Energia

3.781 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.781
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
24
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
64
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Energia

  1. 1. Trabalho realizado por :André Neves nº 4 8ºA Para a professora de Físico-química: Anabela Gonçalves
  2. 2. Índice <ul><li>Pag1 - Apresentação </li></ul><ul><li>Pag2 - Índice </li></ul><ul><li>Pag3 - O que é a energia? </li></ul><ul><li>Pag4 - Energia Renováveis </li></ul><ul><li>Pag5 - Energia não-renovavel </li></ul><ul><li>Pag6, 7 ,8, 9, 10, 11, 12, 13, 14 - tipos de Energia </li></ul><ul><li>Pag15 - Lei da conservação de energia </li></ul><ul><li>Pag16 - bibliografia </li></ul><ul><li>Pag17 - Conclusão </li></ul>
  3. 3. O que e a energia? <ul><li>A energia é tudo o que produz ou pode produzir acção, podendo por isso tomar as mais variadas formas: Energia mecânica, calorífica, gravítica, eléctrica, química, magnética, radiante ,nuclear, etc. É tudo energias. </li></ul><ul><li>A Energia é um recurso imprescindível para que possa existir vida no nosso planeta. Precisamos da energia para nos movermos, para comunicarmos, para assegurar a iluminação e o conforto térmico nas nossas casas, etc. </li></ul><ul><li>O termo energia também pode designar as reacções de uma determinada condição de trabalho, por exemplo o calor, trabalho mecânico (movimento) ou luz(). Estes que podem ser realizados por uma fonte inanimada (por exemplo motor, caldeira, refrigerador, alto-falante, lâmpada, vento) ou por um organismo vivo (por exemplo os músculos, energia biológica). </li></ul><ul><li>Qualquer coisa que esteja a trabalhar - por exemplo, a mover outro objecto, a aquecê-lo ou a fazê-lo ser atravessado por uma corrente eléctrica está a &quot;gastar&quot; energia (uma vez que ocorre uma &quot;transferência&quot;, pois nenhuma energia é perdida, e sim transformada ou transferida a outro corpo). Portanto, qualquer coisa que esteja pronta a trabalhar possui energia. Enquanto o trabalho é realizado, ocorre uma transferência de energia. </li></ul><ul><li>A energia não se cria nem se destrói, apenas se transforma, da qual o homem pode aproveitar e extrair da natureza e sem a qual não consegue viver. Durante muito tempo só o ouro e as pedras preciosas eram considerados riqueza, hoje são os recursos energéticos que determinam a riqueza dos países, mas o consumo de energias foi tão devastador, que aumentará cerca de 46% até 2010 que levará á sua existência apenas algumas dezenas de anos. Presentemente 85% de energia gasta em todo o mundo provém do petróleo e do carvão(fontes não-renovaiveis). </li></ul>
  4. 4. Energias renováveis <ul><li>A exploração intensiva de recursos energéticos limitados (como os carvões minerais, o petróleo e o gás natural) tem levado os cientistas a procurar formas de energia que, ao contrário daquelas, não se esgotem. Entre estas formas de energia encontram-se a solar, a eólica, a das marés, a geotérmica e a hidroeléctrica. </li></ul><ul><li>Os recursos naturais renováveis ,são considerados quando não conduz ao seu desaparecimento ,para isso devem ser fornecidos em abundância pela natureza ,ou recriados a um ritmo rápido o que é hoje muito difícil com o consumo que se faz. </li></ul><ul><li>Bioenergia, Biogás, Carvão mineral, Carvão vegetal, Carvão vulcânico, Energia das marés, Energia eólica, Energia solar, Energia geotérmica, Energia hidroeléctrica </li></ul>
  5. 5. Energia não-renovavel <ul><li>A energia não renovável é aquela que se obtém de fontes que, a curto ou longo prazo, se podem esgotar. </li></ul><ul><li>Os recursos naturais não renováveis, encontram-se na crosta terrestre, a formação exige um consumo lento da energia. </li></ul><ul><li>Recursos Não-renováveis: Crude, Carvão, Gás natural, Petróleo, Urânio. </li></ul>
