Habilidades de mediação
Prof. Adão Ladeira
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
TÓPICOS A SEREM ABORDADOS
1. O QUE É MEDIAÇÃO?
2. PROCESSO DE MEDIAÇÃO
3. QUES...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
1. O QUE É MEDIAÇÃO?
Mediação refere-se a um processo de resolução de
conflito...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
PRINCÍPIOS DA MEDIAÇÃO
• Participação voluntária de boa fé
• Confidencialidade...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
2. O PROCESSO DE MEDIAÇÃO
INTRODUÇÃO
STORYTELLING
QUESTÕES, NECESSIDADES E
SOL...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
INTRODUÇÃO
Introduza todos
Explique seu papel
Explique o processo
Regras
Confi...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
STORYTELLING
•Cada pessoa tem a chance de contar seu lado da
história
•Ouça se...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
ESCUTA ATIVA
•Escuta atenta, sem interromper.
•Atenção voltada para o orador.
...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
3. QUESTIONAMENTO EFICAZ
• Use perguntas abertas
• Certifique-se de que as per...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
PERGUNTAS PARA A ANÁLISE DO CONFLITO
• Qual é o conflito?
• Quem são as partes...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
FEEDBACK
•Quando o orador faz uma pausa, há uma oportunidade
para você como me...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
FEEDBACK
Repetir ou parafrasear o que o orador diz
EXEMPLOS:
"Então, quando es...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
FEEDBACK
Não repita o que o orador
diz textualmente. Isso vai
tornar-se irrita...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
4. REFORMULAÇÃO
A reformulação é uma maneira especial de feeding back,
e é uma...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
EXEMPLO:
Um membro da XYZ diz com raiva, "Ela é tão irresponsável! Nós nunca
p...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
5. GERENCIANDO A RAIVA
É importante que você entenda e
controle a raiva, espec...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
5. GERENCIANDO A RAIVA
• Reconheça a raiva
• Valide os sentimentos
• Incentive...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
SESSÕES SEPARADAS
•O mediador deve reunir-se com cada uma das partes
separadam...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
6. RESUMINDO
O resumo é usado em caso de grandes transições em
uma sessão de r...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
ALCANCE UMA SOLUÇÃO
•Soluções com Brainstorm
Olhe para os problemas e necessi...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
7. NEGOCIAÇÃO
É o processo de tomada de
decisões conjuntas, quando as
partes e...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
ESTILOS DE NEGOCIAÇÃO
POSITION BASED NEGOTIATION (PBN)
NEGOCIAÇÃO BASEADA NA P...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
ESTILOS DE NEGOCIAÇÃO
INTEREST BASED NEGOTIATION (IBN)
NEGOCIAÇÃO BASEADA NO I...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
8. ACORDO
É a avaliação de soluções no brainstorm e buscar por
acordo para amb...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
ESCREVENDO O ACORDO
•Apresente o problema.
•Anote o que cada pessoa vai fazer....
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
MENSAGEM
“No meio da confusão,
encontre a simplicidade.
A partir da discórdia,...
Veja mais conteúdos como este clicando aqui
www.adaoladeira.com.br
Vejam mais conteúdos em nosso Blog e nos
siga nas redes...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Habilidades de mediação

390 visualizações

Publicada em

Domine a arte da Mediação para obter resolução de conflitos de terceiros.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
390
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
43
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Habilidades de mediação

