Fim da economia do petroleo barato ufrj

680 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
680
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
272
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Fim da economia do petroleo barato ufrj

  1. 1. Raymundo de Oliveira Presidente da Casa da América Latina Presidente do Conselho da Associação Cultural José Martí Presidente da Fundação Universitária José Bonifácio – FUJB/UFRJ Professor do Instituto de Matemática da UFRJ <ul><li>O Fim da Economia do </li></ul><ul><li>Petróleo Barato </li></ul>
  2. 2. O Fim da Economia do Petróleo Barato <ul><li>Petróleo na Revolução Industrial </li></ul><ul><ul><li>A Sociedade de Consumo </li></ul></ul><ul><li>O Fim da Economia do Petróleo Barato </li></ul><ul><li>A Busca de uma Saída </li></ul>
  3. 3. Petróleo na Revolução Industrial <ul><li>Segunda Metade do Século XIX: Impacto </li></ul><ul><ul><li>Início do uso intensivo do Petróleo </li></ul></ul><ul><ul><li>Acelera o Desenvolvimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Nossa vida passa a depender do Petróleo </li></ul></ul>
  4. 4. Petróleo Barato <ul><li>Na segunda metade do Século XIX a humanidade ganhou um presente dos deuses: 2 Trilhões de Barris de Petróleo Barato; </li></ul><ul><li>Em 150 anos gastamos o primeiro trilhão; </li></ul><ul><li>Com produção atual, em 30 anos acabaria o segundo trilhão. </li></ul>
  5. 5. Petróleo Barato <ul><li>Resultados </li></ul><ul><ul><li>Indústria Automobilística </li></ul></ul><ul><ul><li>Plásticos </li></ul></ul><ul><ul><li>Alimentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Transportes em Geral </li></ul></ul>
  6. 6. Dependência do Petróleo Barato (nossa maneira de viver) <ul><li>Aquecimento central </li></ul><ul><li>Ar condicionado </li></ul><ul><li>Automóveis </li></ul><ul><li>Aviões </li></ul><ul><li>Luz elétrica </li></ul><ul><li>Roupa barata </li></ul><ul><li>Música gravada </li></ul><ul><li>Cinema </li></ul><ul><li>Supermercado </li></ul><ul><li>Plásticos </li></ul>
  7. 7. Sociedade de Consumo <ul><li>ABUNDÂNCIA </li></ul><ul><ul><li>CELULAR </li></ul></ul><ul><ul><li>MICROINFORMÁTICA </li></ul></ul><ul><ul><li>WIRELESS </li></ul></ul><ul><ul><li>MUNDO PEQUENO </li></ul></ul><ul><li>MISÉRIA </li></ul><ul><ul><li>OS SEM TETO E SEM TERRA </li></ul></ul><ul><ul><li>OS SEM ESTUDO E SEM SAÚDE </li></ul></ul><ul><ul><li>OS SEM TRABALHO </li></ul></ul><ul><li>VIOLÊNCIA CRESCENTE </li></ul><ul><ul><li>DENTRO DE CADA PAÍS </li></ul></ul><ul><ul><li>ENTRE PAÍSES </li></ul></ul>
  8. 8. Porém <ul><li>Petróleo é Finito </li></ul><ul><li>Não Renovável </li></ul><ul><li>Não é uniformemente distribuído no mundo </li></ul>
  9. 9. Curva de Hubbert - EUA
  10. 10. Curva de Hubbert - Mundo
  11. 11. Pico da Produção de Petróleo <ul><li>Recurso Finito e Não Renovável </li></ul><ul><li>Produção Passará Por um Pico </li></ul><ul><li>Já Retiramos o Mais Fácil e Barato </li></ul><ul><li>Crise à Vista </li></ul><ul><li>Inércia Cultural </li></ul><ul><ul><li>Jimmy Carter </li></ul></ul>
  12. 12. Alguns Dados <ul><li>Pico das descobertas foi em 1964 </li></ul><ul><li>Crescimento explosivo da população é paralelo às taxas de uso de óleo </li></ul><ul><li>Mais de 60% do óleo está no Oriente Médio </li></ul><ul><li>Os EUA possuem 3% das reservas e consomem 25% da produção </li></ul>
  13. 13. Primeiro Mundo <ul><li>A vida nos “subúrbios” americanos </li></ul><ul><li>Alimentos estão longe e concentrados </li></ul><ul><li>Perda da Cultura Anterior </li></ul>
  14. 14. Alguns Dados <ul><li>Nos EUA nega-se firmemente a existência do PICO de Produção </li></ul><ul><li>“ The American way of life is not negotiable” Dick Cheney (VP) </li></ul>
  15. 15. Aquecimento Global <ul><ul><li>Efeito Estufa </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Fim das Geleiras </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Nível do Mar </li></ul></ul></ul><ul><ul><li>Uma Verdade Inconveniente </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Aumento da Temperatura </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Concentração de CO2 </li></ul></ul></ul>
