SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 39
MÉTODOS DE ESTUDO
DAS CÉLULAS
Seres
Vivos
Células
MICROSCÓPIOS
Biologia Celular
ou
Citologia
Tamanhos de
células e dos
seus
componentes
e as unidades
usadas para
mensurá-las
1cm= 10mm
1mm= 1000m
1m= 1000nm
TEORIA CELULAR: versão moderna
1) as células são as unidades morfológicas e fisiológicas
de todos os organismos vivos;
2) as propriedades de um dado organismo dependem
daquelas de cada uma de suas células;
3) as células originam-se somente de outras células, das
quais herdam suas características;
4) a menor unidade da vida é a célula.
DIVERSIDADE DAS CÉLULAS
VIRÚS
EUCARIONTES
PROCARIONTES
VIRUS
 PARASITAS INTRACELULARES OBRIGATÓRIOS
 DNA ou RNA
 Vírus animais, vírus vegetais e bacteriófagos
 Parte central (informação genética), parte periférica (proteínas),
invólucro lipoprotéico
CÉLULAS PROCARIONTES
Bactérias
 caracterizam-se pela pobreza de
membranas
 possuem: -membrana plasmática
-parede extracelular (proteção
mecânica)
-citoplasma não
compartimentalizado
(polirribossomos)
-nucleóides
-não existe citoesqueleto
Ex.: Escherichia coli
CÉLULAS EUCARIONTES
Células Animais e Vegetais
 caracterizam-se pela riqueza de membranas
 núcleo e citoplasma bem delimitados por membranas (trânsito constante de
moléculas)
 formam compartimentos internos que separam os diversos processos
metabólicos
 possuem citoesqueleto
MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR
Tipos de Microscópios
Microscopia de Luz
Convencional
Contraste de Fase
Contraste Interferencial
Campo Escuro
Polarização
Fluorescência
Confocal a Laser
Microscopia eletrônica
Transmissão
Alta Voltagem
Varredura
Outros tipos de microscópio
Tunelamento Quântico
Força Atômica
Microespectrofotometria
MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR
Com coloração
fluorescente
Cores de
interferência
Diferenças de
índices de
refração
Campo
escuro
Sem
coloração
Com coloração
MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR
Componentes de um microscópio
Componentes ópticos:
Fonte de luz
Sistema de lentes (condensador,
objetiva, ocular)
Componentes Mecânicos:
Base ou pé
Canhão
Revólver
Platina
Parafusos macro e micrométricos
Charriot
MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR
Componentes de
um microscópio
1. Base ou pé
2. Fonte de luz
3. Parafusos de foco
4. Braço ou haste
5. Condensador
6. Platina
7. Charriot
8. Objetivas
9. Revólver
10. Canhão
11. Ocular
MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR
Os modelos microscópicos variam na forma e no desenho
PREPARO DAS AMOSTRAS...
Fixação = estabilização das estruturas celulares e intercelulares.
Fixação Química
1)-Fixadores químicos coagulantes: podem desnaturar as
proteínas em graus variáveis conforme sua estrutura molecular.
Ex: etanol.
2)-Fixadores químicos não coagulantes: são os aldeídos reativos,
como formaldeído e glutaraldeído, que formam ligações
covalentes com os grupos de aa livres de proteínas, produzindo
ligações cruzadas com as moléculas de proteínas adjacentes.
INCLUSÃO EM PARAFINA
1) Fixação
2) Desidratação (álcool 70%, 80%,
95% e 100%)
3) Diafanização em álcool 100% +
xilol
4) Passagem em xilol puro
5) Dois banhos de parafina (estufa)
6) Inclusão em parafina em moldes
apropriados
Processamento convencional
INCLUSÃO EM HISTORRESINA
1) Fixação
2) Desidratação (álcool 70% e 95%)
3) Embebição em mistura de resina +
álcool 95%
4) Embebição em resina com
catalizador
5) Inclusão em resina
6) Polimerização em estufa
7) Colagem dos blocos em suporte
PREPARO DAS AMOSTRAS...
SEQUÊNCIA GERAL DE COLETA E PREPARAÇÃO
Existe pouco conteúdo dentro das
células que impedem a passagem da
luz, assim células fixadas e
seccionadas vistas ao microscópio
óptico são transparentes, com exceção
das células vegetais -cloroplastos!!!
Uma maneira de tornar as células
visíveis é a utilização de corantes!!!
Corantes = grupos cromofóricos
(responsáveis pela cor).
COLORAÇÃO DAS LÂMINAS
PERMANENTES
Hematoxilina e Eosina
CORANTE BÁSICO (grupamento cromofórico é
catiônico +)  afinidade por elementos ácidos
dentro das células – moléculas basófilas)
CORANTE ÁCIDO (grupamento cromofórico é
aniônico -)  afinidade por elementos básicos
dentro das células – moléculas acidófilas)
TECIDO EPITELIAL CORADO POR DIFERENTES CORANTES
Microscopia de Fluorescência
TÈCNICAS ESPECIAIS
Aplicações da Microscopia de Fluorescência
TÈCNICAS ESPECIAIS
Aplicações da Microscopia de Contraste de Fase
1. Análise do material
sem coloração prévia
2. Culturas de células
3. Exames parasitológicos
4. Esfregaços e Raspagens
de mucosas
5. Sangue
6. Protozoários de
ambientes aquáticos
TÈCNICAS ESPECIAIS
EFEITO DO PLANO DE PLANO DE CORTE NA
MORFOLOGIA CELULAR
EFEITO DO PLANO DE PLANO DE CORTE NA
MORFOLOGIA TECIDUAL
luz e lentes de vidro
 ampliações de até 1 milhão
MET
MEV
 Anos 30  Ernest Ruska
feixes de elétrons e lentes eletromagnéticas
(5 mil/1 bilhão elétron-volts)
MICROSCOPIA ELETRÔNICA
Microscopia de Luz e Microscopia Eletrônica
Questões importantes: Ampliação e Resolução
 Microscópio Eletrônico de Transmissão
 Microscópio Eletrônico Varredura
Convencional
Ambiental
MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE TRANSMISSÃO
BACTÉRIA E VÍRUS EM MET
MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA
Pulga
Cabeça de
mosquito
Broca de
dentista
Antena de
mosquito
Clip no
papel
Cerdas da escova cobertas
por rímel seco e flocos de
pele
Escova do
rímel
Olhos compostos de
inseto
Grão de pólen
Formiga saúva
Mosca doméstica
Abelha
Mosca da fruta
Borboleta
Asa de borboleta
Centro de Microscopia
Eletrônica
UNESP - Botucatu
MEV MET
FIM

