SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 4
Baixar para ler offline
Nº 1.894     (Ano B/ Branco) - EPIFANIA DO SENHOR - 8 de janeiro de 2012
                                   Solenidade

         CRISTO, LUZ QUE VEIO ILUMINAR OS POVOS

                                                  Belém brilha também hoje no caminho de
                                                  cada um.
                                                  Refrão: Cristo é o grande Sol que veio
                                                  brilhar no meio de nós. Cristo é a paz
                                                  no mundo é luz e verdade, é libertação.
                                                  C.2 A solenidade da Epifania do Senhor é
                                                  a manifestação de Cristo como luz e sal-
                                                  vação de Deus para todos os povos. Deus
                                                  vem ao encontro de cada um de nós e nos
                                                  oferece a salvação em Jesus. Basta que o
                                                  busquemos com sinceridade de coração e
                                                  com pureza de fé, como fizeram os Ma-
                                                  gos.

                                                  02. CANTO
                                                  Cristo é o grande sol...nº.147

                                                  03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO
                                                  D. Em comunhão com todos os povos da
- A equipe de celebração entra levando, além da
                                                  terra façamos o sinal da nossa fé. Em
cruz, das velas e do lecionário, uma estrela, a   nome do Pai e do Filho e do Espírito
bandeira do Divino, o mapa mundi (ou globo        Santo.
terrestre) e o incenso.
- Preparar estrelinhas para as crianças
                                                  D. O amor de Deus nosso Pai, a graça de
distribuirem no abraço da paz.                    Jesus, Deus Conosco, e a luz do Espírito
                                                  Santo estejam com todos.
01. MOTIVAÇÃO                                     Todos: Bendito seja Deus que nos reu-
C.1 Irmãs e irmãos sejam todos bem vindos         niu no amor de Cristo.
a esta celebração da memória do Mistério
Pascal de Cristo. Ele é nossa luz e viemos        04. DEUS NOS PERDOA
adorá-lo. A estrela que guiou os magos até        D. Para que a glória de Deus se manifeste
em nós e nos seja abundante, reconheça-       L.2 Leitura da Carta de São Paulo aos
mos nossos pecados (pausa). Peçamos           Efésios.
perdão.
D. Senhor, Rei da Paz, tende piedade de       EVANGELHO - Mt 2, 1-12
nós.
Todos: Senhor, tende piedade de nós!          ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO
D. Cristo, Luz nas trevas, tende piedade      Aleluia... No princípio era a palavra...nº.
de nós.                                       360
Todos: Cristo, tende piedade de nós!
D. Senhor, imagem da pessoa nova, tende       Evangelho de Jesus Cristo segundo
piedade de nós.                               Mateus.
Todos: Senhor, tende piedade de nós!
D. Deus de bondade, perdoe nossos pe-         08. PARTILHANDO A PALAVRA
cados e nos conduza à vida eterna. Amém.      A liturgia deste Domingo convida-nos a en-
                                              xergar a luz que vem brilhar no nosso meio
05. HINO DE LOUVOR                            trazendo-nos vida nova e alegria. Na pri-
C.1 Glorifiquemos a Deus porque Cristo bri-   meira leitura o profeta Isaías fala de uma
lha como o sol no meio de nós. Canto:         grande luz que brilhará sobre Jerusalém,
Glória a Deus, glória... nº. 244              destruída e transformada em uma "escrava
                                              idosa", decadente, abatida. O profeta anun-
06. ORAÇÃO
                                              cia a reconstrução da cidade que voltará a
D. Ó Deus de todos os povos, guiando
                                              ser uma "jovem elegante" e convida-a a se
os magos pela estrela, revelastes hoje
                                              despojar do luto no qual está envolvida, pois
o vosso Filho Jesus a toda humanida-
                                              o Senhor a quer de volta. Jerusalém é con-
de. Concedei aos vossos servos e ser-
                                              vidada a se reerguer. Isto significa que se
vas, que já Vos conhecem pela fé, a gra-
ça de buscar sempre o Vosso rosto e           deve valorizar e retomar o que foi bom e
participar plenamente da Vossa luz. Por       abandonar o que conduz ao fracasso.
nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Fi-          Na segunda leitura Paulo revela que a sal-
lho, na unidade do Espírito Santo.            vação e a libertação anunciada é para to-
Amém.                                         das as pessoas e nações. Que formem um
                                              só povo, fazendo desaparecer as divisões.
07. DEUS NOS FALA                             A luz de Cristo realiza a unidade, que Deus
                                              deseja para a humanidade.
PRIMEIRA LEITURA - Is 60, 1-6                 No Evangelho, Mateus confirma a profecia
                                              que todos os povos viriam à Cidade Santa
L.1 Leitura do Livro do Profeta Isaías        quando nesta brilhasse a luz do Senhor. Os
                                              magos da África, Ásia e Europa represen-
SALMO RESPONSORIAL - 71 (72)                  tam os diferentes povos que vêm oferecer
Refrão: As nações de toda a terra hão         seus dons: ouro, incenso e mirra. Repre-
de adorar-vos, ó Senhor!                      sentam a humanidade que se deixa guiar pela
                                              mensagem de paz e de amor de Cristo.
SEGUNDA LEITURA - Ef 3, 2-3a.5-6              Lembram a Igreja que é formada de po-
vos, línguas e raças diferentes, que não pre-   nossa vida, a qual devemos seguir. Apre-
cisam renunciar à sua identidade e caracte-     sentemos ao Senhor a vida dessas pessoas
rísticas culturais para se integrarem à mes-    que continuam anunciando Jesus. Apresen-
ma. Eles a enriquecem.                          temos também a nossa oferta e o nosso
Naquele tempo e ainda hoje existem aque-        dízimo.
les que são indiferentes a Cristo, luz do       Canto: No Templo Santo... nº 485
mundo e procuram, inclusive, apagar esta
luz quando pregam o contrário aos valores       12. PAI NOSSO
deixados por Cristo e por consequência,         D. Rezemos com amor e confiança a ora-
contrários à Igreja. Os magos, se ajoelha-      ção dos filhos e filhas de Deus.
ram diante de Jesus, em sinal de adoração       Pai nosso...
e acolhida da proposta de amor, de justiça
e de paz que Deus trazia através daquele        13. ABRAÇO DA PAZ
menino. Como os magos, deixemo-nos ilu-         C.1 Em Jesus que nos tornou todos irmãos
minar por Cristo para viver com Ele a vida      e irmãs manifestando-se ao mundo,
nova.                                           saudemo-nos com um sinal de reconcilia-
                                                ção e paz.
09. PROFISSÃO DE FÉ                             Canto: Paz, paz, paz eu te desejo a paz...
D. Professemos nossa fé no Deus vivo re-        nº 554 (durante o canto as crianças entregam
zando: Creio em Deus Pai...                     as estrelinhas)


