SlideShare uma empresa Scribd logo
ADIVINHAS
Flutuamos as duas na água
e não somos barcos.
Começamos ambas
pela letra B. Quem somos?
R.: Bolas e bóias
Compra-se cru,
Faz-se cozido
E vende-se cru.
R.: Bacalhau
Qual é o animal que não anda,
nada, nada?
R.: Peixe
Duas castanholas
No fundo do mar;
Regam uma semente,
Jóia de encantar.
R.: Ostra
Sou pequenino, mas sei nadar;
Vivo nos rios, lagos ou alto mar.
R.: Peixe
Minha boca é grande,
Cabem lá navios;
Eu ando no mar,
Não caibo nos rios.
R.: Baleia
Para trás caminho,
Sem cabeça nem pescoço;
por dentro sou todo carne,
Por fora só tenho osso.
R.: Caranguejo
De espinhos bem revestido,
Gosto de estar no mar;
Se me quiseres tocar,
Cuidado! Vais-te aleijar.
R.: Ouriço-do-mar
Nas poças sou transparente,
Vermelhão a cozinhar;
Se me quiseres comer,
Vai-te custar a pagar.
R.: Camarão
Do fundo do mar,
Onde gostamos de estar,
Olhamos nossas irmãs,
Lá no céu a brilhar.
R.: Estrela-do-mar
Em duas conchas colocado
Vivo encerrado;
Como não posso nadar,
Pego-me às rochas do mar.
R.: Mexilhão
Pescadora e marinheira,
Com o seu riso madrugador,
Toda a praia alvoraça.
R.: Gaivota
Tenho tinta, tenho caneta
E braços tenho demais,
Mas não consigo escrever
Porque não aprendi jamais.
R.: Polvo
Não pareço, mas sou peixe,
Tímido o mar me fez;
A minha forma reflete
Uma peça de xadrez.
R.: Cavalo-marinho
Em si a lua se espelha
E o sol reflete também;
Quando a gente se aproxima,
Olhando-a nos vemos bem.
R.: Água
Sem ser peixe estou no mar,
Tenho esguicho sem ser fonte,
Para a caça tenho dente,
Só o homem me pode matar.
R.: Baleia
Eis animal singular
Sem cabeça nem pescoço,
Que é por dentro todo carne
E por fora só tem osso.
R.: Caranguejo
Eu corro, salto e brinco,
Sou levinho como a lã;
De certo se for pescado,
Vou ser frito na sertã.
R.: Peixe
Por que me chamam assim
Se eu não sei galopar?
Em vez de correr eu nado
Nas verdes águas do mar.
R.: Cavalo-marinho
Adoro andar na água.
Gosto muito de brincar!
Se mamo, não sou peixe,
Ora tenta adivinhar?!
R.: Golfinho
Eu sou o terror dos mares,
E nado cá com uma pinta!
Levo uma vida tranquila,
Porque aqui ninguém me finta.
R.: Tubarão
Quando vou parece que venho,
Quando venho parece que vou;
Eu engano, meu rapaz,
Porque ando sempre p’ra trás.
R.: Caranguejo
Vivo nas águas do mar,
Tenho uma antena famosa,
Sou escuro de nascença,
Cozido sou cor-de-rosa.
R.: Camarão
Minha casa é alongada,
Preta, de conchas formada,
Como não sei nadar,
Agarro-me às rochas do mar.
R.: Mexilhão
Por vezes eu estou bravo,
Queixam-se os pescadores.
Sustento o mundo inteiro,
Conduzo os navegadores.
R.: Mar
Sou recreio de muita gente,
Gosto de me balouçar.
É o vento que me empurra,
Sobre as águas do mar.
R.: Barco à vela
ADIVINHAS COM BICHO
Maria Teresa Maia Gonzalez
Sinto-me entalado
onde estou deitado,
mas eu sei mexer-me,
sou muito mexido
e bem conhecido
no meio do mar.
Queres adivinhar?
[O mexilhão]

Em redor dos barcos voa,
mas nunca faz isso à toa:
quer almoçar sem pagar,
sem partir para ir pescar…
Já a viste esvoaçar,
se à praia costumas ir…
Pensa e irás descobrir!
[A gaivota]

Ela é desportista
na água e no gelo…
Tem gordura e pêlo
e é uma artista
que a todos conquista
com habilidade!
Quem é, na verdade?
[A foca]

