SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 99
CURSO DE ATUALIDADES 2008 [email_address] http://mariodemori.blogspot.com/ http://focosdetensoesinternacionais.blogspot.com/
TEMA 05: A ECONOMIA MUNDIAL E DO BRASIL
    GLOBALIZAÇÃO E SEUS EFEITOS A característica mais notável da globalização é a presença de marcas mundiais
O QUE NOS PARECE ?
ENCURTAMENTO DAS DISTÂNCIAS
Globalização e seus efeitos ,[object Object]
características ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Modernização dos Transportes ,[object Object],[object Object]
Inovação nas telecomunicações ,[object Object],[object Object],[object Object]
transnacionais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
efeitos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sociedade de consumo ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
AS CONSEQUÊNCIAS LOGO APARECEM...
O MUNDO ESTÁ...
ALGUÉM ESTÁ SE DANDO BEM NESSA ...
QUE MUNDO NÓS TEMOS ?
ESSE MUNDO, NÓS VIMOS EM 2008
VIVEMOS EM UM MUNDO,  ....
VAMOS RECORDAR...
NÓS PODEMOS FAZER ALGO...
UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL
FORUM SOCIAL MUNDIAL – FSM   ,[object Object]
Recente relatório do Banco Mundial declara: “ A globalização parece aumentar a pobreza e a desigualdade... Os custos de ajustamento para maior abertura são suportados exclusivamente pelo pobre.”
A Agência Central de Inteligência norte-americana, CIA, ainda em 2000, também abordou a questão: “ A economia global vai espalhar conflitos e estabelecer uma diferença maior entre vencedores e perdedores. Grupos excluídos enfrentarão profunda estagnação econômica...”
A Organização das Nações Unidas, ONU, também dizia no mesmo ano: “ O processo (globalização) está concentrando poder e marginalizando o pobre.”
Relatório das Nações Unidas destaca, ainda, as gritantes desigualdades atualmente observadas: “ A fortuna pessoal das três pessoas mais ricas do mundo é maior do que o PIB dos 48 países mais pobres juntos.” “ ...o número de bilionários no mundo tem aumentado em 25 por cento nos últimos dois anos.” “ O quinto mais rico das pessoas do mundo consome 86 por cento de todos os bens e serviços, enquanto o quinto mais pobre consome apenas 1 por cento.”
O quinto mais rico consome 86 por cento de todos os bens e serviços; o quinto mais pobre consome apenas 1 por cento...
Um recente levantamento do Banco Mundial diz que 54,7 por cento da humanidade vive em estado de miséria ou pobreza extrema.
Ainda segundo o Banco Mundial,  “a expectativa de vida tem declinado  em 33 países desde 1990.”
Há no mundo atual quatro causas de  morte precoce, a saber: 1. Doenças 2. Acidentes  (de trânsito, de trabalho, naturais) 3. Violência  (homicídios, suicídios, terrorismo e guerra) 4. e a Fome Esta última é a que causa mais vítimas e, no entanto, a que provoca menos interesse na grande mídia, menos mobilidade dos governantes e da sociedade para que seja erradicada.
Leia, a seguir, trecho de uma recente entrevista concedida pelo economista americano Jeffrey Sachs, Diretor do Instituto Terra da Universidade Columbia, e do Projeto Milênio das Nações Unidas, na qual comenta sua visita a Malauí, país localizado no sudeste africano:
“ Visitei uma mulher em Malauí, após uma forte seca que tinha destruído sua lavoura. Perguntei o que ela estava comendo no lugar. Ela respondeu que pegava palhas de milho desprezadas pelo moinho, fervia e dava às crianças.  Fiquei chocado e pedi para ver. Ela me respondeu: ‘ Desculpe senhor, mas hoje é domingo.  Hoje a gente não tem nada para comer,  pois o moinho está fechado.’  Não há desculpas para isso acontecer em pleno século XXI, com tanta tecnologia disponível. É absurdo alguém morrer por ser pobre.”
‘ O único milagre que podemos fazer será o de continuar a viver, amparar a fragilidade da vida um dia após o outro dia...’
Quanto tempo ainda levará até que entendamos que o ‘comércio livre’ é sinônimo de concentração de riquezas,  de exclusão e sofrimento, e resolvamos adotar no seu lugar o ‘comércio justo’ ?
 