10. PRECES DA COMUNIDADE                        14. ORAÇÃO
D. Ao Senhor que é nossa luz, rezemos com       D. Senhor, nosso Deus, fomos profun-
confiança: Senhor, dai-nos a vossa luz.         damente fortalecidos pela manifestação
L.1 Senhor, nosso Deus, que vossos filhos       do Vosso amor em Jesus Cristo.
e filhas possam ser luz em um mundo de          Despertai em nós o sentido da procura
indiferenças. Rezemos ao Senhor.                que levou os Magos a Belém e ajudai-
L.2 Deus, nosso Pai, derramai vossas bên-       nos a perseverar no seguimento do vos-
çãos sobre todos os vossos filhos nesse         so, Verbo manifestado em nossa histó-
novo ano que se inicia. Que seja repleto das    ria. Por Cristo, nosso Senhor. Amém!
vossas graças. Rezemos ao Senhor.
L.1 Deus de bondade, que não percamos           15. ANÚNCIO DAS SOLENIDADES
a esperança em Vós para assim nos esfor-        MÓVEIS DE 2012
çarmos na construção do Vosso Reino de          D. Retomando o antigo costume da Igreja,
paz e amor para todos. Rezemos ao Se-           vamos proclamar agora as principais sole-
nhor.                                           nidades deste ano novo.
- Pedidos espontâneos.                          D. Irmãs e irmãos caríssimos, a glória
D. Ó Pai, ouvi as nossas orações e ajudai-      do Senhor manifestou-se, e sempre há de
nos a entender e assumir o vosso plano de       manifestar-se no meio de nós, até a sua
amor. Por Cristo nosso Senhor. Amém.            vinda no final dos tempos.
                                                Nos ritmos e nas sucessões de tempo,
11. APRESENTAÇÃO DOS DONS                       recordamos e vivemos o mistério da
C.2 Jesus é a verdadeira luz que ilumina        salvação.
O centro de todo ano litúrgico é o Tríduo              ça e na caridade.
do Senhor crucificado, sepultado e res-                Todos: Amém!
suscitado que culminará no Domingo de                  D. Porque seguis confiantes o Cristo, que
Páscoa, este ano em 8 de Abril.                        hoje se manifestou ao mundo como luz en-
Em cada Domingo, Páscoa semanal, a                     tre as trevas, Deus vos torne também uma
Santa Igreja torna presente este grande                luz para os vossos irmãos.
acontecimento, no qual Jesus Cristo                    Todos: Amém!
vence o pecado e a morte.                              D. Terminada a vossa peregrinação, possais
Da celebração da Páscoa do Senhor de-                  chegar ao Cristo Senhor, luz da luz, que os
rivam todas as celebrações do Ano                      magos procuravam guiados pela estrela e
Litúrgico: as Cinzas, início da Quares-                com grande alegria o encontraram.
ma, em 22 de fevereiro; a Ascensão do                  Todos: Amém!
Senhor, em 20 de maio; Pentecostes, a
                                                       D. Abençoe-nos o Deus todo poderoso: Pai
27 de maio; o primeiro Domingo do Ad-
                                                       e Filho e Espírito Santo. Amém!
vento, em 2 de dezembro.
                                                       D. Que a luz do Senhor vos guie nos cami-
Também as festas da Santa Mãe de
                                                       nhos da vida. Ide e propagai no mundo a
Deus, dos Apóstolos, dos Santos, e na
Comemoração dos Fiéis Defuntos, a                      paz e que o Senhor vos acompanhe.
Igreja peregrina sobre a terra proclama                Todos: Graças a Deus.
a Páscoa do Senhor.
A Cristo, que era, que é e que há de vir,              18. CANTO
Senhor do tempo e da história, louvor e                Os devotos do Divino... nº. 1.224
glória pelos séculos dos séculos. Amém!
Refrão: Jesus Cristo // ontem, hoje e
sempre! // Aleluia!

