Da produção à gestão: as atribuições de um engenheiro químicoVITTORIO TEDESCHI
O formando em Engenharia química vê em sua frente um leque de
oportunidades nas áreas de atuação. Mas para qual lado segui...
Do chão da fábrica a um escritório da diretoria, o engenheiro pode ser
responsável pela criação e projeção de novas indúst...
Não existe apenas uma função, mas uma série de atribuições
para um engenheiro químico que atua em uma indústria, o que
gar...
Conheça as áreas de atuação e principais atribuições do
Engenheiro Químico:
Ambiental: responsável pelo tratamento e dimin...
Processos: projetar equipamentos e definir matérias primas,
além do estudo de aumento de eficiência operacional.
Produção:...
Da produção à gestão: as atribuições de um engenheiro químico
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Da produção à gestão: as atribuições de um engenheiro químico

168 visualizações

Publicada em

O formando em Engenharia química vê em sua frente um leque de oportunidades nas áreas de atuação. Mas para qual lado seguir na profissão? Não por menos a dúvida, já que o Engenheiro Químico participa de todas as etapas dos processos industriais, desde a elaboração de projetos e instalações até na operação, mapeamento e gerenciamento de ações industriais. Do chão da fábrica a um escritório da diretoria, o engenheiro pode ser responsável pela criação e projeção de novas indústrias, bem como pela operação, controle e otimização dos processos de produção.

Não existe apenas uma função, mas uma série de atribuições para um engenheiro químico que atua em uma indústria, o que garante a oportunidade de crescimento após anos de experiência e atualização dos estudos. Isto porque contempla áreas como a de alimentos, adubos e defensivos, fibras sintéticas, fármacos, cosméticos e perfumes, petróleo e gás, tintas e vernizes, petroquímica e álcool e açúcar.

Conheça as áreas de atuação e principais atribuições do Engenheiro Químico:

Ambiental: responsável pelo tratamento e diminuição de resíduos e efluentes, bem como por minimizar o consumo de insumos e evitar o desperdício de bens naturais, como a água.

Automação: dimensiona instrumentação, além de implantar e manter sistemas de controle.

Gestão: cuida dos projetos, da parte financeira e do setor tecnológico.

Otimização: melhorar, continuamente, a eficácia operacional e aumentar a rentabilidade da planta.

Processos: projetar equipamentos e definir matérias primas, além do estudo de aumento de eficiência operacional.

Produção: atuar em parceria com a operação, garantindo assim a produção dentro das especificações.

Produtos: avaliar as características dos produtos atualmente disponíveis, bem como auxiliar na criação de novos itens.

Segurança: analisar da segurança dos funcionários no manuseio dos equipamentos

Treinamento: formação e treinamento de recursos humanos nas empresas

Vendas: intermediar as vendas e dar assistência técnica, acompanhando os produtos .

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
168
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Da produção à gestão: as atribuições de um engenheiro químico

  1. 1. Da produção à gestão: as atribuições de um engenheiro químicoVITTORIO TEDESCHI
  2. 2. O formando em Engenharia química vê em sua frente um leque de oportunidades nas áreas de atuação. Mas para qual lado seguir na profissão? Não por menos a dúvida, já que o Engenheiro Químico participa de todas as etapas dos processos industriais, desde a elaboração de projetos e instalações até na operação, mapeamento e gerenciamento de ações industriais.
  3. 3. Do chão da fábrica a um escritório da diretoria, o engenheiro pode ser responsável pela criação e projeção de novas indústrias, bem como pela operação, controle e otimização dos processos de produção.
  4. 4. Não existe apenas uma função, mas uma série de atribuições para um engenheiro químico que atua em uma indústria, o que garante a oportunidade de crescimento após anos de experiência e atualização dos estudos. Isto porque contempla áreas como a de alimentos, adubos e defensivos, fibras sintéticas, fármacos, cosméticos e perfumes, petróleo e gás, tintas e vernizes, petroquímica e álcool e açúcar.
  5. 5. Conheça as áreas de atuação e principais atribuições do Engenheiro Químico: Ambiental: responsável pelo tratamento e diminuição de resíduos e efluentes, bem como por minimizar o consumo de insumos e evitar o desperdício de bens naturais, como a água. Automação: dimensiona instrumentação, além de implantar e manter sistemas de controle. Gestão: cuida dos projetos, da parte financeira e do setor tecnológico. Otimização: melhorar, continuamente, a eficácia operacional e aumentar a rentabilidade da planta.
  6. 6. Processos: projetar equipamentos e definir matérias primas, além do estudo de aumento de eficiência operacional. Produção: atuar em parceria com a operação, garantindo assim a produção dentro das especificações. Produtos: avaliar as características dos produtos atualmente disponíveis, bem como auxiliar na criação de novos itens. Segurança: analisar da segurança dos funcionários no manuseio dos equipamentos Treinamento: formação e treinamento de recursos humanos nas empresas Vendas: intermediar as vendas e dar assistência técnica, acompanhando os produtos.

×