Casa da                       Projeto Geração Mulher -      Rocha                        Alfabetização, cidadania e       ...
Conheça mais o projeto Geração Mulher e   mobilize pessoas a nos ajudar!                                                  ...
I N F O R M A TI VO N º 1 1                                                                                               ...
Prestando contas - maio de        Organização                       2012                                          Os propó...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Boletim 11 Projeto Geração Mulher

243 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Boletim 11 Projeto Geração Mulher

  1. 1. Casa da Projeto Geração Mulher - Rocha Alfabetização, cidadania e oportunidades solidárias para geração de renda de ex-moradoras de rua. Informativo nº 11 De 10/06/2012 Boletim da parceria NESTA EDIÇÃO:Conheça mais sobre 2 Dez meses de andamentoo projeto GeraçãoMulher e mobilize do projeto Geração mulherpessoas a nos aju-dar!Notícias da última 3reunião de REDESPrestando contas — 4maio de 2012Quer ajudar? Saiba 4Como. Primeiras aulas em agosto de 2011 Em agosto do ano passado, a CASA Acreditamos, ainda, num evangelho Motivos de ora- DA ROCHA, em parceria com o mi- que transforma todas as áreas de suas ção: nistério AMMAR, iniciou um sonho de vida! transformação de vidas de ex- - Pelas facilitado- moradoras de rua das vilas São Fran- ras e apoios, para cisco e Nossa Senhora de Fátima, no No início deste ano, iniciamos o que perseverem bairro do Cordeiro, através da educa- GOLD - GRUPO DE OPORTUNI- apesar das dificul- ção, cidadania e oportunidades solidá- DADES LOCAIS E DESENVOLVI- dades; rias para geração de renda. MENTO, que passou a incluir alguns adolescentes da comunidade e outras - Pelas alunas, mulheres, totalizando onze beneficiá- para que continu- Começamos com um grupo de sete rios diretos. O GOLD propõe a dis- em a participar mulheres, com as quais nos encontra- cussão de problemas financeiros e mos duas vezes por semana. Duas faci- busca soluções em conjunto para ge- das atividades. ração de renda. Os encontros do litadoras se revezam nas aulas de alfa- betização (português e matemática GOLD ocorrem todos os sábados, às - Por novos parcei- 16h30, na comunidade. Uma psicóloga ros financeiros, par formal). passou a fazer dinâmicas de grupo que possamos hon- quinzenalmente, a fim de melhorar a rar os nossos com- Louvamos a Deus por esta experiência convivência entre as pessoas do gru- promissos financei- que temos vivido, e também pelas tri- po e facilitar o trabalho deste. Preci- ros. bulações, pois elas geram perseveran- samos de mais parceiros e voluntários ça. Cremos que Deus não desiste de para que este trabalho continue. Saiba nós e por isto não desistimos destas mais sobre o projeto na página a se- pessoas. guir.
  2. 2. Conheça mais o projeto Geração Mulher e mobilize pessoas a nos ajudar! De acordo com pesquisa realizada pelo AMMAR de fevereiro a março de 2011, das 17 famílias residentes nas Vilas São Francisco e Nossa Senhora de Fátima, ambas situadas no Bairro do Cordeiro, em Recife – PE, 88% dos responsáveis pelos domicílios eram mulheres, que possuíam um rendimento médio de R$ 366,20, enquanto a média geral do bairro do Cordeiro era de R$ 1.161,48, confor- me dados da Prefeitura do Recife. Ape- nas quatro famílias possuíam renda fixa independente das bolsas sociais do Go- verno. Quanto à taxa de alfabetização entre os responsáveis pelos domicílios, o percentual era de apenas 53%, bem abaixo da média geral do bairro que era de 94%. A maioria das fa- mílias, que possui de 5 a 10 filhos, vivia em situação de miséria. Diante deste quadro, o objetivo geral do projeto é promover o desenvolvimento socioeco- nômico de mulheres, com base em três pilares: alfabetização; incentivo à criação de um gru- po de oportunidades solidárias e motivação para o desenvolvimento ou ampliação de uma consciência crítica acerca de seus direitos e deveres como cidadãs e do papel da mulher co- mo agente de transformação na sociedade. O método utilizado para alfabetização e para formação cidadã é o método Laubach, propos- to pelo IBRAEMA, um dos parceiros do projeto que cedeu todo o material didático e capa- citou os facilitadores. A alfabetização utiliza painéis com figuras conhecidas dos alunos, pois parte do conhecido (imagem) para o desconhecido (palavras). O livro Raimundo Nonato traz questões sobre cidadania para discussão da turma. Quanto ao pilar da geração de renda, utilizamos a metodologia GOL.D (grupos de oportu- nidades locais de desenvolvimento), implantada pela Visão Mundial. Como principais resultados, a proposta é que ao término do projeto as alunas estejam aptas a escrever, a ler e a interpretar pequenos textos e que tenham conhecimentos de matemá- tica formal. Com a autoestima elevada e com conhecimentos sobre cidadania, as alunas po- derão desenvolver uma visão mais crítica acerca de sua vida e de como elas podem ser pro- tagonistas de mudanças, através da ocupação de espaços políticos de discussão, acesso a serviços públicos, do exercício do voto, entre outros. A criação de uma linha de produtos que possa ser comercializada pelo grupo visará reduzir a dependência financeira existente melhorando, assim, a vida destas mulheres e de cerca de 40 crianças e adolescentes. Divulgue este projeto! Seja parceiro! Confira como ajudar na última página!Página 2 P R O J E T O G E R AÇ Ã O M U L H E R - AL F A B E T I Z AÇ Ã O , C I DA D A N I A E O P O R T U NI D A D E S S O L I D ÁR I A S P A R A G E R AÇ Ã O D E R E N D A DE E X - MO R A DO R A S DE R U A .
  3. 3. I N F O R M A TI VO N º 1 1 Página 3Notícias da última reunião de REDESVeja o que aconteceu no último dia 07/06, no seminário de Educação Cristã—SEC, no fórumintegrado da REDE MÃO QUE AJUDAM e RENAS PE— Rede Evangélica Nacional de Ação So-cial.Principais notícias: A ARCA – AÇÃO DE RUA E CULTURA ALTERNATIVA (www.arcabr.com), que há 13 anos preocupa-se em atingir aqueles que a igreja não alcança, independente da raça, cor, religião, opção sexual ou condição social, está promovendo um congresso de 12 a 15 de julho que se chamará UTI: A CIDADE ESTÁ EM COMA. A proposta do evento, segun- do o Pr. Daniel Caveira, é fazer um alerta sobre a situação de “coma” na qual se encon- tra a nossa cidade, como a falta de consciência quanto a problemas tais como corrup- ção na política, dependência química e sexualidade. O custo do congresso será de R$ 50,00 e acontecerá no Colégio Americano Batista. Inscrições em breve no site www.arcabr.com. Durante o evento acontecerão as inscrições para a escola de mis- sões urbanas AVALANCHE, que será de 16 a 29 de julho, durante a noite (local a defi- nir). KINGS KIDS—Público alvo: adolescentes e jovens de 15 a 22 anos. Quando: De 6 a 22 de julho (seis dias de treinamento na JOCUM e depois trabalho com moradores de rua, abrigos, etc). Custo: R$ 320,00 (inclui hospedagem, alimentação, transporte e unifor- mes). Mais informações: nataliafariakk@hotmail.com/ 31 9405-3953 TREINAMENTO – FLOORBALL: De 29 de julho a 2 de agosto, na JOCUM CAMARAGIBE, ao custo de R$ 90,00. Participe e saiba mais sobre este esporte que é uma forte fer- ramenta de alcance de comunidades carentes. Ministérios que quiserem implantar este projeto em suas comunidades terão apoio da JOCUM para a aquisição dos equi- pamentos. Mais informações pelo fone 81 8822-1778 ou no www.floorball4all.info. CONGRESSO ANUAL DO RENAS EM MANAUS: de 13 a 15 de setembro, com o tema “VIDA EM ABUNDÂNCIA: ação social, justiça e sustentabilidade”. Inscrições pelo site encontro.renas.org.br. Custo (somente inscrição): R$ 85,00, até 31/07. Há outras opções com hospedagem e alimentação (não incluem passagem aérea). Mais informações no site.Os fóruns ocorrem sempre na primeira quinta-feira domês, às 19h30, no SEC (Rua Padre Inglês, 143,Boa Vista). Agende-se!
  4. 4. Prestando contas - maio de Organização 2012 Os propósitos de Deus sempre CASA DA ROCHA contam com sua provisão. J Blanchard. Caros mantenedores, obrigada por sua fidelidade! Mais um A SERVIÇO DO REINO DE DEUS mês que conseguimos honrar nossos compromissos financei- ros, graças a sua ajuda e aos propósitos de Deus. Ele não é Rua Dr. João Lacerda, 203 H, Cordeiro, homem para que minta, nem filho do homem para que se ar- Recife - PE rependa! Também não tivemos outras despesas, como luz e lanches (doação). Que o Senhor os abençoe abundantemente.Apoio: Quer ajudar? Saiba como.  Você pode de ajudar o projeto com suas orações pelo projeto e todos os envolvidos.  Através de doações mensais na conta da ASSOCIAÇÃO CASA DA ROCHA (CNPJ 14.560.664/0001-10), no Ban- co do Brasil, AG 1836-8, CC 49042-3. O valor das contribuições mensais sugerida é de R$ 50,00. Gostaría- mos de no mínimo 10 pessoas cadastrados em débito automático para garantirmos o pagamento do aluguel! Ofertas de qualquer outro valor são bem vindas também.  Precisamos de voluntários para apoio à facilitadora das aulas as quintas-feiras, 17h. Se puder ajudar, entre em contato conosco. Mais informações: Denise Lima 81 9174-8843

×