Quanto tempo ainda levará até que percebamos que toda vida é preciosa, que toda vida é sagrada; até que entendamos que todos pertencemos a uma única família:  a família humana?
Até que entendamos que juntamente com as vinte mil vidas ceifadas a cada dia pela fome enterramos também uma parte da nossa condição humana...?
‘ O Grito’ Noruega, 1893 Autor: Edvard Munch ‘ O Grito’ Iraque, tempos atuais Autor: Os Senhores da Guerra, com sua sede por sangue, poder  e petróleo
Crianças iraquianas, vítimas de uma ocupação fracassada e desumana. Cruel retrato de um país destroçado, Triste retrato de um mundo que perdeu seu rumo.
Embora o tema desta apresentação seja a miséria material, - a fome por comida e por meios mínimos de sobrevivência -, acaba-se por abordar a miséria moral e espiritual que reina nos dias atuais, que conduz à guerra e à destruição, pois é esta miséria que fomenta a outra...
As profundas desigualdades que marcam o mundo atual impedem a tão almejada paz. Como se pode obter paz e bem-estar quando 80 por cento das riquezas estão nas mãos de 20 por cento da população, quando a ideologia do dinheiro prega que a ambição econômica tem mais valor do que a ética?
A paz jamais será fruto da imposição das armas e do equilíbrio de forças, como alguns erroneamente acreditam, e sim da promoção da justiça.
A promoção da justiça, seja nas relações entre as nações, seja nas relações sociais que regem as nossas vidas .
Promova a paz, exercite bondade, semeie justiça.  Não deixe que as preciosas horas dos preciosos anos da tua vida passem em branco.
Que reflitamos sobre que uso fazemos do nosso tempo livre, se não o estamos jogando ao vento quando o gastamos em demasia com: - As intermináveis novelas e minisséries que nada acrescentam; - os campeonatos de futebol e as patéticas mesas redondas que os seguem; - todos os enlatados, seriados e filmes caça-níqueis americanos; - os programas de auditório e humorísticos que são uma afronta à inteligência...
Desligue a televisão; leia mais. Passe menos tempo em frente do computador; olhe para os lados.
Não se faz preciso ir tão longe quanto a África para ajudar o próximo. Nas periferias de todas as grandes cidades existem pessoas que necessitam de ajuda.
Não permita que as preciosas horas dos preciosos anos da tua vida passem em branco.
Cultive o hábito de dedicar parte do teu tempo livre em atividades de serviço ao próximo.  A tua alma agradecerá.
Que tua alma dê ouvidos a todo grito de dor, Tal como o lótus abre o seu coração para sorver o sol matutino. - A Voz do Silêncio antigo texto budista
Para a nossa avareza,  o muito é pouco;  para a nossa necessidade,  o pouco é muito .  - Sêneca
ÉTICA A chave para a solução dos problemas atuais do Brasil pode ser a mesma que o prefeito de New York usou há uma década atrás: Veja os 11 mandamentos :
Solução:  NUNCA suborne  nem aceite suborno! 1- Você acha um absurdo a corrupção da polícia?
02. Você acha um absurdo o roubo de carga, até mesmo com assassinatos dos motoristas? Solução:  EXIJA  a nota fiscal em  TODAS  as suas compras!
Solução: NUNCA  compre nada deles!  A maior parte de suas mercadorias são produtos roubados, falsificados ou sonegados. 03. Você acha um absurdo a desordem causada pelos camelôs?
Solução:  NÃO  compre nem consuma drogas!         04. Você acha um absurdo o poder dos marginais das favelas?
05. Você acha um absurdo o enriquecimento ilícito?   Solução:  Não o admire, repudie-o.
06. Você acha um absurdo a quantidade de pedintes no sinal ou de flanelinhas nas ruas? Solução:  NUNCA  dê nada.
Solução:  Só jogue o  LIXO no LIXO. 07. Você acha um absurdo que qualquer chuva alague a cidade?
08. Você acha um absurdo haver cambistas para shows e espetáculos? Solução:  NÃO  compre deles, nem que não assista ao evento.
Solução:   NUNCA  feche o cruzamento. 09. Você acha um absurdo o trânsito da sua cidade?
1 0. Você está indignado com o desempenho de seus representantes na política? Solução: Nunca mais vote neles e espalhe aos seus amigos  seu   desalento e o nome dos eleitos que o decepcionam.
                 Solução:  Prestigie a indústria brasileira ! 10. Você acha um absurdo o poder econômico e militar dos  Estados Unidos da América?
Estamos passando por uma fase de falta de cidadania e patriotismo. Precisamos mudar nosso comportamento para que possamos viver num país onde tenhamos orgulho de dizer: EU SOU  BRASILEIRO!
Ficando parado, você não contribui com nada; portanto não pode reclamar. Pratique os pontos com os quais você concordou e tente praticar também os que você não concordou. Divulgue esta mensagem, pois estará contribuindo para um Brasil melhor,  precisamos melhorar este país. Vamos todos viver com ÉTICA
2009   Ano Novo… Vida Nova
Produções HUMORDATRETA
Este é o ano da nossa VIDA.  Que cada um de nós a cuide melhor !!   Bom Ano !!
QUE EM 2009, VOCÊ MUDE O MUNDO Produções HUMORDATRETA
Pequenas ações individuais são a maior força transformadora que se conhece. Ter uma atitude consciente em relação aos nossos hábitos de consumo é a melhor (talvez a única) maneira de se mudar o mundo. Produções HUMORDATRETA
Economize água, luz, separe e recicle o seu lixo, faça a sua parte e ajude a construir um futuro para todos. Que no Ano Novo você consiga transformar tudo o que está dentro e fora de você. Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ ECONOMIZE ÁGUA Produções HUMORDATRETA
Segundo a ONU, a escassez de água já atinge 2 bilhões  de pessoas. Esse número pode duplicar em menos de 20 anos. Produções HUMORDATRETA Produções HUMORDATRETA
Faça a diferença no Ano Novo usando água racionalmente, desligando a torneira enquanto escova os dentes e tomando banho de chuveiro até 6 minutos. Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ APAGUE A LUZ Produções HUMORDATRETA
Todo o mundo deseja muita luz no Ano Novo. Deseje você também para as gerações futuras, apagando todas as luzes que não utiliza, abrindo as janelas, desligando o ar-condicionado e utilizando racionalmente os eletrodomésticos. Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ CONSUMA MENOS CARNE Produções HUMORDATRETA
O consumo de carne animal gera desmatamento, desequilíbrio ambiental, poluição e desigualdade social. É também um dos factores responsáveis pelo aquecimento global.   Produções HUMORDATRETA
Um ano melhor para todos pode começar à nossa mesa. Produções HUMORDATRETA
Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ CONSUMA PRODUTOS BIOLÓGICOS Produções HUMORDATRETA
Alimentos orgânicos não possuem agrotóxicos e respeitam os ciclos das plantas, insectos e pássaros essenciais para a manutenção da nossa vida.  Também são mais saborosos e saudáveis. Produções HUMORDATRETA
Que o Ano Novo seja farto de escolhas conscientes e sustentáveis Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ CONSUMA PRODUTOS “ COMÉRCIO JUSTO ”
“ Comércio Justo”  é uma ONG   (Organização Não Governamental)   baseada no diálogo, transparência e respeito pelas pessoas, legislação e meio ambiente para que sejam respeitados os direitos quer dos produtores, quer dos trabalhadores, isto é, para que o produto seja vendido é necessário que o produtor e todos os envolvidos na produção dos bens e serviços sejam justamente remunerados.
QUE EM 2009, VOCÊ DEIXE O CARRO EM CASA Produções HUMORDATRETA
Ao deixar o carro em casa, no mínimo uma vez por semana você reduz consideravelmente a emissão de gases de efeito de estufa na atmosfera, colabora com o trânsito e torna a cidade mais agradável. Produções HUMORDATRETA
Que no Ano Novo você vá para muitos lugares agradáveis, a pé, de bicicleta, ou de transportes públicos. Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ USE MENOS PAPEL Produções HUMORDATRETA
Apesar de se necessitar cada vez menos de papel, a demanda por ele cresce ano a ano, consumindo rapidamente florestas e ecossistemas inteiros. Produções HUMORDATRETA
O reflorestamento faz pouco efeito, uma vez que ele não traz de volta espécies nativas, animais e insetos. Produções HUMORDATRETA
Use folhas usadas ou papel reciclado e não imprima e-mails sem necessidade. Produções HUMORDATRETA
Ajude a garantir um Ano Novo e um futuro mais verde para todos. Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ UTILIZE MENOS SACOS DE PLÁSTICO
Os inocentes sacos de plástico do supermercado geram resíduos que levam centenas de anos para se decomporem na natureza, além de aumentar os custos dos produtos.  No oceano, são confundidos por algas pelas tartarugas e outros animais, que os comem e morrem asfixiados . Produções HUMORDATRETA
Leve o seu próprio saco quando for fazer compras, para que o Ano Novo e o Amanhã das gerações futuras seja mais próspero e menos poluído. Produções HUMORDATRETA
QUE EM 2009, VOCÊ SEJA VOLUNTÁRIO Produções HUMORDATRETA
Tire aquele velho plano da gaveta e informe-se sobre instituições que precisam de voluntários. Há milhares de pessoas por aí cujo melhor presente no Ano Novo seria um pouquinho da sua atenção e do seu carinho.
QUE EM 2009, VOCÊ EXERÇA O SEU DIREITO À CIDADANIA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (15)