Visto uma saia rodada;
minha cauda é perigosa…
Se não for para a caldeirada,
no mar vou nadando, airosa.
Se te puseres a pensar,
sei que vais adivinhar!
[A raia]

Sei que me hão-de vir pescar
(é mau agoiro meu nome)…
Depois, matarei a fome,
cozida num panelão
e servida a fumegar.
Sabes que nome me dão?
Se sabes, di-lo então!
[A pescada]

Que dentadura cortante
naquele corpo de gigante!
Se a barbatana avistar,
é melhor não ir nadar,
melhor nem entrar no mar…
Em quem estarei a pensar?
[O tubarão]

É de cerimónia o fato;
tem penas e não é pato…
Vive na zona polar
e é belo de encantar!
Vê se sabes adivinhar!
[O pinguim]

Tem dois grandes dentes,
tem um corpo possante.
Vive com os parentes;
não é elefante…
Vai ao Pólo Norte
tentar tua sorte!
[A morsa]

Sua carapaça
é dura e tem graça;
de lado caminha
pela areia fininha…
Pensa e adivinha!
[O caranguejo]

Tem oito braços vistosos;
é um dos seres mais espantosos
que podemos encontrar
nas águas azuis do mar.
Inteligente este ser!
E o nome? Sabes dizer?
[O polvo]

Convido-te: vem brincar
comigo, no azul do mar!
Sei inúmeras brincadeiras,
salto de muitas maneiras!
Meu nome deves saber,
então, dá-o a conhecer!
[O golfinho]

Ela até sabe dançar:
sobe e desce lá no mar,
com seu ar de gelatina…
Quem será esta menina
tão bonita a flutuar?
[A medusa]

Não há ser maior
em terra ou no mar;
tem grande valor
e sabe nadar.
Peixe não é, não.
E quem é, então?
[A baleia]

Negra e branca a nadar,
uma foca vai caçar
ou quem vier a encontrar…
Não é peixe, não senhor:
é mais pesada e maior.
Tu conhece-la de cor!
[A orca]

A sua tromba é diferente
da do amigo africano;
das focas ele é parente
e, durante todo o ano,
está na praia à beira-mar…
Que nome lhe vais chamar?
[O elefante-marinho]

É cavalo e não tem pêlo…
Cavalga lá pelos mares;
tem um corpo muito belo.
Mergulha para o encontrares!
[O cavalo-marinho]

É um mestre carpinteiro,
martela muito certeiro
nas profundezas do mar…
Pensa e podes acertar!
[O tubarão-martelo]

A onda o embala…
A concha é abrigo.
Só o mar lhe fala,
pois é seu amigo;
e ele põe-se a escutar
o eco do mar…
Põe-te a adivinhar!
[O búzio]

Tem bico descomunal,
nele guarda os mantimentos;
pescador excepcional,
dono de bons sentimentos.
Está espalhada a sua fama…
Saberás como se chama?
[O pelicano]

Do circo sei que não veio,
mas dizem que é palhaço…
Não é pobre nem ricaço
e o mar é o seu meio,
onde vive alegremente.
Já tens alguma ideia em mente?
[O peixe-palhaço]


Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantarA ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
Ofelia Liborio
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriosos Os ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
Tânia Alves
 
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Marisol Santos
 
O leão que temos cá dentro
O leão que temos cá dentroO leão que temos cá dentro
O leão que temos cá dentro
Emília Lima
 
História de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de ÁguaHistória de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de Água
elisabetemfc
 
A MENINA GOTINHA DE ÁGUA
A MENINA GOTINHA DE ÁGUAA MENINA GOTINHA DE ÁGUA
A MENINA GOTINHA DE ÁGUA
anabelacorreia
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
bibdjosei
 
O H perdeu uma perna
O H perdeu uma pernaO H perdeu uma perna
O H perdeu uma perna
Carla Paias
 
Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_
Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_
Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_
labeques
 
O Sapo Encontra Um Amigo
O Sapo Encontra Um AmigoO Sapo Encontra Um Amigo
O Sapo Encontra Um Amigo
anabraga
 
O comboio das formas
O comboio das formasO comboio das formas
O comboio das formas
Célia Pereira
 
A galinha que sabia ler
A galinha que sabia lerA galinha que sabia ler
A galinha que sabia ler
SABERES E FAZERES EM NOSSAS MÃOS
 
