SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 105
Baixar para ler offline
Bomdia!:)
guilherme@lito.cc
Medium
Youtube
http://data.footprintnetwork.org/
Artigo WEF*
2018 - 82% da riqueza do mundo
foi para o 1% mais rico
"Mundo pós-industrial”…?
"Nunca houve um tempo de tanta oportunidade e tanto perigo.”

_Klaus Schwab
Primeira (1790)
Segunda
(1870)
Terceira
(1970)
Quarta (Bem
vindo)
Linha de montagem,
eletricidade, produção em
massa, petróleo
Computação e automação,
energia nuclear
Internet de todas as coisas,
adoção de IA em massa,
energia renovável
Mecanização, energia da
água e vapor
As quatro revoluções industriais
3a Revolução - Era da
informação em rede
1 - > N
N < - > N
…
I N T E R N E T 

( W E B 1 . 0 )
W E B 2 . 0
W E B 2 . 0 +
CENTRALIZADO DESCENTRALIZADO DISTRIBUIDO
https://goo.gl/UCk4c8
em 93 anos
610.000 quartos
88 países
em 4 anos
650.000 quartos
192 países
Século XX
Crédito
+
Propaganda
+
Posse Individual
=
Hiperconsumo
Século XXI
Reputação
+
Comunidade
+
Acesso compartilhado
=
Prossumo
… E a quarta revolução
industrial?
Primeira (1790)
Segunda
(1870)
Terceira
(1970)
Quarta (Bem
vindo)
Linha de montagem,
eletricidade, produção em
massa, petróleo
Computação e automação,
energia nuclear
Internet de todas as coisas,
adoção de IA em massa,
energia renovável
Mecanização, energia da
água e vapor
As quatro revoluções industriais
Histórico de adoção de painéis solares Vs
previsões de especialistas
22
23
24
26
Pressões sociaisPressões econômicas
Pressões ambientais Inovações tecnológicas
Mundo VUCA
Volátil Incerto
Complexo Ambíguo
V U
C A
“Nós não pensamos e
falamos sobre o que
vemos. Nós vemos aquilo
sobre o qual somos
capazes de pensar e falar.”
- Edgar Schein
PERIODO 1: 100.000 - 15.000 ANOS ATRÁS - INFRA-VERMELHO - REATIVO
100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30
0
PotencialdasorganizaçõesHumanas
PERIODO 1: 100.000 - 15.000 ANOS ATRÁS - INFRA-VERMELHO - REATIVO
Arco e Flecha Instrumentos Agulha
Invenção do Barco Lâmpada a óleo
Primeiros sinais
de Religião
Domesticamos
Cães
Corda Mineração
PERIODO 2: 15.000 ANOS ATRÁS - MAGENTA - MÁGICO
100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30
0
PotencialdasorganizaçõesHumanas
PERIODO 2: 15.000 ANOS ATRÁS - MAGENTA - MÁGICO
Nascimento de Tribos
com poucas centenas
Alto índice de
homicídios e violência
Explicação através da
mágica e espíritos
Presente!
Pouco passado
Nada de Futuro
PERIODO 3: 10.000 - VERMELHO - IMPULSIVO
100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30
0
PotencialdasorganizaçõesHumanas
PERIODO 3: 10.000 - VERMELHO - IMPULSIVO
10000 AA

Invenção do Barco
8000 AA

1ª Engenharia Biológica:
a castração de Touro
7000 AA
Roda
PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS
100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30
0
PotencialdasorganizaçõesHumanas
280 ppm
PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS
5500 AA

Veículos com rodas
4700 AA

Abacus
3780 AA
Primeiros Sistemas

Legais
5100 AA

1ª dinastia do Egito
4600 AA
Civilização Maia
3600 AA
Primeiros relógios
de água e areia na
Babilonia e Egito
5000 AA

Dinheiro, Ferro

Linguagem Escrita
4500 AA

Mamutes Extintos
2792 AA
Primeiras Olimpíadas
2500 AA

Nasce o conceito
da Democracia
2486 AA

Nasce Sócrates
2200 AA

Aprende a usar 

energia da Água
2018 AA
Nasce Jesus
2250 AA

Guerra de Troia
PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS
0
Bússola
570
Nasce Maomé
1040
1ª Impressão
na China
105
Papel de trapo