Opinião 02 abr 2
Opinião 02 abr 2Opinião 02 abr 2
Opinião 02 abr 2
 
A decadência da humanidade
A decadência da humanidadeA decadência da humanidade
A decadência da humanidade
 
Desterritorialização e redes de solidariedade
Desterritorialização e redes de solidariedadeDesterritorialização e redes de solidariedade
Desterritorialização e redes de solidariedade
 
Reporter capixaba 77
Reporter capixaba 77Reporter capixaba 77
Reporter capixaba 77
 
Carregando o elefante
Carregando o elefanteCarregando o elefante
Carregando o elefante
 
Atualidades para o enem
Atualidades para o enemAtualidades para o enem
Atualidades para o enem
 
Revista cachoeiro rc77
Revista cachoeiro rc77Revista cachoeiro rc77
Revista cachoeiro rc77
 
Copa 2014
Copa 2014Copa 2014
Copa 2014
 
Copa do mundo no brasil
Copa do mundo no brasilCopa do mundo no brasil
Copa do mundo no brasil
 
Copa 2014
Copa 2014Copa 2014
Copa 2014
 
é O capitalismo, estúpido
é O capitalismo, estúpidoé O capitalismo, estúpido
é O capitalismo, estúpido
 
A Paz começa com o desarmamento
A Paz começa com o desarmamentoA Paz começa com o desarmamento
A Paz começa com o desarmamento
 
Boletim do Meio Ambiente dez-2011 on
Boletim do Meio Ambiente dez-2011 onBoletim do Meio Ambiente dez-2011 on
Boletim do Meio Ambiente dez-2011 on
 
Brasil: Declaração da Assembleia dos Movimentos Sociais
Brasil: Declaração da Assembleia dos Movimentos SociaisBrasil: Declaração da Assembleia dos Movimentos Sociais
Brasil: Declaração da Assembleia dos Movimentos Sociais
 
Slides de confiança e-medo-na-cidade-1
Slides de confiança e-medo-na-cidade-1Slides de confiança e-medo-na-cidade-1
Slides de confiança e-medo-na-cidade-1
 

