O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.
Próximos SlideShares
What to Upload to SlideShare
Avançar
Transfira para ler offline e ver em ecrã inteiro.

Compartilhar

Courb - 2018

Baixar para ler offline

Apresentação feita no II Workshop de Computação Urbana no SBRC 2018 em Campos do Jordão

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Courb - 2018

  1. 1. Geração de Rastros de Mobilidade para Experimentos em Redes Veiculares Eduardo Felipe Zambom Santana Lucas Kanashiro Duarte Fabio Kon
  2. 2. Introdução ● Tecnologias para melhorar o trânsito nas grandes cidades ○ Cidades Inteligentes e Redes Veiculares ● Falta de ambientes reais para testes ● Utilização de simuladores de trânsito ○ Geração de rastros de mobilidade ● Rastros de cidades pequenas com um número limitado de veículos 2
  3. 3. Introdução ● Utilização do InterSCSimulator para a geração do rastro de mobilidade de São Paulo ● Cenário baseado em dados reais ● Simulação de aproximadamente: ○ 4 milhões de viagens de carros ○ 85 mil viagens de ônibus 3
  4. 4. Cenário de São Paulo - Entradas ● Cenário definido no InterSCSimulator ● Baseado nos seguintes dados: ○ Mapa do OpenStreetMaps ○ Pesquisa Origem-Destino do Metrô ○ Linhas e rotas de ônibus fornecidas pela SpTrans 4
  5. 5. Cenário de São Paulo - Saídas ● Rastro com mais de 30 milhões de eventos ● Movimentação completa dos veículos ● Os veículos possuem três eventos: ○ Início ○ Movimentação ○ Término ● No término são salvos o tempo total da viagem e a distância percorrida 5
  6. 6. Análise dos dados - Carros 6
  7. 7. Rastro de Mobilidade 7
  8. 8. Utilização no NS-3 ● Teste com o NS-3 para avaliar se o rastro gerado pode ser utilizado com simuladores de rede ● Conversão do formato do InterSCSimulator para o formato suportado pelo NS-3 ● Simulação simples, apenas mostrando a formação de uma rede veicular ○ NS-3 não tem a mesma escalabilidade do InterSCSimulator 8
  9. 9. Saída do NS-3 9
  10. 10. Conclusões ● Rastros de mobilidade são importantes para o teste de redes veiculares ● Rastros em grandes cidades que possuem problemas no trânsito ○ Vias de grande capacidade ○ Congestionamentos ○ Trânsito durante todo o dia ● Esse trabalho apresentou e disponibilizou o rastro da cidade de São Paulo gerado no InterSCSimulator ○ http://interscity.org/software/interscsimulator/ ● Análise simples de simulação de rede veicular no NS-3 10

Apresentação feita no II Workshop de Computação Urbana no SBRC 2018 em Campos do Jordão

Vistos

Vistos totais

55

No Slideshare

0

De incorporações

0

Número de incorporações

2

Ações

Baixados

0

Compartilhados

0

Comentários

0

Curtir

0

×