(Rag Paper)
900

Pólvora, na China
1241
Invasão da Mongólia
na Europa
200

Invenção do Aço
na China
965
Nascimento
Alhazen
1436
Impressão em
Papel
PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30
0
PotencialdasorganizaçõesHumanas
290 ppm
300 ppm
310 ppm
280 ppm
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
1500
Colonização das
Américas
1600
Séc. da Revolução
Científica
1687
Newton publica
a lei da gravitação universal
e as tres leis de Newton
(Mecânica Classica)
1582
Calendário Gregoriano
1602
Companhia das Índias
(Primeiras ações)
1689
Declaração de Direitos
na Inglaterra
1592
Microscópio
1608
Telescópio
1700
Iluminismo
1712
O Motor
1723
Empreendedorismo
1750
Arado de Aiveca
1752
Ben Franklin e
o experimento com
a pipa e a chave
1765
Máquina a vapor
1775
Revolução Americana
Grécia + Biblia
1793
Descaroçador
de algodão
1796
Invenção da Vacina
1789
Início da revolução
francesa
1800
Lâmpada
Humphry Davy,
criou a primeira lâmpada
1800
2-3% da Pop.
em cidades.
1800
290 ppm de CO2
na atmosfera
1803
Guerras napoleônicas
1809
Telégrafo
(Morse)
1815
Mais antiga org. internacional
Comissão central
pela Navegação do Reno
1822
Independência
do Brasil
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
1846
Anestesia
1850
Saneamento Básico
1850
Refrigeração
1855
Processo Bessemer
para fazer aço em escala
1859
Petróleo
1858
Motor de combustão interno
comercialmente viável
1876
Telefone
1879
Lâmpada de
Thomas Edison
1863
Pasteurização
1869
Descoberto o DNA
1888
Abolição da escravatura
no Brasil (1863 nos EUA)
1888
Primeira patente de
célula solar
1896
Semicondutores
1897
O Rádio
1897
Descoberto o Eletron
1899
Aspirina
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
1900
15% da pop
em cidades
1900
Física Quântica
1903
Avião
1908
Modelo Ford T
Lançado
1911
Princípios da adm,
científica
publicado por Taylor
1913
Linha de montagem
1914
Início da primeira
guerra mundial
1918
Fixação de nitrogênio
1918
Guerra civil Russa
1926
Televisão
Dez anos depois
nasceu a BBC
1926
Foguetes espaciais
1928
Fleming redescobre
penicilina.
1939
Fissão nuclear
1939
Início da segunda
guerra mundial
1945
Nasce a ONU
1946
Lançado o
supercomputador ENIAC
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
1946
Primeiro cartão de
crédito de banco
1947
O transistor
1948
Declaração Universal
de Direitos Humanos
1950
O termo Biomimética
é criado
1953
Proposta do modelo de
dupla hélice para o DNA
1959
A grande fome
na China
1960
A Pílula
anticoncepcional
1960
315 ppm CO2 na atmosfera
1965
Cunhado o termo
Hippie
1966
Cunhado termo
Revolução Verde
1967
Transplante de coração
1969
A internet
1969
Primeiro homem
pisa na Lua
1971
Microprocessadores
1973
Crise do Petróleo
1973
Celular
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
1975
IBM lança primeiro
computador pessoal
1975
Fundação da Microsoft
1976
Fundação da Apple
1976
Descobre-se efeitos
de Metano e Ozônio
no aquecimento global
1977
Opinião científica tende a
convergir sobre realidade
de Aquecimento Global
1979
Segunda crise
do petróleo
1980
Primeira lteração
genética de
arroz e milho
1980
Ronald Reagan
eleito Presidente dos EUA
1981
Ano mais quente
já registrado
PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30
0
PotencialdasorganizaçõesHumanas
410 ppm
280 ppm
290 ppm
300 ppm
310 ppm
280 ppm
280 ppm
280 ppm
PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
1984
Primeira impressora 3D
1985
Conferência Villach
Fala-se de limite de
emissões de gases
1986
Acidente em Chernobyl
1989
Fim da Guerra Fria
1992
Trigo é o último dos
grandes grãos a ser
geneticamente modificado
1992
ECO92 no Rio
2000
Publicada a
Carta da Terra
2000
Walmart tem mais de
2 milhões de funcionários
2001
Nasce Wikipedia
2002
Prêmio Nobel Economia
para Daniel Kahneman
2004
Fundação facebook
(e orkut)
2006
Muhammad Yunus
Prêmio Nobel da Paz
2006
Fundação do
Sistema B internacional
2007
Primeiro iPhone
2009
Lançamento Bitcoin e
tecnologia Blockchain
PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
2009
Eleonor Ostrom ganha
Prêmio Nobel de Economia
2011
Computador Quantico
Dwave one
2012
Facebook atinge
1 bilhão de usuários
2013
Google Lança a Calico,
empresa de biotecnologia que
tem a missão de estender
a vida humana
2013
Nasceu o primeiro
coelho que brilha no escuro
2014
oceano 30% mais
ácido do que em 1800
2014
54% população
vive em cidades
2014
Aprovado nos EUA primeiro
Rim artificial wearable
2014
13.000.000 de He de floresta
desmatados por ano
PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
2015
Facebook atinge
1 bilhão de usuários conectados
num dia
2015
CO2 na atmosfera
atinge 400 ppm
2015
Primeiro olho biônico
2016
Primeiro transplante de pênis
PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
https://goo.gl/6Cgy9t
2017
https://goo.gl/6Cgy9t
Assim como precisamos respirar para viver,
mas não vivemos para respirar…
…as empresas precisam lucrar para viver,
mas não precisam viver para lucrar
“O velho modelo do capitalismo e da estratégia corporativa estão morrendo. Estamos vivenciado
uma mudança de paradigma do prejudicar para o ajudar… Externalidades econômicas estão se
tornando novas oportunidades de negócios.” 