Destaque

Economia mundial,blocos economicos e globalização
Economia mundial,blocos economicos e globalizaçãoEconomia mundial,blocos economicos e globalização
Economia mundial,blocos economicos e globalizaçãoENSINANDO HISTÓRIA 57
 
Moving from evaluation to learning peter york
Moving from evaluation to learning peter yorkMoving from evaluation to learning peter york
Moving from evaluation to learning peter yorkMichele Garvey
 
Item 6
Item 6Item 6
Item 6Laguat
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF
 
Globalização - O mundo em nossas mãos
Globalização - O mundo em nossas mãosGlobalização - O mundo em nossas mãos
Globalização - O mundo em nossas mãosLucas Sabadini
 
O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)
O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)
O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)Helíssia Coimbra
 
O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...
O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...
O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...Luís Carlos Cardoso
 
POLÍTICA E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX
POLÍTICA  E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX POLÍTICA  E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX
POLÍTICA E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX faf29
 
Gestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da Informação
Gestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da InformaçãoGestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da Informação
Gestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da InformaçãoLuis Vidigal
 
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização   pos em geografia FIESOrdem internacional e globalização   pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIESFACULDADE ESPÍRITA
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos EconômicosDiego Lopes
 
Castells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-cultura
Castells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-culturaCastells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-cultura
Castells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-culturaJoão Dutra
 
Boletim de economia e política internacional 12
Boletim de economia e política internacional   12Boletim de economia e política internacional   12
Boletim de economia e política internacional 12Fabricio Rocha
 
Blocos Eegionais e Fluxo de Comércio
Blocos Eegionais  e Fluxo de ComércioBlocos Eegionais  e Fluxo de Comércio
Blocos Eegionais e Fluxo de ComércioCentro Paula Souza
 

Destaque (20)

Economia mundial,blocos economicos e globalização
Economia mundial,blocos economicos e globalizaçãoEconomia mundial,blocos economicos e globalização
Economia mundial,blocos economicos e globalização
 
Brics
BricsBrics
Brics
 
Eduardo Felipe Matias
Eduardo Felipe MatiasEduardo Felipe Matias
Eduardo Felipe Matias
 
Moving from evaluation to learning peter york
Moving from evaluation to learning peter yorkMoving from evaluation to learning peter york
Moving from evaluation to learning peter york
 
Brics
BricsBrics
Brics
 
Item 6
Item 6Item 6
Item 6
 
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
LATEC - UFF. O PAPEL DO ESTADO NA CONSTRUÇÃO DE UMA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO.
 
Nova ordem mundial
Nova ordem mundialNova ordem mundial
Nova ordem mundial
 
Globalização - O mundo em nossas mãos
Globalização - O mundo em nossas mãosGlobalização - O mundo em nossas mãos
Globalização - O mundo em nossas mãos
 
O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)
O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)
O Papel do Estado na Economia da Justiça (Economia Política)
 
O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...
O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...
O Papel do Estado no Crescimento Económico Endógeno de Longo Prazo numa Econo...
 
POLÍTICA E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX
POLÍTICA  E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX POLÍTICA  E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX
POLÍTICA E ECONOMIA MUNDIAL MUNDIAL DO SÉCULO XX
 
Gestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da Informação
Gestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da InformaçãoGestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da Informação
Gestão da informação na AP - Luis Vidigal - Sociedade da Informação
 
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização   pos em geografia FIESOrdem internacional e globalização   pos em geografia FIES
Ordem internacional e globalização pos em geografia FIES
 
Blocos Econômicos
Blocos EconômicosBlocos Econômicos
Blocos Econômicos
 
Globalizacao
GlobalizacaoGlobalizacao
Globalizacao
 
Castells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-cultura
Castells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-culturaCastells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-cultura
Castells a-era-da-informacao-economia-sociedade-e-cultura
 
Boletim de economia e política internacional 12
Boletim de economia e política internacional   12Boletim de economia e política internacional   12
Boletim de economia e política internacional 12
 
Globalização Em Geraal
Globalização Em Geraal Globalização Em Geraal
Globalização Em Geraal
 
Blocos Eegionais e Fluxo de Comércio
Blocos Eegionais  e Fluxo de ComércioBlocos Eegionais  e Fluxo de Comércio
Blocos Eegionais e Fluxo de Comércio
 

Semelhante a Globalização, desigualdades e alternativas para um mundo mais justo

Aula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor MarioAula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor MarioProfMario De Mori
 
GlobalizaçãO E Suas Consequencias
GlobalizaçãO E Suas ConsequenciasGlobalizaçãO E Suas Consequencias
GlobalizaçãO E Suas Consequenciasguest496c0b
 
Um Outro Mundo é Possível
Um Outro Mundo é PossívelUm Outro Mundo é Possível
Um Outro Mundo é PossívelRei
 
Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8
Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8
Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8Igd Geremário Dantas
 
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hojeJornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hojecalbsilva
 
Sociologia - Globalização
Sociologia   - Globalização Sociologia   - Globalização
Sociologia - Globalização Carmem Rocha
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
GlobalizaçãoUnime
 
Seminário A era e o meio Digital
Seminário A era e o meio DigitalSeminário A era e o meio Digital
Seminário A era e o meio DigitalErika Zuza
 
O fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptxO fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptxHelderNunes21
 