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Resumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a CitologiaResumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a Citologia
loirissimavivi
 
Evolução celular
Evolução celularEvolução celular
Evolução celular
luam1969
 
Introdução a biologia e citologia objetivo
Introdução a biologia e citologia objetivoIntrodução a biologia e citologia objetivo
Introdução a biologia e citologia objetivo
Marcos Albuquerque
 
Tema 7 introdução a citologia
Tema 7   introdução a citologiaTema 7   introdução a citologia
Tema 7 introdução a citologia
Grupo UNIASSELVI
 
Citologia 8º 2013
Citologia 8º 2013Citologia 8º 2013
Citologia 8º 2013
Simoneprof
 
A descoberta da célula 1ºa
A descoberta da célula 1ºaA descoberta da célula 1ºa
A descoberta da célula 1ºa
naymarques
 
1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular
Flávio Silva
 

Mais procurados (20)

Célula e transporte de matéria
Célula e transporte de matériaCélula e transporte de matéria
Célula e transporte de matéria
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Aula 01 Origem da Biologia Celular
Aula 01   Origem da Biologia CelularAula 01   Origem da Biologia Celular
Aula 01 Origem da Biologia Celular
 
Biologia Celular
Biologia Celular Biologia Celular
Biologia Celular
 
Apresentação sobre células citologia
Apresentação sobre células    citologiaApresentação sobre células    citologia
Apresentação sobre células citologia
 
Resumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a CitologiaResumo de Introdução a Citologia
Resumo de Introdução a Citologia
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Evolução celular
Evolução celularEvolução celular
Evolução celular
 
Aula 1 origem e evolução das células
Aula 1   origem e evolução das célulasAula 1   origem e evolução das células
Aula 1 origem e evolução das células
 
Introdução a biologia e citologia objetivo
Introdução a biologia e citologia objetivoIntrodução a biologia e citologia objetivo
Introdução a biologia e citologia objetivo
 
Caderno De Bio
Caderno De BioCaderno De Bio
Caderno De Bio
 
Tema 7 introdução a citologia
Tema 7   introdução a citologiaTema 7   introdução a citologia
Tema 7 introdução a citologia
 
Ponto da ciência Biologia celular Aula 1
Ponto da ciência Biologia celular Aula 1Ponto da ciência Biologia celular Aula 1
Ponto da ciência Biologia celular Aula 1
 
Introdução à biologia celular
Introdução à biologia celularIntrodução à biologia celular
Introdução à biologia celular
 
Citologia 8º 2013
Citologia 8º 2013Citologia 8º 2013
Citologia 8º 2013
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 
A descoberta da célula 1ºa
A descoberta da célula 1ºaA descoberta da célula 1ºa
A descoberta da célula 1ºa
 