__Michael Porter
“O velho modelo do capitalismo e da estratégia corporativa estão morrendo. Estamos vivenciado
uma mudança de paradigma do prejudicar para o ajudar… Externalidades econômicas estão se
tornando novas oportunidades de negócios.” 

__Michael Porter
"Entre ganhar dinheiro e fazer a diferença
no mundo, fique com os dois."
Como sua empresa pode contribuir para o
mundo sócio-ambientalmente?
. Seu produto ou serviço gera
benefício direto sócio-ambiental
. Seus processos geram benefício
sócio-ambiental dentro de casa
. Seus processos geram benefício
sócio-ambiental na cadeia
Porque?
Regeneração da biodiversidade
da Mata atlântica
Como?
Apoiando cooperativas de produtores
de mate mudar para produção orgânica
O que?
Bebida energética a base de erva mate orgânica
5.000.000 alunos
5.000 escolas
http://bimpactassessment.net/pt-pthttp://bftw.bthechange.com/the-list/
Usado por +40.000 empresas
Adaptado com base em no. funcionários, setor e geografia
https://www.bcorporation.net/community/natura-cosm%C3%A9ticos-sa
bimpactassessment.net/pt-pt
https://goo.gl/tyqQBa
Não é sobre fazer menos mal,
nem sobre conservar a natureza.
É sobre fazer negócios que
regeneram ecossistemas sócio-
ambientais
“Apesar de todas as suas boas intenções, a economia
verde não conseguiu decolar. Ela exige que os governos
subsidiem, que as empresas aceitem lucros menores e
que os consumidores paguem mais.” 

_Günter Pauli
Ellen MacArthur 

(economia circular)
Gunter Pauli
(economia azul)
Economia Circular
Extração Produção Distribuição Consumo Descarte
Sistema simples e linear
BENS DE RÁPIDO CONSUMO

84% dos insumos materiais são perdidos para aterros ou
incinerados anualmente
Sistema Complexo e circular
Outerknown
"Não alugo um terreno plano, tenho sócios num prédio"
Obrigado.

fb.com/guilhermelito
guilherme@lito.cc
(21) 98884-7566
"Todo modelo é, no melhor do casos, uma boa aproximação da realidade."
"Essencialmente todos os modelos estão errados, mas alguns são úteis.”

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrialeiprofessor
 
Inventos aplicados à produção industrial
Inventos aplicados à produção industrialInventos aplicados à produção industrial
Inventos aplicados à produção industrialProfessoresColeguium
 
A Revolução Industrial
A Revolução IndustrialA Revolução Industrial
A Revolução IndustrialNBrunoFS
 
Evolução da tecnologias
Evolução da tecnologiasEvolução da tecnologias
Evolução da tecnologiasmarcio queiroz
 
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialRevolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialEdvaldo Lopes
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMOREVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMOGrazi Oliveira
 
Guia de Estudos CB SIA 2013
Guia de Estudos CB SIA 2013Guia de Estudos CB SIA 2013
Guia de Estudos CB SIA 2013Déborah Guedes
 
GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1
GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1
GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1Déborah Guedes
 
Slide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a faseSlide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a faseEducador Lamarão
 
Cruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrialCruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrialÓcio do Ofício
 
Slidespatrickstelaraqueljeferson
SlidespatrickstelaraqueljefersonSlidespatrickstelaraqueljeferson
SlidespatrickstelaraqueljefersonNelia Salles Nantes
 
0 que são técnica e tecnologia
0 que são técnica e tecnologia0 que são técnica e tecnologia
0 que são técnica e tecnologiaticslivramento
 

Mais procurados (20)

Revolucão Industrial
Revolucão IndustrialRevolucão Industrial
Revolucão Industrial
 
Inventos aplicados à produção industrial
Inventos aplicados à produção industrialInventos aplicados à produção industrial
Inventos aplicados à produção industrial
 