A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...
A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...
A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...frechesantos
 
Aula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da AtualidadeAula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da AtualidadeProfMario De Mori
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoFernando Alcoforado
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoFernando Alcoforado
 

Semelhante a Globalização, desigualdades e alternativas para um mundo mais justo (20)

Aula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor MarioAula De Sociologia Do Professor Mario
Aula De Sociologia Do Professor Mario
 
GlobalizaçãO E Suas Consequencias
GlobalizaçãO E Suas ConsequenciasGlobalizaçãO E Suas Consequencias
GlobalizaçãO E Suas Consequencias
 
Um Outro Mundo é Possível
Um Outro Mundo é PossívelUm Outro Mundo é Possível
Um Outro Mundo é Possível
 
GLOBALIZAÇÃO
GLOBALIZAÇÃOGLOBALIZAÇÃO
GLOBALIZAÇÃO
 
Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8
Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8
Globalizao e-suas-consequencias-1211483242528487-8
 
Pawel Kuczinski
Pawel KuczinskiPawel Kuczinski
Pawel Kuczinski
 
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hojeJornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
Jornal de Leiria 27maio10 - O futuro é já hoje
 
Sociologia - Globalização
Sociologia   - Globalização Sociologia   - Globalização
Sociologia - Globalização
 
Globalização2
Globalização2Globalização2
Globalização2
 
Geografia
GeografiaGeografia
Geografia
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Contradições da globalização
Contradições da globalizaçãoContradições da globalização
Contradições da globalização
 
Globalização
GlobalizaçãoGlobalização
Globalização
 
Seminário A era e o meio Digital
Seminário A era e o meio DigitalSeminário A era e o meio Digital
Seminário A era e o meio Digital
 
O mundo pós guerra fria
O mundo pós guerra friaO mundo pós guerra fria
O mundo pós guerra fria
 
O fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptxO fenómeno da globalização.pptx
O fenómeno da globalização.pptx
 
A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...
A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...
A era pós industrial, a sociedade do conhecimento e a educação para o pensar ...
 
Aula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da AtualidadeAula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
Aula Sobre Aspectos Humanos Da Atualidade
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
 
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneoComo impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
Como impedir a débâcle humanitária no mundo contemporâneo
 

Mais de ProfMario De Mori

100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM
100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM
100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEMProfMario De Mori
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS ProfMario De Mori
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS ProfMario De Mori
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS ProfMario De Mori
 
Aula charges sociologia 2º anos
Aula charges sociologia 2º anosAula charges sociologia 2º anos
Aula charges sociologia 2º anosProfMario De Mori
 
Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE ProfMario De Mori
 
Aula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosAula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosProfMario De Mori
 
Aula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosAula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosProfMario De Mori
 
Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE ProfMario De Mori
 

Mais de ProfMario De Mori (20)

100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM
100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM
100 DICAS PARA ACERTAR NO ENEM
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 2º ANOS
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 1º ANOS
 
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS
ATIVIDADES DAS TIRAS E DO ATLAS 9º ANOS
 
100 DICAS ENEM PARTE 11
100 DICAS ENEM PARTE 11100 DICAS ENEM PARTE 11
100 DICAS ENEM PARTE 11
 
100 DICAS ENEM PARTE 10
100 DICAS ENEM PARTE 10100 DICAS ENEM PARTE 10
100 DICAS ENEM PARTE 10
 
100 DICAS ENEM PARTE 09
100 DICAS ENEM PARTE 09100 DICAS ENEM PARTE 09
100 DICAS ENEM PARTE 09
 
100 DICAS ENEM PARTE 08
100 DICAS ENEM PARTE 08100 DICAS ENEM PARTE 08
100 DICAS ENEM PARTE 08
 
100 DICAS ENEM PARTE 07
100 DICAS ENEM PARTE 07100 DICAS ENEM PARTE 07
100 DICAS ENEM PARTE 07
 
100 DICAS ENEM PARTE 06
100 DICAS ENEM PARTE 06100 DICAS ENEM PARTE 06
100 DICAS ENEM PARTE 06
 
100 DICAS ENEM PARTE 05
100 DICAS ENEM PARTE 05100 DICAS ENEM PARTE 05
100 DICAS ENEM PARTE 05
 
100 DICAS ENEM PARTE 04
100 DICAS ENEM PARTE 04100 DICAS ENEM PARTE 04
100 DICAS ENEM PARTE 04
 
100 DICAS ENEM PARTE 03
100 DICAS ENEM PARTE 03100 DICAS ENEM PARTE 03
100 DICAS ENEM PARTE 03
 
100 DICAS ENEM PARTE 02
100 DICAS ENEM PARTE 02100 DICAS ENEM PARTE 02
100 DICAS ENEM PARTE 02
 
100 DICAS ENEM PARTE 01
100 DICAS ENEM PARTE 01100 DICAS ENEM PARTE 01
100 DICAS ENEM PARTE 01
 
Aula charges sociologia 2º anos
Aula charges sociologia 2º anosAula charges sociologia 2º anos
Aula charges sociologia 2º anos
 
Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 2º anos - 2º BIMESTRE
 
Aula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosAula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anos
 
Aula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anosAula charges sociologia 1º anos
Aula charges sociologia 1º anos
 
Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE
Aula atlas 1º anos - 2º BIMESTRE
 