16. AVISOS
D. O Tempo do Natal termina amanhã
com a festa do Batismo do Senhor. Du-
rante a semana pode-se desmontar e guar-
dar o presépio.
                                                                     Leituras para a Semana
17. BÊNÇÃO E DESPEDIDA
D. O Senhor esteja convosco:                           2ª Is 55, 1-11 ou 1Jo 5, 1-9 / Sl Is 12, 3-6 / Mc 1, 7-11
Todos: Ele está no meio de nós!                        3ª 1Sm 1, 9-20 / Sl 1Sm 2, 1-7 / Mc 1, 21b-28
                                                       4ª 1Sm 3, 1-10.19-20 / Sl 39(40) / Mc 1, 29-39
D. Deus, que vos chamou das trevas à sua
                                                       5ª 1Sm 4, 1-11 / Sl 43(44) / Mc 1, 40-45
luz admirável, derrame sobre vós as suas               6ª 1Sm 8, 4-7.10-22a / Sl 88(89) / Mc 2, 1-12
bênçãos e vos confirme na fé, na esperan-              Sáb.: 1Sm 9, 1-4.17-19; 10, 1a / Sl 20(21) / Mc 2, 13-17


 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177
   Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br
                 Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br
        Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

01 01 12
01 01 1201 01 12
01 01 12
 
25 12 11
25 12 1125 12 11
25 12 11
 
18 03 12
18 03 1218 03 12
18 03 12
 
04 03 12
04 03 1204 03 12
04 03 12
 
08 12 10
08 12 1008 12 10
08 12 10
 
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe GesildoCelebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
Celebração do Dia da Bíblia - Pe Gesildo
 
22 02 12
22 02 1222 02 12
22 02 12
 
26 02 12
26 02 1226 02 12
26 02 12
 
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010Novena ao Padroeiro Santo André 2010
Novena ao Padroeiro Santo André 2010
 
07 08 11
07 08 1107 08 11
07 08 11
 
15 01 12
15 01 1215 01 12
15 01 12
 
18 12-2011
18 12-201118 12-2011
18 12-2011
 
01 04 12
01 04 1201 04 12
01 04 12
 
Advent and Christmas 2 Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Advent and Christmas   2   Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)Advent and Christmas   2   Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
Advent and Christmas 2 Customs, Traditions and Folklore (Portuguese)
 
