Blog é uma palavra que resulta da simplificação do 
termo weblog. Este, por sua vez, é resultante da 
justaposição das pal...
Em 1997, Jorn Barger concebeu o termo “weblog”, definindo-o como uma página da Web, 
onde qualquer pessoa pode colocar uma...
SITES 
A “World Wide Web” (que significa “rede de alcance 
mundial” e também é conhecida como Web ou 
WWW) surgiu no final...
BLOGS 
De acordo com pesquisadores da história da internet, o 1º blog surgiu em 1997, feito por Jorn Barger*. Ele foi o 
p...
A importância de manter blog atualizado 
Engajamento, relacionamento e aumento da visibilidade 
Ao atualizar o seu blog, e...
Ajuda nas redes sociais e destaque em relação aos 
outros 
A postagens no blog e ações de marketing nas redes sociais, 
de...
A Essência do Conhecimento 
“Conhecimento é o segundo patrimônio em importância 
que se pode transmitir ou, de algum modo,...
Créditos 
http://www.significados.com.br/blog/ 
https://www.google.com.br/search?hl=pt-http:// 
blogsnaeducacao.wordpress....
Oque é blog
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Oque é blog

220 visualizações

Publicada em

.

Publicada em: Arte e fotografia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
220
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
25
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Oque é blog