  6. 6. Tipos de Energia <ul><li>Energia Nuclear/atómica </li></ul><ul><li>Energia hidroeléctrica </li></ul><ul><li>Energia Eólica </li></ul><ul><li>Energia Geotérmica </li></ul><ul><li>Energia Potencial </li></ul><ul><li>Energia Solar </li></ul><ul><li>Energia do mar </li></ul><ul><li>Energia termoeléctrica </li></ul>
  7. 7. Energia Nuclear / Atómica <ul><li>A que se encontra armazenada nos núcleos atómicos e se liberta por cisão (fissão) dos núcleos pesados, ou por síntese (fusão) dos núcleos leves. Constitui a forma de energia mais moderna e de maior rendimento com que conta o homem para o seu serviço. Actualmente é utilizada para a obtenção de electricidade, de isótopos radioactivos, em Radiologia, em Medicina, etc. </li></ul><ul><li>Energia presa dentro do núcleo de cada átomo. A massa dos corpos pode ser transformada em energia. </li></ul><ul><li>O famoso cientista Albert Einstein criou a seguinte fórmula matemática: E=mc2, significa que a energia (E) é igual á massa (m) vezes a velocidade da luz (c) ao quadrado. </li></ul><ul><li>Os cientistas usaram a fórmula de Einstein para descobrir a energia nuclear e construir bombas atómicas. </li></ul><ul><li>É uma energia proveniente do urânio radioactivo </li></ul><ul><li>sendo um recurso não-renovavel e poluente. </li></ul>
  8. 8. Energia hidroeléctrica <ul><li>Nome que se dá à corrente eléctrica industrial que se destina à iluminação, à impulsão de motores, produção de calor, etc. Em geral é obtida em centrais hidroeléctricas, aproveitando as diferenças do nível da água, ou em centrais térmicas, mediante a utilização de um combustível adequado. A unidade de potência eléctrica é o watt, que equivale a um joule por segundo; na prática emprega-se o quilowatt, equivalente a mil watts. </li></ul>
  9. 9. Energia Eólica <ul><li>É aquela fonte que aproveita o vento, ou seja, o ar em movimento. É a mais económica de todas as formas de energia e uma das primeiras utilizadas pelo homem. </li></ul>
  10. 10. Energia Geotérmica <ul><li>A energia geotérmica existe desde que o nosso planeta foi criado. Geo significa terra e térmica significa calor, por isso, geotérmica é a energia calorífica que vem da terra. Abaixo da crosta terrestre, ou seja, a camada superior do manto é constituída por uma rocha líquida, o magma (encontra-se a altas temperaturas). A crosta terrestre flutua nesse magma. </li></ul><ul><li>Por vezes, o magma quebra a crosta terrestre chegando á superfície, a este fenómeno natural chama-se vulcão e o magma passa a designar-se lava. Em cada 100 metros de profundidade a temperatura aumenta 3º Celsius. A água contida nos reservatórios subterrâneos pode aquecer ou mesmo ferver quando contacta a rocha quente. A água pode mesmo atingir 148º Celsius. Existem locais, as furnas, onde a água quente sobe até á superfície terrestre em pequenos lagos. A água é utilizada para aquecer prédios, casas ou piscinas no Inverno, e até para produzir electricidade. Em Portugal existem furnas nos Açores. </li></ul><ul><li>Em alguns locais do planeta, existe tanto vapor e água quente que é possível produzir energia eléctrica. Abrem-se buracos fundos no chão até chegar aos reservatórios de água e vapor, estes são drenados até á superfície por meio de tubos e canos apropriados. Através destes tubos a o vapor é conduzido até á central eléctrica geotérmica. Tal como numa central eléctrica normal, o vapor faz girar as lâminas da turbina como uma ventoinha. A energia mecânica da turbina é transformada em energia eléctrica através do gerador. A diferença destas centrais eléctricas é que não é necessário queimar um combustível para produzir electricidade. Após passar pela turbina o vapor é conduzido para um tanque onde vai ser arrefecido. A água é de novo canalizada para o reservatório onde será naturalmente aquecida pelas rochas quentes. </li></ul>