19 02 12
19 02 1219 02 12
19 02 12
 
Dia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e OraçãoDia da Bíblia e Oração
Dia da Bíblia e Oração
 
Retiro do Advento_Parte 6_quarta semana
Retiro do Advento_Parte 6_quarta semanaRetiro do Advento_Parte 6_quarta semana
Retiro do Advento_Parte 6_quarta semana
 
11 03 12
11 03 1211 03 12
11 03 12
 
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completoLivro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
Livro ODC -oficio-divino-das-comunidades-completo
 
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de LivretoCelebração Sirlene - Formato de Livreto
Celebração Sirlene - Formato de Livreto
 

Destaque

Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...Bernadetecebs .
 
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de JesusA metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de JesusBernadetecebs .
 
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPFôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPBernadetecebs .
 
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas MissõesLetra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas MissõesBernadetecebs .
 
Paróquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidadesParóquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidadesBernadetecebs .
 
Formação animadores(as) CEBs _2015
Formação animadores(as)  CEBs _2015Formação animadores(as)  CEBs _2015
Formação animadores(as) CEBs _2015Bernadetecebs .
 
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis BoffComo trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis BoffBernadetecebs .
 
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades /  CEBsFormação para animadores (as) de comunidades /  CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBsBernadetecebs .
 
Conversão Pastoral Missionária
Conversão Pastoral MissionáriaConversão Pastoral Missionária
Conversão Pastoral MissionáriaBernadetecebs .
 
Livro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões PopularesLivro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões PopularesBernadetecebs .
 
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SPNovena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SPBernadetecebs .
 

Destaque (11)

Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...Texto Base Intereclesial  do 13º Intereclesial das CEBs em  2014 - Juazeiro d...
Texto Base Intereclesial do 13º Intereclesial das CEBs em 2014 - Juazeiro d...
 
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de JesusA metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
A metodologia das Missões na Paróquia Coração de Jesus
 
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SPFôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
Fôlder das CEBs - diocese de São José dos Campos - SP
 
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas MissõesLetra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
Letra e Cifras dos cânticos das Santas Missões
 
Paróquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidadesParóquia comunidade de comunidades
Paróquia comunidade de comunidades
 
Formação animadores(as) CEBs _2015
Formação animadores(as)  CEBs _2015Formação animadores(as)  CEBs _2015
Formação animadores(as) CEBs _2015
 
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis BoffComo trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
Como trabalhar com o Povo - Clodovis Boff
 
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades /  CEBsFormação para animadores (as) de comunidades /  CEBs
Formação para animadores (as) de comunidades / CEBs
 
Conversão Pastoral Missionária
Conversão Pastoral MissionáriaConversão Pastoral Missionária
Conversão Pastoral Missionária
 
Livro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões PopularesLivro cifras - Santas Missões Populares
Livro cifras - Santas Missões Populares
 
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SPNovena de natal 2016   diocese de são José dos Campos - SP
Novena de natal 2016 diocese de são José dos Campos - SP
 

Semelhante a 08 01 12

Semelhante a 08 01 12 (19)

29 01 12
29 01 1229 01 12
29 01 12
 
27 11 11
27 11 1127 11 11
27 11 11
 
25 03 12
25 03 1225 03 12
25 03 12
 
Cat02
Cat02Cat02
Cat02
 
24 12 11
24 12 1124 12 11
24 12 11
 
Balada da União Out/Nov/Dez 2012
Balada da União Out/Nov/Dez 2012Balada da União Out/Nov/Dez 2012
Balada da União Out/Nov/Dez 2012
 
MISSA 3DADVENTO.pptx
MISSA 3DADVENTO.pptxMISSA 3DADVENTO.pptx
MISSA 3DADVENTO.pptx
 
Semana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênico
Semana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênicoSemana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênico
Semana de oração pela unidade dos cristãos; culto ecumênico
 
02 11 11
02 11 1102 11 11
02 11 11
 
11 12 11
11 12 1111 12 11
11 12 11
 
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
Folheto Litúrgico do mês de fevereiro 2014
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
Sunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese MassSunday Portuguese Mass
Sunday Portuguese Mass
 
1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT
1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT
1 DIA NOVENA 061222.ppt NOVENA SANTO ANT
 