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soarespoemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
subel
 
Mais Lengalengas
Mais LengalengasMais Lengalengas
Mais Lengalengas
Luis Rolhas
 
A galinha ruiva
A galinha ruivaA galinha ruiva
A galinha ruiva
Bertilia Madeira
 
A liberdade o que é? José Jorge Letria
A liberdade o que é? José Jorge LetriaA liberdade o que é? José Jorge Letria
A liberdade o que é? José Jorge Letria
M José Buenavida
 
A história da bruxinha
A história da bruxinhaA história da bruxinha
A história da bruxinha
Katia Martinez
 
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai NatalNinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
daliatrigo
 
O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoleto
Silvares
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Lara Gonçalves
 

Mais procurados (20)

A ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantarA ovelhinha-que-veio-para-jantar
A ovelhinha-que-veio-para-jantar
 
Os ovos misteriosos
Os ovos misteriosos Os ovos misteriosos
Os ovos misteriosos
 
Natal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempreNatal conto melhor-natal-de-sempre
Natal conto melhor-natal-de-sempre
 
O leão que temos cá dentro
O leão que temos cá dentroO leão que temos cá dentro
O leão que temos cá dentro
 
História de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de ÁguaHistória de uma Gotinha de Água
História de uma Gotinha de Água
 
A MENINA GOTINHA DE ÁGUA
A MENINA GOTINHA DE ÁGUAA MENINA GOTINHA DE ÁGUA
A MENINA GOTINHA DE ÁGUA
 
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"Historia " Os Nossos Amigos Animais"
Historia " Os Nossos Amigos Animais"
 
O H perdeu uma perna
O H perdeu uma pernaO H perdeu uma perna
O H perdeu uma perna
 
Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_
Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_
Lengalengas ducla soares_ese_paula.melo_
 
O Sapo Encontra Um Amigo
O Sapo Encontra Um AmigoO Sapo Encontra Um Amigo
O Sapo Encontra Um Amigo
 
O comboio das formas
O comboio das formasO comboio das formas
O comboio das formas
 
A galinha que sabia ler
A galinha que sabia lerA galinha que sabia ler
A galinha que sabia ler
 
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soarespoemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
poemas da mentira e da verdade - Luisa Ducla Soares
 
Mais Lengalengas
Mais LengalengasMais Lengalengas
Mais Lengalengas
 
A galinha ruiva
A galinha ruivaA galinha ruiva
A galinha ruiva
 
A liberdade o que é? José Jorge Letria
A liberdade o que é? José Jorge LetriaA liberdade o que é? José Jorge Letria
A liberdade o que é? José Jorge Letria
 
A história da bruxinha
A história da bruxinhaA história da bruxinha
A história da bruxinha
 
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai NatalNinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
NinguéM Dá Prendas Ao Pai Natal
 
O palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoletoO palhaco-tristoleto
O palhaco-tristoleto
 
Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa Carlota barbosa a bruxa medrosa
Carlota barbosa a bruxa medrosa
 

Semelhante a O mar para adivinhar

O dia em que o mar desapareceu de josé fanha 1.º ciclo
O dia em que o mar desapareceu de josé fanha  1.º cicloO dia em que o mar desapareceu de josé fanha  1.º ciclo
O dia em que o mar desapareceu de josé fanha 1.º ciclo
Sandra Pratas
 
O dia em_que_o_mar_desapareceu_
O dia em_que_o_mar_desapareceu_O dia em_que_o_mar_desapareceu_
O dia em_que_o_mar_desapareceu_
Sandra Pratas
 
Trabalhos mar, 5ºk
Trabalhos mar, 5ºk Trabalhos mar, 5ºk
Trabalhos mar, 5ºk
becreluisdeloureiro
 
Capitao golfo
Capitao golfoCapitao golfo
Capitao golfo
Rosa Duarte
 
Poemas votacao
Poemas votacaoPoemas votacao
Poemas votacao
bearnoso
 
Poemas do mar
Poemas do marPoemas do mar
Poemas do mar
cruchinho
 
Mar-textos da Semana da Leitura
Mar-textos da Semana da LeituraMar-textos da Semana da Leitura
Mar-textos da Semana da Leitura
luiscontente
 