  1. 1. Blog é uma palavra que resulta da simplificação do termo weblog. Este, por sua vez, é resultante da justaposição das palavras da língua inglesa web elog. Web aparece aqui com o significado de rede (da internet) enquanto que log é utilizado para designar o registro de atividade ou desempenho regular de algo. Numa tradução livre podemos definir blog como um diário online. Blogs são páginas da internet onde regularmente são publicados diversos conteúdos, como textos, imagens, músicas ou vídeos, tanto podendo ser dedicados a um assunto específico como ser de âmbito bastante geral. Podem ser mantidos por uma ou várias pessoas e têm normalmente espaço para comentários dos seus leitores. Blogueiro é o nome dado a quem publica num blog e blogosfera é o conjunto de blogs. O sucesso deste tipo de páginas da internet resultou muito da existência de modelos de páginas pré-definidos e da facilidade de inserção de conteúdos
  2. 2. Em 1997, Jorn Barger concebeu o termo “weblog”, definindo-o como uma página da Web, onde qualquer pessoa pode colocar uma mensagem expondo todas as outras páginas interessantes que encontra. O termo foi alterado por Peter Merholz, que decidiu pronunciar “wee-blog”, que tornou inevitável o encurtamento para o termo definitivo “blog”. Rebbecca Blood foi uma das pioneiras no uso dos blogs, referindo em 1999 que estes eram distintos tanto ao nível da forma como ao nível do conteúdo das publicações periódicas que os precederam. A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogs, progrediu a um ritmo extraordinário. Em 1999 era poucos os que utilizavam esta ferramenta. Hoje em dia, existem cerca de 70 milhões de blogs. Com a criação do blogger em 1999 começaram a aparecer inúmeros blogues actualizados várias vezes ao dia, com reflexões do seu autor sobre muitos temas: local de trabalho, ou a escola, ou outros interesses, como desporto, música, animais etc. Em relação à implantação dos blogues na escola, as primeiras redes de professores a utilizarem esta tecnologia surgiram na blogosfera anglo-saxônica com o portal britânico Schoolblogs.com (desde 2001) e o grupoEducation Bloggers Network, com sede nos EUA. Hoje em dia os blogues já fazem parte do quotidiano de milhões de pessoas com um destaque importante no ensino e aprendizagem das crianças e dos jovens, facilitando entre outras situações, o ensino à distância.
  3. 3. SITES A “World Wide Web” (que significa “rede de alcance mundial” e também é conhecida como Web ou WWW) surgiu no final de 1990 por TIM Berners-Lee e Robert Cailliau. Juntos eles criaram um sistema de documentos em hipermídia que são interligados e executados na Internet. Os documentos podem estar na forma de texto, vídeos, sons, hipertextos e figuras. Para visualizar a informação, pode-se usar um programa de computador chamado navegador (esse que você está usando agora para ler este post). Atualmente os navegadores de internet (em inglês conhecidos como browser – pronuncia-se “brausers”) mais conhecidos são: Então o usuário pode seguir as hiperligações (hiperlinks) clicando nas palavras ou frases comumente sublinhadas e azuis (esse é o padrão, mas podem estar em outras cores). O ato de seguir as hiperligações é chamado de “navegar” ou “surfar” na Web. Visualizar uma página web, inicia-se ao digitar um endereço (ex: www.google.com.br) no navegador ou seguir (acessando) uma hiperligação de outro site. O que o Site tem? • É o modelo tradicional de páginas web, • Paginação ligada em hiperlinks • A comunicação com o leitor normalmente é feita via e-mail ou página de formulário de contato • Necessita-se de conhecimento mínimo em HTML, • Normalmente tem a home Page, um ponto inicial para outras páginas. • A definição de conteúdo é trabalhosa, pois os clientes entendem que o site é algo muito formal. Em muitos casos definir textos para sites, por exemplo, é muito trabalhoso, • A atualização é feita em períodos longos, espaçados.
  4. 4. BLOGS De acordo com pesquisadores da história da internet, o 1º blog surgiu em 1997, feito por Jorn Barger*. Ele foi o pioneiro ao criar um sistema onde uma pessoa poderia escrever tudo o que quisesse, com frequência e contendo espaço para comentários. Para esse sistema, deu o nome de Weblog. É claro que, como sempre, o termo oficial não “pegou” e as pessoas pronunciavam de formas variadas, até que um homem, Peter Merholz, achou interessante partir em duas palavras “we-blog” (nós “blogamos”) que logo foram encurtadas para uma só – BLOG. A moda de fazer Blogs só começou mesmo em meados de 1999 e tratavam de assuntos variados. A maioria dos blogueiros criavam seus Blogs para servirem como “diários virtuais”. Outros criavam temas como humor, política, tecnologia e até portfólios profissionais. A disseminação dos Blogs veio através de uma empresa que desenvolveu um sistema de publicação automática e mais simples de Blogs – a Blogger. Foi quando o Blog deixou de ser algo de conhecimento apenas de especialistas em internet para poder ser criado até por uma criança de 10 anos. Em 2004, surgiu uma novidade no mundo dos Blogs, o feed, que nada mais é que uma ferramenta que lhe dá a oportunidade de “assinar” um blog, assim como se faz uma assinatura de revista ou jornal. Você se cadastra e passa a receber por e-mail as novidades escritas (postadas) no Blog. Os Blogs rapidamente se tornaram um dos sistemas mais utilizados da internet. Em 1999 o número de blogs não passava de 50, já no ano de 2001 eram contabilizados milhares de blogs e em 2003 eles atingiram a assombrosa média de 3 milhões de blogs. Atualmente muitas empresas se interessam por Blogs. Seja criando um para divulgar seus produtos, seja fazendo uma varredura nos Blogs alheios para saber as vontades e preferências de seus futuros consumidores para que assim possam desenvolver produtos cada vez mais ajustados.
  5. 5. A importância de manter blog atualizado Engajamento, relacionamento e aumento da visibilidade Ao atualizar o seu blog, ele se tornará relevante, ou seja, seus visitantes e clientes sabem que sempre encontrarão conteúdo relevante e atualizado sempre. Além disso, seu blog vira referência e motiva seus visitantes a voltarem em busca de mais informações, dicas e etc. Dessa forma, você abre portas para que eles opinem, comentem e se comuniquem. Blogs sem atualização geram a sensação de abandono e descaso para com seus visitantes, e como resultado, eles não voltarão ao blog. Outra vantagem da atualização frequente é que seu blog ganhará relevância para as ferramentas de busca, como Google, Bing e Yahoo!, aumentando o tráfego do mesmo. Lembre-se que manter a qualidade dos posts é muito importante! Postar regularmente no blog sem manter a qualidade, com textos fracos e sem relevância são tão nocivos quanto a falta de atualização. Atenção! Postar em excesso pode se tornar cansativo! Equilíbrio é a palavra mágica! Se seu visitante vier ao seu blog e se depara com 10 postagens feitas no mesmo dia, ele não conseguirá acompanhar o que está acontecendo. Mensure qual a frequência ideal para seu público e invista na qualidade do conteúdo a ser apresentado.
  6. 6. Ajuda nas redes sociais e destaque em relação aos outros A postagens no blog e ações de marketing nas redes sociais, devem ser usadas em conjunto como forma de fazer com que seus seguidores continuem interessados pelo que você oferece. Assim, compartilhar conteúdo de qualidade com frequência usando as redes sociais, são importantes armas para manter os visitantes engajados. Além disso, tendo um blog, você terá uma voz, ou seja, poderá mostrar suas ideias, opiniões, e se tornar um diferencial entre os seus competidores, construindo um engajamento e um relacionamento com seu público. Fica a dica! Procure variar nas postagens. Além de textos longos e densos, invista em infográficos, listas, dicas pontuais e posts menores podem ser interessantes para seus leitores. Muitas vezes seu leitor não terá tempo para ler tudo o que você postar, por isso, varie sempre no formato dos textos visando sempre a qualidade para os seus leitores. E você, com que frequência posta em seu blog? E com que frequência os blogs que você lê são atualizados?
  7. 7. A Essência do Conhecimento “Conhecimento é o segundo patrimônio em importância que se pode transmitir ou, de algum modo, herdar” Os escritores dão a ver o outro lado da moeda. Exploram a palavra, o sentido não literal. Complicam e descomplicam. Explicam - ou tentam explicar. Sem escritores, como definirias o amor? São eles que dão o devido valor às palavras. São eles que lhes dão vida, articulando-as. Um bom escritor, muda o mundo - porque muda a forma das pessoas verem as coisas; acrescenta-lhes perspectivas, fá-las ver por um lado que talvez antes não vissem. Através deles e da sua imaginação, permitem que trabalhemos a nossa. Dão-nos asas e novos mundos para explorar. Criam-nos refúgios. Os escritores são importantes, muito importantes.
  8. 8. Créditos http://www.significados.com.br/blog/ https://www.google.com.br/search?hl=pt-http:// blogsnaeducacao.wordpress.com/ 2008/01/13/a-historia-do-blog/ http://www.tecnologiaoutonal.com.b r/2009/07/17/qual-a-diferenca-entre- site-e-blog/ http://www.construsitebrasil.com/blog/ver-post/ 19/a-importancia-de-manter-blog-atualizado http://entre-parentesis. blogs.sapo.pt/142952.html

×