A Revolução Industrial
A Revolução IndustrialA Revolução Industrial
A Revolução Industrial
 
Evolução da Tecnologia
Evolução da TecnologiaEvolução da Tecnologia
Evolução da Tecnologia
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
Rev industrial
Rev industrialRev industrial
Rev industrial
 
Revolução Inglesa e Revolução Industrial
Revolução Inglesa e Revolução IndustrialRevolução Inglesa e Revolução Industrial
Revolução Inglesa e Revolução Industrial
 
Revolucao industrial2014
Revolucao industrial2014Revolucao industrial2014
Revolucao industrial2014
 
Evolução da tecnologias
Evolução da tecnologiasEvolução da tecnologias
Evolução da tecnologias
 
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrialRevolucoes inglesas e revolucao industrial
Revolucoes inglesas e revolucao industrial
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMOREVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E NEOCOLONIALISMO
 
Guia de Estudos CB SIA 2013
Guia de Estudos CB SIA 2013Guia de Estudos CB SIA 2013
Guia de Estudos CB SIA 2013
 
GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1
GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1
GUIA DE ESTUDOS CB SIA 2013 .1
 
Slide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a faseSlide revoluçao industrial - 1a fase
Slide revoluçao industrial - 1a fase
 
Cruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrialCruzadinha revolução industrial
Cruzadinha revolução industrial
 
A revolucao industrial
A revolucao industrialA revolucao industrial
A revolucao industrial
 
Slidespatrickstelaraqueljeferson
SlidespatrickstelaraqueljefersonSlidespatrickstelaraqueljeferson
Slidespatrickstelaraqueljeferson
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
0 que são técnica e tecnologia
0 que são técnica e tecnologia0 que são técnica e tecnologia
0 que são técnica e tecnologia
 

Semelhante a EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018

O capital e a destruição do meio ambiente
O capital e a destruição do meio ambienteO capital e a destruição do meio ambiente
O capital e a destruição do meio ambienteagenciadagda
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF
 
Revolução Industrial.pptx
Revolução Industrial.pptxRevolução Industrial.pptx
Revolução Industrial.pptxRosangelaBerto
 
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdfevoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdfSamaraOliveira452786
 
Evolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
Evolução da Tecnologia e seu Contexto HistóricoEvolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
Evolução da Tecnologia e seu Contexto HistóricoAgostinho NSilva
 
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               dataColégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba datamaria das gracas marques
 
Conferência de berlim final de verdade
Conferência de berlim final de verdadeConferência de berlim final de verdade
Conferência de berlim final de verdadeDéborah Guedes
 
As fases da revolução industrial
As fases  da revolução industrialAs fases  da revolução industrial
As fases da revolução industrialNelia Salles Nantes
 
Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)Guilherme Lito
 
lista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdf
lista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdflista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdf
lista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdfRAFAELASCARI1
 
01 o fenómeno da globalização alunos
01 o fenómeno da globalização alunos01 o fenómeno da globalização alunos
01 o fenómeno da globalização alunosVítor Santos
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrialMarcos Azevedo
 
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdfSEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdfSandro671810
 
Revolução Industrial - O Ponto de Viragem
Revolução Industrial - O Ponto de ViragemRevolução Industrial - O Ponto de Viragem
Revolução Industrial - O Ponto de ViragemAlvaro Gomes
 
As fases da revolução industrial
As fases  da revolução industrialAs fases  da revolução industrial
As fases da revolução industrialNelia Salles Nantes
 
Revolução industrial slide
Revolução industrial slideRevolução industrial slide
Revolução industrial slideHary Duarte
 

Semelhante a EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018 (20)

O capital e a destruição do meio ambiente
O capital e a destruição do meio ambienteO capital e a destruição do meio ambiente
O capital e a destruição do meio ambiente
 
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICALATEC - UFF.  EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
LATEC - UFF. EVOLUÇÃO TECNOLÓGICA
 
Revolução Industrial.pptx
Revolução Industrial.pptxRevolução Industrial.pptx
Revolução Industrial.pptx
 
Revolução industrial
Revolução industrialRevolução industrial
Revolução industrial
 
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdfevoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
evoluodatecnologia-141108214955-conversion-gate02.pdf
 
Evolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
Evolução da Tecnologia e seu Contexto HistóricoEvolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
Evolução da Tecnologia e seu Contexto Histórico
 
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               dataColégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba                               data
Colégio Municipal Maria Eleonora Cajahyba data
 
Hct trab
Hct trabHct trab
Hct trab
 
Conferência de berlim final de verdade
Conferência de berlim final de verdadeConferência de berlim final de verdade
Conferência de berlim final de verdade
 
As fases da revolução industrial
As fases  da revolução industrialAs fases  da revolução industrial
As fases da revolução industrial
 
Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)Sputnik - O Boticário (1)
Sputnik - O Boticário (1)
 
EC BSB 22 maio
EC BSB 22 maioEC BSB 22 maio
EC BSB 22 maio
 
lista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdf
lista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdflista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdf
lista de exercícios sobre Revolução Industrial.pdf
 
01 o fenómeno da globalização alunos
01 o fenómeno da globalização alunos01 o fenómeno da globalização alunos
01 o fenómeno da globalização alunos
 
Aula revolução industrial
Aula revolução industrialAula revolução industrial
Aula revolução industrial
 
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdfSEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
SEAERJ_Sem_Engenharia_Import_Tecnol_para_Sustentab_12_2017.pdf
 
Revolução Industrial - O Ponto de Viragem
Revolução Industrial - O Ponto de ViragemRevolução Industrial - O Ponto de Viragem
Revolução Industrial - O Ponto de Viragem
 
As fases da revolução industrial
As fases  da revolução industrialAs fases  da revolução industrial
As fases da revolução industrial
 
Revolução industrial slide
Revolução industrial slideRevolução industrial slide
Revolução industrial slide
 
EC BH 18.1 - Gui Lito
EC BH 18.1 - Gui LitoEC BH 18.1 - Gui Lito
EC BH 18.1 - Gui Lito
 

Mais de Guilherme Lito

Sputnik - O Boticário (2)
Sputnik - O Boticário (2)Sputnik - O Boticário (2)
Sputnik - O Boticário (2)Guilherme Lito
 
Ec negócios regenerativos poa
Ec negócios regenerativos poaEc negócios regenerativos poa
Ec negócios regenerativos poaGuilherme Lito
 
EC POA 11 Ago O mundo mudou
EC POA 11 Ago O mundo mudouEC POA 11 Ago O mundo mudou
EC POA 11 Ago O mundo mudouGuilherme Lito
 
Empreendedorismo Criativo - Novas Economias
Empreendedorismo Criativo - Novas EconomiasEmpreendedorismo Criativo - Novas Economias
Empreendedorismo Criativo - Novas EconomiasGuilherme Lito
 
Sessão Lito no Maestro POA
Sessão Lito no Maestro POASessão Lito no Maestro POA
Sessão Lito no Maestro POAGuilherme Lito
 
EC POA Negócios Regenerativos
EC POA Negócios RegenerativosEC POA Negócios Regenerativos
EC POA Negócios RegenerativosGuilherme Lito
 
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo MudouEC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo MudouGuilherme Lito
 
Propósito - Sessão Guilherme Lito
Propósito - Sessão Guilherme LitoPropósito - Sessão Guilherme Lito
Propósito - Sessão Guilherme LitoGuilherme Lito
 
EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017
EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017
EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017Guilherme Lito
 
EC Brasília Lito 2016
EC Brasília Lito 2016EC Brasília Lito 2016
EC Brasília Lito 2016Guilherme Lito
 
Refresh Rio 2016 Sessão com Lito
Refresh Rio 2016 Sessão com LitoRefresh Rio 2016 Sessão com Lito
Refresh Rio 2016 Sessão com LitoGuilherme Lito
 

Mais de Guilherme Lito (20)

EC BH 18.2 - Gui Lito
EC BH 18.2 - Gui LitoEC BH 18.2 - Gui Lito
EC BH 18.2 - Gui Lito
 
Maestro POA 15/10/18
Maestro POA 15/10/18Maestro POA 15/10/18
Maestro POA 15/10/18
 
EC Gestão
EC GestãoEC Gestão
EC Gestão
 
Sputnik - O Boticário (2)
Sputnik - O Boticário (2)Sputnik - O Boticário (2)
Sputnik - O Boticário (2)
 
EC Floripa - Lito
EC Floripa - LitoEC Floripa - Lito
EC Floripa - Lito
 
Maestro lito
Maestro litoMaestro lito
Maestro lito
 
Refresh POA 16.9.17
Refresh POA 16.9.17Refresh POA 16.9.17
Refresh POA 16.9.17
 
Maestro Lito 2017.2
Maestro Lito 2017.2Maestro Lito 2017.2
Maestro Lito 2017.2
 
Soma - Lito
Soma - LitoSoma - Lito
Soma - Lito
 
Ec negócios regenerativos poa
Ec negócios regenerativos poaEc negócios regenerativos poa
Ec negócios regenerativos poa
 
EC POA 11 Ago O mundo mudou
EC POA 11 Ago O mundo mudouEC POA 11 Ago O mundo mudou
EC POA 11 Ago O mundo mudou
 
Empreendedorismo Criativo - Novas Economias
Empreendedorismo Criativo - Novas EconomiasEmpreendedorismo Criativo - Novas Economias
Empreendedorismo Criativo - Novas Economias
 