  1. 1. Habilidades de mediação Prof. Adão Ladeira
  2. 2. Veja mais conteúdos como este clicando aqui TÓPICOS A SEREM ABORDADOS 1. O QUE É MEDIAÇÃO? 2. PROCESSO DE MEDIAÇÃO 3. QUESTIONAMENTO EFICAZ 4. REFORMULAÇÃO 5. GERENCIANDO A RAIVA 6. RESUMINDO 7. NEGOCIAÇÕES 8. ACORDO
  3. 3. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 1. O QUE É MEDIAÇÃO? Mediação refere-se a um processo de resolução de conflitos de terceiros segundo o qual as pessoas treinadas em habilidades de mediação trabalham com as partes em conflito. Destina-se a ajudar as partes na resolução do conflito através da facilitação da comunicação entre elas. O mediador poderá sugerir soluções, mas não serão impostas nenhuma solução; as partes devem acordar, antes de qualquer compromisso ou solução.
  4. 4. Veja mais conteúdos como este clicando aqui PRINCÍPIOS DA MEDIAÇÃO • Participação voluntária de boa fé • Confidencialidade • Autodeterminação • Imparcialidade do mediador • Adequação cultural • Processo de inofensivos
  5. 5. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 2. O PROCESSO DE MEDIAÇÃO INTRODUÇÃO STORYTELLING QUESTÕES, NECESSIDADES E SOLUÇÃO DE PROBLEMAS ACORDO
  6. 6. Veja mais conteúdos como este clicando aqui INTRODUÇÃO Introduza todos Explique seu papel Explique o processo Regras Confidencialidade
  7. 7. Veja mais conteúdos como este clicando aqui STORYTELLING •Cada pessoa tem a chance de contar seu lado da história •Ouça sem interromper •Use a escuta ativa para fornecer feedback para o orador
  8. 8. Veja mais conteúdos como este clicando aqui ESCUTA ATIVA •Escuta atenta, sem interromper. •Atenção voltada para o orador. •Manter contato com os olhos e incentivar comentários •Transmitir empatia •A paráfrase reflete ambos os fatos e sentimentos em suas próprias palavras.
  9. 9. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 3. QUESTIONAMENTO EFICAZ • Use perguntas abertas • Certifique-se de que as perguntas não soem como acusações. • Sondar para obter informações adicionais, refletindo o que as partes tenham dito e, em seguida, perguntando: • Você pode me dizer mais sobre isso? • Como ? Quando? Onde? O que mais? • Esclarecer, fazendo perguntas para descobrir mais sobre o que eles disseram. • Como você se sente sobre isso? • Qual era o problema?
  10. 10. Veja mais conteúdos como este clicando aqui PERGUNTAS PARA A ANÁLISE DO CONFLITO • Qual é o conflito? • Quem são as partes (primária, secundária) envolvidas ? • Quais são as (subjacentes) questões envolvidas no conflito? • Quão complexo é o conflito? Existe um ponto focal ou existem muitos níveis? Quanto tempo ele está contecendo? • O que está causando ou causou o conflito? • O que as partes querem? Como é que eles veem a solução? • Será que as partes querem a resolução do conflito?
  11. 11. Veja mais conteúdos como este clicando aqui FEEDBACK •Quando o orador faz uma pausa, há uma oportunidade para você como mediador confirmar que o que foi dito. Isso é chamado de " Feeding Back". •Feeding back também é uma boa maneira de verificar sua percepção do que ouviu e uma forma de validar o que orador está se sentindo.
  12. 12. Veja mais conteúdos como este clicando aqui FEEDBACK Repetir ou parafrasear o que o orador diz EXEMPLOS: "Então, quando esse incidente aconteceu, você se sentiu como ...". "Parece uma questão importante para você é como lidar com ...“ "O que eu acho que estou ouvindo é o que você realmente precisa ...". "Eu posso ver que você realmente tem sentimentos fortes sobre isso ...“ Nota: Um sinal comum que você está agindo corretamente é quando o orador não responde: "Sim, isso esta certo!"
  13. 13. Veja mais conteúdos como este clicando aqui FEEDBACK Não repita o que o orador diz textualmente. Isso vai tornar-se irritante. No entanto, permanecer consciente de palavras específicas que parecem importantes para o orador e se for o caso usar em sua paráfrase.
  14. 14. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 4. REFORMULAÇÃO A reformulação é uma maneira especial de feeding back, e é uma das ferramentas mais importantes que um mediador pode usar. Ela tem 3 funções importantes: 1. Reafirmar o que um grupo tem dito para capturar a essência; 2. Remover conotações negativas; 3. Avançar o processo. A reformulação é também uma forma de traduzir uma declaração de posição em uma declaração de interesses ou necessidades.