Bcm 1
Bcm 1Bcm 1
Bcm 1
 
1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular1ª aula biologia celular
1ª aula biologia celular
 
Citologia
CitologiaCitologia
Citologia
 

Semelhante a Preparacao enferm elisa

Aulas 02-citologia-geral
Aulas 02-citologia-geralAulas 02-citologia-geral
Aulas 02-citologia-geral
Vitinho Yukio
 
Aula 2 métodos de estudo da célula
Aula 2   métodos de estudo da célulaAula 2   métodos de estudo da célula
Aula 2 métodos de estudo da célula
Lytelton Felix
 
A descoberta da celula 2015
A descoberta da celula 2015A descoberta da celula 2015
A descoberta da celula 2015
Ana Maria
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
familiaestagio
 
Apresentação de células
Apresentação de célulasApresentação de células
Apresentação de células
cejlrodrigues
 
Plano de aula deiseane 07
Plano de aula deiseane 07Plano de aula deiseane 07
Plano de aula deiseane 07
familiaestagio
 

Semelhante a Preparacao enferm elisa (20)

Biologia celular métodos de estudo em biologia celular parte 1
Biologia celular   métodos de estudo em biologia celular parte 1Biologia celular   métodos de estudo em biologia celular parte 1
Biologia celular métodos de estudo em biologia celular parte 1
 
Biologia.2012
Biologia.2012Biologia.2012
Biologia.2012
 
Aulas 02-citologia-geral
Aulas 02-citologia-geralAulas 02-citologia-geral
Aulas 02-citologia-geral
 
Aula 2 métodos de estudo da célula
Aula 2   métodos de estudo da célulaAula 2   métodos de estudo da célula
Aula 2 métodos de estudo da célula
 
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdfAula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
Aula 2 - Métodos de estudo das células.pdf
 
A descoberta da celula 2015
A descoberta da celula 2015A descoberta da celula 2015
A descoberta da celula 2015
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
Plano de aula adriana fernandes vii (prova)
 
Apresentação de células
Apresentação de célulasApresentação de células
Apresentação de células
 
T.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIAT.D CITOLOGIA
T.D CITOLOGIA
 
Aula 4
Aula 4Aula 4
Aula 4
 
Introdução a citologia 2015
Introdução a citologia 2015Introdução a citologia 2015
Introdução a citologia 2015
 
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
Fundamentos de Citologia: células de mamíferos desde a membrana celular até d...
 
biologia-celular-sebenta.pdf
biologia-celular-sebenta.pdfbiologia-celular-sebenta.pdf
biologia-celular-sebenta.pdf
 
Plano de aula deiseane 07
Plano de aula deiseane 07Plano de aula deiseane 07
Plano de aula deiseane 07
 
Plano aula 6
Plano aula 6Plano aula 6
Plano aula 6
 
Aula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das célulasAula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das células
 
Aula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das célulasAula estrutura, função e evolução das células
Aula estrutura, função e evolução das células
 
Biologia celular
Biologia celularBiologia celular
Biologia celular
 
Citologia total
Citologia totalCitologia total
Citologia total
 

Último

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Prof. Marcus Renato de Carvalho
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
MayaraStefanydaSilva1
 

Último (6)

Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
 
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
 

Preparacao enferm elisa

  • 2. Seres Vivos Células MICROSCÓPIOS Biologia Celular ou Citologia Tamanhos de células e dos seus componentes e as unidades usadas para mensurá-las 1cm= 10mm 1mm= 1000m 1m= 1000nm
  • 3. TEORIA CELULAR: versão moderna 1) as células são as unidades morfológicas e fisiológicas de todos os organismos vivos; 2) as propriedades de um dado organismo dependem daquelas de cada uma de suas células; 3) as células originam-se somente de outras células, das quais herdam suas características; 4) a menor unidade da vida é a célula.
  • 5. VIRUS  PARASITAS INTRACELULARES OBRIGATÓRIOS  DNA ou RNA  Vírus animais, vírus vegetais e bacteriófagos  Parte central (informação genética), parte periférica (proteínas), invólucro lipoprotéico
  • 6. CÉLULAS PROCARIONTES Bactérias  caracterizam-se pela pobreza de membranas  possuem: -membrana plasmática -parede extracelular (proteção mecânica) -citoplasma não compartimentalizado (polirribossomos) -nucleóides -não existe citoesqueleto Ex.: Escherichia coli
  • 7. CÉLULAS EUCARIONTES Células Animais e Vegetais  caracterizam-se pela riqueza de membranas  núcleo e citoplasma bem delimitados por membranas (trânsito constante de moléculas)  formam compartimentos internos que separam os diversos processos metabólicos  possuem citoesqueleto
  • 8. MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR Tipos de Microscópios Microscopia de Luz Convencional Contraste de Fase Contraste Interferencial Campo Escuro Polarização Fluorescência Confocal a Laser Microscopia eletrônica Transmissão Alta Voltagem Varredura Outros tipos de microscópio Tunelamento Quântico Força Atômica Microespectrofotometria
  • 9. MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR Com coloração fluorescente Cores de interferência Diferenças de índices de refração Campo escuro Sem coloração Com coloração
  • 10. MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR Componentes de um microscópio Componentes ópticos: Fonte de luz Sistema de lentes (condensador, objetiva, ocular) Componentes Mecânicos: Base ou pé Canhão Revólver Platina Parafusos macro e micrométricos Charriot
  • 11. MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR Componentes de um microscópio 1. Base ou pé 2. Fonte de luz 3. Parafusos de foco 4. Braço ou haste 5. Condensador 6. Platina 7. Charriot 8. Objetivas 9. Revólver 10. Canhão 11. Ocular
  • 12. MÉTODOS DE ESTUDOS EM BIOLOGIA CELULAR Os modelos microscópicos variam na forma e no desenho
  • 13. PREPARO DAS AMOSTRAS... Fixação = estabilização das estruturas celulares e intercelulares. Fixação Química 1)-Fixadores químicos coagulantes: podem desnaturar as proteínas em graus variáveis conforme sua estrutura molecular. Ex: etanol. 2)-Fixadores químicos não coagulantes: são os aldeídos reativos, como formaldeído e glutaraldeído, que formam ligações covalentes com os grupos de aa livres de proteínas, produzindo ligações cruzadas com as moléculas de proteínas adjacentes.
  • 14. INCLUSÃO EM PARAFINA 1) Fixação 2) Desidratação (álcool 70%, 80%, 95% e 100%) 3) Diafanização em álcool 100% + xilol 4) Passagem em xilol puro 5) Dois banhos de parafina (estufa) 6) Inclusão em parafina em moldes apropriados Processamento convencional INCLUSÃO EM HISTORRESINA 1) Fixação 2) Desidratação (álcool 70% e 95%) 3) Embebição em mistura de resina + álcool 95% 4) Embebição em resina com catalizador 5) Inclusão em resina 6) Polimerização em estufa 7) Colagem dos blocos em suporte PREPARO DAS AMOSTRAS...
  • 15. SEQUÊNCIA GERAL DE COLETA E PREPARAÇÃO
  • 16. Existe pouco conteúdo dentro das células que impedem a passagem da luz, assim células fixadas e seccionadas vistas ao microscópio óptico são transparentes, com exceção das células vegetais -cloroplastos!!! Uma maneira de tornar as células visíveis é a utilização de corantes!!! Corantes = grupos cromofóricos (responsáveis pela cor). COLORAÇÃO DAS LÂMINAS PERMANENTES
  • 17. Hematoxilina e Eosina CORANTE BÁSICO (grupamento cromofórico é catiônico +)  afinidade por elementos ácidos dentro das células – moléculas basófilas) CORANTE ÁCIDO (grupamento cromofórico é aniônico -)  afinidade por elementos básicos dentro das células – moléculas acidófilas)
  • 18. TECIDO EPITELIAL CORADO POR DIFERENTES CORANTES
  • 20. Aplicações da Microscopia de Fluorescência TÈCNICAS ESPECIAIS
  • 21. Aplicações da Microscopia de Contraste de Fase 1. Análise do material sem coloração prévia 2. Culturas de células 3. Exames parasitológicos 4. Esfregaços e Raspagens de mucosas 5. Sangue 6. Protozoários de ambientes aquáticos TÈCNICAS ESPECIAIS
  • 22. EFEITO DO PLANO DE PLANO DE CORTE NA MORFOLOGIA CELULAR
  • 23. EFEITO DO PLANO DE PLANO DE CORTE NA MORFOLOGIA TECIDUAL
  • 24. luz e lentes de vidro  ampliações de até 1 milhão MET MEV  Anos 30  Ernest Ruska feixes de elétrons e lentes eletromagnéticas (5 mil/1 bilhão elétron-volts) MICROSCOPIA ELETRÔNICA
  • 25. Microscopia de Luz e Microscopia Eletrônica Questões importantes: Ampliação e Resolução
  • 26.  Microscópio Eletrônico de Transmissão  Microscópio Eletrônico Varredura Convencional Ambiental
  • 32. Clip no papel Cerdas da escova cobertas por rímel seco e flocos de pele Escova do rímel
  • 34.
  • 39. FIM