Reinventing org
Reinventing orgReinventing org
Reinventing org
 
Sessão Lito no Maestro POA
Sessão Lito no Maestro POASessão Lito no Maestro POA
Sessão Lito no Maestro POA
 
EC POA Negócios Regenerativos
EC POA Negócios RegenerativosEC POA Negócios Regenerativos
EC POA Negócios Regenerativos
 
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo MudouEC POA 2017 - O Mundo Mudou
EC POA 2017 - O Mundo Mudou
 
Propósito - Sessão Guilherme Lito
Propósito - Sessão Guilherme LitoPropósito - Sessão Guilherme Lito
Propósito - Sessão Guilherme Lito
 
EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017
EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017
EC BH 2017 - Sessão Novas Economias com Lito 2017
 
EC Brasília Lito 2016
EC Brasília Lito 2016EC Brasília Lito 2016
EC Brasília Lito 2016
 
Refresh Rio 2016 Sessão com Lito
Refresh Rio 2016 Sessão com LitoRefresh Rio 2016 Sessão com Lito
Refresh Rio 2016 Sessão com Lito
 

Último

A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETODouglasVasconcelosMa
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 

Último (20)

A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETOProjeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
Projeto leitura HTPC abril - FORMAÇÃP SOBRE O PROJETO
 
