WHITE POWER

TRABALHO REALIZADO POR:
MATILDE REBELO PEREIRA;Nº14;10ºE
Os white powers (supremacia branca) é um movimento que se integra nas
tribos urbanas. É basicamente uma ideologia racista ...
Características:
Apesar de ter uma ideologia semelhante à dos Skinheads, não confraternizam
com os mesmos.
Têm um treino p...
A Escravatura Africana:
A palavra “preto” aparece no século X e designa uma pessoa de pele escura,
mais particularmente or...
Uma música que me comove imenso por sensibilizar as pessoas a não serem
racistas é a do ilustre Michael Jackson, blackor w...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

White powers

1.597 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.597
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

White powers

  1. 1. WHITE POWER TRABALHO REALIZADO POR: MATILDE REBELO PEREIRA;Nº14;10ºE
  2. 2. Os white powers (supremacia branca) é um movimento que se integra nas tribos urbanas. É basicamente uma ideologia racista baseada na afirmação de que as pessoas brancas são superiores aos outros grupos raciais. Deste modo,a supremacia branca está ligada ao etnocentrismo e consequentemente a um desejo de hegemonia. É associada a vários graus de racismo exenofobia, bem como uma vontade enorme de separação racial. O poder branco tem frequentemente resultado na aversão aos negros (racismo) e o antissemitismo (repugnância aos judeus), embora estejatambém envolvido preconceito e discriminação contra uma ampla variedade de "não-brancos", como os árabes e os diversos povos asiáticos. A origem do movimento em si (white powers) ocorreu nos EUA, em meados dos anos 60 mas, sempre existiu este preconceito de que deve reinar a raça branca e todas as outras são consideradas inferiores e diferentes no sentido mais obscuro. Aparência: Usam tatuagens da cruz suástica no peito ou a cruz de malta.
  3. 3. Características: Apesar de ter uma ideologia semelhante à dos Skinheads, não confraternizam com os mesmos. Têm um treino pesado com armamento de fogo, tais como AK-47, AR-15, FN FAL e pistolas de diversos calibres. Aprendem táticas de guerra urbana-civil. Agridem as suas vítimas não por classe económica ou pelo que fazem, mas sim pela cor, raça, ou opção sexual. Manifestação: Defendem que só as pessoas brancas, heterossexuais e outros, têm direito à vida. Antes de haver o White Powers, foi criado o Black Powers, a única diferença entre os dois é que os White Powers defendem a supremacia branca e os Black Powers defendem a supremacia negra. O Holocausto e os white powers: O poder dos brancos denota-se bastante no que foi o holocausto. O nazismo, em nome da raça ariana, iniciou uma campanha de eliminação em massa dos seus “inimigos”: opositores políticos, seguidores de seitas religiosas, doentes mentais, sem-abrigos , pequenos criminosos, alcoólicos, ciganos e judeus. Em consequência deste programa de “limpeza étnica”, 10 milhões de pessoas foram exterminadas, especialmente nos campos de concentração nazis entre 1942 e 1945. Estima-se que o número de judeus mortos se tenha aproximado dos seis milhões, enquanto os outros quatro milhões se repartem por todos os países ocupados, por indivíduos de todos os credos, raças, níveis sociais e etnias. Em suma, no seu passeio pela Europa os nazis deixaram atrás de si uma marca indelével de terror.
  4. 4. A Escravatura Africana: A palavra “preto” aparece no século X e designa uma pessoa de pele escura, mais particularmente originária da África subsariana. A palavra "negro" passa por isso, a ser adotada no século XV com aescravização de africanos por portugueses. O histórico de preconceito contra os negros é relativamente grande. Embora os negros já sejam considerados cidadãos comuns, ainda hoje vivem em condições de vida menos favorecidas do que as pessoas em geral. A meu ver, é extremamente triste ser espetadora de um mundo cheio de desigualdades, onde o racismo está presente na nossa vida e estes sentimentos de desprezo reinarem pelas pessoas que os possuem sendo extremamente frias e etnocêntricas- atitude que encara o próprio grupo como se fosse o centro da realidade (neste caso os de raça branca).
  5. 5. Uma música que me comove imenso por sensibilizar as pessoas a não serem racistas é a do ilustre Michael Jackson, blackor white. Fico extremamente desiludida por existirem pessoas que se acham superiores a outras simplesmente pela cor da pele ou pela aparência física. Não acho que ninguém seja superior, aliás, algumas pessoas podem ser superiores, porque aceitam todos por igual. São superiores porque não inferiorizam ninguém! Irónico não é?

×