Ler o mar
Ler o marLer o mar
Ler o mar
casmaria
 
Peixinho erros
Peixinho errosPeixinho erros
Peixinho erros
Maria José Ramos
 
Vivaopeixinho
VivaopeixinhoVivaopeixinho
Vivaopeixinho
Maria José Ramos
 
Oceanos 2013 ana cristina carvalho
Oceanos 2013  ana cristina carvalhoOceanos 2013  ana cristina carvalho
Oceanos 2013 ana cristina carvalho
becreluisdeloureiro
 
Arte xávega
Arte xávegaArte xávega
Arte xávega
eb1calvao
 
Arte xávega
Arte xávegaArte xávega
Arte xávega
artexavega
 
Arte xávega
Arte xávegaArte xávega
Arte xávega
artexavega
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
Graça Terra
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
biblioteca123
 
Trabalho de área de projecto
Trabalho de área de projectoTrabalho de área de projecto
Trabalho de área de projecto
rebeldes
 
Livro de poesia plnm 2b
Livro de poesia  plnm 2bLivro de poesia  plnm 2b
Livro de poesia plnm 2b
Veronica Baptista
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
Vitor Matias
 
Se eu fosse uma gotinha de água
Se eu fosse uma gotinha de águaSe eu fosse uma gotinha de água
Se eu fosse uma gotinha de água
Carla Paias
 

Semelhante a O mar para adivinhar (20)

O dia em que o mar desapareceu de josé fanha 1.º ciclo
O dia em que o mar desapareceu de josé fanha  1.º cicloO dia em que o mar desapareceu de josé fanha  1.º ciclo
O dia em que o mar desapareceu de josé fanha 1.º ciclo
 
O dia em_que_o_mar_desapareceu_
O dia em_que_o_mar_desapareceu_O dia em_que_o_mar_desapareceu_
O dia em_que_o_mar_desapareceu_
 
Trabalhos mar, 5ºk
Trabalhos mar, 5ºk Trabalhos mar, 5ºk
Trabalhos mar, 5ºk
 
Capitao golfo
Capitao golfoCapitao golfo
Capitao golfo
 
Poemas votacao
Poemas votacaoPoemas votacao
Poemas votacao
 
Poemas do mar
Poemas do marPoemas do mar
Poemas do mar
 
Mar-textos da Semana da Leitura
Mar-textos da Semana da LeituraMar-textos da Semana da Leitura
Mar-textos da Semana da Leitura
 
Ler o mar
Ler o marLer o mar
Ler o mar
 
Peixinho erros
Peixinho errosPeixinho erros
Peixinho erros
 
Vivaopeixinho
VivaopeixinhoVivaopeixinho
Vivaopeixinho
 
Oceanos 2013 ana cristina carvalho
Oceanos 2013  ana cristina carvalhoOceanos 2013  ana cristina carvalho
Oceanos 2013 ana cristina carvalho
 
Arte xávega
Arte xávegaArte xávega
Arte xávega
 
Arte xávega
Arte xávegaArte xávega
Arte xávega
 
Arte xávega
Arte xávegaArte xávega
Arte xávega
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
 
Trabalho de área de projecto
Trabalho de área de projectoTrabalho de área de projecto
Trabalho de área de projecto
 
Livro de poesia plnm 2b
Livro de poesia  plnm 2bLivro de poesia  plnm 2b
Livro de poesia plnm 2b
 
A menina do mar
A menina do marA menina do mar
A menina do mar
 
Se eu fosse uma gotinha de água
Se eu fosse uma gotinha de águaSe eu fosse uma gotinha de água
Se eu fosse uma gotinha de água
 

Mais de BibliotecadaEscoladaPonte

Estafeta de leitura de Natal
Estafeta de leitura de NatalEstafeta de leitura de Natal
Estafeta de leitura de Natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 
100 livros para Apprender Mar
100 livros para Apprender Mar100 livros para Apprender Mar
100 livros para Apprender Mar
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Senhora Mundo
Senhora MundoSenhora Mundo
Torneio Jogo Glow Hochey
Torneio Jogo Glow HocheyTorneio Jogo Glow Hochey
Torneio Jogo Glow Hochey
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Micronarrativas com títulos de Afonso Cruz
Micronarrativas com títulos de Afonso CruzMicronarrativas com títulos de Afonso Cruz
Micronarrativas com títulos de Afonso Cruz
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Programa da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da Ponte
Programa da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da PontePrograma da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da Ponte
Programa da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da Ponte
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Torneio Jogo Subway Surfers
Torneio Jogo Subway SurfersTorneio Jogo Subway Surfers
Torneio Jogo Subway Surfers
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Animais cuquedo
Animais   cuquedoAnimais   cuquedo
Animais cuquedo
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Coelhinho origami
Coelhinho origamiCoelhinho origami
Coelhinho origami
BibliotecadaEscoladaPonte
 