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 

EC POA - O mundo mudou - encontro 1 2018

  • 1.
  • 3.
  • 5.
  • 7. 2018 - 82% da riqueza do mundo foi para o 1% mais rico
  • 8. "Mundo pós-industrial”…? "Nunca houve um tempo de tanta oportunidade e tanto perigo.”
 _Klaus Schwab
  • 9. Primeira (1790) Segunda (1870) Terceira (1970) Quarta (Bem vindo) Linha de montagem, eletricidade, produção em massa, petróleo Computação e automação, energia nuclear Internet de todas as coisas, adoção de IA em massa, energia renovável Mecanização, energia da água e vapor As quatro revoluções industriais
  • 10. 3a Revolução - Era da informação em rede
  • 11. 1 - > N N < - > N … I N T E R N E T 
 ( W E B 1 . 0 ) W E B 2 . 0 W E B 2 . 0 +
  • 13.
  • 15. em 93 anos 610.000 quartos 88 países em 4 anos 650.000 quartos 192 países
  • 16.
  • 17. Século XX Crédito + Propaganda + Posse Individual = Hiperconsumo Século XXI Reputação + Comunidade + Acesso compartilhado = Prossumo
  • 18. … E a quarta revolução industrial?
  • 19. Primeira (1790) Segunda (1870) Terceira (1970) Quarta (Bem vindo) Linha de montagem, eletricidade, produção em massa, petróleo Computação e automação, energia nuclear Internet de todas as coisas, adoção de IA em massa, energia renovável Mecanização, energia da água e vapor As quatro revoluções industriais
  • 20.
  • 21. Histórico de adoção de painéis solares Vs previsões de especialistas
  • 22. 22
  • 23. 23
  • 24. 24
  • 25.
  • 26. 26
  • 27.
  • 28. Pressões sociaisPressões econômicas Pressões ambientais Inovações tecnológicas
  • 29.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35. “Nós não pensamos e falamos sobre o que vemos. Nós vemos aquilo sobre o qual somos capazes de pensar e falar.” - Edgar Schein
  • 36. PERIODO 1: 100.000 - 15.000 ANOS ATRÁS - INFRA-VERMELHO - REATIVO 100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30 0 PotencialdasorganizaçõesHumanas
  • 37. PERIODO 1: 100.000 - 15.000 ANOS ATRÁS - INFRA-VERMELHO - REATIVO Arco e Flecha Instrumentos Agulha Invenção do Barco Lâmpada a óleo Primeiros sinais de Religião Domesticamos Cães Corda Mineração
  • 38. PERIODO 2: 15.000 ANOS ATRÁS - MAGENTA - MÁGICO 100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30 0 PotencialdasorganizaçõesHumanas
  • 39. PERIODO 2: 15.000 ANOS ATRÁS - MAGENTA - MÁGICO Nascimento de Tribos com poucas centenas Alto índice de homicídios e violência Explicação através da mágica e espíritos Presente! Pouco passado Nada de Futuro
  • 40. PERIODO 3: 10.000 - VERMELHO - IMPULSIVO 100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30 0 PotencialdasorganizaçõesHumanas
  • 41. PERIODO 3: 10.000 - VERMELHO - IMPULSIVO 10000 AA
 Invenção do Barco 8000 AA
 1ª Engenharia Biológica: a castração de Touro 7000 AA Roda
  • 42. PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS 100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30 0 PotencialdasorganizaçõesHumanas 280 ppm
  • 43. PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS 5500 AA
 Veículos com rodas 4700 AA
 Abacus 3780 AA Primeiros Sistemas
 Legais 5100 AA
 1ª dinastia do Egito 4600 AA Civilização Maia 3600 AA Primeiros relógios de água e areia na Babilonia e Egito 5000 AA
 Dinheiro, Ferro
 Linguagem Escrita 4500 AA
 Mamutes Extintos 2792 AA Primeiras Olimpíadas
  • 44. 2500 AA
 Nasce o conceito da Democracia 2486 AA
 Nasce Sócrates 2200 AA
 Aprende a usar 
 energia da Água 2018 AA Nasce Jesus 2250 AA
 Guerra de Troia PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS
  • 45. 0 Bússola 570 Nasce Maomé 1040 1ª Impressão na China 105 Papel de trapo
 (Rag Paper) 900
 Pólvora, na China 1241 Invasão da Mongólia na Europa 200
 Invenção do Aço na China 965 Nascimento Alhazen 1436 Impressão em Papel PERIODO 4: 6.000 - ÂMBAR - CONFORMISTAS
  • 46. PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES 100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30 0 PotencialdasorganizaçõesHumanas 290 ppm 300 ppm 310 ppm 280 ppm
  • 47. PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES 1500 Colonização das Américas 1600 Séc. da Revolução Científica 1687 Newton publica a lei da gravitação universal e as tres leis de Newton (Mecânica Classica) 1582 Calendário Gregoriano 1602 Companhia das Índias (Primeiras ações) 1689 Declaração de Direitos na Inglaterra 1592 Microscópio 1608 Telescópio 1700 Iluminismo
  • 48. 1712 O Motor 1723 Empreendedorismo 1750 Arado de Aiveca 1752 Ben Franklin e o experimento com a pipa e a chave 1765 Máquina a vapor 1775 Revolução Americana Grécia + Biblia 1793 Descaroçador de algodão 1796 Invenção da Vacina 1789 Início da revolução francesa 1800 Lâmpada Humphry Davy, criou a primeira lâmpada 1800 2-3% da Pop. em cidades. 1800 290 ppm de CO2 na atmosfera 1803 Guerras napoleônicas 1809 Telégrafo (Morse) 1815 Mais antiga org. internacional Comissão central pela Navegação do Reno 1822 Independência do Brasil PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
  • 49. 1846 Anestesia 1850 Saneamento Básico 1850 Refrigeração 1855 Processo Bessemer para fazer aço em escala 1859 Petróleo 1858 Motor de combustão interno comercialmente viável 1876 Telefone 1879 Lâmpada de Thomas Edison 1863 Pasteurização 1869 Descoberto o DNA 1888 Abolição da escravatura no Brasil (1863 nos EUA) 1888 Primeira patente de célula solar 1896 Semicondutores 1897 O Rádio 1897 Descoberto o Eletron 1899 Aspirina PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