  15. 15. Veja mais conteúdos como este clicando aqui EXEMPLO: Um membro da XYZ diz com raiva, "Ela é tão irresponsável! Nós nunca podemos depender dela aparecer pontualmente nas reuniões. " Feedback simples pode ser: "Então ... isso realmente incomoda você, quando ela não aparece no horário para reuniões." Enquanto uma resposta reformulada poderia ser: "Então ... é realmente importante para você que os membros adiram aos nossos horários de reuniões estabelecidos. "A diferença é sutil, mas importante ...!
  16. 16. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 5. GERENCIANDO A RAIVA É importante que você entenda e controle a raiva, especialmente se está sendo solicitado a intervir numa disputa como mediador. A raiva provavelmente irá: • Tornar as negociações mais rígidas; • Levar a uma escalada (raiva gera raiva); • Desistência do processo das partes.
  17. 17. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 5. GERENCIANDO A RAIVA • Reconheça a raiva • Valide os sentimentos • Incentive o diálogo • Reformule o conteúdo • Partes diretas falem somente com o mediador • Imponha regras básicas • Estipule um tempo limite • Realize sessões separadas.
  18. 18. Veja mais conteúdos como este clicando aqui SESSÕES SEPARADAS •O mediador deve reunir-se com cada uma das partes separadamente Poderá ser usado se uma das partes parece estar desconfortável. Igualar o tempo para cada parte. •Ajude quando há um impasse •As partes também podem solicitar ajuda •Seja confidencial
  19. 19. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 6. RESUMINDO O resumo é usado em caso de grandes transições em uma sessão de resolução de conflitos ou de mediação. Ao resumir: •Acertar os pontos-chave; •Concentre-se nos “interesses” e não nas “posições”; •Use uma linguagem neutra, mas não “adoce muito”; •Pedir confirmação, por exemplo, “Eu tenho esse direito?”
  20. 20. Veja mais conteúdos como este clicando aqui ALCANCE UMA SOLUÇÃO •Soluções com Brainstorm Olhe para os problemas e necessidades •Verifique se há acordo •Pergunte o que cada parte estaria disposto a fazer •Esclarecer e reafirmar
  21. 21. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 7. NEGOCIAÇÃO É o processo de tomada de decisões conjuntas, quando as partes envolvidas têm diferentes preferências.
  22. 22. Veja mais conteúdos como este clicando aqui ESTILOS DE NEGOCIAÇÃO POSITION BASED NEGOTIATION (PBN) NEGOCIAÇÃO BASEADA NA POSIÇÃO É a teoria da negociação baseada na posição onde o ganho de cada parte é proporcional à perda da outra. Isto é referido como o conceito “FIXED PIE” e as partes litigantes se envolvem naturalmente neste estilo de negociação.
  23. 23. Veja mais conteúdos como este clicando aqui ESTILOS DE NEGOCIAÇÃO INTEREST BASED NEGOTIATION (IBN) NEGOCIAÇÃO BASEADA NO INTERESSE É a teoria Negociação Baseada no Interesse onde uma solução “ganha-ganha" na disputa (permitindo que ambas as partes para ter seus interesses atendidas pelo mesmo assentamento) é possível. Isso é conhecido como “EXPANDING THE PIE”
  24. 24. Veja mais conteúdos como este clicando aqui 8. ACORDO É a avaliação de soluções no brainstorm e buscar por acordo para ambas as partes em todos os pontos. Pregue as soluções. Faça perguntas usando os seis AJUDANTES abaixo: Quem? O quê? Quando? Aonde? Como? E se?
  25. 25. Veja mais conteúdos como este clicando aqui ESCREVENDO O ACORDO •Apresente o problema. •Anote o que cada pessoa vai fazer. •As partes devem assinar o acordo. •Relembre as partes que este é um contrato.
  26. 26. Veja mais conteúdos como este clicando aqui MENSAGEM “No meio da confusão, encontre a simplicidade. A partir da discórdia, encontre a harmonia. No meio da dificuldade reside a oportunidade” Albert Einstein (1879-1955)
  27. 27. Veja mais conteúdos como este clicando aqui www.adaoladeira.com.br Vejam mais conteúdos em nosso Blog e nos siga nas redes sociais clicando nos ícones abaixo:

×