O coelhinho branco atividades
O coelhinho branco   atividadesO coelhinho branco   atividades
O coelhinho branco atividades
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Histórias Ajudaris’18 pintadas de verde lima
Histórias Ajudaris’18 pintadas de verde limaHistórias Ajudaris’18 pintadas de verde lima
Histórias Ajudaris’18 pintadas de verde lima
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Uma Aventura Literária 2018 - Grupo Vulcão
Uma Aventura Literária 2018 - Grupo VulcãoUma Aventura Literária 2018 - Grupo Vulcão
Uma Aventura Literária 2018 - Grupo Vulcão
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Escritor do mês procura ilustrador(a)
Escritor do mês procura ilustrador(a)Escritor do mês procura ilustrador(a)
Escritor do mês procura ilustrador(a)
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Histórias de Natal
Histórias de NatalHistórias de Natal
Histórias de Natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Poemas de Natal
Poemas de NatalPoemas de Natal
Poemas de Natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Decorações de Natal - DIY
Decorações de Natal - DIYDecorações de Natal - DIY
Decorações de Natal - DIY
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Postais de Natal
Postais de NatalPostais de Natal
Postais de Natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Papel e envelopes de natal
Papel e envelopes de natalPapel e envelopes de natal
Papel e envelopes de natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Marcadores de livros de Natal
Marcadores de livros de NatalMarcadores de livros de Natal
Marcadores de livros de Natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 
Etiquetas de Natal
Etiquetas  de NatalEtiquetas  de Natal
Etiquetas de Natal
BibliotecadaEscoladaPonte
 

Mais de BibliotecadaEscoladaPonte (20)

Estafeta de leitura de Natal
Estafeta de leitura de NatalEstafeta de leitura de Natal
Estafeta de leitura de Natal
 
100 livros para Apprender Mar
100 livros para Apprender Mar100 livros para Apprender Mar
100 livros para Apprender Mar
 
Senhora Mundo
Senhora MundoSenhora Mundo
Senhora Mundo
 
Torneio Jogo Glow Hochey
Torneio Jogo Glow HocheyTorneio Jogo Glow Hochey
Torneio Jogo Glow Hochey
 
Micronarrativas com títulos de Afonso Cruz
Micronarrativas com títulos de Afonso CruzMicronarrativas com títulos de Afonso Cruz
Micronarrativas com títulos de Afonso Cruz
 
Programa da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da Ponte
Programa da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da PontePrograma da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da Ponte
Programa da Quinzena da Leitura 2019 da Escola da Ponte
 
Torneio Jogo Subway Surfers
Torneio Jogo Subway SurfersTorneio Jogo Subway Surfers
Torneio Jogo Subway Surfers
 
Animais cuquedo
Animais   cuquedoAnimais   cuquedo
Animais cuquedo
 
Coelhinho origami
Coelhinho origamiCoelhinho origami
Coelhinho origami
 
O coelhinho branco atividades
O coelhinho branco   atividadesO coelhinho branco   atividades
O coelhinho branco atividades
 
Histórias Ajudaris’18 pintadas de verde lima
Histórias Ajudaris’18 pintadas de verde limaHistórias Ajudaris’18 pintadas de verde lima
Histórias Ajudaris’18 pintadas de verde lima
 
Uma Aventura Literária 2018 - Grupo Vulcão
Uma Aventura Literária 2018 - Grupo VulcãoUma Aventura Literária 2018 - Grupo Vulcão
Uma Aventura Literária 2018 - Grupo Vulcão
 
Escritor do mês procura ilustrador(a)
Escritor do mês procura ilustrador(a)Escritor do mês procura ilustrador(a)
Escritor do mês procura ilustrador(a)
 
Histórias de Natal
Histórias de NatalHistórias de Natal
Histórias de Natal
 
Poemas de Natal
Poemas de NatalPoemas de Natal
Poemas de Natal
 
Decorações de Natal - DIY
Decorações de Natal - DIYDecorações de Natal - DIY
Decorações de Natal - DIY
 
