13072011

688 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
688
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
294
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

13072011

  1. 1. Edição 13 de julho de 2011 Programa de Reconhecimento divulga os nomes indicadosGestão de Pessoas & Cultura divulgou, hoje, os nomes dos colaboradores apontados por seu empenho pela causada VM. Os reconhecidos foram: Josival Andrade dos Santos Filho, do PDA Cajazeiras (BA), Angela Villadiego,Carolina Prado (ambas de SP),Teresa Santos, Fabiola Amaral, Jéssica Espíndola, Lorena Santos, Eugênio Rodrigues,Cândido Junior, Sueli Catarina, Manoel Ribeiro e Bruna Guedes - estes de Pernambuco. A VM, seus gestores ecolegas, agradecem a dedicação e reconhecem a importância de vocês para que o trabalho com os mais vulneráveisseja excelente. Você conhece o projeto Rota da Paz? Rota da Paz é um projeto que leva conscientização cidadã para os jovens de comunidades violentas de Fortaleza através do diálogo. O projeto, que acontece em parceria da Visão Mundial com a Missão Betsaida, começou em uma das comunidades mais violentas da capital cearense, São Miguel. “Em 2008, realizamos uma formação – com duração de um ano - sobre espiritualidade cristã comunitária. Depois dessa capacitação Carmilson, gerente da UOPE local, nos chamou para o desafio de criarmos uma metodologia que levasse educação e fé para dentro das regiões que atuamos”, explica a gerente operacional da Missão, Rose Lira. Dessa forma, em 2009, o PDA Sonho de Criança dava início as atividades do Rota da Paz.“No projeto trabalhamos a Banda Rota da Paz espiritualidade educação para paz, saúde emocional e desenvolvimento comunitário. Através de conversas facilitamos a resolução de conflitos e a melhoria da harmonia familiar, estimulamos a mudança de comportamento nas escolas e a responsabilidade cidadã. Queremos que a comunidade tenha um novo olhar sobre o jovem, além dele mesmo se sentir empoderado no sentido de poder mudar a sua história e da comunidade. Em quatro meses de atuação na área, nós conseguimos observar mudanças na vida das pessoas que estavam envolvidas com drogas. O projeto é muito mais do que uma proposta, somos facilitadores de um método que leva os jovens a construir, cada um, a sua Rota, o seu caminho, vivendo de uma forma pacífica”, finalizou Rose. Hoje, além de estar presente em todo território da Unidade Operacional, a Missão Betsaida foi chamada, também, para atuar no Piauí com a metodologia do Rota. Só em Fortaleza, 10 comunidades foram beneficiadas e mais de 200 jovens tiveram suas vidas restauradas diretamente. Depoimentos “Hoje eu sei que amizade é tudo. Quando perdi o meu pai, foram os meus amigos do Rota que me ajudaram a superar esse momento. Quero trazer a memória nossos primeiros encontros e acreditar que os colegas que morreram poderão voltar a fazer parte desse grupo tão unido. Escrever o livro e ter as sessões de terapia foi de grande aprendizado para mim. Aprendi a respeitar os mais velhos e que não preciso tomar do outro aquilo que desejo ter, sei que se eu me esforçar posso conseguir o que eu quero.” - Davi, participante do Rota da Paz Santa FilomenaColaboraram nesta edição: Ana Guerra, Rose Lira, Elane Lins,Carmilson Brito, Priscila Mellyni, Lauren Mooney, Aline Ribeiro e Escreva para editora:Lindembergue Freitas juliana_coimbra2@wvi.org
  2. 2. “Eu era rebelde e isolada de todo mundo, não gostava de conversar com ninguém e odiava escutar os outros. Naescola, eu era expulsa da sala quase que todos os dias. Hoje em dia eu gosto de ser aconselhada, presto atenção nasaulas (e até tiro boas notas em matemática), aprendi a confiar nas pessoas, voltei a ser amiga da minha mãe e percebique amizade verdadeira existe. Aprendi tudo isso participando do Rota da Paz.” – Jessica, participante do Rota daPaz de São Miguel.Livro ‘Meninos de Deus’Com tantas histórias para contar, os jovens da segunda turma do Rota da Paz (comunidade Santa Filomena – PDAPantanal) resolveram escrever suas histórias de vida depois de uma sessão de terapia em grupo.As reuniões nestacomunidade aconteciam em paralelo com o projeto Meninos de Deus. Primeiramente o Meninos, liderado peloeducador, Paulo Uchôa, tira os adolescentes do tráfico e, em seguida, o Rota agrega ao grupo de reflexão. “Nósqueríamos somar com o projeto já existente. Lutamos juntos pela preservação da vida daqueles meninos. Quandoeles amadurecem e viram líderes, encaminhamos para os PDAs e, lá, eles crescem cada vez mais”, explicou Rose.Banda Rota da PazEnquanto aplicavam a metodologia os educadoresperceberam o potencial artístico