  16. 16. Crise do Petróleo <ul><li>PETRÓLEO A 100 DÓLARES O BARRIL </li></ul><ul><li>GUERRA DO IRAQUE </li></ul><ul><li>PROVOCAÇÃO SOBRE A VENEZUELA </li></ul><ul><li>BRASIL TENDO PETRÓLEO E ÁGUA </li></ul><ul><ul><li>Pré-sal </li></ul></ul><ul><li>AMEAÇAS A TODOS </li></ul><ul><ul><li>RENASCIMENTO DA IV FROTA </li></ul></ul>
  17. 17. Petróleo e Etanol <ul><li>BRASIL </li></ul><ul><ul><li>HIDROELETRICIDADE </li></ul></ul><ul><ul><li>PRÓ-ALCOOL (CANA-DE-AÇÚCAR) </li></ul></ul><ul><li>EUA </li></ul><ul><ul><li>ETANOL DO MILHO </li></ul></ul><ul><ul><li>SUBSÍDIOS </li></ul></ul><ul><li>PREÇO DOS GRÃOS </li></ul><ul><li>O CASO PARTICULAR DO BRASIL </li></ul><ul><ul><li>NOVAS RESERVAS DE PETRÓLEO </li></ul></ul><ul><ul><li>ÁREAS DISPONÍVEIS PARA CANA-DE-AÇUCAR </li></ul></ul><ul><ul><li>NECESSIDADE DE UMA POLÍTICA DE ESTADO </li></ul></ul>
  18. 18. A Lógica do Capital <ul><li>A Reprodução Expandida: </li></ul><ul><ul><li>Lógica do Capital </li></ul></ul><ul><ul><li>Mundo Finito </li></ul></ul><ul><ul><li>Economia do Desperdício </li></ul></ul><ul><ul><li>Poluição </li></ul></ul><ul><ul><li>Concentração da Renda e do Poder </li></ul></ul><ul><ul><li>Opulência e Miséria </li></ul></ul>
  19. 19. Crise <ul><li>Transportes </li></ul><ul><li>Alimentos e Água </li></ul><ul><li>As Cidades </li></ul><ul><li>A Transição </li></ul>
  20. 20. Crise <ul><li>Grãos </li></ul><ul><ul><li>Combustível </li></ul></ul><ul><ul><li>Alimento </li></ul></ul><ul><li>Etanol </li></ul><ul><ul><li>EUA: milho </li></ul></ul><ul><ul><li>Brasil: cana-de-açucar </li></ul></ul><ul><li>Uso da terra </li></ul><ul><li>Mercado x Governo (Ah! Ah!) </li></ul>
  21. 21. Contingência Anunciada <ul><li>Como a menor quantidade de petróleo será alocada aos países: </li></ul><ul><ul><li>Pelo mercado </li></ul></ul><ul><ul><li>Por acordo negociado internacionalmente </li></ul></ul><ul><ul><li>Pela guerra? </li></ul></ul><ul><li>Pode a civilização sobreviver diante </li></ul><ul><ul><li>Queda da produção de petróleo </li></ul></ul><ul><ul><li>Crescimento dos preços dos alimentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Aumento da temperatura global? </li></ul></ul>
  22. 22. Contingência Anunciada <ul><li>Como reagirá a população norte-americana </li></ul><ul><ul><li>A vida de todos mudará muito </li></ul></ul><ul><ul><li>Transporte ficará muito mais caro </li></ul></ul><ul><ul><li>Impossibilidade de manter seu padrão de vida </li></ul></ul><ul><ul><li>Estrutura atual de “shoppings” inviabilizada </li></ul></ul><ul><li>Nossas cidades foram construídas para o automóvel e não para as pessoas </li></ul><ul><ul><li>Como reverter essa realidade, com o declínio da sociedade do automóvel ? </li></ul></ul>
  23. 23. Contingência Anunciada <ul><li>Vida na Terra Ameaçada </li></ul><ul><li>Urgência na Mudança </li></ul><ul><li>Dificuldades na Mudança </li></ul>
  24. 24. Outro Caminho Tecnológico <ul><li>É Necessário </li></ul><ul><ul><li>Geração de Emprego </li></ul></ul><ul><ul><li>Segurança </li></ul></ul><ul><ul><li>Redução do Desperdício </li></ul></ul><ul><ul><li>Ciclo de Vida do Produto (manutenção) </li></ul></ul><ul><li>Sobrevivência da Humanidade </li></ul><ul><li>Sonho difícil mas vale a pena </li></ul>
  25. 25. <ul><li>“ Há sonhos que ao enterrar-se </li></ul><ul><li>Levam dentro do caixão, </li></ul><ul><li>Bocados da nossa alma, </li></ul><ul><li>Pedaços de coração!” </li></ul><ul><li>Florbela Espanca </li></ul>
  26. 26. Um Outro Mundo É Possível !!! Prof. Raymundo de Oliveira Presidente da Casa da América Latina Presidente do Conselho da Associação Cultural José Martí Presidente da Fundação Universitária José Bonifácio – FUJB/UFRJ Professor do Instituto de Matemática da UFRJ [email_address] www.raymundodeoliveira.eng.br

×