SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 11
Baixar para ler offline
As Borboletas pertencem à
ordem de insetos
denominada Lepidóptera
uma das divisões da grande
classe Insecta, a qual, por
sua vez, é parte do filo
Arthropoda.
Quando se pega uma Borboleta com as mãos, elas
deixam sempre uma certa quantidade de pó em nossas
mãos. Esse pó é constituído pelas milhares de
minúsculas escamas que recobrem as asas das
Borboletas e formam desenhos incríveis, de cores
muito vivas.
Existem mais de 150 mil espécies de
Lepidópteros descritos no mundo, sendo que a
maior parte é representada por formas
noturnas, as Mariposas.
A Borboleta passa a maior parte da vida em
estado de larva (lagarta) vegetariana,
alimentando-se de folhas. Enquanto crescem e se
desenvolvem, as lagartas trocam várias vezes de
pele até se transformarem em pupa, ou seja,
quando sua pele endurece e forma um casulo.
No interior do casulo, a pupa não se
alimenta, move-se raramente e transformase em Borboleta adulta. Após um período
que pode variar de duas semanas até vários
meses, segundo a espécie, a Borboleta
rompe o casulo.
A borboleta monarca começa a sua vida como um ovo
posto por uma fêmea adulta numa folha de planta de
serralha. É do tamanho da cabeça de um alfinete
quando o ovo choca, 3 a 12 dias depois, a pequena
larva ou lagarta com riscas brancas, amarelas e pretas,
tem oito pares de pernas curtas para trepar e partes da
boca desenhadas para mastigar folhas.

Monarca Fêmea
Mas somente folhas das plantas de serralha, mais
nenhuma, como a planta de serralha tem uma seiva
branca e pegajosa que é altamente tóxica para os
outros animais, mas não afetam em nada a lagarta,
apenas tornando seu corpo altamente tóxico para os
predadores, como pássaros.

Monarca Macho
A migração das Borboletas Monarcas é um dos
mais significativos eventos que acontece em nosso
planeta, a migração da Borboleta Monarca começa
no Canadá e parte do norte dos Estados Unidos.
O destino das Borboletas Monarcas está na região
central do México, nas florestas de oyamel .
Geralmente começa em
torno de outubro, viajando
cerca de 50 quilômetros
por dia. O ciclo de
migração da Monarca
apresenta inúmeros
obstáculos em que muitas
perdem suas vidas.
As Monarcas viajam mais
de 4.000 Km para migrar e
fugir do inverno.
FORMATAÇÃO: LUZIA GABRIELE
EMAIL: luziagabriele@hotmail.com
IMAGENS: INTERNET
MÚSICA: ROMANTICOS DE CUBA
ESPERAME NEL CIELO
DATA: 10 DE OUTUBRO DE 2013
http://www.mensagensvirtuais.com.br

Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou
desculpando, eu vou superando, eu vou
compreendendo, eu vou relevando, eu vou e
continuo indo, assim, desse jeito. Sem virar
páginas, sem colocar pontos e vou dando muito
de mim, e aceitando o pouquinho que os outros
têm pra me dar.

http://www.mensagensvirtuais.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (18)

FORMIGAS 2A
FORMIGAS 2AFORMIGAS 2A
FORMIGAS 2A
 
Gafanhoto
GafanhotoGafanhoto
Gafanhoto
 
Louva_a_deus
Louva_a_deusLouva_a_deus
Louva_a_deus
 
Formigas
FormigasFormigas
Formigas
 
Térmitas
TérmitasTérmitas
Térmitas
 
Especialidade de anfíbios
Especialidade de anfíbiosEspecialidade de anfíbios
Especialidade de anfíbios
 
Abelhas
AbelhasAbelhas
Abelhas
 
Esquilo
EsquiloEsquilo
Esquilo
 
Morcegos
MorcegosMorcegos
Morcegos
 
Biologia dos vertebrados- EEMAK
Biologia dos vertebrados- EEMAKBiologia dos vertebrados- EEMAK
Biologia dos vertebrados- EEMAK
 
Voce sabia
Voce sabiaVoce sabia
Voce sabia
 
Abelhas
AbelhasAbelhas
Abelhas
 
Fauna
FaunaFauna
Fauna
 
Curiosidades sobre sapos
Curiosidades sobre saposCuriosidades sobre sapos
Curiosidades sobre sapos
 
Curiosidades sobre os sapos
Curiosidades sobre os saposCuriosidades sobre os sapos
Curiosidades sobre os sapos
 
Fases do sapo
Fases do sapoFases do sapo
Fases do sapo
 
Borboleta Em Via De ExtinçãO Silvia Moreira
Borboleta Em Via De ExtinçãO  Silvia MoreiraBorboleta Em Via De ExtinçãO  Silvia Moreira
Borboleta Em Via De ExtinçãO Silvia Moreira
 