Último

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfPastor Robson Colaço
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfIedaGoethe
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalJacqueline Cerqueira
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfAnaGonalves804156
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfIedaGoethe
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundonialb
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasCassio Meira Jr.
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...LizanSantos1
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 

Último (20)

HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptxSlides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
Slides Lição 03, Central Gospel, O Arrebatamento, 1Tr24.pptx
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdfO Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
O Universo Cuckold - Compartilhando a Esposas Com Amigo.pdf
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdfCurrículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
Currículo escolar na perspectiva da educação inclusiva.pdf
 
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem OrganizacionalGerenciando a Aprendizagem Organizacional
Gerenciando a Aprendizagem Organizacional
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdfPPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
PPT _ Módulo 3_Direito Comercial_2023_2024.pdf
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdfcartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
cartilha-pdi-plano-de-desenvolvimento-individual-do-estudante.pdf
 
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundogeografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
geografia 7 ano - relevo, altitude, topos do mundo
 
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades MotorasPrograma de Intervenção com Habilidades Motoras
Programa de Intervenção com Habilidades Motoras
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
Intolerância religiosa. Trata-se de uma apresentação sobre o respeito a diver...
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 

Globalização, desigualdades e alternativas para um mundo mais justo

  • 1. CURSO DE ATUALIDADES 2008 [email_address] http://mariodemori.blogspot.com/ http://focosdetensoesinternacionais.blogspot.com/
  • 2. TEMA 05: A ECONOMIA MUNDIAL E DO BRASIL
  • 3. GLOBALIZAÇÃO E SEUS EFEITOS A característica mais notável da globalização é a presença de marcas mundiais
  • 4. O QUE NOS PARECE ?
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13. AS CONSEQUÊNCIAS LOGO APARECEM...
  • 15. ALGUÉM ESTÁ SE DANDO BEM NESSA ...
  • 16. QUE MUNDO NÓS TEMOS ?
  • 17. ESSE MUNDO, NÓS VIMOS EM 2008
  • 18. VIVEMOS EM UM MUNDO, ....
  • 21. UM OUTRO MUNDO É POSSÍVEL
  • 22.
  • 23. Recente relatório do Banco Mundial declara: “ A globalização parece aumentar a pobreza e a desigualdade... Os custos de ajustamento para maior abertura são suportados exclusivamente pelo pobre.”
  • 24. A Agência Central de Inteligência norte-americana, CIA, ainda em 2000, também abordou a questão: “ A economia global vai espalhar conflitos e estabelecer uma diferença maior entre vencedores e perdedores. Grupos excluídos enfrentarão profunda estagnação econômica...”
  • 25. A Organização das Nações Unidas, ONU, também dizia no mesmo ano: “ O processo (globalização) está concentrando poder e marginalizando o pobre.”
  • 26. Relatório das Nações Unidas destaca, ainda, as gritantes desigualdades atualmente observadas: “ A fortuna pessoal das três pessoas mais ricas do mundo é maior do que o PIB dos 48 países mais pobres juntos.” “ ...o número de bilionários no mundo tem aumentado em 25 por cento nos últimos dois anos.” “ O quinto mais rico das pessoas do mundo consome 86 por cento de todos os bens e serviços, enquanto o quinto mais pobre consome apenas 1 por cento.”
  • 27. O quinto mais rico consome 86 por cento de todos os bens e serviços; o quinto mais pobre consome apenas 1 por cento...
  • 28. Um recente levantamento do Banco Mundial diz que 54,7 por cento da humanidade vive em estado de miséria ou pobreza extrema.
  • 29. Ainda segundo o Banco Mundial, “a expectativa de vida tem declinado em 33 países desde 1990.”
  • 30. Há no mundo atual quatro causas de morte precoce, a saber: 1. Doenças 2. Acidentes (de trânsito, de trabalho, naturais) 3. Violência (homicídios, suicídios, terrorismo e guerra) 4. e a Fome Esta última é a que causa mais vítimas e, no entanto, a que provoca menos interesse na grande mídia, menos mobilidade dos governantes e da sociedade para que seja erradicada.
  • 31. Leia, a seguir, trecho de uma recente entrevista concedida pelo economista americano Jeffrey Sachs, Diretor do Instituto Terra da Universidade Columbia, e do Projeto Milênio das Nações Unidas, na qual comenta sua visita a Malauí, país localizado no sudeste africano:
