do palhaço
O nariz do palhaço
 
O segredo da onça pintada
O segredo da onça pintadaO segredo da onça pintada
O segredo da onça pintada
 
A árvore-generosa
A árvore-generosaA árvore-generosa
A árvore-generosa
 

Semelhante a Conto arvore generosa (7)

A arvore generosa
A arvore generosaA arvore generosa
A arvore generosa
 
A árvore-generosa
A árvore-generosaA árvore-generosa
A árvore-generosa
 
A árvore generosa
A árvore generosaA árvore generosa
A árvore generosa
 
A Árvore Generosa
A Árvore GenerosaA Árvore Generosa
A Árvore Generosa
 
A árvore
A árvoreA árvore
A árvore
 
Textos a arvore generosa
Textos   a arvore generosaTextos   a arvore generosa
Textos a arvore generosa
 
Fichas de trab ação formaç
Fichas de trab ação formaçFichas de trab ação formaç
Fichas de trab ação formaç
 

Último

Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 

Último (20)

o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescenteAbuso Sexual da Criança e do adolescente
Abuso Sexual da Criança e do adolescente
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 

Conto arvore generosa

  • 1. A árvore generosa Uma história adaptada e formatada a partir do original “ The giving tree ”, de Shel Silverstein (1964) por Maria Jesus Sousa (Juca)
  • 2. Era uma vez uma árvore que gostava de um menino. Todos os dias o menino vinha brincar para perto dela.
  • 3. Apanhava as suas folhas… subia ao seu tronco… baloiçava nos seus ramos…comia as suas maçãs… respirava o seu ar puro…
  • 4. Ás vezes brincava às escondidas e, quando ficava cansado, encostava-se ao seu tronco e aproveitava a sua sombra… O menino também gostava muito daquela árvore…e a árvore ficava feliz!
  • 5. Mas o tempo passou, o menino cresceu e a árvore ficava muitas vezes sozinha e triste…
  • 6. Um dia ele voltou já crescido e a árvore disse-lhe: - Sobe ao meu tronco, come as minhas maçãs, baloiça nos meus ramos, descansa na minha sombra e respira o meu ar puro para ficares feliz…
  • 7.
  • 8. Então, o rapaz apanhou todas as maçãs e levou-as para vender e arranjar dinheiro. E a árvore ficou feliz.
  • 9. Mas o rapaz ficou longe durante muito tempo… e a árvore ficou triste.
  • 10. Mais tarde ele veio de novo, já era um homem. A árvore até abanou de contente e disse-lhe: - Sobe ao meu tronco, baloiça nos meus ramos, respira o meu ar puro e descansa na minha sombra para ficares feliz…
  • 11.
  • 12. O homem cortou os ramos todos e levou-os para construir a sua casa. E a árvore ficou feliz.
  • 13. Mas ele ficou longe durante muito tempo…e a árvore ficou triste.
  • 14. Quando regressou, a árvore ficou tão emocionada que nem conseguia falar. Por isso apenas sussurrou: - Anda brincar comigo…
  • 15.
  • 16. O homem assim fez: cortou o tronco, construiu o barco e navegou para longe. A árvore ficou feliz… mas só um pouco… e durante muito tempo não teve a visita do homem.
  • 17. Quando ele voltou, estava velho e a árvore disse-lhe: - Não tenho mais nada para te dar, já não tenho maçãs… - Os meus dentes estão fracos para as comer.
  • 18.
  • 19.
  • 20.