Postais de Natal
Postais de NatalPostais de Natal
Postais de Natal
 
Papel e envelopes de natal
Papel e envelopes de natalPapel e envelopes de natal
Papel e envelopes de natal
 
Marcadores de livros de Natal
Marcadores de livros de NatalMarcadores de livros de Natal
Marcadores de livros de Natal
 
Etiquetas de Natal
Etiquetas  de NatalEtiquetas  de Natal
Etiquetas de Natal
 

Último

STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
Daniel273024
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
Mary Alvarenga
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
Faga1939
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Falcão Brasil
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LucliaMartins5
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
FLAVIOROBERTOGOUVEA
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
menesabi
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Anesio2
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 

Último (20)

STALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolaresSTALINISMO apresentação slides para escolares
STALINISMO apresentação slides para escolares
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!Acróstico - Bullying é crime!
Acróstico - Bullying é crime!
 
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
A EDUCAÇÃO COM A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E AS DEFICIÊNCIAS DE SUA APLICAÇÃO N...
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2011 CENSIPAM.pdf
 
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
Operações de adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
Relatório de Atividades 2009 CENSIPAM
 
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdfLEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
LEMBRANCINHA Para-MENSAGEM de -FERIAS.pdf
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdfGuia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
Guia referencial de Apoio - Planejamento Escolar 2024.pdf
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantililSEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
SEQUÊNCIA NÃO ME TOCA, SEU BOBOCA, Violência sexual infantilil
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdfIdeais do Ministério jovem Adventista pdf
Ideais do Ministério jovem Adventista pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2019 CENSIPAM.pdf
 
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
(45-ESTUDO - LUCAS) A EPIRITUALIDADE DE JESUS
 