Abelhas
AbelhasAbelhas
Abelhas
 

Destaque (20)

Minha arvore de amigos
Minha arvore de amigosMinha arvore de amigos
Minha arvore de amigos
 
O verbo no infinito
O verbo no infinitoO verbo no infinito
O verbo no infinito
 
Flores de verao
Flores de veraoFlores de verao
Flores de verao
 
Sonho, estrelas, flores e amigos
Sonho, estrelas, flores e amigosSonho, estrelas, flores e amigos
Sonho, estrelas, flores e amigos
 
Doce verao florido
Doce verao floridoDoce verao florido
Doce verao florido
 
A arte de ser avo
A arte de ser avoA arte de ser avo
A arte de ser avo
 
Sonho
SonhoSonho
Sonho
 
Netos ( Rachel De Queiroz)
Netos ( Rachel De Queiroz)Netos ( Rachel De Queiroz)
Netos ( Rachel De Queiroz)
 
A arte de Janene Grende
A arte de Janene GrendeA arte de Janene Grende
A arte de Janene Grende
 
Mensagem power-point-slides-mensagens-de-amor
Mensagem power-point-slides-mensagens-de-amorMensagem power-point-slides-mensagens-de-amor
Mensagem power-point-slides-mensagens-de-amor
 
Delicadas flores de verao
Delicadas flores de veraoDelicadas flores de verao
Delicadas flores de verao
 
Aniversario irmas gemeas
Aniversario irmas gemeasAniversario irmas gemeas
Aniversario irmas gemeas
 
O voo
O vooO voo
O voo
 
Ainda que o vendaval
Ainda que o vendavalAinda que o vendaval
Ainda que o vendaval
 
Prece de aniversario
Prece de aniversarioPrece de aniversario
Prece de aniversario
 
Os Dois Mares
Os Dois MaresOs Dois Mares
Os Dois Mares
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
Mensagem
MensagemMensagem
Mensagem
 
1minutocomdeus
1minutocomdeus1minutocomdeus
1minutocomdeus
 
ReflexãO
ReflexãOReflexãO
ReflexãO
 

Semelhante a Borboletas Lepidóptera

Semelhante a Borboletas Lepidóptera (20)

Especialidade de Lazer com Pipas.ppt
Especialidade de Lazer com Pipas.pptEspecialidade de Lazer com Pipas.ppt
Especialidade de Lazer com Pipas.ppt
 
O Mundo dos Insectos
O Mundo dos InsectosO Mundo dos Insectos
O Mundo dos Insectos
 
Insetos paola
Insetos paolaInsetos paola
Insetos paola
 
2401 Insetos
2401 Insetos2401 Insetos
2401 Insetos
 
Morcegos nuno 5 e
Morcegos nuno 5 eMorcegos nuno 5 e
Morcegos nuno 5 e
 
Especilaidade anfibios.pptx
Especilaidade anfibios.pptxEspecilaidade anfibios.pptx
Especilaidade anfibios.pptx
 
A4 insect..
A4 insect..A4 insect..
A4 insect..
 
Libélula 2 D
Libélula 2 DLibélula 2 D
Libélula 2 D
 
Répteis
 Répteis Répteis
Répteis
 
Ambiente terrestre i
Ambiente terrestre  iAmbiente terrestre  i
Ambiente terrestre i
 
Artropodes
ArtropodesArtropodes
Artropodes
 
Identificação insetos
Identificação insetosIdentificação insetos
Identificação insetos
 
Ras powerpoint
Ras powerpointRas powerpoint
Ras powerpoint
 
Ras powerpoint
Ras powerpointRas powerpoint
Ras powerpoint
 
Ras powerpoint
Ras powerpointRas powerpoint
Ras powerpoint
 
Ras powerpoint
Ras powerpointRas powerpoint
Ras powerpoint
 
Répteis - Biologia
Répteis - Biologia Répteis - Biologia
Répteis - Biologia
 
Antropologia bem feito
Antropologia bem feitoAntropologia bem feito
Antropologia bem feito
 
Guia de Bolso Animais Peçonhentos Digital.pdf
Guia de Bolso Animais Peçonhentos Digital.pdfGuia de Bolso Animais Peçonhentos Digital.pdf
Guia de Bolso Animais Peçonhentos Digital.pdf
 
Joaninha
JoaninhaJoaninha
Joaninha
 

Mais de Mensagens Virtuais (20)

Hoje eu posso escolher
Hoje eu posso escolherHoje eu posso escolher
Hoje eu posso escolher
 
