Blog é uma palavra que resulta da simplificação do 
termo weblog. Este, por sua vez, é resultante da 
justaposição das pal...
Blogs são páginas da internet onde regularmente são 
publicados diversos conteúdos, como textos, imagens, 
músicas ou víde...
 Em 1997, Jorn Barger concebeu o termo “weblog”, definindo-o como uma página da Web, 
onde qualquer pessoa pode colocar u...
 Entre os principais fatores que diferenciam essas páginas, está o 
conteúdo de cada um deles: os sites, em sua maioria, ...
 Ao atualizar o seu blog, ele se tornará relevante, ou seja, seus visitantes e 
clientes sabem que sempre encontrarão con...
 A principal questão reside no dilema “ser/não-ser" 
não haveria plágio de forma, porém a idéia 
continuaria a ser apropr...
 http://www.conceitoideal.com.br/Sites/qual-a-diferenca-entre-blog- 
e-site.html 
 http://projetual.com.br/as-principais...
O que é blog
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O que é blog

289 visualizações

Publicada em

O que é Blog?

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
289
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O que é blog

  1. 1. Blog é uma palavra que resulta da simplificação do termo weblog. Este, por sua vez, é resultante da justaposição das palavras da língua inglesa web e log. Web aparece aqui com o significado de rede (da internet) enquanto que log é utilizado para designar o registro de atividade ou desempenho regular de algo. Numa tradução livre podemos definir blog como um diário online.
  2. 2. Blogs são páginas da internet onde regularmente são publicados diversos conteúdos, como textos, imagens, músicas ou vídeos, tanto podendo ser dedicados a um assunto específico como ser de âmbito bastante geral. Podem ser mantidos por uma ou várias pessoas e têm normalmente espaço para comentários dos seus leitores. Blogueiro é o nome dado a quem publica num blog e blogosfera é o conjunto de blogs.
  3. 3.  Em 1997, Jorn Barger concebeu o termo “weblog”, definindo-o como uma página da Web, onde qualquer pessoa pode colocar uma mensagem expondo todas as outras páginas interessantes que encontra.  O termo foi alterado por Peter Merholz, que decidiu pronunciar “wee-blog”, que tornou inevitável o encurtamento para o termo definitivo “blog”.  Rebbecca Blood foi uma das pioneiras no uso dos blogs, referindo em 1999 que estes eram distintos tanto ao nível da forma como ao nível do conteúdo das publicações periódicas que os precederam.  A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogs, progrediu a um ritmo extraordinário. Em 1999 era poucos os que utilizavam esta ferramenta. Hoje em dia, existem cerca de 70 milhões de blogs. Com a criação do blogger em 1999 começaram a aparecer inúmeros blogues actualizados várias vezes ao dia, com reflexões do seu autor sobre muitos temas: local de trabalho, ou a escola, ou outros interesses, como desporto, música, animais etc.  Em relação à implantação dos blogues na escola, as primeiras redes de professores a utilizarem esta tecnologia surgiram na blogosfera anglo-saxónica com o portal britânico Schoolblogs.com (desde 2001) e o grupoEducation Bloggers Network, com sede nos EUA.  Hoje em dia os blogues já fazem parte do quotidiano de milhões de pessoas com um destaque importante no ensino e aprendizagem das crianças e dos jovens, facilitando entre outras situações, o ensino à distância.
  4. 4.  Entre os principais fatores que diferenciam essas páginas, está o conteúdo de cada um deles: os sites, em sua maioria, representam (através de um conjunto de páginas) empresas ou organizações estruturadas que desejam marcar presença na web; em alguns casos, os sites recebem poucas alterações. Os blogs, por outro lado, são páginas vivas, constantemente alimentadas com um conteúdo que representa a opinião tanto de indivíduos como de empresas.  A diferenciação também ocorre no que diz respeito à necessidade de conhecimentos técnicos: atualmente é possível que muitos usuários conectados à internet criem um blog e façam bom uso dele, às vezes até mesmo personalizando-o de acordo com a temática escolhida. Os sites, pelo contrário, exigem uma noção mais técnica e um conhecimento sobre HTML e CSS, por exemplo.  Basicamente, pense o site como sendo uma página estática e com informações que sofrem poucas alterações. No caso de uma empresa, o site contém a linha de produtos ou serviços, a localização, fotos e um formulário de contato. Já no blog, textos são postados diária ou semanalmente sobre um único ou variados assuntos.
  5. 5.  Ao atualizar o seu blog, ele se tornará relevante, ou seja, seus visitantes e clientes sabem que sempre encontrarão conteúdo relevante e atualizado sempre. Além disso, seu blog vira referência e motiva seus visitantes a voltarem em busca de mais informações, dicas e etc. Dessa forma, você abre portas para que eles opinem, comentem e se comuniquem. Blogs sem atualização geram a sensação de abandono e descaso para com seus visitantes, e como resultado, eles não voltarão ao blog.  Outra vantagem da atualização frequente é que seu blog ganhará relevância para as ferramentas de busca, como Google, Bing e Yahoo!, aumentando o tráfego do mesmo.  Postar em excesso pode se tornar cansativo! Equilíbrio é a palavra mágica! Se seu visitante vier ao seu blog e se depara com 10 postagens feitas no mesmo dia, ele não conseguirá acompanhar o que está acontecendo. Mensure qual a frequência ideal para seu público e invista na qualidade do conteúdo a ser apresentado.  Lembre-se que manter a qualidade dos posts é muito importante! Postar regularmente no blog sem manter a qualidade, com textos fracos e sem relevância são tão nocivos quanto a falta de atualização.
  6. 6.  A principal questão reside no dilema “ser/não-ser" não haveria plágio de forma, porém a idéia continuaria a ser apropriada indevidamente por alguém que não foi o responsável por sua elaboração.
  7. 7.  http://www.conceitoideal.com.br/Sites/qual-a-diferenca-entre-blog- e-site.html  http://projetual.com.br/as-principais-diferencas-entre-sites-e-blogs/  http://www.construsitebrasil.com/blog/ver-post/19/a-importancia- de-manter-blog-atualizado  http://marketingdeconteudo.com/importancia-de-atualizar-com-frequencia/  Aluna: Marissol  Professora: Elisangela  Turma: 207

×