  • 32. “ Visitei uma mulher em Malauí, após uma forte seca que tinha destruído sua lavoura. Perguntei o que ela estava comendo no lugar. Ela respondeu que pegava palhas de milho desprezadas pelo moinho, fervia e dava às crianças. Fiquei chocado e pedi para ver. Ela me respondeu: ‘ Desculpe senhor, mas hoje é domingo. Hoje a gente não tem nada para comer, pois o moinho está fechado.’ Não há desculpas para isso acontecer em pleno século XXI, com tanta tecnologia disponível. É absurdo alguém morrer por ser pobre.”
  • 33. ‘ O único milagre que podemos fazer será o de continuar a viver, amparar a fragilidade da vida um dia após o outro dia...’
  • 34. Quanto tempo ainda levará até que entendamos que o ‘comércio livre’ é sinônimo de concentração de riquezas, de exclusão e sofrimento, e resolvamos adotar no seu lugar o ‘comércio justo’ ?
  • 35.  
  • 36. Quanto tempo ainda levará até que percebamos que toda vida é preciosa, que toda vida é sagrada; até que entendamos que todos pertencemos a uma única família: a família humana?
  • 37. Até que entendamos que juntamente com as vinte mil vidas ceifadas a cada dia pela fome enterramos também uma parte da nossa condição humana...?
  • 38. ‘ O Grito’ Noruega, 1893 Autor: Edvard Munch ‘ O Grito’ Iraque, tempos atuais Autor: Os Senhores da Guerra, com sua sede por sangue, poder e petróleo
  • 39. Crianças iraquianas, vítimas de uma ocupação fracassada e desumana. Cruel retrato de um país destroçado, Triste retrato de um mundo que perdeu seu rumo.
  • 40. Embora o tema desta apresentação seja a miséria material, - a fome por comida e por meios mínimos de sobrevivência -, acaba-se por abordar a miséria moral e espiritual que reina nos dias atuais, que conduz à guerra e à destruição, pois é esta miséria que fomenta a outra...
  • 41. As profundas desigualdades que marcam o mundo atual impedem a tão almejada paz. Como se pode obter paz e bem-estar quando 80 por cento das riquezas estão nas mãos de 20 por cento da população, quando a ideologia do dinheiro prega que a ambição econômica tem mais valor do que a ética?
  • 42. A paz jamais será fruto da imposição das armas e do equilíbrio de forças, como alguns erroneamente acreditam, e sim da promoção da justiça.
  • 43. A promoção da justiça, seja nas relações entre as nações, seja nas relações sociais que regem as nossas vidas .
  • 44. Promova a paz, exercite bondade, semeie justiça. Não deixe que as preciosas horas dos preciosos anos da tua vida passem em branco.
  • 45. Que reflitamos sobre que uso fazemos do nosso tempo livre, se não o estamos jogando ao vento quando o gastamos em demasia com: - As intermináveis novelas e minisséries que nada acrescentam; - os campeonatos de futebol e as patéticas mesas redondas que os seguem; - todos os enlatados, seriados e filmes caça-níqueis americanos; - os programas de auditório e humorísticos que são uma afronta à inteligência...
  • 46. Desligue a televisão; leia mais. Passe menos tempo em frente do computador; olhe para os lados.
  • 47. Não se faz preciso ir tão longe quanto a África para ajudar o próximo. Nas periferias de todas as grandes cidades existem pessoas que necessitam de ajuda.
  • 48. Não permita que as preciosas horas dos preciosos anos da tua vida passem em branco.
  • 49. Cultive o hábito de dedicar parte do teu tempo livre em atividades de serviço ao próximo. A tua alma agradecerá.
  • 50. Que tua alma dê ouvidos a todo grito de dor, Tal como o lótus abre o seu coração para sorver o sol matutino. - A Voz do Silêncio antigo texto budista
  • 51. Para a nossa avareza, o muito é pouco; para a nossa necessidade, o pouco é muito . - Sêneca
  • 52. ÉTICA A chave para a solução dos problemas atuais do Brasil pode ser a mesma que o prefeito de New York usou há uma década atrás: Veja os 11 mandamentos :
  • 53. Solução: NUNCA suborne nem aceite suborno! 1- Você acha um absurdo a corrupção da polícia?
  • 54. 02. Você acha um absurdo o roubo de carga, até mesmo com assassinatos dos motoristas? Solução: EXIJA a nota fiscal em TODAS as suas compras!
  • 55. Solução: NUNCA compre nada deles! A maior parte de suas mercadorias são produtos roubados, falsificados ou sonegados. 03. Você acha um absurdo a desordem causada pelos camelôs?
  • 56. Solução: NÃO compre nem consuma drogas! 04. Você acha um absurdo o poder dos marginais das favelas?
  • 57. 05. Você acha um absurdo o enriquecimento ilícito? Solução: Não o admire, repudie-o.
  • 58. 06. Você acha um absurdo a quantidade de pedintes no sinal ou de flanelinhas nas ruas? Solução: NUNCA dê nada.
  • 59. Solução: Só jogue o LIXO no LIXO. 07. Você acha um absurdo que qualquer chuva alague a cidade?
  • 60. 08. Você acha um absurdo haver cambistas para shows e espetáculos? Solução: NÃO compre deles, nem que não assista ao evento.
  • 61. Solução: NUNCA feche o cruzamento. 09. Você acha um absurdo o trânsito da sua cidade?
  • 62. 1 0. Você está indignado com o desempenho de seus representantes na política? Solução: Nunca mais vote neles e espalhe aos seus amigos seu   desalento e o nome dos eleitos que o decepcionam.