  11. 11. Energia Potencial <ul><li>Existem dois tipos de energia potencial a: Energia potencial gravítica, a Energia potencial elástica e Energia potencial eléctrica. </li></ul><ul><li>A energia potencial gravítica é a energia potencial mais familiar, porque é muito vista no dia a dia, aparecendo em muitos tipos de movimentos em que é convertida em energia cinética, como por exemplo: na queda de objectos, no sistema solar, no balançar do pêndulo, no arremesso de dardos, ao pular, e muitos outros exemplos em que envolve a gravidade. </li></ul>
  12. 12. Energia Solar <ul><li>A energia obtida pelo aproveitamento das radiações solares. Reúne duas grandes vantagens: a sua abundância e a sua condição de recurso renovável e não contaminante. A técnica moderna utiliza a energia solar para diversos fins: domésticos (em forma de aquecimento doméstico ou da água), fornos solares, depuradores e evaporadores de água do mar, etc. </li></ul>
  13. 13. Energia do mar <ul><li>Os oceanos podem ser uma fonte de energia para iluminar as nossas casas e empresas. Neste momento, o aproveitamento da energia dos mar é apenas experimental e raro. </li></ul><ul><li>Existem três maneiras de produzir energia usando o mar: as ondas, as marés ou deslocamento das águas e as diferenças de temperatura dos oceanos. Quando a onda se desfaz e a água recua o ar desloca-se em sentido contrário passando novamente pela turbina entrando na câmara por comportas especiais normalmente fechadas. </li></ul><ul><li>Esta é apenas uma das maneiras de retirar energia da ondas. Actualmente, utiliza-se o movimento de subida/descida do onda para dar potência a um êmbolo que se move para cima e para baixo num cilindro. O êmbolo pode por um gerador a funcionar. </li></ul><ul><li>Os sistemas para retirar energia das ondas são muito pequenos e apenas suficientes para iluminar uma casa ou algumas bóias de aviso por vezes colocadas no mar. </li></ul>
  14. 14. Energia termoeléctrica <ul><li>A energia termoeléctrica é produzida a través de carvões vegetais, que em Portugal não existem. O carvão é queimado e com a sua pressão faz com que as turbinas funcionem. </li></ul>
  15. 15. Lei da conservação de energia <ul><li>Em física, a lei ou princípio da conservação de energia estabelece que a quantidade total de energia em um sistema isolado permanece constante. Uma consequência dessa lei é que energia não pode ser criada nem destruída: a energia pode apenas transformar-se. A exemplo, na combustão da gasolina dentro de um motor a explosão parte da energia potencial associada às ligações químicas dos reagentes transforma-se em energia térmica, esta directamente associada à energia cinética das partículas dos produtos e à temperatura do sistema (que elevam-se de forma substancial). Pelo princípio da conservação da energia a energia interna do sistema imediatamente antes da explosão é entretanto igual à energia interna imediatamente após a explosão. </li></ul><ul><li>Há de se tomar cuidado com o princípio associado à conservação da energia no que se refere ao escopo de sua aplicação. Em seu sentido mais abrangente a conservação da energia implica que se tenha como parcela na energia total do sistema, em acordo com o princípio da equivalência entre massa e energia, uma termo associado à massa deste sistema. Neste caso massa é tratada como se energia fosse, e não há lei de conservação de massa para o sistema, apenas a lei da conservação da energia em seu sentido mais abrangente. </li></ul><ul><li>Quando no âmbito da física clássica, entretanto, massa e energia são entidades distintas e não relacionadas, e nestas condições a lei da conservação da energia degenera-se em duas leis clássicas: a lei da conservação da energia em seu sentido não o mais abrangente, e a lei da conservação de massas. </li></ul>
  16. 16. Bibliografia <ul><li>http://tudoenergia.home.sapo.pt/Fontes_energia.htm </li></ul><ul><li>www.google.com </li></ul><ul><li>www.wikipedia.com </li></ul>
  17. 17. Conclusão <ul><li>A energia e a matéria da vida premamos dela para sobreviver na natureza. </li></ul>

×