Natal 2.pptx
Natal 2.pptxNatal 2.pptx
Natal 2.pptx
 
Livrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa franciscoLivrinho batismo papa francisco
Livrinho batismo papa francisco
 
21 08 11
21 08 1121 08 11
21 08 11
 
Voz da Paróquia - Janeiro 2011
Voz da Paróquia - Janeiro 2011Voz da Paróquia - Janeiro 2011
Voz da Paróquia - Janeiro 2011
 
Voz da Paróquia - Janeiro 2011
Voz da Paróquia - Janeiro 2011Voz da Paróquia - Janeiro 2011
Voz da Paróquia - Janeiro 2011
 

Mais de Gustavo Scheffer

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Gustavo Scheffer
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorGustavo Scheffer
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comumGustavo Scheffer
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortGustavo Scheffer
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014Gustavo Scheffer
 

Mais de Gustavo Scheffer (8)

Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
Folheto Litúrgico do Mês de Março 2014
 
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do SenhorDomingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
Domingo 01/02/2014 - Apresentação do Senhor
 
2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum2º domingo do tempo comum
2º domingo do tempo comum
 
São raimundo de peñafort
São raimundo de peñafortSão raimundo de peñafort
São raimundo de peñafort
 
Epifania do senhor
Epifania do senhorEpifania do senhor
Epifania do senhor
 
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
QUARTA - FEIRA - SANTO AMARO.15/01/2014
 
