O seguidor

804 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
804
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
297
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O seguidor

  1. 1. Ligue o som - Avanço automático O seguidor
  2. 2. StudioJVS apresenta...
  3. 3. Poema parodial em homenagem aos100 anos da tragédia do Titanic (14 de abril de 2012), em memória dos seus 1.523 mortos (que Deus os tenha)...
  4. 4. Foi sem dúvida por obra daquele mar Que tantas alegrias nos deu na vida,Que encontramos o viajante indesejadoQue foi grosso e não pagou para entrar Feito alma de pessoa mal-agradecida,À procura do amor jamais encontrado.
  5. 5. Foi sem dúvida por obra de um pescador Que uma vez acalmou uma tempestade,Que encontramos o viajante desajeitado.Ele era pobre e só estava ali por um favor Feito a uma senhora da alta sociedade Que um dia viu um sonho seu realizado.
  6. 6. É claro que ele chegou sem dar prazer A nenhum viajante alienado ou feliz, Que perdeu a consciência ou brincavaCom sua alma-alegre-mais-ter-que-ser.Na verdade ele também era um aprendizE até tinha medo do mar que navegava.
  7. 7. Entrou pela porta dos fundos do muro Ou pulando o muro que separa o marDa terra onde a sociedade se encontrava. Deu um grito tão alto em pleno escuro Da meia-noite que fez vibrar todo o ar,E até o mais valente marujo se assustava.
  8. 8. Após sua chegada o chão começou a afundar Porque ele era muito pesado para ali subir. Tinha uma bagagem enorme aos seus pésE o setor de cargas não conseguiu suportar. Até o Capitão hospitaleiro tentou impedirUm gordo tão incômodo andando no convés.
  9. 9. Mas já era tarde para sua entrada se abortar.Não havia outro navio para expulsá-lo agora.Nem que fosse o mais cruel pirata dos mares,Não se nega o navio para quem vem do mar.Fato é que por nossa caridade ou da senhora,Aquele pesado trouxe todos os nossos pesares.
  10. 10. Não conseguimos ficar muito tempo no marE tivemos todos que ocupar os poucos barcosDa descrença com uma multidão de fugitivos.Muitos tiveram até, naquela hora, que negarLugar para quem queria subir com seus arcos Virando os botes e afundando os executivos.
  11. 11. Morreram mais de mil em gritos deprimentes,Que fizeram do mar um campo de concentração. Nunca jamais a presunção humana foi abatida Com toda a frieza do gelo e o ranger de dentes,Como na cena que ainda hoje choca meu coração. Lição tão lúcida jamais deveria ser esquecida...
  12. 12. Não sabemos se aquele Senhor rejeitado, Que acalmou a tempestade noutro barco,Tinha ouvido o engenheiro estupidamenteDizer que nem Deus afundava o seu caladoLogo na 1a viagem, a qual seria um marcoNa história da nau mais rica do continente.
  13. 13. Não sabemos. Mas a verdade é que agora,Após inaugurada a tal da Pós-modernidade,Quando máquinas têm GPS e mil sensores,Um castigo poderia ser pior do que outrora,Por atingir gente com a triste enfermidade Da descrença dos filhos em seus genitores.
  14. 14. O seguidor
  15. 15.  O seguidor Material poético da Escola de Aprofundamento Teológico Versejar: Prof. JV GIFs e fotos: Internet Arte: StudioJVS Música: Titanic’s Theme – Internet (CD Soundtrack) Consultoria: Grupo SAIBA Direção geral: EAT.
  16. 16.                                http://www.mensagensvirtuais.com.br                                 

×