Virtudes e defeitos
Virtudes e defeitosVirtudes e defeitos
Virtudes e defeitos
 
Viver despenteada
Viver despenteadaViver despenteada
Viver despenteada
 
Animais que fazem a cabeca
Animais que fazem a cabecaAnimais que fazem a cabeca
Animais que fazem a cabeca
 
A arte de Genise Marwedel
A arte de Genise MarwedelA arte de Genise Marwedel
A arte de Genise Marwedel
 
A arte surreal
A arte surrealA arte surreal
A arte surreal
 
Desenganos
DesenganosDesenganos
Desenganos
 
Ressuscita me
Ressuscita meRessuscita me
Ressuscita me
 
Bandejas pintadas
Bandejas pintadasBandejas pintadas
Bandejas pintadas
 
Vitoria Regia
Vitoria RegiaVitoria Regia
Vitoria Regia
 
Bocas em flor
Bocas em florBocas em flor
Bocas em flor
 
Desejos
DesejosDesejos
Desejos
 
O direito de sonhar
O direito de sonharO direito de sonhar
O direito de sonhar
 
7 de Setembro
7 de Setembro7 de Setembro
7 de Setembro
 
Aprendendo com os erros
Aprendendo com os errosAprendendo com os erros
Aprendendo com os erros
 
Antiga bencao celta 2
Antiga bencao celta 2Antiga bencao celta 2
Antiga bencao celta 2
 
Rumos
RumosRumos
Rumos
 
Orquideas
OrquideasOrquideas
Orquideas
 
Primavera em flor
Primavera em florPrimavera em flor
Primavera em flor
 
Incrivel
IncrivelIncrivel
Incrivel
 

Borboletas Lepidóptera

  • 1.
  • 2. As Borboletas pertencem à ordem de insetos denominada Lepidóptera uma das divisões da grande classe Insecta, a qual, por sua vez, é parte do filo Arthropoda.
  • 3. Quando se pega uma Borboleta com as mãos, elas deixam sempre uma certa quantidade de pó em nossas mãos. Esse pó é constituído pelas milhares de minúsculas escamas que recobrem as asas das Borboletas e formam desenhos incríveis, de cores muito vivas.
  • 4. Existem mais de 150 mil espécies de Lepidópteros descritos no mundo, sendo que a maior parte é representada por formas noturnas, as Mariposas.
  • 5. A Borboleta passa a maior parte da vida em estado de larva (lagarta) vegetariana, alimentando-se de folhas. Enquanto crescem e se desenvolvem, as lagartas trocam várias vezes de pele até se transformarem em pupa, ou seja, quando sua pele endurece e forma um casulo.
  • 6. No interior do casulo, a pupa não se alimenta, move-se raramente e transformase em Borboleta adulta. Após um período que pode variar de duas semanas até vários meses, segundo a espécie, a Borboleta rompe o casulo.
  • 7. A borboleta monarca começa a sua vida como um ovo posto por uma fêmea adulta numa folha de planta de serralha. É do tamanho da cabeça de um alfinete quando o ovo choca, 3 a 12 dias depois, a pequena larva ou lagarta com riscas brancas, amarelas e pretas, tem oito pares de pernas curtas para trepar e partes da boca desenhadas para mastigar folhas. Monarca Fêmea
  • 8. Mas somente folhas das plantas de serralha, mais nenhuma, como a planta de serralha tem uma seiva branca e pegajosa que é altamente tóxica para os outros animais, mas não afetam em nada a lagarta, apenas tornando seu corpo altamente tóxico para os predadores, como pássaros. Monarca Macho
  • 9. A migração das Borboletas Monarcas é um dos mais significativos eventos que acontece em nosso planeta, a migração da Borboleta Monarca começa no Canadá e parte do norte dos Estados Unidos. O destino das Borboletas Monarcas está na região central do México, nas florestas de oyamel .
  • 10. Geralmente começa em torno de outubro, viajando cerca de 50 quilômetros por dia. O ciclo de migração da Monarca apresenta inúmeros obstáculos em que muitas perdem suas vidas. As Monarcas viajam mais de 4.000 Km para migrar e fugir do inverno.
  • 11. FORMATAÇÃO: LUZIA GABRIELE EMAIL: luziagabriele@hotmail.com IMAGENS: INTERNET MÚSICA: ROMANTICOS DE CUBA ESPERAME NEL CIELO DATA: 10 DE OUTUBRO DE 2013 http://www.mensagensvirtuais.com.br Eu vou gostando, eu vou cuidando, eu vou desculpando, eu vou superando, eu vou compreendendo, eu vou relevando, eu vou e continuo indo, assim, desse jeito. Sem virar páginas, sem colocar pontos e vou dando muito de mim, e aceitando o pouquinho que os outros têm pra me dar. http://www.mensagensvirtuais.com.br