12 10 11
12 10 1112 10 11
12 10 11
 
11 09 11
11 09 1111 09 11
11 09 11
 

08 01 12

  • 1. Nº 1.894 (Ano B/ Branco) - EPIFANIA DO SENHOR - 8 de janeiro de 2012 Solenidade CRISTO, LUZ QUE VEIO ILUMINAR OS POVOS Belém brilha também hoje no caminho de cada um. Refrão: Cristo é o grande Sol que veio brilhar no meio de nós. Cristo é a paz no mundo é luz e verdade, é libertação. C.2 A solenidade da Epifania do Senhor é a manifestação de Cristo como luz e sal- vação de Deus para todos os povos. Deus vem ao encontro de cada um de nós e nos oferece a salvação em Jesus. Basta que o busquemos com sinceridade de coração e com pureza de fé, como fizeram os Ma- gos. 02. CANTO Cristo é o grande sol...nº.147 03. ACOLHIDA E SAUDAÇÃO D. Em comunhão com todos os povos da - A equipe de celebração entra levando, além da terra façamos o sinal da nossa fé. Em cruz, das velas e do lecionário, uma estrela, a nome do Pai e do Filho e do Espírito bandeira do Divino, o mapa mundi (ou globo Santo. terrestre) e o incenso. - Preparar estrelinhas para as crianças D. O amor de Deus nosso Pai, a graça de distribuirem no abraço da paz. Jesus, Deus Conosco, e a luz do Espírito Santo estejam com todos. 01. MOTIVAÇÃO Todos: Bendito seja Deus que nos reu- C.1 Irmãs e irmãos sejam todos bem vindos niu no amor de Cristo. a esta celebração da memória do Mistério Pascal de Cristo. Ele é nossa luz e viemos 04. DEUS NOS PERDOA adorá-lo. A estrela que guiou os magos até D. Para que a glória de Deus se manifeste
  • 2. em nós e nos seja abundante, reconheça- L.2 Leitura da Carta de São Paulo aos mos nossos pecados (pausa). Peçamos Efésios. perdão. D. Senhor, Rei da Paz, tende piedade de EVANGELHO - Mt 2, 1-12 nós. Todos: Senhor, tende piedade de nós! ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO D. Cristo, Luz nas trevas, tende piedade Aleluia... No princípio era a palavra...nº. de nós. 360 Todos: Cristo, tende piedade de nós! D. Senhor, imagem da pessoa nova, tende Evangelho de Jesus Cristo segundo piedade de nós. Mateus. Todos: Senhor, tende piedade de nós! D. Deus de bondade, perdoe nossos pe- 08. PARTILHANDO A PALAVRA cados e nos conduza à vida eterna. Amém. A liturgia deste Domingo convida-nos a en- xergar a luz que vem brilhar no nosso meio 05. HINO DE LOUVOR trazendo-nos vida nova e alegria. Na pri- C.1 Glorifiquemos a Deus porque Cristo bri- meira leitura o profeta Isaías fala de uma lha como o sol no meio de nós. Canto: grande luz que brilhará sobre Jerusalém, Glória a Deus, glória... nº. 244 destruída e transformada em uma "escrava idosa", decadente, abatida. O profeta anun- 06. ORAÇÃO cia a reconstrução da cidade que voltará a D. Ó Deus de todos os povos, guiando ser uma "jovem elegante" e convida-a a se os magos pela estrela, revelastes hoje despojar do luto no qual está envolvida, pois o vosso Filho Jesus a toda humanida- o Senhor a quer de volta. Jerusalém é con- de. Concedei aos vossos servos e ser- vidada a se reerguer. Isto significa que se vas, que já Vos conhecem pela fé, a gra- ça de buscar sempre o Vosso rosto e deve valorizar e retomar o que foi bom e participar plenamente da Vossa luz. Por abandonar o que conduz ao fracasso. nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Fi- Na segunda leitura Paulo revela que a sal- lho, na unidade do Espírito Santo. vação e a libertação anunciada é para to- Amém. das as pessoas e nações. Que formem um só povo, fazendo desaparecer as divisões. 07. DEUS NOS FALA A luz de Cristo realiza a unidade, que Deus deseja para a humanidade. PRIMEIRA LEITURA - Is 60, 1-6 No Evangelho, Mateus confirma a profecia que todos os povos viriam à Cidade Santa L.1 Leitura do Livro do Profeta Isaías quando nesta brilhasse a luz do Senhor. Os magos da África, Ásia e Europa represen- SALMO RESPONSORIAL - 71 (72) tam os diferentes povos que vêm oferecer Refrão: As nações de toda a terra hão seus dons: ouro, incenso e mirra. Repre- de adorar-vos, ó Senhor! sentam a humanidade que se deixa guiar pela mensagem de paz e de amor de Cristo. SEGUNDA LEITURA - Ef 3, 2-3a.5-6 Lembram a Igreja que é formada de po-