  • 50. 1900 15% da pop em cidades 1900 Física Quântica 1903 Avião 1908 Modelo Ford T Lançado 1911 Princípios da adm, científica publicado por Taylor 1913 Linha de montagem 1914 Início da primeira guerra mundial 1918 Fixação de nitrogênio 1918 Guerra civil Russa 1926 Televisão Dez anos depois nasceu a BBC 1926 Foguetes espaciais 1928 Fleming redescobre penicilina. 1939 Fissão nuclear 1939 Início da segunda guerra mundial 1945 Nasce a ONU 1946 Lançado o supercomputador ENIAC PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
  • 51. 1946 Primeiro cartão de crédito de banco 1947 O transistor 1948 Declaração Universal de Direitos Humanos 1950 O termo Biomimética é criado 1953 Proposta do modelo de dupla hélice para o DNA 1959 A grande fome na China 1960 A Pílula anticoncepcional 1960 315 ppm CO2 na atmosfera 1965 Cunhado o termo Hippie 1966 Cunhado termo Revolução Verde 1967 Transplante de coração 1969 A internet 1969 Primeiro homem pisa na Lua 1971 Microprocessadores 1973 Crise do Petróleo 1973 Celular PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
  • 52. 1975 IBM lança primeiro computador pessoal 1975 Fundação da Microsoft 1976 Fundação da Apple 1976 Descobre-se efeitos de Metano e Ozônio no aquecimento global 1977 Opinião científica tende a convergir sobre realidade de Aquecimento Global 1979 Segunda crise do petróleo 1980 Primeira lteração genética de arroz e milho 1980 Ronald Reagan eleito Presidente dos EUA 1981 Ano mais quente já registrado PERIODO 5: 1500 AD - LARANJA - CONQUISTADORES
  • 53. PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS 100.000 15.000 10.000 6.000 1.500 30 0 PotencialdasorganizaçõesHumanas 410 ppm 280 ppm 290 ppm 300 ppm 310 ppm 280 ppm 280 ppm 280 ppm
  • 54. PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS 1984 Primeira impressora 3D 1985 Conferência Villach Fala-se de limite de emissões de gases 1986 Acidente em Chernobyl 1989 Fim da Guerra Fria 1992 Trigo é o último dos grandes grãos a ser geneticamente modificado 1992 ECO92 no Rio
  • 55. 2000 Publicada a Carta da Terra 2000 Walmart tem mais de 2 milhões de funcionários 2001 Nasce Wikipedia 2002 Prêmio Nobel Economia para Daniel Kahneman 2004 Fundação facebook (e orkut) 2006 Muhammad Yunus Prêmio Nobel da Paz 2006 Fundação do Sistema B internacional 2007 Primeiro iPhone 2009 Lançamento Bitcoin e tecnologia Blockchain PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
  • 56. 2009 Eleonor Ostrom ganha Prêmio Nobel de Economia 2011 Computador Quantico Dwave one 2012 Facebook atinge 1 bilhão de usuários 2013 Google Lança a Calico, empresa de biotecnologia que tem a missão de estender a vida humana 2013 Nasceu o primeiro coelho que brilha no escuro 2014 oceano 30% mais ácido do que em 1800 2014 54% população vive em cidades 2014 Aprovado nos EUA primeiro Rim artificial wearable 2014 13.000.000 de He de floresta desmatados por ano PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS
  • 57. 2015 Facebook atinge 1 bilhão de usuários conectados num dia 2015 CO2 na atmosfera atinge 400 ppm 2015 Primeiro olho biônico 2016 Primeiro transplante de pênis PERIODO 6: 30 - VERDE - PLURALISTAS https://goo.gl/6Cgy9t 2017 https://goo.gl/6Cgy9t
  • 58.
  • 59.
  • 60. Assim como precisamos respirar para viver, mas não vivemos para respirar… …as empresas precisam lucrar para viver, mas não precisam viver para lucrar
  • 61. “O velho modelo do capitalismo e da estratégia corporativa estão morrendo. Estamos vivenciado uma mudança de paradigma do prejudicar para o ajudar… Externalidades econômicas estão se tornando novas oportunidades de negócios.” 
 __Michael Porter
  • 62. “O velho modelo do capitalismo e da estratégia corporativa estão morrendo. Estamos vivenciado uma mudança de paradigma do prejudicar para o ajudar… Externalidades econômicas estão se tornando novas oportunidades de negócios.” 
 __Michael Porter
  • 63. "Entre ganhar dinheiro e fazer a diferença no mundo, fique com os dois."
  • 64. Como sua empresa pode contribuir para o mundo sócio-ambientalmente? . Seu produto ou serviço gera benefício direto sócio-ambiental . Seus processos geram benefício sócio-ambiental dentro de casa . Seus processos geram benefício sócio-ambiental na cadeia
  • 65. Porque? Regeneração da biodiversidade da Mata atlântica Como? Apoiando cooperativas de produtores de mate mudar para produção orgânica O que? Bebida energética a base de erva mate orgânica
  • 66.
  • 68.
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 73. Usado por +40.000 empresas Adaptado com base em no. funcionários, setor e geografia
  • 74.
  • 75.
  • 77.
  • 78.
  • 80.
  • 82.
  • 83.
  • 84. Não é sobre fazer menos mal, nem sobre conservar a natureza. É sobre fazer negócios que regeneram ecossistemas sócio- ambientais
  • 85. “Apesar de todas as suas boas intenções, a economia verde não conseguiu decolar. Ela exige que os governos subsidiem, que as empresas aceitem lucros menores e que os consumidores paguem mais.” 
 _Günter Pauli
  • 86. Ellen MacArthur 
 (economia circular) Gunter Pauli (economia azul)
  • 88. Extração Produção Distribuição Consumo Descarte Sistema simples e linear
  • 89. BENS DE RÁPIDO CONSUMO
 84% dos insumos materiais são perdidos para aterros ou incinerados anualmente
  • 90. Sistema Complexo e circular
  • 91.
  • 92.
  • 94.
  • 95.
  • 96.
  • 97.
  • 98.
  • 99.
  • 100.
  • 101.
  • 102. "Não alugo um terreno plano, tenho sócios num prédio"
  • 103.
  • 105. "Todo modelo é, no melhor do casos, uma boa aproximação da realidade." "Essencialmente todos os modelos estão errados, mas alguns são úteis.”