dos jovens e, por essarazão, realizaram um musical e depois montaram a banda.Hoje, a banda faz apresentações em eventos e leva alegriapara toda Fortaleza. Banda Rota da Paz se apresentando PDA Sonhos do Sertão realiza Encontro Intermunicipal da Juventude em Gov. Dix-sept Rosado (RN) No dia 9 de julho, o PDA Sonhos do Sertão, localizado em Governador Dix-sept Rosado – município próximo de Mossoró (RN), realizou o I Encontro da Juventude. O evento aconteceu em parceria com o Centro de Assessoria as Comunidades Rurais e Urbanas (Ceacru), Secretaria Municipal da Juventude, Cultura e Desporto, Companhia Arte na Veia (CAV), Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Secretaria Municipal de Assistência Social. O evento reuniu líderes comunitários, representantes das organi-zações locais, poder público local e jovens. No total, reuniram-se mais de 70 pessoas de 10 municípios diferentes.Segundo o coordenador do PDA, Lindembergue Freitas, o evento foi muito positivo. “Conseguimos promover atroca de experiências entre os presentes. O encontro foi muito rico de conteúdo, fizemos uma análise sobre aconjuntura juvenil a nível territorial e queremos que esse seja o pontapé inicial para a criação de uma rede dosjovens na nossa área. Além disso, aproveitamos a oportunidade, com todos os parceiros presentes, para lançarmosoficialmente o PDA que já vem desenvolvendo ações nas comunidades rurais e urbanas da cidade”, explicouLindembergue.NotinhasBlog da Visão Mundial - Equipe de Patrocínio da UOPE Fortaleza realiza primeiro encontro territorial.Cole o link no seu navegador e visite! http://visaomundialbr.blogspot.com/VM na Mídia - PDA Sonhos do Sertão realiza festa para as crianças. Cole o link no seu navegador e veja a notícia!http://www.wiltonjr.com/2011/06/viso-mundial-realiza-atividades-culturais-na-zona-rural-de-gov-dix-sept/
  3. 3. Pessoas & Cultura Fique por Dentro Viagem com crianças Planejamento e criatividade para manter os filhos entretidos podem garantir tranquilidade durante viagem de férias Com a chegada das férias escolares, muitas famílias planejam como vão aproveitar o tempo de folga e, entre as opções, a que talvez cause mais expectativa é a de viajar.Além da ansiedade de conhecer um lugar diferente ou de reencontrar familiares, viajar com filhos pequenos requer preparação para mantê-los distraídos durante o trajeto, mas nada que prejudique o divertimento da família inteira. Há particularidades que devem ser observadas conforme o meio de transporte escolhido para viajar e a duração que o trajeto vai levar para ser percorrido. Se a ideia é, por exemplo, alugar um carro ao chegar no local, é importante lembrar de levar a cadeirinha de acordo com a idade do seu filho. Observe outras dicas que podem ajudar a se preparar para viajar com os pequenos: - Dependendo do destino, há necessidade de vacinas específicas; - Se o seu filho for bebê, lembre-se de ter sempre em mãos objetos como fraldas, mamadeiras, remédios, lenços, etc; - Leve objetos para as crianças se distraírem, como papel, lápis e seus brinquedos favoritos; - Prepare as malas de acordo com as características da cidade e dos passeios. Pense na necessidade de levar, por exemplo, protetor solar e repelente. Fonte: Portal Unimed Rodelas de pepino combatem olheiras As rodelas de pepino suavizam o tom arroxeado na pele abaixo dos olhos, mas não fazem com que as olheiras sumam para sempre. Isso acontece porque a temperatura fria do fruto provoca a contração dos vasos sanguíneos no local da aplicação, abrandando o escuro da pele. O mesmo efeito pode ser obtido com as famosas compressas frias de chá de camomila ou com chumaços de algodão embebidos em água boricada gelada.As olheiras são resultado da ação da melanina, pigmento que dá cor à pele, somada a uma vasodilatação local. Como apele abaixo dos olhos é muito fina, o conjunto de vasinhos acaba se evidenciando, afirma a dermatologista paulista AnaLúcia Recio. Muitas pessoas têm predisposição genética para desenvolver olheiras. Quando ela faz parte daconstituição do indivíduo, é impossível acabar de vez com o problema, diz a dermatologista Sílvia Marcondes, daUniversidade Federal de São Paulo (Unifesp).Segundo a especialista, existem cremes clareadores e peelings elaborados por médicos que podem atenuar asmanchas e até um tratamento feito com laser. Mas há alguns riscos, já que podem surgir manchas brancas onde anteshavia olheiras. Estresse, noites mal dormidas, cansaço e fome são fatores que podem acentuar as manchas.As pessoasmais velhas, no entanto, têm maior propensão às olheiras, em função da flacidez da pele.Fonte:Vida Simples

×