  • 3. vos, línguas e raças diferentes, que não pre- nossa vida, a qual devemos seguir. Apre- cisam renunciar à sua identidade e caracte- sentemos ao Senhor a vida dessas pessoas rísticas culturais para se integrarem à mes- que continuam anunciando Jesus. Apresen- ma. Eles a enriquecem. temos também a nossa oferta e o nosso Naquele tempo e ainda hoje existem aque- dízimo. les que são indiferentes a Cristo, luz do Canto: No Templo Santo... nº 485 mundo e procuram, inclusive, apagar esta luz quando pregam o contrário aos valores 12. PAI NOSSO deixados por Cristo e por consequência, D. Rezemos com amor e confiança a ora- contrários à Igreja. Os magos, se ajoelha- ção dos filhos e filhas de Deus. ram diante de Jesus, em sinal de adoração Pai nosso... e acolhida da proposta de amor, de justiça e de paz que Deus trazia através daquele 13. ABRAÇO DA PAZ menino. Como os magos, deixemo-nos ilu- C.1 Em Jesus que nos tornou todos irmãos minar por Cristo para viver com Ele a vida e irmãs manifestando-se ao mundo, nova. saudemo-nos com um sinal de reconcilia- ção e paz. 09. PROFISSÃO DE FÉ Canto: Paz, paz, paz eu te desejo a paz... D. Professemos nossa fé no Deus vivo re- nº 554 (durante o canto as crianças entregam zando: Creio em Deus Pai... as estrelinhas) 10. PRECES DA COMUNIDADE 14. ORAÇÃO D. Ao Senhor que é nossa luz, rezemos com D. Senhor, nosso Deus, fomos profun- confiança: Senhor, dai-nos a vossa luz. damente fortalecidos pela manifestação L.1 Senhor, nosso Deus, que vossos filhos do Vosso amor em Jesus Cristo. e filhas possam ser luz em um mundo de Despertai em nós o sentido da procura indiferenças. Rezemos ao Senhor. que levou os Magos a Belém e ajudai- L.2 Deus, nosso Pai, derramai vossas bên- nos a perseverar no seguimento do vos- çãos sobre todos os vossos filhos nesse so, Verbo manifestado em nossa histó- novo ano que se inicia. Que seja repleto das ria. Por Cristo, nosso Senhor. Amém! vossas graças. Rezemos ao Senhor. L.1 Deus de bondade, que não percamos 15. ANÚNCIO DAS SOLENIDADES a esperança em Vós para assim nos esfor- MÓVEIS DE 2012 çarmos na construção do Vosso Reino de D. Retomando o antigo costume da Igreja, paz e amor para todos. Rezemos ao Se- vamos proclamar agora as principais sole- nhor. nidades deste ano novo. - Pedidos espontâneos. D. Irmãs e irmãos caríssimos, a glória D. Ó Pai, ouvi as nossas orações e ajudai- do Senhor manifestou-se, e sempre há de nos a entender e assumir o vosso plano de manifestar-se no meio de nós, até a sua amor. Por Cristo nosso Senhor. Amém. vinda no final dos tempos. Nos ritmos e nas sucessões de tempo, 11. APRESENTAÇÃO DOS DONS recordamos e vivemos o mistério da C.2 Jesus é a verdadeira luz que ilumina salvação.
  • 4. O centro de todo ano litúrgico é o Tríduo ça e na caridade. do Senhor crucificado, sepultado e res- Todos: Amém! suscitado que culminará no Domingo de D. Porque seguis confiantes o Cristo, que Páscoa, este ano em 8 de Abril. hoje se manifestou ao mundo como luz en- Em cada Domingo, Páscoa semanal, a tre as trevas, Deus vos torne também uma Santa Igreja torna presente este grande luz para os vossos irmãos. acontecimento, no qual Jesus Cristo Todos: Amém! vence o pecado e a morte. D. Terminada a vossa peregrinação, possais Da celebração da Páscoa do Senhor de- chegar ao Cristo Senhor, luz da luz, que os rivam todas as celebrações do Ano magos procuravam guiados pela estrela e Litúrgico: as Cinzas, início da Quares- com grande alegria o encontraram. ma, em 22 de fevereiro; a Ascensão do Todos: Amém! Senhor, em 20 de maio; Pentecostes, a D. Abençoe-nos o Deus todo poderoso: Pai 27 de maio; o primeiro Domingo do Ad- e Filho e Espírito Santo. Amém! vento, em 2 de dezembro. D. Que a luz do Senhor vos guie nos cami- Também as festas da Santa Mãe de nhos da vida. Ide e propagai no mundo a Deus, dos Apóstolos, dos Santos, e na Comemoração dos Fiéis Defuntos, a paz e que o Senhor vos acompanhe. Igreja peregrina sobre a terra proclama Todos: Graças a Deus. a Páscoa do Senhor. A Cristo, que era, que é e que há de vir, 18. CANTO Senhor do tempo e da história, louvor e Os devotos do Divino... nº. 1.224 glória pelos séculos dos séculos. Amém! Refrão: Jesus Cristo // ontem, hoje e sempre! // Aleluia! 16. AVISOS D. O Tempo do Natal termina amanhã com a festa do Batismo do Senhor. Du- rante a semana pode-se desmontar e guar- dar o presépio. Leituras para a Semana 17. BÊNÇÃO E DESPEDIDA D. O Senhor esteja convosco: 2ª Is 55, 1-11 ou 1Jo 5, 1-9 / Sl Is 12, 3-6 / Mc 1, 7-11 Todos: Ele está no meio de nós! 3ª 1Sm 1, 9-20 / Sl 1Sm 2, 1-7 / Mc 1, 21b-28 4ª 1Sm 3, 1-10.19-20 / Sl 39(40) / Mc 1, 29-39 D. Deus, que vos chamou das trevas à sua 5ª 1Sm 4, 1-11 / Sl 43(44) / Mc 1, 40-45 luz admirável, derrame sobre vós as suas 6ª 1Sm 8, 4-7.10-22a / Sl 88(89) / Mc 2, 1-12 bênçãos e vos confirme na fé, na esperan- Sáb.: 1Sm 9, 1-4.17-19; 10, 1a / Sl 20(21) / Mc 2, 13-17 Secretariado Diocesano de Pastoral Av. João XXIII, 410-Centro 29930-420-S. Mateus/ES - Tel: (27) 3763.1177 Fax 3763.3104 - E-mail: secretariado@diocesedesaomateus.org.br / Site: www.diocesedesaomateus.org.br Rádio Católica da nossa região, é a Kairós FM 94,7. www.radiokairos.com.br Associe-se ao Clube do Ouvinte e ajude a manter a rádio. Informações pelo telefone 3767-2000.