O mar para adivinhar

  • 1. ADIVINHAS Flutuamos as duas na água e não somos barcos. Começamos ambas pela letra B. Quem somos? R.: Bolas e bóias Compra-se cru, Faz-se cozido E vende-se cru. R.: Bacalhau Qual é o animal que não anda, nada, nada? R.: Peixe Duas castanholas No fundo do mar; Regam uma semente, Jóia de encantar. R.: Ostra Sou pequenino, mas sei nadar; Vivo nos rios, lagos ou alto mar. R.: Peixe Minha boca é grande, Cabem lá navios; Eu ando no mar, Não caibo nos rios. R.: Baleia Para trás caminho, Sem cabeça nem pescoço; por dentro sou todo carne, Por fora só tenho osso. R.: Caranguejo De espinhos bem revestido, Gosto de estar no mar; Se me quiseres tocar, Cuidado! Vais-te aleijar. R.: Ouriço-do-mar Nas poças sou transparente, Vermelhão a cozinhar; Se me quiseres comer, Vai-te custar a pagar. R.: Camarão Do fundo do mar, Onde gostamos de estar, Olhamos nossas irmãs, Lá no céu a brilhar. R.: Estrela-do-mar Em duas conchas colocado Vivo encerrado; Como não posso nadar, Pego-me às rochas do mar. R.: Mexilhão
  • 2. Pescadora e marinheira, Com o seu riso madrugador, Toda a praia alvoraça. R.: Gaivota Tenho tinta, tenho caneta E braços tenho demais, Mas não consigo escrever Porque não aprendi jamais. R.: Polvo Não pareço, mas sou peixe, Tímido o mar me fez; A minha forma reflete Uma peça de xadrez. R.: Cavalo-marinho Em si a lua se espelha E o sol reflete também; Quando a gente se aproxima, Olhando-a nos vemos bem. R.: Água Sem ser peixe estou no mar, Tenho esguicho sem ser fonte, Para a caça tenho dente, Só o homem me pode matar. R.: Baleia Eis animal singular Sem cabeça nem pescoço, Que é por dentro todo carne E por fora só tem osso. R.: Caranguejo Eu corro, salto e brinco, Sou levinho como a lã; De certo se for pescado, Vou ser frito na sertã. R.: Peixe Por que me chamam assim Se eu não sei galopar? Em vez de correr eu nado Nas verdes águas do mar. R.: Cavalo-marinho Adoro andar na água. Gosto muito de brincar! Se mamo, não sou peixe, Ora tenta adivinhar?! R.: Golfinho Eu sou o terror dos mares, E nado cá com uma pinta! Levo uma vida tranquila, Porque aqui ninguém me finta. R.: Tubarão Quando vou parece que venho, Quando venho parece que vou; Eu engano, meu rapaz, Porque ando sempre p’ra trás. R.: Caranguejo
  • 3. Vivo nas águas do mar, Tenho uma antena famosa, Sou escuro de nascença, Cozido sou cor-de-rosa. R.: Camarão Minha casa é alongada, Preta, de conchas formada, Como não sei nadar, Agarro-me às rochas do mar. R.: Mexilhão Por vezes eu estou bravo, Queixam-se os pescadores. Sustento o mundo inteiro, Conduzo os navegadores. R.: Mar Sou recreio de muita gente, Gosto de me balouçar. É o vento que me empurra, Sobre as águas do mar. R.: Barco à vela ADIVINHAS COM BICHO Maria Teresa Maia Gonzalez Sinto-me entalado onde estou deitado, mas eu sei mexer-me, sou muito mexido e bem conhecido no meio do mar. Queres adivinhar? [O mexilhão]  Em redor dos barcos voa, mas nunca faz isso à toa: quer almoçar sem pagar, sem partir para ir pescar… Já a viste esvoaçar, se à praia costumas ir… Pensa e irás descobrir! [A gaivota]  Ela é desportista na água e no gelo… Tem gordura e pêlo
  • 4. e é uma artista que a todos conquista com habilidade! Quem é, na verdade? [A foca]  Visto uma saia rodada; minha cauda é perigosa… Se não for para a caldeirada, no mar vou nadando, airosa. Se te puseres a pensar, sei que vais adivinhar! [A raia]  Sei que me hão-de vir pescar (é mau agoiro meu nome)… Depois, matarei a fome, cozida num panelão e servida a fumegar. Sabes que nome me dão? Se sabes, di-lo então! [A pescada]  Que dentadura cortante naquele corpo de gigante! Se a barbatana avistar, é melhor não ir nadar, melhor nem entrar no mar… Em quem estarei a pensar? [O tubarão]  É de cerimónia o fato; tem penas e não é pato… Vive na zona polar e é belo de encantar! Vê se sabes adivinhar! [O pinguim]  Tem dois grandes dentes, tem um corpo possante. Vive com os parentes; não é elefante… Vai ao Pólo Norte tentar tua sorte! [A morsa] 
  • 5. Sua carapaça é dura e tem graça; de lado caminha pela areia fininha… Pensa e adivinha! [O caranguejo]  Tem oito braços vistosos; é um dos seres mais espantosos que podemos encontrar nas águas azuis do mar. Inteligente este ser! E o nome? Sabes dizer? [O polvo]  Convido-te: vem brincar comigo, no azul do mar! Sei inúmeras brincadeiras, salto de muitas maneiras! Meu nome deves saber, então, dá-o a conhecer! [O golfinho]  Ela até sabe dançar: sobe e desce lá no mar, com seu ar de gelatina… Quem será esta menina tão bonita a flutuar? [A medusa]  Não há ser maior em terra ou no mar; tem grande valor e sabe nadar. Peixe não é, não. E quem é, então? [A baleia]  Negra e branca a nadar, uma foca vai caçar ou quem vier a encontrar… Não é peixe, não senhor: é mais pesada e maior. Tu conhece-la de cor! [A orca] 
  • 6. A sua tromba é diferente da do amigo africano; das focas ele é parente e, durante todo o ano, está na praia à beira-mar… Que nome lhe vais chamar? [O elefante-marinho]  É cavalo e não tem pêlo… Cavalga lá pelos mares; tem um corpo muito belo. Mergulha para o encontrares! [O cavalo-marinho]  É um mestre carpinteiro, martela muito certeiro nas profundezas do mar… Pensa e podes acertar! [O tubarão-martelo]  A onda o embala… A concha é abrigo. Só o mar lhe fala, pois é seu amigo; e ele põe-se a escutar o eco do mar… Põe-te a adivinhar! [O búzio]  Tem bico descomunal, nele guarda os mantimentos; pescador excepcional, dono de bons sentimentos. Está espalhada a sua fama… Saberás como se chama? [O pelicano]  Do circo sei que não veio, mas dizem que é palhaço… Não é pobre nem ricaço e o mar é o seu meio, onde vive alegremente. Já tens alguma ideia em mente? [O peixe-palhaço] 