  • 63.                 Solução: Prestigie a indústria brasileira ! 10. Você acha um absurdo o poder econômico e militar dos  Estados Unidos da América?
  • 64. Estamos passando por uma fase de falta de cidadania e patriotismo. Precisamos mudar nosso comportamento para que possamos viver num país onde tenhamos orgulho de dizer: EU SOU BRASILEIRO!
  • 65. Ficando parado, você não contribui com nada; portanto não pode reclamar. Pratique os pontos com os quais você concordou e tente praticar também os que você não concordou. Divulgue esta mensagem, pois estará contribuindo para um Brasil melhor, precisamos melhorar este país. Vamos todos viver com ÉTICA
  • 66. 2009 Ano Novo… Vida Nova
  • 68. Este é o ano da nossa VIDA. Que cada um de nós a cuide melhor !! Bom Ano !!
  • 69. QUE EM 2009, VOCÊ MUDE O MUNDO Produções HUMORDATRETA
  • 70. Pequenas ações individuais são a maior força transformadora que se conhece. Ter uma atitude consciente em relação aos nossos hábitos de consumo é a melhor (talvez a única) maneira de se mudar o mundo. Produções HUMORDATRETA
  • 71. Economize água, luz, separe e recicle o seu lixo, faça a sua parte e ajude a construir um futuro para todos. Que no Ano Novo você consiga transformar tudo o que está dentro e fora de você. Produções HUMORDATRETA
  • 72. QUE EM 2009, VOCÊ ECONOMIZE ÁGUA Produções HUMORDATRETA
  • 73. Segundo a ONU, a escassez de água já atinge 2 bilhões de pessoas. Esse número pode duplicar em menos de 20 anos. Produções HUMORDATRETA Produções HUMORDATRETA
  • 74. Faça a diferença no Ano Novo usando água racionalmente, desligando a torneira enquanto escova os dentes e tomando banho de chuveiro até 6 minutos. Produções HUMORDATRETA
  • 75. QUE EM 2009, VOCÊ APAGUE A LUZ Produções HUMORDATRETA
  • 76. Todo o mundo deseja muita luz no Ano Novo. Deseje você também para as gerações futuras, apagando todas as luzes que não utiliza, abrindo as janelas, desligando o ar-condicionado e utilizando racionalmente os eletrodomésticos. Produções HUMORDATRETA
  • 77. QUE EM 2009, VOCÊ CONSUMA MENOS CARNE Produções HUMORDATRETA
  • 78. O consumo de carne animal gera desmatamento, desequilíbrio ambiental, poluição e desigualdade social. É também um dos factores responsáveis pelo aquecimento global. Produções HUMORDATRETA
  • 79. Um ano melhor para todos pode começar à nossa mesa. Produções HUMORDATRETA
  • 81. QUE EM 2009, VOCÊ CONSUMA PRODUTOS BIOLÓGICOS Produções HUMORDATRETA
  • 82. Alimentos orgânicos não possuem agrotóxicos e respeitam os ciclos das plantas, insectos e pássaros essenciais para a manutenção da nossa vida. Também são mais saborosos e saudáveis. Produções HUMORDATRETA
  • 83. Que o Ano Novo seja farto de escolhas conscientes e sustentáveis Produções HUMORDATRETA
  • 84. QUE EM 2009, VOCÊ CONSUMA PRODUTOS “ COMÉRCIO JUSTO ”
  • 85. “ Comércio Justo” é uma ONG (Organização Não Governamental) baseada no diálogo, transparência e respeito pelas pessoas, legislação e meio ambiente para que sejam respeitados os direitos quer dos produtores, quer dos trabalhadores, isto é, para que o produto seja vendido é necessário que o produtor e todos os envolvidos na produção dos bens e serviços sejam justamente remunerados.
  • 86. QUE EM 2009, VOCÊ DEIXE O CARRO EM CASA Produções HUMORDATRETA
  • 87. Ao deixar o carro em casa, no mínimo uma vez por semana você reduz consideravelmente a emissão de gases de efeito de estufa na atmosfera, colabora com o trânsito e torna a cidade mais agradável. Produções HUMORDATRETA
  • 88. Que no Ano Novo você vá para muitos lugares agradáveis, a pé, de bicicleta, ou de transportes públicos. Produções HUMORDATRETA
  • 89. QUE EM 2009, VOCÊ USE MENOS PAPEL Produções HUMORDATRETA
  • 90. Apesar de se necessitar cada vez menos de papel, a demanda por ele cresce ano a ano, consumindo rapidamente florestas e ecossistemas inteiros. Produções HUMORDATRETA
  • 91. O reflorestamento faz pouco efeito, uma vez que ele não traz de volta espécies nativas, animais e insetos. Produções HUMORDATRETA
  • 92. Use folhas usadas ou papel reciclado e não imprima e-mails sem necessidade. Produções HUMORDATRETA
  • 93. Ajude a garantir um Ano Novo e um futuro mais verde para todos. Produções HUMORDATRETA
  • 94. QUE EM 2009, VOCÊ UTILIZE MENOS SACOS DE PLÁSTICO
  • 95. Os inocentes sacos de plástico do supermercado geram resíduos que levam centenas de anos para se decomporem na natureza, além de aumentar os custos dos produtos. No oceano, são confundidos por algas pelas tartarugas e outros animais, que os comem e morrem asfixiados . Produções HUMORDATRETA
  • 96. Leve o seu próprio saco quando for fazer compras, para que o Ano Novo e o Amanhã das gerações futuras seja mais próspero e menos poluído. Produções HUMORDATRETA
  • 97. QUE EM 2009, VOCÊ SEJA VOLUNTÁRIO Produções HUMORDATRETA
  • 98. Tire aquele velho plano da gaveta e informe-se sobre instituições que precisam de voluntários. Há milhares de pessoas por aí cujo melhor presente no Ano Novo seria um pouquinho da sua atenção e do seu carinho.
  • 99. QUE EM 2009, VOCÊ EXERÇA O SEU DIREITO À CIDADANIA